Autor Tópico: Cicatrização Muito Lenta  (Lida 7783 vezes)

Offline enfermeiralex

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Cicatrização Muito Lenta
« em: Fevereiro 20, 2012, 21:03:02 »
Olá caros colegas!
Desde já devo vos agradecer, e ás vossas perguntas e respostas pertinentes, que me ajudam a aprender sempre mais um bocadinho...
Sou enfermeira no activo há já 6 anos e um tema que sempre me apaixonou, é o tratamento de feridas.
Gostava de partilhar com vocés um acontecimento recente e a vossa opinião acerca do mesmo.
Tenho em mãos o tratamento de uma ferida feita por traumatismo (queda numa palete de madeira, e perfuração da pele por um prego enferrujado), em que a cicatrização está a decorrer muito lentamente.
A paciente foi vista no S.U. sendo-lhe prescrito Fusidato de Sódio e pensos alternados com iodopovidona liquida. Passados 2 dias da queda vi a ferida pela primeira vez e comecei por fazer o tratamento com gaze gorda e Betadine Pomada. A segunda vez que vi a ferida a mesma estava com sinais inflamatórios, exsudato purulento e com uma crosta negra. Fiz desbridamento mecânico com bisturi da crosta, e coloquei fucidine pomada. No terceiro penso a paciente referiu uma diminuição de algias no local da ferida, mas quando retirei o penso o tecido em redor da ferida ainda se encontrava ligeiramente edemaciado (mas já sem exsudato) e pequenos pontos de tecido necrosado. Decidi no entanto não continuar o tratamento com fucidine pois os bordos da ferida ficaram demasiado esbranquiçados e sem grande vitalidade. Optei então pelo ulcerase pomada e compressa humedecida em SF. No dia seguinte nem parecia a mesma...as melhorias foram evidentes. Continuei com o mesmo tratamento... Equipa vencedora não se muda ;) ... alguns dias passaram e a ferida cada vez que a fazia estava com bom aspacto, com tecido de granulação, mas não avançava para a fase final de cicatrização! Retirei então o Ulcerase e coloquei Inadine embora com algum receio que a ferida secasse de mais e criasse uma crosta prematura... Fiz hoje novamente o penso com inadine e estava com bom aspecto e com um diâmetro mais pequeno... Achei pertinente partilhar convosco este caso porque embora saiba que cada ferida é uma ferida, e cada pessoa responde de forma diferente aos produtos aplicados, achei que a mesma esta a cicatrizar de uma forma muito lenta tendo em conta que a pessoa em questão tem 31 anos (embora com antecedentes de dificuldades na cicatrização de feridas anteriores)....
Agradeço as vossas opiniões e troca de experiências. Cumprimentos

Offline aNdR3

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1636
    • Ver Perfil
Re: Cicatrização Muito Lenta
« Responder #1 em: Fevereiro 21, 2012, 15:51:59 »
Olá,

Quanto tempo levas a realizar o tratamento a essa ferida? Consegues uma foto?
[size=80]Quem atribui à crise os seus fracassos e penurias, violenta o seu próprio talento e respeita mais os problemas do que as soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a negligência para encontrar as saídas e as soluções. Sem crise não há desafios, sem desafios a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há méritos. É na crise que surge o melhor de cada um, porque sem crise todo o vento é uma carícia. Falar da crise é promove-la e calar-se na crise é exaltar o conformismo. Em vez disto, trabalhemos duro, acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar por superá-la.

Não pretendamos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo.
[/size]

Offline enfermeiralex

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Cicatrização Muito Lenta
« Responder #2 em: Fevereiro 21, 2012, 23:21:01 »
Olá!

A ferida vai fazer amanhã 3 semanas, mas já está na fase final de cicatrização.

Cunprimentos

Offline Rutita

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 9
    • Ver Perfil
Re: Cicatrização Muito Lenta
« Responder #3 em: Fevereiro 24, 2012, 22:36:56 »
Olá colega

Vou dar a minha opinião, no entanto um pouco de cor, pois uma imagem vale sempre mais que mil palavras...

Mas segundo a descrição, vejamos: tem um leito de ferida preenchido com tecido de granulação, correcto?

Os bordos já se encontram viáveis, correcto?

Penso que falta a gestão do meio húmido e considero que hidrocolóide seria uma opção válida. Óptimo para a evolução final, culminando no aparecimento do tão desejado epitélio. Deixando mesmo uns bons dias até levantar o apósito.

Da minha experiência, é o contributo que posso deixar, esperando o sucesso da colega e do próprio indivíduo portador da ferida.

Dê notícias.

Offline Rutita

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 9
    • Ver Perfil
Re: Cicatrização Muito Lenta
« Responder #4 em: Fevereiro 24, 2012, 22:43:58 »
Oi colega

Esqueci de partilhar uma informação e experiência própria.

Colocou Inadine nos últimos tratamentos, pelo que percebi. Para se finalizar o processo é necessária a dita humidade para a migração celular, facto que o inadine não deixa acontecer.

Tive uma senhora que "empacou" exactamente aí. Afinal a resolução foi simples. Água... Coloquei um penso que existe de hidrogel e foi uma maraviha de evolução final.

Cumprimentos

Offline enfermeiralex

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Cicatrização Muito Lenta
« Responder #5 em: Março 04, 2012, 21:32:34 »
Obrigado colega pelo seu contributo  ;)

Felizmente a ferida teve uma boa evolução com o inadine, e a epitelização foi rápida. O que me preocupava durante o tratamento desta ferida especifica era a sua evolução inconstante. Tanto podia um dia estar óptima e parecia que estava a evoluir com determinado produto, como em outro dia já parecia estar a regredir ou pelo menos a não evoluir como desejado...

Cumprimentos

Offline LuisMatos&JoanaOliveira

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 34
    • Ver Perfil
Re: Cicatrização Muito Lenta
« Responder #6 em: Maio 25, 2012, 14:15:47 »
Olá Enfermeiralex
 

antes de parabenizar o trabalho realizado, penso que falta fazer  duas questões:
 - As vacinas Td estão em dia?
 - Diz que já teve feridas e que tiveram um periodo prolongado de cicatrização certo? Estranho para a idade dela! será que não faz medicação domiciliária, tipo anti-inflamatorios com frequencia?diabética?outra patologia?investigava essa parte.

Muitos parabens pelo excelente diagnostico/avaliação da ferida, e são enfermeiros assim que fazem a diferença, porque colocar apositos qualquer um consegue, agora perceber o que está a acontecer no momento e pensar no passo seguinte, isso é que nem todos.
Concordo com  a Rutita quando disse que na ultima fase penso que o Indine não seria a minha opção, devido ao que ela disse: optava por um aposito não aderente, e promotor da cicatrização (fase 3 )
Bom trabalho colega.

Cumprimentos,

Filipe MAtos
Cumprimentos,

LuIs FiLiPe MaToS