Autor Tópico: Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?  (Lida 11563 vezes)

Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« em: Junho 29, 2006, 22:56:25 »
A Bastonária quer-nos "matar" à "facada"!

Lembram-se de ela ter dito que faltavam 21 mil Enfermeiros? Pois agora numa entrevista a uma revista de Gestão Hospitalar disse que "faltam 33 mil"... (Não foi nada que eu já não tivesse dito... para o mês que vem vão faltar 38 ou 40 mil Enfermeiros)!

Mas ao ler a revista (que vou deixar os links), fico completamente "extasiado"... a Bastonária sem dúvida vive numa mundo fantasioso e utópico...
A própria revista refere que o ministro da saúde já afirmou que existem escolas a mais e Enfermeiros no desemprego, mas a nossa "querida" Bastonária afirma que não! Que é preciso formar ainda mais Enfermeiros!!
Pergunto eu: para quê? Neste momento o mundo inteiro acha que mediante as políticas de contenção do governo a formação dos enfermeiro está exageradamente massificada! A própria revista deu a entender que muitas escolas não têm qualidade....!!!!!!! Só a Bastonária é que não vê isso!!!!!

Será que a Bastonária está noutro planeta???


Links (são 7 páginas)

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=1

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=2

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=3

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=4

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=5

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=6

http://www.online2.memorandum.pt/resultado_mail.asp?ver=jpg&codf=4189&idnoticia=4331995&tipo=cr&pag=7



Qual a vossa opinião colegas??

p.s. - só gostei de uma coisa: a intenção dos enfermeiros começarem a prescrever dentro de protocolos definidos.

Offline Guytonn

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 313
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #1 em: Julho 04, 2006, 17:24:58 »
De facto, quando achamos que os despautérios debitados pela SRª Bastonária & Cª já não nos podem surpreender, eis que mais um portento disparate nos toma de assalto e nos provoca ingente admiração!
Esta dos 33000 enfermeiros só pode ter uma de duas explicações: ou a Ordem trabalha em conivência com o suposto "lobby" do ensino privado da Enfermagem ou em alternativa, necessita de mais 33000 enfermeiros a engordarem todos os meses  o orçamento da Ordem para, quiçá, adquirirem o Mosteiro dos Jerónimos para aí montarem a sua nova Sede, adquirirem a já quase devoluta "Exponor" para aí terem um espaço à altura dos seus nobres seminários de ética ou talvez lançarem uma OPA ao Serviço Nacional de Saúde.
Já agora, gostaria de lembrar que de nada servem 33000 enfermeiros se o desemprego for a sua (des)ocupação.
PRESENTE É SIMULTÂNEAMENTE O EPÍLOGO DO PASSADO E O PRÓLOGO DO FUTURO.

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
posição actual da ordem
« Responder #2 em: Julho 04, 2006, 20:46:29 »
É esta a posição actual da Ordem dos Enfermeiros...

"Face às notícias veiculadas nos últimos dias pela Comunicação Social, a Ordem dos Enfermeiros (OE) considerou pertinente dar a conhecer a sua posição sobre a intenção do Governo em aumentar em 10% o número de vagas atribuídas às licenciaturas em Enfermagem.

Tendo em conta a actual carência de enfermeiros face às necessidade de cuidados a prestar, e tentando garantir que haja uma adequada renovação de gerações na profissão, o Conselho Directivo da Ordem dos Enfermeiros considera positiva a decisão do Governo em aumentar o acesso às Escolas de Enfermagem. Contudo, entende-se que esta medida não pode ser isolada do contexto nacional do ensino de Enfermagem e, consequentemente, não pode ser tomada sem a necessária reflexão e ponderação de diversos factores.

O aumento de vagas nos cursos de Enfermagem não deve ser aplicado se não estiver garantida a qualidade do ensino, nomeadamente no que diz respeito aos ensinos clínicos (que ocorrem em instituição de saúde). Assim, a OE considera que este aumento de vagas deve implicar um estudo prévio sobre as condições necessárias à garantia das capacidades formativas dos hospitais e centros de saúde.

O mesmo aplica-se às Escolas de Enfermagem. Para o Conselho Directivo da Ordem dos Enfermeiros, os estabelecimentos de ensino têm de assegurar a existência de condições suficientes – designadamente um corpo docente adequado ao número de alunos que frequentam os cursos de Enfermagem.

A OE defende ainda que a distribuição de vagas pelos estabelecimentos de ensino deveria ter em consideração o facto de algumas Escolas terem potencial de desenvolvimento para uma crescente oferta de vagas e de outras estarem numa situação limite das suas capacidades formativas."

Offline Guytonn

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 313
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #3 em: Julho 05, 2006, 11:33:14 »
MAis uma vez a Ordem demonstra  falta de senso na abordagem da questão; remete para as capacidades formativas o único entrave à formação dos 33000 enfermeiros, quando o grande problema quanto a mim , reside na incapacidade do sistema em absorver tantos licenciados em Enfermagem.
A OE, numa atitude aparentemente facciosa, age como se fosse um qualquer sindicato dos professores, subtraindo-se á co-responsabilidade de contribuir para que a formação dos enfermeiros, que tanto a preocupa e bem, não seja inconsequente e inútil face à mingua de oferta de trabalho que já se regista em vários pontos do país.
PRESENTE É SIMULTÂNEAMENTE O EPÍLOGO DO PASSADO E O PRÓLOGO DO FUTURO.

Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #4 em: Julho 07, 2006, 00:08:52 »
A Ordem... um sonho de tantos Enfermeiros... que afinal parece que vai ditar a morte da profissão.

Utopicamente falando o país precisaria de uns 250 mil enfermeiros... para os cuidados mínimos, mas como proteger a qualidade dos cuidados aos cidadãos implica proteger a qualidade dos enfermeiros, há que repensar estes rácios fantasiosos...

Realmente esse "lobby" com as privadas começa a ganhar cada vez mais sentido. Pensando bem tem toda a lógica.

É pena que quem sofra são os Enfermeiros.

Tenho visto nestes dias "terror" na Enfermagem: desde da exploração com ameaça do desemprego à inferiorização de enfermeiros com a nova filosofia do se-tu-não-queres-há-muito-quem-queira!

É pena. Vendo que todas as associações de profissionais tomam medidas no sentido de conter o seu número de profissionais, a Ordem dos Enfermeiros faz precisamente o inverso.

Vejo que é difícil demover a srªa Bastonária desta sua tara pelo exagero: Srª Bastonária, se a Ordem somos todos nós, então há que respeitar a opinião de todos nós. Se a Srª Bastonária não o faz: R-U-A!! Certamente haverá algum enfermeiros no desemprego para tomar o seu lugar... Não conte com o meu dinheiro para pôr mais pessoas a passear em Taipé e arredores"

Offline FysGa

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 75
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #5 em: Julho 07, 2006, 17:29:17 »


E mais não digo...

Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #6 em: Julho 08, 2006, 00:38:27 »
Fiquei a saber disso hoje colega Fysga. Realmente são estes pequenas pormenores que revelam a grandeza dos profissionais.

Se fosse ao contrário, achas que alguém se ralava com 50 vagas de Enfermagem? Existem tantos milhares que mais 50 menos 50 dá tudo no mesmo.

São estas notícias que me deixam triste. Após sabermos que existe falta de médicos (temos muitos serviços assegurados por médicos estrangeiros), após saberem que daqui a uns anos uma grande percentagem de médicos reforma-se deixando o ensino médico à beira da ruptura.... fecham vagas.


Desemprego médico?

Offline OlivierRameau

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Quando é que a "novela" chega ao fim??
« Responder #7 em: Julho 08, 2006, 16:25:49 »
Citação de: "Miguellopes"


São estas notícias que me deixam triste. Após sabermos que existe falta de médicos (temos muitos serviços assegurados por médicos estrangeiros), após saberem que daqui a uns anos uma grande percentagem de médicos reforma-se deixando o ensino médico à beira da ruptura.... fecham vagas.

Desemprego médico?


Caro Miguellopes

Há muito que venho seguindo o seu radicalismo desesperado neste fórum e, hoje não resisti e tive que lhe responder.

Se conseguiu ler a edição do periódico onde a notícia citada está inclusa (e não apenas os títulos gordos), talvez tenha reparado que os seus dias de descontentamento profissional poderão ter chegado ao fim.

É que apesar de estarem a reduzir as vagas de acesso, as faculdades de medicina vão abrir lugares para ... licenciados em enfermagem!

Candidate-se!
Vai ver que não se arrepende e a sua angústia desaparece de imediato.
Ou será que ainda não conseguiu acesso ao complemento de formação?!

E quanto ao tema do tópico, recomendo-lhe que olhe à sua volta (não apenas para o seu umbigo), recolha a informação necessária e contextualizada, tente esquecer todos os preconceitos e frases feitas que tem debitado e responda sinceramente à questão:

São ou não precisos mais enfermeiros em Portugal?


É que sabe, os seus textos não o desprestigiam só a si.
Infeliz e inapelavelmente, também mancham a classe a que pertence (pelo menos por enquanto)

Até breve.

Offline vania_neto

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 166
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #8 em: Julho 09, 2006, 22:32:19 »
idem idem

Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #9 em: Julho 10, 2006, 16:26:43 »
Olivier,
antes de mais não sou radical. Digo muitas vezes o que muitos pensam mas que não dizem porque muitas vezes é considerado "politicamente incorrecto"...

Depois, digo-lhe que a minha pretensão não é ser médico. Já o disse aqui veze sem conta. Quando entrei para Enfermagem não havia esta quantidade de alunos e praticamente era só escolher o curso e fazer a inscrição na respectiva escola ou faculdade.

Em seguida, digo-lhe também (se calhar ao contrário do que diz, para infelicidade sua...) que vagas para outros licenciados (como Enfermagem) sempre houveram... Mas também não é com 2 ou 3 vagas por ano para este contigente que resolve o que quer que seja.

Por fim, faço-lhe a vontade e comento "as letrinhas pequeninas": que dizem basicamente que as faculdades de medicina não têm condições físicas para mais alunos... Olhe então para as Escolas de Enfermagem (a rebentar pelas costuras) com alunos em excesso, sem locais de estágio para todos, sem condições físicas para tal. Coitados da faculdade de Medicina tem que alugar salas para realizar exames. HÁ ANOS que existem escolas de Enfermagem que fazem o mesmo (acorde para a realidade)... Digo-lhe mais: pode verificar a sua autenticidade perguntando a qualquer aluno ou infomando-se na escola: A ESECVPOAZ (Escola de Enfermagem da Cruz Vermelha) lecciona aulas em salas de um centro comercial (shopping)!!!!
Se fossemos a olhar às condições para o ensino, as ESE diminuam as suas vagas para 1/3 das actuais.

Como nota informativa, sim já fiz o meu complemento, para além de Enfermagem tenho outra licenciatura e sou mestrando (finalizar a minha tese) numa área de conhecimento da Enfermagem....



Respondendo à sua questão: "São ou não precisos Enfermeiros em Portugal?" São. Se houvessem vagas desbloqueadas para empregar os Enfermeiros que penam no desemprego. Quando houver admissão de Enfermeiros e começarem a escassear profissionais para preencher os lugares disponíveis, aí sim, digo há falta de Enfermeiros.
Desça cá baixo à Terra.

Offline ruienf

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 241
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #10 em: Agosto 22, 2006, 10:13:15 »
No meu ponto de vista, isto é muito simples: faltam mais que os 33000 enfermeiros para que se prestem cuidados de enfermagem de qualidade e de acordo com os documentos reguladores elaborados pela OE. Basta um exemplo: para operacionalizar o conceito de enfermeiro de família não chegam 33.000... nem 66.000...

Os enfermeiros fazem falta à sociedade... infelizmente, a sociedade ainda não sabe disso... tal como não sabia que o telemóvel era insispensável à 15 anos atrás...
Rui Pedro Silva

Offline Guytonn

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 313
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #11 em: Agosto 22, 2006, 12:16:26 »
Há falta de enfermeiros tendo como horizonte uma situação ideal.
E tendo em vista essa mesma situação ideal...
Há falta de milhares de Polícias;
Há falta de milhares de Engenheiros;
Há falta de milhares de médicos (embora não pareça)
Há falta de milhares de outros profissionais...
O problema é que nem nos países mais desenvolvidos se alcança o status ideal, quanto mais num país como Portugal, à beira do 3º mundo!
Não podemos pois formar novos elementos como loucos à espera que a situação ideal se concretize.
Temos de agir baseados nos elementos que a realidade nos fornece, e não num cenário traçado tendo em vista aquilo que seria desejável, sobretudo quando agir em função desse cenário poderá levar a efeitos bastante negativos como o desemprego!
PRESENTE É SIMULTÂNEAMENTE O EPÍLOGO DO PASSADO E O PRÓLOGO DO FUTURO.

Offline ruienf

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 241
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #12 em: Agosto 22, 2006, 22:56:21 »
Sim, concordo.

Terá de ser algo muito gradual, caso algum dia se consiga equiparar o ideal com o real...

Infelizmente, hoje em dia o significado de utopia é "o que deveria ser"...

No entanto, é essencial continuar a lutar para que se alcancem melhores condições de trabalho. Aliás, só se consegue 100 se se sonhar com 1000...
Rui Pedro Silva

Offline Guytonn

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 313
    • Ver Perfil
Que fizeram os Enfermeiros para merecer isto?
« Responder #13 em: Agosto 22, 2006, 23:13:13 »
Concordo contigo, ruienf.
O sonho é o nectar que nos anima rumo ás conquistas do amanhã; no entanto, esse néctar não nos deve embriagar!
Sonhar sim, mas mantendo-nos sempre ancorados à realidade; e a presente realidade não nos permite que continuemos a sonegar a realidade de que o país não tem capacidade para absorver o caudal de enfermeiros recem formados actual. Incidir neste erro, é transformar o sonho em pesadelo; é o mesmo que convidar-mos n pessoas para a nossa festa de casamento antes de encontrar-mos quem possa ser a noiva! :D
PRESENTE É SIMULTÂNEAMENTE O EPÍLOGO DO PASSADO E O PRÓLOGO DO FUTURO.

Offline BanIA

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 197
    • Ver Perfil
Miguellopes
« Responder #14 em: Agosto 23, 2006, 13:24:56 »
Miguellopes, nao s escreve "houveram" escreve-se houve...
Vânia*