Votação

Já fizeste alguma formação em Medicinas complementares?

Reiki
11 (21.2%)
Shiatsu
6 (11.5%)
Acupunctura
4 (7.7%)
Hipnose
1 (1.9%)
Reflexologia
8 (15.4%)
Massagem
13 (25%)
Aromaterapia
1 (1.9%)
Nunca me interessou
8 (15.4%)

Votos totais: 32

Votação encerrada: Novembro 10, 2009, 11:41:30

Autor Tópico: Medicinas Complementares em Enfermagem  (Lida 8972 vezes)

Offline nurseboy

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 859
    • Ver Perfil
Medicinas Complementares em Enfermagem
« em: Novembro 10, 2009, 11:41:30 »
Seremos uma classe que aposta muito em medicinas complementares? Comenta e vota!

Obrigado!
"Abyssus abyssum invocat"

Offline dudita87

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 104
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #1 em: Novembro 10, 2009, 11:47:47 »
Infelizmente ainda só tenho formação em massagem (diferentes tipos)...considero formação como a competência para poder aplicar...pois tenho muitos conhecimento sobre Reiki, mas ainda não consegui fazer a minha Iniciação (falta de €...)...também gostava de aprofundar os meus conhecimentos/ formação em Shiatsu, Aromaterapia e Musicoterapia, área na qual estou a pensar realizar formação em breve....

na minha opinião devemos estar abertos a este género de terapias, pois, como o nome indica são complementares, não alternativas....

para quem nunca experiemntou...fica o repto...

Offline 004981

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #2 em: Novembro 10, 2009, 12:19:53 »
concordo com a colega são  complementares e não altermativas pois um puzzle é composto de todas as peças para estar complecto, e um paciente  tem que ser visto como um ser biopsicosocial existe muito mais elem do que aquilo que a medecina hipocratica e a cientificidade argumentam a natureza do ser é muito importante 8)

Offline DianaD

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 102
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #3 em: Novembro 10, 2009, 12:35:17 »
Fiz em Outubro o primeiro grau de Reiki Usui Shiki Ryoho. Este primeiro nível permite aplicar a nós mesmos e a outros esta transmissão de energias.
É, sem dúvida um complemento para a nossa profissão...

E para quem tem dúvidas, acho que deviam pesquisar sobre o assunto. É um tema, relativamente recente mas com provas dadas de muitos benefícios.

Offline CristyFerreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 125
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #4 em: Novembro 10, 2009, 22:33:43 »
Eu sempre me interessei pelas medicinas complementares, e o tema do meu trabalho de final de curso foi "O conhecimento dos alunos de enfermagem sobre a utilização das Práticas Integrativas e Complementares na prática da Enfermagem". Depois de acabar a licenciatura comecei então a procurar outras formas de complementar os nossos cuidados, e de certa formas tentei procurar algo que me alimentasse a alma. Comecei pelo "1º nível de reiki", a seguir fiz o curso de "Massagem terapêutica: Uma mais valia no alívio da dor e bem estar" e agora estou a fazer a formação em "Shiatsu", e adoro cada nova descoberta, e quanto mais vou conhecendo estas áreas mais me interesso e mais quero conhecer. Para além de serem terapias que nos fornecem meios para podermos fazer sempre "algo mais" por aqueles que cuidamos e a quem nos dedicamos, são também terapias auto-curativas, é uma forma de estar e de viver que permite-nos ter consciência de nós mesmos e nos ensina a criar estratégias para nos reequilibrarmos para podermos realizar o nosso trabalho sempre da melhor forma e de darmos sempre o nosso melhor. Para além disso são terapias que dá indepêndia a quem as práticas por que tudo faz parte da arte de cuidar. E quem melhor do que os Enfermeiros, que conhecem e vivem ao lado dos seus utentes e dos seus problemas de saúde, para terem outras competências, nomeadamente na área das terapias complementares, que ajudem a melhorar os seus cuidados? 

Offline nurseboy

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 859
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #5 em: Novembro 11, 2009, 12:43:33 »
Neste momento, dos enfermeiros ligados às terapias complementares temos mais no Reiki. Porque será? Algué tem opinião/sugestão?
"Abyssus abyssum invocat"

Offline Amathea

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 96
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #6 em: Novembro 11, 2009, 15:00:51 »
Porque é fascinante!
Eu acho que este tipo de disciplinas só vem melhorar a forma como vemos os utentes e como cuidamos deles, porque melhor do que nunca nos ensinam a vê-los como um todo.

Offline nurseboy

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 859
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #7 em: Novembro 12, 2009, 12:58:52 »
Citação de: Amathea
Porque é fascinante!
Eu acho que este tipo de disciplinas só vem melhorar a forma como vemos os utentes e como cuidamos deles, porque melhor do que nunca nos ensinam a vê-los como um todo.

Concordo com a colega!
"Abyssus abyssum invocat"

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #8 em: Novembro 14, 2009, 08:02:34 »
Uma questão a colocar neste âmbito é: se no dia a dia já temos poucos elementos para executar funções tradicionalmente da competência dos enfermeiros, como é que queremos ter disponibiliidade para fazer mais coisas?!

Tenho vários colegas a frequetar cursos de medicinas alternativas. Mas não nos iludamos: ou estão a fazê-lo numa lógica de valorização pessoal e profissional, ou então estão a tentar a sua sorte noutra área. Pensarmos que isso pode ser parte integrande dos seus cuidados no dia a dia, parece-me ambicioso em demasia...

Offline nurseboy

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 859
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #9 em: Novembro 15, 2009, 17:18:28 »
Citação de: Herodes
Uma questão a colocar neste âmbito é: se no dia a dia já temos poucos elementos para executar funções tradicionalmente da competência dos enfermeiros, como é que queremos ter disponibiliidade para fazer mais coisas?!

Tenho vários colegas a frequetar cursos de medicinas alternativas. Mas não nos iludamos: ou estão a fazê-lo numa lógica de valorização pessoal e profissional, ou então estão a tentar a sua sorte noutra área. Pensarmos que isso pode ser parte integrande dos seus cuidados no dia a dia, parece-me ambicioso em demasia...

É da prática de enfermagem, melhor cuidar... Assim, devemos tentar cuidar o melhor que podermos aquele utente e não cuidar dele em função do tempo, porque assim estamos a corroborar com este sistema da diminuição de enfermeiros...

Se noutros países há um ratio de enfermeiros/doentes, mais reduzido, porque é que nós portugueses temos que ter a "mania" de ser super--homens e aguentar com o dobro ou o triplo de doentes... Porque não se iludam, os doentes, vêm isso... é a minha opinião...
"Abyssus abyssum invocat"

Offline Amathea

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 96
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #10 em: Novembro 17, 2009, 15:29:36 »
Não conhecendo muito sobre o assunto sei que conhecer um pouco ajuda a cuidar melhor, a ver mais além...
Além do mais é diferente dar uma aula de Yoga ou prestar cuidados tendo conhecimentos sobre a filosofia do Yoga, parece quase nada, mas ajuda muito.

Offline EME

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 478
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #11 em: Novembro 17, 2009, 15:43:35 »
Relativamente ao Reiki verifica-se que existe alguma consensualidade quanto aos efeitos positivos do tratamento, denotando-se que a Enfermagem tem vindo a sensibilizar-se e a tentar construir uma alternativa de cuidado, superior ao modelo biológico, apropriada para colmatar as necessidades holísticas do ser humano. São inúmeros os teóricos de Enfermagem que consideram haver uma necessidade de uma perspectiva mais flexível de cuidar, admitindo com esse facto, como enfermeiros que enaltecem o “cuidar", nunca devemos descansar na busca incessante de descobrir uma cada vez melhor forma de prestarmos cuidados, de considerarmos a pessoa como ser holística e procurar promover o seu nível de saúde e bem-estar, nestes aspecto, acredito serem muitos os benefícios que o Reiki pode trazer à Enfermagem e à pessoa sujeita de cuidados.

Para quem tiver possibilidades ($) recomendo o curso de iniciação ao Reiki...  ;)

As vezes perdemos tempo com acções desnecessárias, com uma boa gestão do nosso tempo é possível prestar um cuidado completo e equilibrado.
Entende que, o que é verdadeiro para ti, não tem forçosamente, de ser verdadeiro para todos os outros.

Offline nurseboy

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 859
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #12 em: Novembro 17, 2009, 21:15:20 »
Neste momento o Reiki vai à frente... :D
"Abyssus abyssum invocat"

Offline ElsAlves

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 209
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #13 em: Novembro 24, 2009, 11:45:06 »
Eu sou iniciada em Reiki desde 2005, pelo Sistema Usui de Cura Natural, e para mim o Reiki é uma excelente ferramenta nos meus cuidados.

No Hospital onde trabalho tentei juntamente com 2 colegas, também iniciadas em Reiki, dar inicio a um projecto onde se poderia aplicar Reiki aos utentes da instituição, como prática complementar nos cuidados.
Apesar da Enf.ª Directora também ser reikiana, o projecto não foi totalmente aprovado na integra, ou seja, neste momento o trabalho que estamos a fazer na instituição é de aplicação de Reiki nos profissionais da instituição. Chama-se "Bem-estar para bem cuidar" e posso dizer-vos que está a ser um sucesso. Quinzenalmente fazemos sessões de Reiki aos profissionais e o feed-back não poderia ser o melhor.

Posso adiantar-vos até que no meu serviço, uma grande parte dos profissionais são iniciados em Reiki, alguns dos quais com o 2º nível. Já fomos iniciados 10 enfº, 5 assistentes operacionais, e 1 médico, só no meu serviço. Na instituição existem muitos mais...
E para provar que o Reiki está cada vez mais a interessar os profissionais de saúde, temos o exemplo de uma Palestra que foi realizada em Março de 2007, com o Mestre em Reiki João Carlos Melo, que conseguiu lotar a sala de conferências do nosso hospital, com cerca de 120 pessoas de todos os grupos profissionais da instituição.

Paralelamente ao meu trabalho como enfermeira, sou coordenadora na minha cidade, de um projecto social, sem fins lucrativos que se chama Reiki Sem Fronteiras, o qual vos convido a conhecer no site www.reikisemfronteiras.org

Muitos colegas queixam-se do preço elevado dos cursos de reiki, mas o que eu acho importante é escolher bem o mestre com que se vai fazer o curso. Para mim, cursos de iniciação feitos num só dia, ou cursos de 3 níveis em 2/3 dias deixam muito a desejar...são os chamados cursos instantâneos que se preocupam mais em fazer €€...O mestre que eu escolhi para fazer o curso, faz a iniciação em 3 dias, com muita calma, e paciência, sem pressas nem stresses. Dedica-se única e exclusivamente ao Reiki, o que me deu uma grande segurança para fazer o curso com ele. Feitas as contas, tem o preço/hora mais em conta do mercado. E nunca esquecer que se trata de um investimento para a vida, para nós e para os nossos utentes.

Nesta votação eu só podia votar em 3 terapias, o que é certo é que tenho contacto com muitas mais. Neste momento encontro-me a realizar um curso de massagem terapêutica, que também integra a vertente do shiatsu e da reflexologia podal, drenagem linfática, entre outros. É uma área que me interessa muito.

Já vai longo o meu comentário, mas para mim é mesmo uma paixão...

Beijinhos
Sei que o meu trabalho é apenas uma pequena gota de água no oceano, mas sem essa gota o oceano seria mais pequeno"

Offline nurseboy

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 859
    • Ver Perfil
Re: Medicinas Complementares em Enfermagem
« Responder #14 em: Novembro 24, 2009, 11:52:34 »
Obrigado colega Elsa. De facto, conheço o mestre João Carlos, também foi o meu mestre e de facto, é o que o próprio refere: "O mestrado é um sacerdócio", porque ele está sempre pesente e acompanha-nos.

De facto o projecto "Reiki Sem Fronteiras", tem tudo para da certo. É um grande projecto.

Obrigado pelo post.
"Abyssus abyssum invocat"