Autor Tópico: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP  (Lida 8280 vezes)

Offline enfarfr

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2758
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #15 em: Julho 28, 2009, 19:33:06 »
Citação de: guidamoutinho
Obrigada colega enfarfr.

E Mestre em quê? Mestre e Especialista em Saúde Comunitária, por exemplo?!

Não sei responder...

De referir que lá diz: Nota: Ouvida a Ordem dos Enfermeiros, este Curso confere competência para a prestação de cuidados especializados em Enfermagem Comunitária., mas não diz que confere o título de enfermeiro especialista... Acho eu...

Preciosismo talvez... Mas dizer não diz...

Talvez contactando a Universidade Católica eles possam explicitar esta questão...

Offline A Seabra

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 41
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #16 em: Julho 31, 2009, 07:13:02 »
De facto a parte curricular destes cursos são os cursos pós-licenciatura de especialização e são reconhecidos pela Ordem - conf listas do site da Ordem.
A minha colega já tem o título de especialista pela Ordem. Quando acabou a parte curricular (CPLEE) teve um diploma de Curso de Pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem Comunitária. Fez como os outros: foi à Ordem e requereu o título, pagou a taxa e recebeu a cédula nova.
Depois entregou o relatório de estágio, com as regras iguais às dissertações, e requereu provas de mestrado. Já vários acabaram.
São Mestres em Enfermagem, com especialização em Enfermagem Comunitária, Saúde Infantil e Pediatria... como os que fazem nas outras áreas, como Enfermagem Avançada, Gestão de Serviços de Enfermagem, Educação em Enfermagem... só que estes fazem a dissertação em vez do estágio e relatório e ficam com mais ECTS creditáveis no doutoramento. Mas os anteriores também podem continuar para o doutoramento. E pelo que sei, quem já é especialista e se inscreve nestes mestrados faz pouco mais de trinta ECTS, porque consegue muitas equivalências e creditações. Bolonha é mesmo assim.

Pelo que sei, várias escolas já propuseram ao Ministério atribuir também o grau de mestre a quem faz a especialidade mas ainda não tiveram autorização, apenas por problemas políticos dos politécnicos versus universidades. Mas é só uma questão de tempo.
Ainda bem que se reconhece o esforço de quem estuda. Já chegava vermos os enfermeiros a estudar mais que qualquer outra profissão e sem os graus correspondentes.

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #17 em: Agosto 04, 2009, 06:56:06 »

Offline Sara_Oliver

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 9
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #18 em: Agosto 04, 2009, 21:14:26 »
Sou recém licenciada e por estar ciente do panorama geral da empregabilidade em enfermagem, decidi desde já inscrever-me na pos-graduação em Enfermagem avançada na ESEP. Devo salientar que esta tratou-se da minha 2ª escolha, visto que o que eu queria mesmo era seguir para mestrado de feridas e viabilidade tecidular da Universidade Católica do Porto já que lá fui aluna durante 4 anos, e não tenho qualquer razão de queixa, pelo contrario. Contudo, pela propina de mestrado, ser uma pequena exorbitancia (411 euros/mês) para quem ainda depende financeiramente dos pais decidi adiar esta minha vontade.
Por este facto, e pela ESEP merecer, igualmente, toda a minha credibilidade inscrevi-me numa pós graduação. Atravessei alguns contratempos, e só na terceira vez que me desloquei lá é que consegui finalmente inscrever-me. Por isso, aviso desde já aos recém licenciados  interessados nalguma PG da ESEP, que a ordem não vos emitirá a declaração em como já se encontram lá inscritos, o que é tido como um documento necessário à matricula na PG na ESEP. O que optei por fazer foi emitir uma declaração de compromisso de honra e anexar o talão da inscrição na OE. Paralelamente, deverão levar todos os originais das cópias pedidas (BI, Cartão de contribuinte, diploma de conclusão de licenciatura) para serem autenticados pela ESEP. Sem esquecer que as fotocopias deverão estar "claras" (sim, perceberam bem!) pelo risco de não serem perceptiveis. LOL!

Pelo que sei ainda há vagas (poucas) para as PG em Enfermagem avançada e Empreendorismo em Enfermagem. Supervisão Clinica já está cheia e SIE já fecharam as inscrições.

Offline A Seabra

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 41
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #19 em: Agosto 04, 2009, 21:56:13 »
É verdade, Sara. 411 euros por mês é muito dinheiro. Estás a pagar 68,5€ por ECTS.
No ano passado fiz um módulo do mestrado de feridas na católica em Lisboa, com 6 ECTS - Úlceras de Pressão e custou 405.
Se reparares todas as pós-graduações são caras, mesmo no ensino público.
A PG Enfermagem Avançada na ESEP custa 60€ por ECTS... são 480€ para 8 ECTS!

Offline Sara_Oliver

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 9
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #20 em: Agosto 04, 2009, 23:58:19 »
Citação de: A Seabra
É verdade, Sara. 411 euros por mês é muito dinheiro. Estás a pagar 68,5€ por ECTS.
No ano passado fiz um módulo do mestrado de feridas na católica em Lisboa, com 6 ECTS - Úlceras de Pressão e custou 405.
Se reparares todas as pós-graduações são caras, mesmo no ensino público.
A PG Enfermagem Avançada na ESEP custa 60€ por ECTS... são 480€ para 8 ECTS!


Colega A Seabra,

A PG em Enfermagem Avançada ficará por 80 euros/mês e terá a duração de 6 meses. É uma diferença bastante acentuada, contudo não poderá ser comparada com um mestrado de 2 anos.  :- É uma pena, tendo em conta que basta ir Espanha para termos a percepção do quão caro fica prosseguir os estudos no nosso país.

Os meus cumprimentos.

Offline A Seabra

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 41
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #21 em: Agosto 07, 2009, 20:07:50 »
Pagar devagar é mais fácil... e faz-se com mais tempo.

Só quis chamar a atenção para o facto de serem apenas 8 ECTS. Não interessa se uma pós-graduação é feita num mês ou num ano. O que conta é o número de ECTS que se realiza.

Espanha está bastante atrasada em relação a Portugal, no que diz respeito à formação em Enfermagem. Ali a maior parte do ensino de enfermagem é publica, ainda com escolas nos hospitais, pertecentes ao ministério da saúde, e têm diploma do curso de enfermagem, com 3 anos, passado por uma universidade, mas sem grau académico. Não há pós-graduações nem mestrados em enfermagem... Só agora, com Bolonha, começam a ser de facto integrados nas universidades e vão ter uma licenciatura também de 4 anos.

A reforma do Ensino Superior em Portugal veio consolidar o que há muito se esperava: o estado só "paga" o 1º ciclo (ou mestrados integrados, se necessários para o início da profissão). Por isso as escolas, mesmo as públicas, precisam de cobrar propinas para fazerem pós-graduações, ou têm professores a mais na licenciatura e fazem-nas por conta das verbas que recebem para a licenciatura... o que daria muito nas vistas de quem financia. Por isso nunca percebi porque é que as escolas não apoiaram a Ordem na ideia do mestrado integrado para acesso à profissão: sob o ponto de vista do negócio só teriam a ganhar... teriam cinco anos financiados. Alguém sabe porque é que as escolas não apoiaram esta ideia?

Offline anya_Skywalker

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 183
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #22 em: Agosto 08, 2009, 00:04:17 »
Citação de: A Seabra
(...)
A reforma do Ensino Superior em Portugal veio consolidar o que há muito se esperava: o estado só "paga" o 1º ciclo (ou mestrados integrados, se necessários para o início da profissão). Por isso as escolas, mesmo as públicas, precisam de cobrar propinas para fazerem pós-graduações, ou têm professores a mais na licenciatura e fazem-nas por conta das verbas que recebem para a licenciatura... o que daria muito nas vistas de quem financia. Por isso nunca percebi porque é que as escolas não apoiaram a Ordem na ideia do mestrado integrado para acesso à profissão: sob o ponto de vista do negócio só teriam a ganhar... teriam cinco anos financiados. Alguém sabe porque é que as escolas não apoiaram esta ideia?

Pelo que o director da escola onde sou aluna disse, numa assembleia de alunos, ele pessoalmente estava contra ser necessário o grau académico de mestre para inicio da profissão de enfermagem, pois o estado nunca iria pagar aos enfermeiros todos como mestres. Ainda não paga como licenciados...

Peço desculpa pelo off-topic.  :-X

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: PÓS-GRADUAÇÕES - ESEP
« Responder #23 em: Setembro 05, 2009, 14:23:38 »
A indústria da "Formação em Enfermagem" vive momentos prósperos.
Preços astronómicos...