Autor Tópico: Prevenção de úlcera de pressão  (Lida 19955 vezes)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
:)
« Responder #15 em: Julho 06, 2006, 18:47:12 »
Summer: no meu serviço temos 8enfermeiros na prestação de cuidados durante a manha de semana, mais a chefe, mais um elemento com funções de "gestão" (aquilo que chamamos um elemento que está de fora para tratar de exames, tirar medicação, tratar dos stocks, essas coisas). Ou seja, 10elementos nos melhores dias, pois poderão ser 8/9 apenas, reduzindo o numero de elementos na prestação de cuidados para 6. Quanto às auxiliares são 3 auxiliares no turno da manhã de semana. Nos turnos da tarde à semana são 3 enfermeiros e 2 auxiliares. No turno da noite são 2 enfermeiros e 1auxiliar.
Ao fim de semana...somos 6enfermeiros no turno da manhã e 2 auxiliares. À tarde 3 enfermeiros e 2 auxiliares (uma até ao fim do turno, e outra a fazer a chamada "meia tarde")
Temos 33doentes. Numa medicina, 95% acima dos 65anos, e quase todos eles dependentes. Tendo em conta que as úlceras de pressão podem ser evitadas, entre outras coisas, com posicionamentos alternados, conforme as necessidades do doente, eu agora pergunto: com estes recursos humanos, como é possível tentar prestar cuidados de enfermagem com qualidade? Eu explico...com muita boa vontade, com muita disponibilidade de todos os que lá trabalham, com muito empenho, com muito suor.

Gostava de saber quantas vezes posicionam os doentes por turno, em outros serviços, em outros hospitais. Gostava de conhecer outras realidades. Gostava de saber que medidas preventivas usam para evitar as úlceras de pressão, que recursos têm.

Offline Summer

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 45
    • Ver Perfil
Prevenção de úlcera de pressão
« Responder #16 em: Julho 06, 2006, 20:26:49 »
Normalmente o posicionamento faz-se a cada 2-3 horas. Nunca mais de 3 horas. Ou seja, por turno é feito o posicionamento entre 3-4 vezes.
Quando entra um doente com alto risco imediatamente são accionados os meios e o doente recebe tão rápido quão possível um colchão apropriado (no máximo um dia depois de dar entrada no serviço). Em seguida é feita a anamnese e verificado a condição da pele do doente. Se fôr o caso e, o estado nutricional também constituir um problema, é chamada a dietista para serem iniciados  suplementos nutritivos como o Cubitan, Nutridrink e o Forticare.
O posicionamento é também feito tendo em atenção os locais de risco, como os calcanhares, que têm que estar sempre livres, se isto não é possível, é colocado uma protecção nos calcanhares. Os ombros e as ancas são sempre rodados um pouco para fora no posicionamento lateral.
Essencial é uma observação regular e contínua dos locais de risco sendo estes protegidos constantemente.
Quanto a todos estes meios, nos hospitais aqui não constituem problema... mas entendo perfeitamente que em Portugal não seja assim. Por isso mesmo os vossos esforços ainda são de maior importância.

Summer
"Tomorrow is always fresh, with no mistakes on it."

Offline ruipintos

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 75
    • Ver Perfil
Re: Prevenção de úlcera de pressão
« Responder #17 em: Agosto 30, 2007, 00:52:13 »
Olá!
Trabalho num serviço de Traumatologia em que a média de idades dos doentes internados é 90% (ou mais) acima dos 80 anos (se calhar para espanto de muita gente).
Assim, sendo uma faixa etária elevada, o cuidado com as úlceras de pressão é enorme.
Em termos de avaliação, utilizamos (não desde à muito tempo), a Escala de Braden.
Fazemos uma avaliação inicial da pele do doente, do seu estado de nutrição e hidratação para assim sabermos que tipo de abordagem realizar.
Após este rápido estudo, caso se verifique a necessidade (e são a maior parte das vezes), colocamos logo um colchão de Spenco. Em doentes de "coluna" colocamos sempre um colchão iprotec (não sei se se pronuncia assim).
Os posicionamentos são o principal método de previnir úlceras de pressão. Apesar de existirem colegas, pelo seu conhecimento empírico, que acham que devem "encher" o doente de vit. A e creme hidratante, a equipa está "mecanizada" para os posicionamentos frequentes. 2 a 3 vezes por turno é a média que nós utilizamos. Como é evidente, em doentes cujo risco é maior, os posicionamentos são mais frequentes.
Como dizia uma colega numa formação que realizei, basta, por vezes, mudarmos o doente ligeiramente de posicição para que a zona de pressão exercida seja outra.
Até agora, e falando em termos de estatística, não estamos nada mal relativamente à média portuguesa e mesmo europeia. Essencialmente porque a importância deste tema é grande
e o empenho de todos também o é.
E temos que nos lembrar que é uma temática exclusivamente nossa (de enfermagem).

Cumprimentos
Rui Pinto

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: Prevenção de úlcera de pressão
« Responder #18 em: Agosto 31, 2007, 21:43:26 »
Olá,

Como a qui foi referido, as Escals de Braden são aliados preciosos.

Os posicionamentos têm timings diferentes e a dieta também é importante. As massagens e protectores cutâneos, excelentes aliados.

Felizmente, tenho assistido a um crescente número de doentes que entram sem escaras e saem sem elas, o que não acontecia há alguns anos.

Mesmo o aumento da faixa etária em todos os serviços (à excepção da obstetrícia e pediatria) onde assistimos, cada vez mais a medicina ortopédica, medicina cirúrgica, medicina urgência, etc... que leva a que os doentes internados sejam idosos. Os mais novos já podem ser tratados em ambulatório.

Dizia eu, mesmo com doentes mais velhos a prevençâo é melhor. Mesmo o tratamento é mais eficaz. Talvez pela maior disponibilidade de meios, como colchões de pressão alternada, etc...

Isto é uma vitória importante para a enfermagem, contando ainda com o número decrescente de enfermeiros para cuidar doentes.

Vamos a isso! Troquemos experiências! Evoluamos!

Abraço.

Offline Álvaro Matos

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 442
    • Ver Perfil
Re: Prevenção de úlcera de pressão
« Responder #19 em: Setembro 19, 2007, 22:30:46 »
A prevenção é simples e é válida quer para grandes unidades de internamento quer para o próprio domicílio Levante sempre que a situação o permita. Alternância de decúbito de acordo com as necessidades individuais e nunca tipo 2 em 2horas.Utilização de material de protecção estilo almofadas de gel ,pele de carneiro e posicionamentos correctos. Higiene cuidada, pele devidamente seca e utilização de um qualquer creme hidratante. Em determinadas patologias e nos serviços onde existem as camas circum- eléctricas ou de StriKer podem ser preciosas .
Mas isto não é nada de novo ,aprendi –o  há trinta anos no curso e foi-me reforçado na especialidade.
Tenho uma experiência dum serviço de ortopedia de um hospital onde trabalhei cuja taxa de úlceras de pressão era altíssima e com a simples implementação das medidas que atrás referi permitiu quase erradicar as “escaras” 

Offline Cuidadora

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: Prevenção de úlcera de pressão
« Responder #20 em: Janeiro 25, 2009, 15:23:16 »
Eu trabalho num hospital central neste nosso país á beira mar plantado (Portugal) num serviço de medicina com 33 camas cuja taxa de ocupação anual ronda os 90% (que nas epocas de natal, fim de ano e verão é mesmo de 100%) e em que a média de idades anda acima dos 70 anos. No que diz respeito a recursos humanos, nas manhãs há 5 enfermeiros na prestação de cuidados, 2 auxiliares nas salas e um terceiro no serviço de externos, nas tardes são 3 enfermeiros e 1 auxiliar e nas noites, são apenas 2 enfermeiros e um auxiliar. Perante este panorama chegamos ao final de cada turno com um sentimento de frustração, pois saimos com a sensação de que fizemos muito pouco pelos doentes e no entantos, só paramos para as refeições (cerca de 15 mintos, em cada turno). No que diz respito ás úlceras de pressão, todos os metodos falados anteriormente são utilizados com excepção da escala de Braden, pois a que é usada ainda é a de Norton, apesar de a ordem dos enfermeiros já ter dado indicação para que se passase a utilizar a de Braden.
Acuidadora:)

Offline Danoninha

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 134
    • Ver Perfil
Re: Prevenção de úlcera de pressão
« Responder #21 em: Abril 25, 2009, 22:35:52 »
Bom dia,
antes de mais um "Olá"  a todos, não tenho tido muitas oportunidades de vir aqui ultimamente. Estamos a elaborar, à parte de outras áreas que não se enquadram nesta, um protocolo de úlceras de pressão na nossa cirurgia no HSAC. Gostaria no entanto de saber a vossa opinião sobre o desenvolvimento prático deste projecto num seviço desta natureza.
Atenciosamente,
saudações RB(TM)
Danoninha TM