Autor Tópico: Humanização na Geriatria  (Lida 4662 vezes)

Offline Farfi

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 76
    • Ver Perfil
Humanização na Geriatria
« em: Março 08, 2012, 23:02:57 »
É triste a forma como grande parte dos idosos encara a sua ida para os lares de acolhimento. O medo que têm de serem só mais um, num amontoado de "velhos", fechados e esquecidos numa sala cheia de outros tantos, num silêncio triste e constrangedor, que contrasta com o barulho excessivo da TV... para muitos a única forma de distracção. É infeliz, esta ideia que tem vindo a crescer nos últimos anos, de que os lares são uma óptima oportunidade de negócio, sem pensar na verdadeira razão para a qual eles foram criados: proporcionar o maior conforto possível, com os cuidados e a atenção necessários, àqueles que não têm possibilidade nem condições de permanecer nas suas casas, onde realmente se sentiam bem. É triste ver os seus rostos apagados, como quem não tem mais motivos para viver. É triste ouvi-los dizer "estou à espera que Deus me leve", como se viver fosse um sacrifício. Envelhecer activamente é possível. Acredito nisso e sei que um dia poderei contribuir, ainda que em pequena escala, para que isso aconteça. É preciso alterar mentalidades. Mudar comportamentos. Humanizar.

Quem concorda com a necessidade de humanização na Geriatria?

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Humanização na Geriatria
« Responder #1 em: Março 10, 2012, 12:28:47 »
Eu sem dúvida que concordo...

É triste ver os idosos fechados numa sala...a olharem para uma tv...sem falarem, sem terem quem faça actividades com eles...muitos dos lares (é triste dizer) são depósitos de idosos. E esta mentalidade que eu tenho tentado lutar...que tenho tentado mudar...esta é uma área que precisa de mais atenção...mais trabalho...

Offline Farfi

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 76
    • Ver Perfil
Re: Humanização na Geriatria
« Responder #2 em: Março 10, 2012, 19:20:37 »
Concordo absolutamente com a expressão que utilizaste, Sérgio - "um depósito de velhos". Infelizmente, é a isso que assistimos em muitos lares. E é precisamente por isso que a população idosa encara com tanto receio a sua ida para um lar. Não querem ser apenas mais um, esquecido entre muitos.

Contrastando com esta realidade, felizmente, ainda há pessoas com princípios e valores diferentes destes e que tentam dar uma vida digna a esta classe etária. Alguns lares de idosos, onde trabalho em part-time, procuram manter os seus utentes ocupados e preocupam-se em proporcionar-lhes qualidade de vida. É verdade que são poucos, mas também os há.

Creio que, quanto mais alertarmos para esta necessidade de humanização na Geriatria, mais resultados vamos vendo. As ideias vão mudando e os comportamentos também. E é por isso que eu luto e sei que, juntamente com os que pensam como nós, vamos conseguir, lenta mas progressivamente.

Offline RaquelSofia7

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 254
    • Ver Perfil
Re: Humanização na Geriatria
« Responder #3 em: Março 11, 2012, 04:08:43 »
eu concordo!!:-)