Autor Tópico: VIOLÊNCIA SOBRE IDOSOS  (Lida 1964 vezes)

Offline rmsfontes

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 48
    • Ver Perfil
VIOLÊNCIA SOBRE IDOSOS
« em: Março 16, 2009, 21:48:47 »
Na tentativa de podermos abordar este assunto de uma forma mais profunda, aqui deixo esta modesta opinião da Associação Amigos da Grande Idade - Inovação e Desenvolvimento. Talvez seja altura de começarmos, com as nossas ideias, a influenciar um pouco da politica para a área da Grande Idade.

Nas últimas semanas a Associação Amigos da Grande Idade, à qual tenho a
honra de presidir, recebeu algumas solicitações para emitir a sua opinião
em relação à violência exercida sobre idosos. A Associação tem sido muito
cautelosa a emitir opinião sobre este assunto, entendendo que a informação
disponível é rara e a credibilidade da mesma é discutível.
O tema da violência é, como sabemos, bastante mediático e por vezes
parece ter alguns aproveitamentos que nada interessam a uma discussão
séria sobre a Grande Idade.
A Associação faz actualmente uma abordagem um pouco diferente das
correntes opinativas tão interessantes para as notícias bombásticas.
Julgamos que a violência sobre pessoas idosas não é significativa nos Lares
e Casas de Repouso e, ainda que qualquer acontecimento único já seja
extraordinariamente grave, o número de incidentes não nos parece ser
elevado.
Estudos revelam que a maior parte da violência sobre idosos é cometida
por familiares próximos e fora das respostas sociais e privadas. E ainda que
esses estudos apresentem amostras muito reduzidas são os únicos que
existem.
O que nos parece é que a maior violência sobre idosos é exercicida pela
organização da sociedade do ponto de vista social, económico e político.
É a inexistência de legislação adequada para lares, casas de repouso e apoio
domiciliário, a inexistência de qualquer legislação sobre representação
jurídica e social dos idosos deixando-os à sua sorte quando perdem
capacidade de decisão, o sistema de comparticipação social do estado,
completamente ultrapassado e até perverso na medida em que estabelece
comparticipações mais elevadas para os idosos que são institucionalizados
em respostas sociais e privadas do que para idosos que se mantém no seu
domicílio e no fundo a inexistência de uma declaração clara que estabeleça
os direitos das pessoas idosas que se torna uma evidente e dramática
violência sobre as pessoas idosas.
O actual modelo dos lares de idosos que obriga a fazer viver no mesmo
espaço pessoas idosas activas e saudáveis com pessoas idosas totalmente
dependentes e sem capacidades físicas e mentais, a descriminação de apoio
económico a pessoas idosas que se encontram dependentes em lares em
relação a pessoas idosas nas mesmas condições que se encontrem
internadas em unidades de cuidados continuados na tipologia de longa
duração, que exercem violência sobre os nossos cidadãos da Grande Idade.
Ainda que seja mais interessante e dê menos trabalho falar no pinheiro,
temos a obrigação de nos preocuparmos com a floresta.
Torna-se hoje fácil divulgar uma qualquer atitude menos apropriada de um
familiar ou técnico sobre uma pessoa idosa. E isso será sempre de penalizar
e de imputar com consequências sérias. Contudo é muito mais difícil
mudarmos legislação, comparticipações, modelos de prestação de cuidados
e oferta de serviços e lutarmos por uma verdadeira reestruturação das
respostas que temos para os cidadãos da Grande Idade.

Offline CCAV

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 472
    • Ver Perfil
Re: VIOLÊNCIA SOBRE IDOSOS
« Responder #1 em: Março 17, 2009, 09:54:59 »
Citação de: rmsfontes

Ainda que seja mais interessante e dê menos trabalho falar no pinheiro,
temos a obrigação de nos preocuparmos com a floresta.


Deviamos todos pensar um pouco mais assim!

Abraço, continuação de bom trabalho!
Se queres um amigo, cativa-o!