Autor Tópico: apoio domiciliario  (Lida 5166 vezes)

Offline vitoferre

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 18
    • Ver Perfil
apoio domiciliario
« em: Janeiro 07, 2008, 20:27:06 »
ola sou enfermeiro num hospital publico em lx há 4 anos e estava interessado em construir uma empresa de apoio domiciliário será que algum de vocês me pode fornecer informações?? Brigado! :)

Offline Álvaro Matos

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 442
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #1 em: Janeiro 07, 2008, 21:08:30 »
Os paços a dar são semelhantes aos de um Centro de Enfermagem já aqui abordados num tópico anterior onde mencionei os Dec. Lei .
É portanto uma questão de pesquisar.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: apoio domiciliario
« Responder #2 em: Janeiro 07, 2008, 21:24:28 »
Penso que o colega amatosa quererá dizer passos onde diz paços.

Cumprimentos

Offline pipoca

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 28
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #3 em: Janeiro 07, 2008, 22:41:29 »
O colega que refere a necessidade de empresas de apoio domiciliario está a ver bem as futuras prespectivas...
deve ser um bom negocio mas há muita gente a trabalhar em particular e fora dos horaraios das Ipss onde trabalham, é mais um dinheirito a entrar

Offline vitoferre

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 18
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #4 em: Janeiro 07, 2008, 22:52:52 »
mas a ideia é criar uma rede de apoio diferenciada, onde a prestação de cuidados é muito variada

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #5 em: Janeiro 07, 2008, 23:31:26 »
uma boa aposta. No entanto é importante estabelecer parcerias, ter capacidade de resposta em diversas áreas. um projecto interessante que também vou idealizando.

Offline Álvaro Matos

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 442
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #6 em: Janeiro 08, 2008, 14:33:57 »
Citação de: Magistral Estratega
Penso que o colega amatosa quererá dizer passos onde diz paços.
Cumprimentos
Obrigado pela correcção ,pois poder-se-ia inferir que me estava a referir aos Paços do concelho onde muita desta burocracia é tratada.
Mais uma vez obrigado

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: apoio domiciliario
« Responder #7 em: Janeiro 12, 2008, 04:57:49 »
Como operacionalizar uma rede de cuidados domiciliários dentro do SNS? Questão retórica?

Offline charlie_ze

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #8 em: Janeiro 13, 2008, 01:53:07 »
Não deveria ser retórica, deveria ser já existente.

Não conheço nenhuma eficaz no SNS, mas já estive ligado a uma de uma IPSS, onde a grande falha era a pouca vontade dos enfermeiros dessa instituição fazerem evoluir esta.

Offline vitoferre

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 18
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #9 em: Janeiro 13, 2008, 01:55:24 »
IPSS???

Offline avicente

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 109
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #10 em: Janeiro 13, 2008, 09:56:03 »
Citação de: charlie_ze
Não deveria ser retórica, deveria ser já existente.

Não conheço nenhuma eficaz no SNS, mas já estive ligado a uma de uma IPSS, onde a grande falha era a pouca vontade dos enfermeiros dessa instituição fazerem evoluir esta.


Não concordo nada com o colega pois conheço uma realidade bem diferente, e por que acho que com a criação da rede de cuidados continuados a realidade é cada vez menhor.
Eu trabanho num CS na equipe de cuidados continuados, damos resposta a todos os utentes do cs que nessecitem de cuidados continuados. Alem disso trabanhamos em parceria com diferentes IPSS articulando cuidados de forma os utentes, quando referenciados, possam usufruir de refeições ao domicilio, cuidados de higiene. Os utentes depois de avaliação da situação podem ainda ser referenciados para unidades de internamento de cuidados continuados de curta, media ou longa duração consuante as nessidades.
Trabanhamos ainda em parcerria com os medicos q realizam VD qd necessário (ou visse-versa), e com uma equipe de jovens voluntários que fazem companhia aos idosos que vivem mais isolados.
Como vêm nem tudo é mau no nosso SNS quando há vontade muita coisa se pode atingir e conseguir.

Offline charlie_ze

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #11 em: Janeiro 15, 2008, 01:03:13 »
Fico feliz por saber que no seu centro de saúde já se articula neste sentido colega avicente, mas parece-me que ainda é uma oasis num deserto, esperemos que todo o país evolua para tal

Offline AlexGomes

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 132
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #12 em: Março 06, 2008, 00:52:22 »
A relidade do meu CS é similar à colega avicente.

Existe articulação com as IPSS com apoio domiciliário integrado,algumas 7 dias na semana e 12 h por dia.

Articula-se ainda com a Misericórdia e CMunicipal.

Há trabalho em equipa.

Offline miguelittu

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 117
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #13 em: Março 06, 2008, 17:00:27 »
[/quote]
Não concordo nada com o colega pois conheço uma realidade bem diferente, e por que acho que com a criação da rede de cuidados continuados a realidade é cada vez menhor.
Eu trabanho num CS na equipe de cuidados continuados, damos resposta a todos os utentes do cs que nessecitem de cuidados continuados. Alem disso trabanhamos em parceria com diferentes IPSS articulando cuidados de forma os utentes, quando referenciados, possam usufruir de refeições ao domicilio, cuidados de higiene. Os utentes depois de avaliação da situação podem ainda ser referenciados para unidades de internamento de cuidados continuados de curta, media ou longa duração consuante as nessidades.
Trabanhamos ainda em parcerria com os medicos q realizam VD qd necessário (ou visse-versa), e com uma equipe de jovens voluntários que fazem companhia aos idosos que vivem mais isolados.
Como vêm nem tudo é mau no nosso SNS quando há vontade muita coisa se pode atingir e conseguir.
[/quote]

O colega descreveu na perfeição a realidade com a qual me deparo também. Também integro uma destas equipas e existe um trabalho de equipa exemplar com outros profissionais e entiades.

Offline miguelittu

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 117
    • Ver Perfil
Re: apoio domiciliario
« Responder #14 em: Março 06, 2008, 17:01:28 »
desculpem, correu mal a citação anterior lol