Autor Tópico: Formação em Suporte Básico de Vida  (Lida 49313 vezes)

Offline CarlaP

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #30 em: Fevereiro 06, 2008, 19:31:12 »
e as ARS tb formam em SAV

Offline ruipintos

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 75
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #31 em: Fevereiro 06, 2008, 19:34:09 »
Caro colega!

Sou um apaixonado pela emergência tal como o colega e realmente na escola onde tirei o meu curso, o SBV era um tema dado em 2 aulas e quem queria poderia escolher, como opção, frequentar as aulas de emergência.
Apesar disto, desde o meu 2º ano que investi nesta área. Ouseja, fiz formação de SBV na Cruz Vermelha de COimbra e fiz tb o curso de TAT na mesma instituição onde fui voluntário durante cerca de 3 anos a fazer "INEM". A nível da formação escolar, desenvolvi um trabalho muito interessante ao longo dos 3 últimos anos de curso com mais duas colegas. Este tratalho tinha a ver com um percurso pessoal dentro de uma cadeira que era Projecto de Desenvolvimento Pessoal. Começámos no 2º ano de curso, onde realizámos uma pesquisa bibliográfica extensa, que dp teve direito a uma publicação na revista científica da escola; o 3º ano foi de experimentação. Conseguimos obter uma autorização do INEM e estivemos 2 dias, cada um, na VMER dos HUC onde pudémos acompanhar os profissionais. O 4º ano desenvolvemos uma acção de formação numa escola dos arredores de Coimbra, aos alunos do 9º e 12º anos, com manequins de SBV.

Foi um percurso muito interessante, que dp culminou com um trabalho de investigação na mesma área, que teve o tema de "Atitudes de uma população rural e urbana perante situações de urgência" que fazia a comparação entre as duas populações. A princípio queríamos fazer sobre os conhecimentos dos enfermeiros recem formados nesta área, mas "aconcelharam-nos" a não levar a ideia prá frente. Se calhar descobríamos algum "calo" que toda a gente conhece.

Isto para dizer que realmente quem gosta mesmo da área procura a formação e o desenvolvimento na mesma.

Acho sinceramente que as escolas têm obrigatoriamente que apostar mais neste tema, pois faz parte das nossas competências.

Neste momento não me encontro ligado à áera, pra muita pena minha, porque gosto bastante.

Cumprimentos
Rui Pinto

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #32 em: Fevereiro 07, 2008, 13:57:21 »
Citação de: Marcoant
Peço desculpa pela minha "calinada"...
Cumps

Não considero uma calina...apenas não estava informado...agora já está...Abraço ;)

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #33 em: Fevereiro 07, 2008, 14:00:56 »
Citação de: ruipintos
Caro colega!

Sou um apaixonado pela emergência tal como o colega e realmente na escola onde tirei o meu curso, o SBV era um tema dado em 2 aulas e quem queria poderia escolher, como opção, frequentar as aulas de emergência.
Apesar disto, desde o meu 2º ano que investi nesta área. Ouseja, fiz formação de SBV na Cruz Vermelha de COimbra e fiz tb o curso de TAT na mesma instituição onde fui voluntário durante cerca de 3 anos a fazer "INEM". A nível da formação escolar, desenvolvi um trabalho muito interessante ao longo dos 3 últimos anos de curso com mais duas colegas. Este tratalho tinha a ver com um percurso pessoal dentro de uma cadeira que era Projecto de Desenvolvimento Pessoal. Começámos no 2º ano de curso, onde realizámos uma pesquisa bibliográfica extensa, que dp teve direito a uma publicação na revista científica da escola; o 3º ano foi de experimentação. Conseguimos obter uma autorização do INEM e estivemos 2 dias, cada um, na VMER dos HUC onde pudémos acompanhar os profissionais. O 4º ano desenvolvemos uma acção de formação numa escola dos arredores de Coimbra, aos alunos do 9º e 12º anos, com manequins de SBV.

Foi um percurso muito interessante, que dp culminou com um trabalho de investigação na mesma área, que teve o tema de "Atitudes de uma população rural e urbana perante situações de urgência" que fazia a comparação entre as duas populações. A princípio queríamos fazer sobre os conhecimentos dos enfermeiros recem formados nesta área, mas "aconcelharam-nos" a não levar a ideia prá frente. Se calhar descobríamos algum "calo" que toda a gente conhece.

Isto para dizer que realmente quem gosta mesmo da área procura a formação e o desenvolvimento na mesma.

Acho sinceramente que as escolas têm obrigatoriamente que apostar mais neste tema, pois faz parte das nossas competências.

Neste momento não me encontro ligado à áera, pra muita pena minha, porque gosto bastante.

Cumprimentos
Rui Pinto

Que tal concorre para as SIV...em breve devem abrir mais uns consursos...Abraço

Offline catarinaslc

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 37
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #34 em: Fevereiro 07, 2008, 15:51:48 »
Olá. Gostaria de saber se alguém já fez o curso de suporte básico e avançado de vida no IFE?E o que acharam?Obrigada ;)

Offline catarinaslc

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 37
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #35 em: Fevereiro 07, 2008, 15:52:40 »
É que estou interessada em fazer esse curso. :)

Offline enf.cat.denis

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 19
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #36 em: Fevereiro 07, 2008, 20:26:45 »
olá

Eu também estou interessada em fazer o curso de reanimação cardio respirátória do ife. Sei que em abril vai começar novo curso e que as inscrições devem ser feitas até ao final de fevereiro.
Uma colega de serviço fez o curso RCR através desta instituição e tem-me incentivado para fazer o mesmo. Ela refere que a exposição teórica é de qualidade e que as "aulas" práticas também. De acordo com o que ela me disse, no final do curso, cada formando tem de se fazer um estudo de caso.

Gostava de saber se mais alguém fez este curso; o que achou?

Obrigada

Offline Isabelle

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 72
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #37 em: Fevereiro 07, 2008, 21:05:54 »
Olá colegas...  :D

Eu fiz o curso de reanimação cardio respiratória (SBV e SAV) pelo IFE e Braga, e sendo muito sincera gostei mesmo mutio, as informações transmitidas são segundo as novas Guidelines, e os formadores são alem de pessoas muito acessiveis, profissionais que que estao em contacto diario com esse tipo de situações (pelo menos os 2 que nos formaram trabalham no INEM no Porto)...

Acho muito importante, todos nós enfermeiros, termos um curso de SBV e SAV mas acima de tudo, sempre que possivel actualiza-lo, pois as diferenças até poderão nem ser muitas mas é sempre alguma formação a mais que se vai buscar...

Por isso quem puder fazer o curso de IFE (é sempre algum dinheiro) mas vale a pena...

Abraço....
Isabelle

Offline EnfAF

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 35
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #38 em: Fevereiro 08, 2008, 00:32:25 »
    Ola colegas catarinaslc e enf.cat.denis!

Eu fiz o curso de Reanimaçao Cardio-Respiratoria do IFE em Lisboa e considero que foi uma mais valia para a minha pratica profissional e tb um grande enriquecimento a nivel pessoal. A formaçao e 5*, ministrada por enfermeiros muito experientes e peritos em emergencia e ha bastantes aulas praticas. Recomendo! O unico senao e que fica um pouco dispendioso (como todos os cursos do IFE).

bJS.
EnfAF

Offline catarinaslc

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 37
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #39 em: Fevereiro 08, 2008, 12:48:52 »
Obrigada colegas. Já me inscrevi para o curso de reaniamação cardio-respiratória no ife em lisboa. ::)

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #40 em: Março 11, 2008, 10:30:00 »
Um aviso colegas.

Os cursos ministrados pelo IFE não são reconhecidos pelo Conselho Português de Ressuscitação.
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #41 em: Março 11, 2008, 12:55:22 »
Citação de: Vitor A.
Um aviso colegas.

Os cursos ministrados pelo IFE não são reconhecidos pelo Conselho Português de Ressuscitação.

Tem razão, mas infelizmente contactar o CPR é quase missão impossível. Nunca respondem a e-mails.

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #42 em: Março 11, 2008, 15:06:42 »
Para consulta. Entidades Reconhecidas pelo CPR

http://www.cprportugal.net/gca/?id=151

Infelizmente são só estas.

Tem razão colega SandroMello. Contacto com eles é deveras dificil!
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #43 em: Março 22, 2008, 16:11:48 »
Experimentem ligar para a UCIP da Urgência do HGSA ou agora CHPorto. Na UCI trabalham enfermeiros que pertencem ao CPR. Para mais facilmente encontrar tentem perguntar pelo responsável da equipa de RIH (reanimação intra-hospitalar) que vos guiará nesse esclarecimento de dúvidas relativas ao CPR.

Quanto ao facto de fazerem formações pagas do próprio bolso... só se for pelo convívio e o facto de se conhecerem novas pessoas nessas acções de formação porque de resto só contribui para aumentar a actividade necrófaga que é aproveitarem-se da sede de conhecimentos que muitos dos enfermeiros mais novos têm.

Ministram formação sem o mínimo de qualidade, a preços exorbitantes, sem qualquer certificação e que não acrescenta quase nada a alguém que já tenha o mínimo de experiência profissional

Quanto ao caso do SAV, para quê fazê-lo se não estiver certificado? Para isso estudem mas é em casa as guidelines do princípio ao fim. E se precisam do SAV... que o Hospital vo-lo pague... eles é que são os verdadeiros interessados nisso.

Não façam formação sem qualidade... Só alimentam abutres e perdem o vosso tempo e dinheiro

Offline _colado_

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 68
    • Ver Perfil
Re: Formação em Suporte Básico de Vida
« Responder #44 em: Março 22, 2008, 18:18:14 »
Eu não vejo vantagem em fazer cursos que não sejam certificados, neste caso do IFE. Conheço alguns dos formadores dessa entidade, trabalho com alguns deles e não coloco em causa as suas competências, mas ter certificados que não servem para nada... Quem procura conhecimento tem muitas maneiras de o obter, quase todas sem envolver quantias que roçam a exploração.