Autor Tópico: Triagem em situação de multivitimas (pré-hospitalar)  (Lida 7799 vezes)

Offline Bruno Batista

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 10
    • Ver Perfil
    • http://viriatuna.no.sapo.pt
Triagem em situação de multivitimas (pré-hospitalar)
« em: Agosto 26, 2007, 17:01:40 »
Boa tarde a todos os membros,

Será que alguem me poderia indicar um site, bibliografia ou enviar alguma informação sobre a TRIAGEM EM SITUAÇÃO DE MULTIVITIMAS???

Obrigado desde já

Offline arbuezrainha

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 6
    • Ver Perfil
Re: Triagem em situação de multivitimas (pré-hospitalar)
« Responder #1 em: Agosto 27, 2007, 19:41:48 »
Segundo o que aprendi (há uns 3 anos num curso de S.B.V) a avaliação dos doentes é pelo ABCDE, sendo que devem ser prioritários os doentes cuja vida se encontra ameaçada e sobre os que possuem maior probabilidade de sobrevivência.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Triagem em situação de multivitimas (pré-hospitalar)
« Responder #2 em: Setembro 08, 2007, 12:01:20 »
Numa "situação de multivítimas" entrará em acção um plano de catástrofe, neste caso a triagem (isto num contexto de triagem tipo Manchester) será feita da seguinte forma(de uma forma simplificada e simplista):
O doente anda? se sim considera-se prioridade verde
se nao anda: respira após abertura da via aérea? se não;considera-se prioridade PRETA(não se investe, pelo menos nesta fase).
Se sim:Frequência resp. > 29 ? ou Frequência resp. < 10 ? considera-se prioridade Vermelha
se não tiver Freq respiratória menor que 10 nem maior que 29 e tiver Preenchimento capilar > 2seg e/ou Pulso > 120 considera-se prioridade amarela.

Offline Raivinhas

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 61
    • Ver Perfil
Re: Triagem em situação de multivitimas (pré-hospitalar)
« Responder #3 em: Setembro 08, 2007, 18:22:01 »
Olá a todos!

Numa situação de catástrofe/multivítimas a prioridade vai para as vítimas com maior probabilidade de sobrevivência em que a triagem desempenha um papel fundamental na gestão do cenário.

A triagem tem como objectivo classificar o tipo e gravidade das lesões definindo prioridades no atendimento/tratamento.

Consegues informação mais detalhada no site do INEM (manual SAV) e em alguns sites internacionais.
A nível de bibliografia já começa a haver algumas coisas (muito poucas) em português, no entanto consegues informação em inglês, brasileiro e espanhol. Inclusive na @.

Em relação à Medicina de Catástrofe, a coordenação está a cargo do SNBPC (dec. lei 49/2003) e o responsável pela área da Saúde é o INEM (dec. Lei 167/2003).

Se falas num acidente de viação multivitimas, a triagem consiste (de forma global) em fazer um exame primário de forma a definires se a/s vítima/s são criticas ou não. As lesões que não colocam a vitima em perigo imediato de vida são consideradas não criticas, enquanto que nas vitimas críticas tens que intervir de forma imediata.
Numa sequência de actuação a prioridade vai para a via aérea / ventilação / oxigenação / controlo de hemorragias e perfusão. No exame primário segues o ABCDE (como crainha disse), em que A (via aérea - airway), B (ventilação - breathing), C (circulação - circulation), D (disfunção neurológica - disability) e E (Exposição - expose).

Se falas numa triagem hospitalar, de que é exemplo mais comum a triagem de Manchester (implementado na maioria dos hospitais portugueses), o objectivo é identificar critérios de gravidade, que de uma forma objectiva e sistematizada, indicam a prioridade clinica com que o utente deve ser atendido e o respectivo tempo alvo recomendado até a observação médica, não se tratando de estabelecer diagnósticos médicos. O importante na triagem de prioridades é a queixa de apresentação do utente e o consequente nível de prioridade no atendimento (protocolado para ser determinado em 3 minutos) e não o diagnóstico. Quem faz esta triagem é o médico ou enfermeiro com aproveitamento no curso de manchester realizado, exclusivamente, pelo grupo português de triagem de prioridades na urgência. Se precisares tenho mais informação sobre o Manchester, uma vez que sou "trialista".

Espero ter-te ajudado ;))
Nada é impossivel!

Offline charlie_ze

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: Triagem em situação de multivitimas (pré-hospitalar)
« Responder #4 em: Outubro 06, 2007, 00:33:33 »
Se comparares bem os critérios de triagem em catástrofe provenientes de vários sectores, vais encontrar muitas semelhanças. A Triagem de Manchester tem um modelo muito parecido com a da VMER, que se assemelham em tudo com a triagem ministrada nos cursos de ATLS e TNCC.