Autor Tópico: Opinião sobre uma situação de emigração iminente  (Lida 9781 vezes)

Offline jotix

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 146
    • Ver Perfil
Re: Opinião sobre uma situação de emigração iminente
« Responder #15 em: Maio 05, 2013, 13:54:59 »
A razão da emigração deve ter em conta o teu conceito de felicidade.

Se te faz feliz o dinheiro, então emigra.
Se é a família e o amor que te faz feliz, pensa duas vezes. Umas das únicas certezas na vida é a morte, o resto são essencialmente estratégias de se sentir realizado.
Enfermeiro em França

Offline Enf-PT-Sempre

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 141
    • Ver Perfil
Re: Opinião sobre uma situação de emigração iminente
« Responder #16 em: Maio 05, 2013, 23:42:37 »
Citação de: PMCBA
Longe de mim pretender dar inicio a uma discussão, no entanto há que salientar que todos os paises que mencionou não fazem parte do Euro e dois deles nem da UE fazem parte, o que só por si já demonstra algumas possiveis causas da crise atual que Portugal enfrenta.

Recentemente a Suiça aprovou uma lei que permite apenas a atribuição de vistos de permanência a quem possua contratos de 1 ano ou mais (não li a noticia na íntegra mas a ser verdade, concordo plenamente).
=> http://expresso.sapo.pt/clausula-para-e ... al=f785725
=> http://sol.sapo.pt/inicio/Internacional ... t_id=72762
Tendo em conta isto é de prever que os estrangeiros já não são tão bem vistos.

A Inglaterra consiste no pais preferencial para quem, na nossa área, pretende emigrar em virtude da facilidade da lingua e das suas atuais condições económicas que demosntram ser superiores às portuguesas.

Quanto à Dinamarca e à Noruega, os seus idiomas são deveras diferentes em relação ao português, o que faz com que nem sejam considerados como hipoteses pela maioria dos que pretendem emigrar, adicionando ainda claro o fator clima que muito desencoraja.

Certo. Mas no caso da Suiça, a limitação da entrada de pessoas sem qualificações elevadas. Um Enfermeiro tem qualificações elevadas.
Poder trocar esses países por Irlanda, que com 5 milhões de habitantes (metade de Portugal), ultrapassou este ano o PIB português. Bélgica, Áustria. Ou pela Finlândia, país que recebeu muitos portugueses com a 4ª classe e aprenderam a língua e adaptaram-se.

E emigrar não é só dinheiro. 90% das pessoas que eu conheço e emigraram, foram pelos estudos, por aprender 1 língua ou pela experiência pessoal.
Cuidar: de nós próprios, dos outros e do planeta.

Offline Ana B.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 14
    • Ver Perfil
Re: Opinião sobre uma situação de emigração iminente
« Responder #17 em: Maio 06, 2013, 18:55:38 »
Citação de: Enf-PT-Sempre
Citação de: PMCBA
Longe de mim pretender dar inicio a uma discussão, no entanto há que salientar que todos os paises que mencionou não fazem parte do Euro e dois deles nem da UE fazem parte, o que só por si já demonstra algumas possiveis causas da crise atual que Portugal enfrenta.

Recentemente a Suiça aprovou uma lei que permite apenas a atribuição de vistos de permanência a quem possua contratos de 1 ano ou mais (não li a noticia na íntegra mas a ser verdade, concordo plenamente).
=> http://expresso.sapo.pt/clausula-para-e ... al=f785725
=> http://sol.sapo.pt/inicio/Internacional ... t_id=72762
Tendo em conta isto é de prever que os estrangeiros já não são tão bem vistos.

A Inglaterra consiste no pais preferencial para quem, na nossa área, pretende emigrar em virtude da facilidade da lingua e das suas atuais condições económicas que demosntram ser superiores às portuguesas.

Quanto à Dinamarca e à Noruega, os seus idiomas são deveras diferentes em relação ao português, o que faz com que nem sejam considerados como hipoteses pela maioria dos que pretendem emigrar, adicionando ainda claro o fator clima que muito desencoraja.

Certo. Mas no caso da Suiça, a limitação da entrada de pessoas sem qualificações elevadas. Um Enfermeiro tem qualificações elevadas.
Poder trocar esses países por Irlanda, que com 5 milhões de habitantes (metade de Portugal), ultrapassou este ano o PIB português. Bélgica, Áustria. Ou pela Finlândia, país que recebeu muitos portugueses com a 4ª classe e aprenderam a língua e adaptaram-se.

E emigrar não é só dinheiro. 90% das pessoas que eu conheço e emigraram, foram pelos estudos, por aprender 1 língua ou pela experiência pessoal.

Concordo!!! Se há uns anos atrás emigrava-se por questões financeiras hoje em dia emigra-se pela experiência pessoal, pela questão financeira (sem dúvida que pesa!!) e pela valorização profissional. Ao fim de contas passamos muito tempo no trabalho, temos que nos sentir valorizados e realizados com o que fazemos. A estabilidade emocional pesa muito e de facto existem coisas que o dinheiro não compra, julgo que a decisão de emigrar depende dos objetivos de cada um e sem dúvida que não é uma decisão fácil.

Offline SunChild

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 95
    • Ver Perfil
Re: Opinião sobre uma situação de emigração iminente
« Responder #18 em: Maio 18, 2013, 18:01:57 »
Falou-se de muita coisa, real nos nossos dias... Muitos prós e contras sobre largar para trás o nosso país e seguir em frente... Mas todas as hipóteses de emigração que aqui foram faladas foram dentro da Europa... E fora será que também nos recebem bem?

Offline SkyLine

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 208
    • Ver Perfil
Re: Opinião sobre uma situação de emigração iminente
« Responder #19 em: Junho 28, 2013, 03:39:30 »
Neste momento qual o melhor destino? Inglaterra, Irlanda ou Suíça?

Cumprimentos.