Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Mensagens - otnemeM

Páginas: 1 [2]
17
Citação de: scruz
Amac desculpa pensei que era mais uma piada de mau gosto sobre a Jean Piaget de Macedo de Cavaleiros.

Amaritiz vais ver que vai correr bem quanto a Bragança, vais ter ótimos professores já saíram as classificações e se tinhas 14 entras-te, parabéns.
12,40 por M23. E eu nem sabia que era possível entrar no segundo semestre por M23. No Porto e em Aveiro as condições do regime são bem mais apertadas pelos vistos.

18
Citação de: vitorfior
Citação de: otnemeM
Através de que regime pretendes candidatar-te?

Predendo-me candidatar através do "maiores de 23 (tenho 32 anos...)
Começa por ver os editais da(s) faculdade(s) a que te queres candidatar relacionados com a candidatura por esse regime. O mais provável é que encontres lá grande parte da informação que procuras.
De seguida arranja tantos exames dos anos anteriores quanto possível e tenta entrar em contacto com alunos que tenham entrado por esse regime em anos anteriores. Isso deve resolver-te o que os editais não resolvam.

Em princípio a tua preocupação inicial deve focar-se na Biologia do secundário. Dependendo da faculdade podes também ter de estudar matemática (equações de primeiro e segundo grau, estatística e pouco mais), química, português, filosofia, psicologia... mas isso encontras nos editais.

Quanto ao curso em si, atravessas essa ponte quando lá chegares. Entrar já é difícil qb para estares preocupado com daqui a um ano e tal.

19
Citação de: carlaf
Citação de: otnemeM
Se uma (!) aluna (!!) cometeu um erro num estágio, e era da ESEP, então está bem. Certamente os alunos da Católica, Fernando Pessoa, etc, estão livres disso... e aos licenciados então nem se põe a questão ;D

Desdenhar a ESEP (e em detrimento de privadas) à partida faz lembrar o pessoal de Direito que "não quer" ir para a FDUP porque há melhor ;)

Atenção que quando me referi ao erro da aluna, não me referi ao erro propriamente, porque todos na nossa vida seja em que situação for cometemos erros. O que me desmotivou foi a atitude da enfermeira que teceu tal comentário, ou seja das duas uma:
-Para quem é de outra instituição não se admitem erros, o que pode ser bom ou mau segundo o ponto de vista de cada um
ou
-Aos alunos do ESEP os erros tem que ficar "camuflados" , provavelmente porque vão manchar a reputação da instituição que a a tal enfermeira referiu como "nossa".

Dai me perguntar: Serão os alunos do ESEP melhores que os alunos de outras instituições porque de facto o são de verdade, ou apenas são os melhores porque estão de certa forma agregados a uma faculdade de medicina e a uma instituição de nome hospital São João e não fica bem na pintura sairem alunos com maus resultados. É que sinceramente foi o que me pareceu.
A mim parece-me que foi mais um caso de típica basófia que outra coisa. Se realmente funcionasse assim não só era pouco provável que a enfermeira o mencionasse à boca rota, e também haveria ausência de chumbos por parte de alunos/as da ESEP, e não é o caso, pois não?  ;)

21
Através de que regime pretendes candidatar-te?

22
Tens toda a razão.
Ironicamente há regimes de ingresso (ditos "especiais") que acabam por ser MUITO mais justos, adequados e cuidados que o regime geral.

Por cá só se aprende com o que não interessa e só se adopta o que dá menos trabalho (com as devidas excepções claro). As crianças e adolescentes não são minimamente preparados ou esclarecidos sobre o que é necessário fazer, é-lhes passada uma ideia geral de que "para quem é, bacalhau basta" e isso vai passando em anos sucessivos. É por isso que nivelar pela mediocridade é hoje em dia a normalidade.

23
Se uma (!) aluna (!!) cometeu um erro num estágio, e era da ESEP, então está bem. Certamente os alunos da Católica, Fernando Pessoa, etc, estão livres disso... e aos licenciados então nem se põe a questão ;D

Desdenhar a ESEP (e em detrimento de privadas) à partida faz lembrar o pessoal de Direito que "não quer" ir para a FDUP porque há melhor ;)

24
Citação de: carlaf
Quando disse que o ESEP não estava nas minhas escolhas, não foi de forma nenhuma para desacreditar aquela instituição, simplesmente acho que não é das melhores na região norte, mas isso é a minha opinião e posso até estar errada.
Mas baseada em quê exactamente?... Certamente a tua opinião deve ter por base algum tipo de conhecimento, experiência pessoal ou de terceiros, ou pelo menos uma ideia geral devido a uma ou outra coisa - e eu estou extremamente curioso para descobrir o que motiva essa tua "opinião"  ^-^

25
Cuidados Gerais / Re: Tatuagem/Expulsão da Instituição!!
« em: Agosto 31, 2012, 01:22:58 »
Citar
a questão é que nos disseram que a própria ordem não permite o exercício da profissão com tatuagens visiveis
Onde é que isso está escrito?

26
Citação de: carlaf
Citação de: Diana_Sousa
Eu entrei em 2008. Nesse ano, a nota da ESEP era 16,9.  Ora bem...parece me que vai alguma diferença para 10 valores.

Vais-me desculpar Diana. A minha média é de 17,40. E com essa nota entro em qualquer uma faculdade. O que está em causa aqui é que quero o melhor e o ESEP não faz parte da lista.

A escolha agora está entre uma publica noutro local, o que acarretará despesas, ou optar por uma privada perto de casa.

A minha escolha estava praticamente feita (UFP), no entanto como ouvi tantos comentários maus sobre a mesma, tenho que optar por outra.

Além do mais não percebo o porquê desta grande diferença entre publicas e privadas. Tenho um familiar que é professor de desenho técnico e que dá aulas quer na privada quer na publica. Não me venham dizer que um mesmo professor é mau na privada e excelente na publica. Isso não faz sentido nenhum.
Quer dizer que queres o melhor e por isso ESEP não está no rol de escolhas (era giro explicares porquê, lol) mas no entanto estás a considerar privadas e chegaste a considerar a UFP.

Pois não faz sentido nenhum. Na volta é tudo inveja. Gente que queria ter dinheiro e o privilégio de pagar aquela bela propina mas não pôde, então pôs-se a falar mal.

Mas o essencial, o que me deixou mais curioso, é mesmo isso de quereres o melhor e por isso não considerares a ESEP.

27
Ensino e Atividades Académicas / Re: Se eu fosse bastonário....
« em: Agosto 22, 2012, 00:27:34 »
Citação de: scruz
A minha postura é liberalização do mercado(...)
Se achas que a liberalização do mercado é isso, não sabes o que é liberalização do mercado.
Liberalização do mercado, em Portugal, significa que os enfermeiros - porque são bem mais do que os necessários - iriam ser pagos ao nível do ordenado mínimo. E já estivemos mais longe.


Quanto ao assunto do tópico, é favor consultar o Consenso pelo Emprego na Enfermagem.
Tudo o que está neste texto é mais que necessário e obrigatório: é ESSENCIAL para a enfermagem em Portugal recuperar e sobreviver. Tratar de cada um dos pontos ali referidos devia ser o alfa e o ómega da OE.

28
Após ler e assinar, e como alguém que iniciará a CLE dentro de pouco tempo, ocorre-me perguntar o que faz afinal a Ordem. Estou atento à área da saúde (pois já nela estou) há mais de 8 anos e já tinha a ideia que era uma Ordem com uma atitude passiva quando comparada com outras, mas o que tenho lido por aqui (mais no FB e nos comentários das diárias notícias de jornais online) e descobrir que os pontos principais da petição estão ainda em discussão porque essas iniciativas não foram tomadas pela própria Ordem deixa-me estupefacto.

Páginas: 1 [2]