Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Mensagens - enf.cat.denis

Páginas: [1]
1
Saúde Materna e Obstétrica / "Foco" - Quem deve avaliar?
« em: Março 09, 2008, 20:28:45 »
Olá pessoal ;)

Sou recém licenciada e comecei à pouco tempo a trabalhar no programa de saúde materna de um centro de saúde da área de Lisboa.
Neste serviço é prática comum os enfermeiros (generalistas) ouvirem o "foco", tanto na ausência do médico como durante as consultas médicas.
Recentemente a chefe do centro de saúde apercebeu-se que eu não ouvia o "foco" e insistiu que eu deveria faze-lo. Face a este "incentivo" fiquei na duvida.

Será que eu deva responsabilizar-me pela avaliação do foco? E se durante uma avaliação, em que o médico não está presente, não se consegue ouvir?

Pelo que eu sei, e recordo das informações transmitidas durante o curso, esta acção não está inserida no leque das competências de um enfermeiro generalista.

Tenho alguma razão naquilo que digo? Existe algum documento que explicite, de forma clara, que a avaliação do foco deve ser realizada exclusivamente por um enfermeiro especialista ou um médico?

Não é que um enfermeiro generalista não sabia ouvir o foco mas numa situação menos linear quem assume a responsabilidade!? ???

Será que alguém me pode ajudar a esclarecer estas duvidas...

Obrigada

2
olá

Eu também estou interessada em fazer o curso de reanimação cardio respirátória do ife. Sei que em abril vai começar novo curso e que as inscrições devem ser feitas até ao final de fevereiro.
Uma colega de serviço fez o curso RCR através desta instituição e tem-me incentivado para fazer o mesmo. Ela refere que a exposição teórica é de qualidade e que as "aulas" práticas também. De acordo com o que ela me disse, no final do curso, cada formando tem de se fazer um estudo de caso.

Gostava de saber se mais alguém fez este curso; o que achou?

Obrigada

3
olá pessoal

Durante o meu estagio em cuidados continuados um dos Sr. assitidos tinha uma ulcera venosa que era maioritariamente constituida por tecido de epitelização e em algumas zonas tecido de granulação. O penso era feito 3x por semana no domicilio e encontrava-se sempre repassado com grande quantidade de exsudado.
Na ultima visita domiciliaria que realizei a esse Sr. o enfermeiro efectuou limpeza da ulcera com eter.
Como desconhecia o procedimento perguntei ao enfermeiro o porquê da utilização de eter, ao que ele me respondeu que iria controlar o exsudado (no dia em questão encontrava-se amarelo esverdeado e com odor desagradável- também foi prescrito antibiotico (ou foi pedido ao médico para prescrever antibiotico-já não me recordo). O meu estagio terminou no dia seguinte e não tive oportunidade de verificar a evolução da ulcera.
Na altura pesquisei documentação que fundamentasse este procedimento mas não encontrei.
Se alguém tiver informação sobre este tema era interessante partilha-la...
beijocas :D

4
A melhor escola de enfermagem não sei qual é!? ??? a verdade é que só conheço a minha :P

Escola Superior de Enfermagem de Artur Ravara

Cumprimentos pessoal

5
Olá Pessoal

Terminei o curso à pouco tempo (cerca de 5 meses) na já extinta Escola Superior de Enfermagem de Artur Ravara.
Incluo-me no ultimo grupo de ravarinhas formado pela instituição...
Como qualquer estudante de enfermagem passei bons e maus momentos na escola. Fazendo um balanço de 4 anos considero que todas as experiências vividas e proporcionadas pela Ravara foram especiais e inesquecíveis.

Ravarainha para sempre  ;D :P

Cumprimentos

6
Assuntos laborais / Re: Tramados e mal pagos
« em: Novembro 25, 2007, 14:05:44 »
Colega Marito estou de acordo consigo
Citação de: Marito
Quem está mal que se mude...o que não falta para aí, são enfermeiros no desemprego... Estamos a viver numa ditadura camuflada! Ou comemos e calamos ou então, estamos mal. E pensar eu que vivia em pleno século XXI e numa sociedade democrática com valores fundamentais...Pura ilusão.

Eu só recentemente tive conhecimento desta situação no CHLO e pensava que era uma das primeiras instituições a praticar esta injustiça e a promover esta desigualdade entre colegas da mesma classe profissional. Como tive oportunidade de ler no fórum esta situação é comum noutras instituições em especial do Norte do pais.

Tendo em conta a politica orçamental vigente de certo "esta moda", mais cedo ou mais tarde, irá estender-se às restantes instituições de saúde...

cumprimentos a todos

7
Ensino e Atividades Académicas / Re: Acabar com contrato?
« em: Novembro 25, 2007, 13:43:06 »
Colega Kokas
em principio na próxima semana (se a ARS Lisboa der aprovação) também vou assinar contracto nos moldes semelhantes aos seus (12 meses)

Como estava prestes a iniciar funções num call center, facto que foi mencionado à enfermeira que me fez a entrevista, à poucos dias telefonaram-me para esclarecer a minha situação neste "emprego".
Esta pergunta foi-me colocada pois para assinar o contracto de 12 meses não posso exceder as 64 horas semanais.
Eu ainda não tive acesso ao contracto nem tenho conhecimento das suas especificidades. Mas gostaria de saber se no seu contracto era mencionado esta restrição horária, e já agora, caso seja necessário rescindir contracto com que antecedência poderá ser feito?

Tenho consciência que estas perguntas podem ser consideradas pessoais, se assim o entender não precisa de responder e espero que não fique ofendido com elas...

Obrigada

Cumprimentos a todos e boa sorte para os que procuram emprego ;)

8
Assuntos laborais / Re: Resultados dos concursos
« em: Novembro 15, 2007, 12:04:48 »
Bom dia pessoal!!!

Penso que foi a unica colega que mencionou o concurso de castelo branco e no meu post referi apenas que tinha telf para lá e que ARS já tinha as listas prontas mas ainda estava à espera que as cotas fossem atribuidas. Assim, só depois da atribuição das cotas é que a lista é afixada.
Não referi a data em que os resultados sairiam porque não obtive essa informação.
Quem estiver interessado neste concurso vá ligando para a ARS, o nº é 272330100

Cumprimentos e boa sorte a todos :)

9
Assuntos laborais / Re: Resultados dos concursos
« em: Novembro 14, 2007, 15:43:01 »
olá Pessoal!!
Telefonei agora para as seguintes ARS:

Leiria- as listas de candidatos ainda estão a ser revistas pelo júri; o Sr. que me informou referiu que iam tentar (re)afixa-las sexta feira
Castelo Branco- as listas já estão prontas contudo a ARS ainda está à espera que as cotas sejam atribuídas...

Boa sorte para todos ;)

10
Sem duvida o facto de alguns colegas terem 2 ou 3 empregos é um dos motivos pelo qual existe uma elevada taxa de desemprego na área de enfermagem. Como é obvio não é o único motivo, e a meu ver, não é o mais relevante... Não nos devemos esquecer da politica economicista vigente no nosso pais....

Como recém licenciada e desempregada revolta-me esta situação pois vejo uns com 2 ou 3 empregos e outros sem nenhum, no entanto, conheço alguns enfermeiros que se não tivessem o duplo emprego, na altura dos concursos até serem afixadas as listas e feitos os novos contractos, estariam desempregados e sem capacidade de pagar as contas no fim do mês.

A realidade é esta, quem tem somente um emprego faz uma ginástica razoável para pagar as contas mensais, e uma ginástica ainda maior se quiser poupar algum...

Os enfermeiros não ganham como licenciados e a vida está difícil para todos, por este motivo não condeno quem tenha 2 ou 3 emprego.

Defendo somente que é preciso bom senso, como não existe numa lei a regular esta situação, vejo enfermeiros a cometer atrocidades horárias (fazer noite e seguir turno de manhã, é um exemplo). Nestas situações, pergunto-me, será k o dinheiro vale o risco e a irresponsabilidade... Qual é a qualidade de cuidados prestados por estes enfermeiros? ???

Em relação à situação dos reformados ainda exercerem a profissão já é um conceito que tenho dificuldade em aceitar, pois actualmente os enfermeiros reformados conseguiram reformas bastante boas e muito superiores ao ordenado base do enfermeiro de nível I.
Penso que se estas pessoas querem uma ocupação e ainda conseguem trabalhar como enfermeiros seria melhor terem continuado no activo...

Saudações e boa sorte para todos, especialmente para quem procura o 1º emprego. :)

11
Cuidados Gerais / Re: Cursos de Enfermagem Originais!
« em: Novembro 12, 2007, 23:06:14 »
Eu sou ex-aluna da Escola Superior de Enfermagem de Artur Ravara e quando li este tópico senti necessidade de comentar.

Não exclusivamente por ser ex aluna mas porque fui uma das pessoas que frequentou as disciplinaS de Desvios de Saúde (sim porque elas eram 5 disciplinas e foram leccionadas desde o 1º ano ao 3º ano de curso :P :P).
Desvios de saúde é um nome invulgar para uma disciplina mas a verdade é que o seu conteúdo é de extrema importância. Nesta disciplina são abordadas as noções básicas de patologia. De acordo com o ano que o aluno frequenta assim são adaptados os conteúdos, ou seja, no 1º e 2º ano de curso são abordadas as patologias + comuns no adulto e no idoso, no 3º ano as patologias + frequentes nas grávidas, puerperas e crianças.

A verdade é que os "Desvios de Saúde" foram um pilar essencial na formação académica pois permitiram complementar as disciplinas de enfermagem.

Em relação às provas de ingresso não percebo a questão ???, se bem me recordo são necessárias duas das três que de seguida apresento: biologia, química e psicologia, no entanto, todas elas estão contempladas no plano de estudos de um aluno do agrupamento científico natural...

Agora em relação ao comentário "(...)os alunos que concluem o Curso tem colocação imediata nos diferentes Hospitais públicos ou privados, Centros de Saúde e outras instituições, algumas privadas que todos os anos se dirigem aos finalistas com propostas de trabalho imediato, após a finalização do Curso"
Não sei quem originalmente escreveu ou aprovou esta frase, e a associou à Ravara, porque é ridícula e falsa, aliás, eu sou a prova do contrário... (ficava feliz se pelo menos tivesse 1 proposta de emprego...)

Enfim, cada escola sua particularidade... o mais importante foram os bons momentos passados nos 4 anos de curso e a certeza que saímos de lá licenciados com o desejo de todos os dias atingirmos o ideal... Ser Enfermeiro :)

12
Assuntos laborais / Re: Resultados dos concursos
« em: Novembro 11, 2007, 20:03:38 »
Cara colega Guida 22 o que se passou com a tua candidatura na ARS Leiria é deveras estranho.  ??? ::)

Para já o anuncio não é explicito relativamente à necessidade de mencionares em cada requerimento os outros centros de saúde para os quais concorres. E mais estranho ainda, é que tu entregaste a documentação pessoalmente na ARS, era de prever que quem a recebeu soubesse o que estava a fazer e, se visse algum erro te indicasse qual.

Eu não quero estar a lançar achas para a fogueira mas penso que devias esclarecer melhor o motivo pelo qual a tua candidatura foi anulada...
Se estiveres interessada em clarificar melhor esta situação e se achares pertinente recorrer do concurso existe um tópico no fórum k te poderá ajudar ("como recorrer de um concurso")...

Saudações e Boa sorte... ;)

13
Novidades / Re: Carta Aberta
« em: Novembro 09, 2007, 15:24:27 »
O texto está escrito de forma muito perspicaz e a seu conteúdo é extremamente motivador.

Estou de acordo com a colega que o escreveu quando afirma que o presente e o futuro da profissão está dependente de nós, do nosso interesse, empenho e essencialmente da nossa capacidade reivindicativa.
Sem duvida a classe profissional precisa de acordar... E como diz o ditado: mais vale tarde do que nunca... Parece-me que as eleições que se avizinham são, o primeiro passo, um momento ideal para o fazer.

Os Órgãos Socias da Ordem eleitos vão estar responsáveis pelo mandato nos próximos 4 anos, contudo ter bons dirigentes não é suficiente por isso deixo a mensagem: colegas informem-se, questionem, lutem, votem em consciência e acima de tudo reivindiquem por direitos e condições justas e dignas...

Saudações

14
Assuntos laborais / Re: Resultados dos concursos
« em: Novembro 09, 2007, 14:45:04 »
Boa tarde

Cara colega rita 22, eu também acabei de receber uma carta do centro hospitalar das caldas da rainha, contudo a informação expressa não é inteiramente coincidente com a sua.

Também me mandaram a ficha de avaliação individual onde estão contemplados os critérios de avaliação e a minha pontuação.

Dizem no entanto que o nº de cotas atribuido ao CH das Caldas da rainha foi de 32 e que o nº de candidatos foi de 354. Devido ao elevado nº de candidatos, o juri decidiu aplicar os critérios de desempate apenas aos primeiros 59 classificados e só em caso de necessidade, os aplicará aos restantes.

Não especificam concretamente que organizaram os restantes candidatos por ordem alfabética.

Se formos realistas e observarmos os critérios de classificação deste concurso, quem não tem experiência profissional e não mora nos concelhos abrangidos pelo Hospital não teve hipotese de ficar nos primeiros  59 lugares...

Enfim, o conteudo da carta também é relativo a verdade é que estes concursos foram criados para (re)contratar os enfermeiros que já exerciam funções nas instituições.
Os recém licenciados tem de continuar a lutar por uma oportunidade...

Em relação ao concurso para o H. Julio de matos quando telefonei para lá a Sr.ª disse-me que as listas ainda não tinham saido. Quando eu a confrontei com o facto de um colega meu ter contactado a instituição e de lhe terem indicado a sua posição na lista, a Sr.ª modificou o seu discurso e disse então que as listas não são oficiais... Referiu que seria conveniente voltar a telefonar para a semana...
Ainda estou a assimilar esta mudança de discurso pois não consigo encontrar justificação para tal... ???

Mas mais uma vez estes consuros, para os recém licenciados, equivalem a uma perda de tempo e dinheiro mandado ao ar... :( >:(

Saudações e boa sorte para todos... ;)

15
Trabalhar fora de Portugal / Re: Trabalhar em Espanha
« em: Novembro 09, 2007, 12:49:52 »
Bom dia pessoal
Eu sou recém licenciada e como muitos procuro o primeiro emprego. Tendo em conta que no mercado português está complicado conseguir uma oportunidade, especialmente quando não se tem experiência nem "o factor C"..., comecei a expandir os meus horizontes.

O pais de nuestros hermanos pareceu-me uma hipotese viável, contudo quando comecei a ver os anúncios de algumas empresas para recrutar enfermeiros apercebi-me que existem imensas abreviaturas para definir enfermeiro.

Assim gostaria que alguém me pudesse esclarecer as diferenças, isto se existirem..., entre DUE, ATS, gerontologo e enfermero.... ??? ???

Agradeço desde já as futuras respostas...

Saudações e, já agora, boa sorte para todos ;)

Páginas: [1]