Forumenfermagem

Outras Dimensões da Profissão => Enfermagem e Politica de Saúde => Tópico iniciado por: keliinha em Agosto 18, 2008, 10:33:10

Título: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 18, 2008, 10:33:10
Já ha bastante tempo que as farmacias se têm vindo a tornar postos de enfermagem, administram-se injectáveis, fazem-se pensos, avaliam-se tensões, fazem-se testes de glicemia e colesterol, a única diferença é que lá n existem enfermeiros. Até ha algum tempo atras algumas destas funções executadas nas farmacias n eram permitidas (mas ninguem cumpria a lei), porém em Janeiro deste ano o ministerio da saúde alargou o campo de acção das farmacias, passando a legislar todas estas funções como actividades passiveis de serem desempenhadas em farmacias, desde que efectuadas por profissionais com formação para tal. Ora vejamos quem são esses profissionais, unicamente enfermeiros, pelo que pensei e de facto já se assiste em algumas farmacias que estas fossem contratar enfermeiros para tal, o que se assim fosse seria bom para aumentar a empregabilidade.
Mas neste pais anda tudo é possivel, hoje vim a saber que vão haver cursos de vacinação e suporte basico de vida para farmaceuticos e que os vai ministrar são enfermeiros..como é possivel??Qualquer dia todos os profissionais de saude são enfermeiros menos nós..que n teremos trabalho!!
É necessário tomar medidas, alguem tem sugestões sobre o que poderemos fazer para travar isto??
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Luisa em Agosto 18, 2008, 13:18:52
sabe dizer k entidade vai ministrar esses cursos?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: hermyana em Agosto 18, 2008, 15:07:07
Ola.

Bem, realmente é frustrante e revoltante ver estas coisas em Portugal. Primeiro os auxiliares de acção médica, agora os farmacêuticos fazem coisas que dantes eram exclusivas de enfermagem, e impedem que os enfermeiros façam algo, ou ainda arranjem emprego.
Na minha opinião, isso deveria ser proibido, senao para que são os centros de saude e os enfermeiros? Bem, provavelmente deveriam-se pedir esclarecimentos ao ministério de saúde sobre, e porque razão permitem isso? E depois, fazer um abaixo assinado a ser enviado ao ministério e por fim uma carta ou algo assim. Não sei, é apenas uma opinião. Eu não percebo grande coisa disto e sinto-me mal por ver tantos enfermeiros a se submeter a tudo, mesmo a trabalhar de graça. E o pior, os familiares desses mesmos enfermeiros, incentivam a isso, uma vez que isso acontece comigo.
Bem, espero que a minha opinião tenha servido para alguma coisa.

Ana
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 19, 2008, 10:18:11
A entidade é a ANF- Associação Nacional de Farmacias
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfermeiredo em Agosto 19, 2008, 19:12:15
Bonito! :- E a Ordem? Que diz ela no comunicado de resposta a esta situação?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfkathy em Agosto 19, 2008, 20:43:56
Depois acontece como com a vacina da gripe...
Andam os Enfermeiros com trabalho a fazer registos no Sinus e Sape, também para avaliar a taxa de cobertura vacinal na população....e as pessoas vão à farmacia, é-lhes administrada a vacina sem qualquer tipo de registo!
Apesar de não ser este o problema principal...é triste ver o nosso trabalho a ser desvalorizado desta maneira!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 19, 2008, 21:21:01
A ordem ja se manifestou contra, bem como a ordem dos médicos, mas como sempre de nada valeu...estou mesmo indignada. E para além disso o curso é de apenas 2 dias, n me parece k alguem fique apto a administrar vacinas com apenas 2 dias de treino, qualquer enfermeiro tem uma preparação muito superior. Gozam e continuam a gozar com a nossa cara, qualquer dia fazem também um curso de pensos, de algaliações,etc e andam a tirar o curso de enfermagem por partes..já estou farta desta profissão que parece o caranguejo..só anda para trás!!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Agosto 20, 2008, 13:38:20
Eu bem tinha avisado noutro post...
Eu vi logo que isto ia acontecer, para além de haver conivência dos colegas no ensino neste curso a ORDEM não faz nada....
julgo que ORDEM como é tem poder legal para se sobrepor a uma decisão destas...
A enfermagem está a morrer....
Estou deveras triste com esta situação....
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Agosto 21, 2008, 15:52:08
Nao percebo como tem estado tudo calado perante esta assunto....
andam preocupados que os colegas "roubam" os empregos, mas uma situação tão grave como esta parece que caíu em saco roto e que tudo está bem....por favor manifestem-se...já enviei msg á ORDEM
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 21, 2008, 17:05:51
Eu também ja o fiz mas ainda n obetive resposta!
Realmente tb n percebo como ha tanto desinteresse sobre um assunto tao grave!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfsergio em Agosto 22, 2008, 09:15:21
Mais uma área que vai fugir à enfermagem...

Daqui a uns tempos...em vez de ir ao centro de saúde...vou à farmácia...pois posso lá comprar a medicação, que me seja realizado um penso e me administrem medicação...

É urgente a ordem impedir que esta situação se desenvolva...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Agosto 22, 2008, 12:45:13
Diziam antes para estarmos descansados que nada ia acontecer...tinham de ser mm enfermeiros...

http://www.forumenfermagem.org/forum/ht ... php?t=4.30 (http://www.forumenfermagem.org/forum/http://forumenfermagem.org/phpbb3/viewtopic.php?t=4.30) , pois mas dado acontecimentos anteriores vi logo que de uma forma ou outra os farmaceuticos iam ultrapassar esta situação. Eles em farmácia perderam muito qd deixaram de preparar os medicamentos na propria farmacia, agora quae q isso nao se faz...e como uma farmaceutica me disse andam a vender cremes....e tinham de arranjar algo com que se "entreter"...
Assusta-me o abandono dos nossos representantes perante estas situações. E nao venham falar em denuncias...porque a lei saíu e eu bem avisei que iam conseguir...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: NunoUKnurse em Agosto 22, 2008, 13:33:14
boas!
lamento acrescentar a onda de pessimismo mas o que esta a acontecer em Portugal ja se verifica no Reino Unido :-...Aqui podem ir a uma farmacia comprar medicamentos, tirar fotocopias, comprar selos, alugar filmes, tomar injeccoes, medir tensoes, fazer exames de saude completos...A Ordem tem so poder regulador sobre os seus proprios profissionais e nao sobre os farmaceuticos. A lei compete ao Parlamento e ao Governo que as propoe e as executam...
Pode ser polemico, mas em face do que vejo aqui, os enfermeiros so irao ganhar prestigio se, E EM MINHA OPINIAO, se especializarem e se roubarem funcoes a uma classe profissional que realmente detem demasiado poder em Portugal (e nao preciso de dizer quem e!). Um dos nossos problemas e que realmente fazemos um pouco de tudo mas nao somos realmente especializados num so campo (e nao quer dizer que nao sejamos bons no que fazemos). Assim, torna-se mais facil a outros profissionais entrar nesse campo tao abrangente. ora vejam, flebotomistas, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, psicologos, medicos, farmaceuticos, nutricionistas, etc.
Vivemos cada vez mais num mundo competitivo e selvagem e se nao nos mantivermos unidos, iremos ser realmente comidos...(uma perguntinha so...quantos aqui trabalham em lares ou tem lares onde os auxiliares desempenham funcoes de enfermagem?).
Cordiais saudacoes
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 22, 2008, 18:40:00
Concordo com o colega qd diz que a enfermagem deveria estar mais especializada, realmente é impossivel ser-se bom em tudo, tendo em conta o vasto campo de actuação da enfermagem, penso que acabamos por saber um pouco de tudo, quando seria de facto melhor que cada um fosse especializado numa área..a enfermagem evoluia bastante concerteza se tal acontecesse.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 22, 2008, 18:41:33
Citação de: keliinha
Concordo com o colega qd diz que a enfermagem deveria estar mais especializada, realmente é impossivel ser-se bom em tudo, tendo em conta o vasto campo de actuação da enfermagem, penso que acabamos por saber um pouco de tudo, quando seria de facto melhor que cada um fosse especializado numa área..a enfermagem evoluia bastante concerteza se tal acontecesse.


E é para a especialização que a OE quer que todos os enfermeiros caminhem...

O Modelo de Desenvolvimento Profissional prevê isso.

Na minha opinião só trará vantagens!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: 6721 em Agosto 22, 2008, 21:17:21
Amigos,

Todas as farmacias a executarem essas funções, sem terem enfermeiros ao serviço:

Nome da farmacia, morada e nome do Director da farmacia

Enviar para a entidade reguladora da Saude e Ordem dos Enfermeiros, se possivel para a comunicação social!

P.s.: enviem todos um pedido de esclarecimento à OE!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: miguelmachado em Agosto 22, 2008, 21:35:52
Caros colegas,

adorei a tua ideia 6721, de momento não sei de nenhuma farmácia mas caso o saiba direi!!
Lamento juntar-me à onda pessimista, mas, por muita força que se faça, o governo não vai recuar nesta decisão por uma questão muito simples e que, infelizmente, está na base de todas as decisões políticas...o dinheiro!! A verdade é que se as farmácias fizerem isso, são necessários menos Centros de Saúde e menos profissionais pagos pelo Estado, logo mais dinheiro!! Mas como tudo depende da perspectiva com que se olha, a verdade é que podemos beneficiar com isto...a farmácias podem responder a este tipo de serviços desde que contratem pessoal licenciado para tal...nós!! Além de prestarmos os serviços, ainda faríamos a ligação com o Centro de Saúde, por exemplo no caso das vacinas como alguém bem lembrou!
Acho que devemos denunciar os casos onde não contratam enfermeiros e a pressão deve ser feita ao Ministério da Saúde, talvez via mail para começar...alguém tem sugestões?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 23, 2008, 09:55:30
Essa das vacinas é muito engraçada...

Devem estar a falar da Pn7, Pn23, antigripal e pouco mais (as não incluídas no PNV)...

Ou será que as farmácias terão ligação ao SINUS? LOL LOL

Conheço farmácias que já iniciaram contactos para a contratação de enfermeiros.

Talvez seja uma boa solução para resolver aqueles casos em que OS ENFERMEIROS DE CSP SE RECUSAM A AVALIAR TA, GLICEMIA E MAIS ALGUMAS COISAS SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA...  Tenham dó...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: miguelmachado em Agosto 24, 2008, 15:11:44
enfarfr,

    fiquei sem perceber a tua posição face a esta questão...eu não estou contra as farmácias prestarem esses serviços, até porque isso facilita o acesso das pessoas à Saúde, desde que prestados por pessoas competentes. Quem são essas pessoas na tua opinião?
    Quanto aos enfermeiros que se recusam a monitorizar TA e glicemia capilar sem prescrição médica, conheço como funcionam alguns Centros de Saúde e nunca ouvi tal, o que me leva a querer que esses casos são uma minoria.
    Em relação à possível ligação das farmácias com o Centro de Saúde, precisamente por as farmácias não terem ligação ao SINUS é que é importante que o Enfermeiro transmita a informação, pois essa é uma informação importante na minha opinião. E quem fala no caso das vacinas, fala nos tratamentos de ferida, na vigilância da glicemia capilar e da TA, onde não basta obter um resultado numérico mas é importante perceber de que forma a pessoa adere e gere o regime terapêutico, e estas são informações importantes para os Centros de Saúde, daí ser indispensável haver um enfermeiro na farmácia, e ainda, que este transmita a informação e encaminhe determinados casos para o Centro de Saúde onde as pessoas podem ser melhor acompanhadas!

    Para terminar, as vacinas que não constam do PNV são mais do que a "Pn7, Pn23, antigripal", aqui tens uma lista mais extensa e que provavelmente nem contempla todas:
- vacina contra a gripe, pneumocócicas ((Prevenar,  Pneumovax 23 e Pneumo 23), contra a varicela (Varivax), contra a Hepatite A (Avaxim, Vaqta), contra a Febre Amarela (Stamaril), contra a Febre Tifóide (Typhim  Vi, Typherix), contra a Cólera (Dukoral), contra a Encefalite da Carraça (FSME-IMMUN), contra a Encefalite Japonesa (JE-VAX),  Meningocócica Polissacarídica, contra a Raiva.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 24, 2008, 15:41:33
@miguelmachado

Citação de: miguelmachado
enfarfr,

fiquei sem perceber a tua posição face a esta questão...eu não estou contra as farmácias prestarem esses serviços, até porque isso facilita o acesso das pessoas à Saúde, desde que prestados por pessoas competentes. Quem são essas pessoas na tua opinião?

O futuro caminha (na minha opinião) para a prestação de cuidados de enfermagem de acordo com a figura de enfermeiro de família... Se houver a desejada acessibilidade não vejo vantagens nas farmácias prestarem esses serviços. O enfermeiro de família supostamente terá que apostar na continuidade de cuidados e as farmácias na minha opinião apenas servem como prestadores de cuidados esporádicos.

Citação de: miguelmachado

    Quanto aos enfermeiros que se recusam a monitorizar TA e glicemia capilar sem prescrição médica, conheço como funcionam alguns Centros de Saúde e nunca ouvi tal, o que me leva a querer que esses casos são uma minoria.

Pois não sei falar em termos quantitativos, mas que existem, existem (no meu centro de saúde onde estou inscrito isso passa-se).

Citação de: miguelmachado
Em relação à possível ligação das farmácias com o Centro de Saúde, precisamente por as farmácias não terem ligação ao SINUS é que é importante que o Enfermeiro transmita a informação, pois essa é uma informação importante na minha opinião. E quem fala no caso das vacinas, fala nos tratamentos de ferida, na vigilância da glicemia capilar e da TA, onde não basta obter um resultado numérico mas é importante perceber de que forma a pessoa adere e gere o regime terapêutico, e estas são informações importantes para os Centros de Saúde, daí ser indispensável haver um enfermeiro na farmácia, e ainda, que este transmita a informação e encaminhe determinados casos para o Centro de Saúde onde as pessoas podem ser melhor acompanhadas!

Mas porquê têm esses vacinas que ser administradas na farmácia?

... e ainda, que este transmita a informação e encaminhe determinados casos para o Centro de Saúde onde as pessoas podem ser melhor acompanhadas!

Se admite que as pessoas podem ser melhor acompanhadas nos CS porque hão de ir para as farmácias?

Citação de: miguelmachado
Para terminar, as vacinas que não constam do PNV são mais do que a "Pn7, Pn23, antigripal", aqui tens uma lista mais extensa e que provavelmente nem contempla todas:
- vacina contra a gripe, pneumocócicas ((Prevenar,  Pneumovax 23 e Pneumo 23), contra a varicela (Varivax), contra a Hepatite A (Avaxim, Vaqta), contra a Febre Amarela (Stamaril), contra a Febre Tifóide (Typhim  Vi, Typherix), contra a Cólera (Dukoral), contra a Encefalite da Carraça (FSME-IMMUN), contra a Encefalite Japonesa (JE-VAX),  Meningocócica Polissacarídica, contra a Raiva.

De referir que dei os exemplos das Pn7, Pn23 e antigripal já que são as mais administradas (pela minha experiência), à excepção das incluídas no PNV.

Resumindo:

Sou enfermeiro em CSP, tenho uma lista de utentes atribuída e sinto-me responsável pela prestação global de cuidados a essa população. Atendo todos os utentes, com ou sem marcação. Não sinto que recorram a farmácias, nem que isso traga qualquer vantagem (para não falar que nas farmácias os utentes têm que pagar, e não deve ser pouco).

Sinto que eu e o médico de família conhecemos aquelas pessoas melhor que ninguém e que temos a responsabilidade de segui-las no seu processo de saúde.

Cumprimentos.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: miguelmachado em Agosto 24, 2008, 18:57:43
enfarfr,

não posso concordar mais!!
Sem dúvida que o melhor sítio para todos esses cuidados é o Centro de Saúde, ou as Unidades de Saúde Familiar...eu apenas fiz aqueles comentários tendo em conta o tema do primeiro post deste tópico...
Citar
as farmacias se têm vindo a tornar postos de enfermagem, administram-se injectáveis, fazem-se pensos, avaliam-se tensões, fazem-se testes de glicemia e colesterol
Citar
funções executadas nas farmacias n eram permitidas (mas ninguem cumpria a lei), porém em Janeiro deste ano o ministerio da saúde alargou o campo de acção das farmacias, passando a legislar todas estas funções como actividades passiveis de serem desempenhadas em farmacias

No meu primeiro post disse:
Citar

Lamento juntar-me à onda pessimista, mas, por muita força que se faça, o governo não vai recuar nesta decisão por uma questão muito simples e que, infelizmente, está na base de todas as decisões políticas...o dinheiro!! A verdade é que se as farmácias fizerem isso, são necessários menos Centros de Saúde e menos profissionais pagos pelo Estado, logo mais dinheiro!!

Obviamente não concordo que as farmácias sejam o melhor local para a prestação destes cuidados, mas a verdade é que o Governo quer que assim seja (confesso que apenas li sobre essa intenção aqui no Forum, mas aceitei como verdade), e já sabemos como se orientam as decisões políticas, pelo dinheiro. Não acho que seja possível (embora fosse desejável) fazê-los recuar neste caso, por isso proponho como alternativa que pelo menos as farmácias sejam obrigadas a contratar profissionais competentes nessa área, os enfermeiros! Mas que não restem dúvidas que o ideal era esses cuidados serem prestados no Centro de Saúde ou nas USF's.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Mauro Germano em Agosto 24, 2008, 19:22:41
Eu pergunto: porque é que não existem farmácias nos CS ou USF? Sendo um serviço necessário porque não são elas públicas?

Se querem que as Farmácias assegurem parte dos cuidados de saúde primários porque não o contrário?

Penso que isto é apenas um preparativo para a privatização total da saúde e nem tem nada a ver com o roubo de competências aos enfermeiros...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 24, 2008, 22:54:09
Citação de: Magistral Estratega
Eu pergunto: porque é que não existem farmácias nos CS ou USF? Sendo um serviço necessário porque não são elas públicas?

Se querem que as Farmácias assegurem parte dos cuidados de saúde primários porque não o contrário?

Penso que isto é apenas um preparativo para a privatização total da saúde e nem tem nada a ver com o roubo de competências aos enfermeiros...

Sem duvida que será a tendência, e digo-lhe colega da maneira economicista como o estado está a tratar a saúde, n me parece que seja  negativo. Hoje em dia as empresas privadas são melhores a todos os níveis, já lá vai o tempo em que ser funcionário publico era um estatuto de "luxo", hoje todos sabemos que quem se inicia a trabalhar em empresas publicas n está em boas condições.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 25, 2008, 20:17:00
Citação de: Magistral Estratega
Eu pergunto: porque é que não existem farmácias nos CS ou USF? Sendo um serviço necessário porque não são elas públicas?

Se querem que as Farmácias assegurem parte dos cuidados de saúde primários porque não o contrário?

Penso que isto é apenas um preparativo para a privatização total da saúde e nem tem nada a ver com o roubo de competências aos enfermeiros...

Deveriam existir... Tal como os laboratórios de análises clínicas.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: bete29 em Agosto 25, 2008, 21:21:29
Talvez seja uma boa solução para resolver aqueles casos em que OS ENFERMEIROS DE CSP SE RECUSAM A AVALIAR TA, GLICEMIA E MAIS ALGUMAS COISAS SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA... Tenham dó...
 
 
Que história é esta?  >:( eu sou enfermeira de centro de saude há quase 4 anos e posso garantir que nao existe semelhante...
Quanto à glicemia temos de pôr imposições porque senão era uma alegria; só devem ser avaliados com é diabético e não quem se lembra que quer avaliar a glicemia para saber se é diabético... poupem-me... ainda por cima quando o nosso material é restrito a 4 tiras por diabético >:( não tem a ver com prescrição médica tem a ver com a lógica da batata....
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 27, 2008, 16:40:27
Citação de: bete29
Talvez seja uma boa solução para resolver aqueles casos em que OS ENFERMEIROS DE CSP SE RECUSAM A AVALIAR TA, GLICEMIA E MAIS ALGUMAS COISAS SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA... Tenham dó...
 
 
Que história é esta?  >:( eu sou enfermeira de centro de saude há quase 4 anos e posso garantir que nao existe semelhante...
Quanto à glicemia temos de pôr imposições porque senão era uma alegria; só devem ser avaliados com é diabético e não quem se lembra que quer avaliar a glicemia para saber se é diabético... poupem-me... ainda por cima quando o nosso material é restrito a 4 tiras por diabético >:( não tem a ver com prescrição médica tem a ver com a lógica da batata....


Eu também sou enfermeiro em cuidados de saúde primários e sei que isso acontece...

A glicemia claro que não se avalia a qualquer pessoa... Nem a TA...

Mas há situações em que a avaliação está indicada (principalmente a TA) e conheço pelo menos um centro de saúde onde existem enfermeiros que se rejeitam a avaliar a TA sem prescrição médica!

Digo isto já que tenho um familiar que se dirigiu ao CS onde está com inscrição primária nos CSP e pediu à enfermeira (que trabalha com o médico de família dele)para avaliar a TA (naquele dia, para vigilância) e ela respondeu que tinha que ter prescrição do médico para fazer isso.

Não conheço mais casos (o que não quer dizer que não existam, mas espero mesmo que não existam).

Cumprimentos.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: mariamariamaria em Agosto 28, 2008, 20:05:51
Olá,

Pois é...

Continuem a aceitar as tretas do cuidar holisticamente (importante e inerente ao nosso exercício, mas apenas uma ínfima porção das nossas tarefas) e esqueçam aquilo que são, isto é, o executor de técnicas delegadas pelos médicos (que são a base e fundamento de existência da Enfermagem) e vão ver muitos licenciados da saúde a usurpar funções só nossas até há pouco tempo atrás.

Estamos a recolher o que foi semeado nos últimos anos. Indignação porquê? Só alguns desvairados previram isto?

O tempo de remediar é urgente e escasso, vamos a isso!

Abraço.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Agosto 29, 2008, 13:05:01
Vi e  nem queria acreditar.... TV noticia que a partir de Outubro os farmaceuticos vao administrar vacinas ...ahhh e cuidados domiciliários e primeiros socorros....
Falaram que nos centros de saude nao ha disponibilidade de horarios e que assim é mais facil.....bem estou  triste........
conseguiram...

E mais com a referencia  explicita de que esta era uma medida do Sr Ministro da Saude
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Ziiiita em Agosto 29, 2008, 13:34:09
administração de vacinas nas Farmacias!!! Meu Deus, eu ñ vou=) nem aconselho ninguem! rx anafilactica!!! ninguem pensa nisso...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: JoanaMMM em Agosto 29, 2008, 13:52:28
Cabe-nos a nós alertar os utentes para a importancia da administração de terapeutica por profissionais qualificados.
No que depender de mim,  e numa vertente mais radical admito, pessoas mais próximas vão ser  instruidas no sentido de não aceitarem a administração de terapeutica nas farmácias por farmaceuticos/técnicos de farmácia, e se houver possibilidade para tal, nem comprarem medicação nas farmácias onde não sejam contratados profissionais adequados às diferentes funções.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Roten_Boy em Agosto 29, 2008, 15:13:52
"Saúde. Os farmacêuticos vão começar a receber formação em Setembro, de forma a garantir que, em Outubro, os utentes possam não só comprar mas também receber vacinas nas farmácias. Os enfemeiros defendem que devem ser eles a fazê-lo. Além das vacinas, há outros serviços a integrar

Farmacêuticos vão aprender a reanimar doentes

As farmácias vão começar a administrar vacinas aos utentes a partir de Outubro. De acordo com João Mendonça, presidente da secção regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos, "a vacinação será iniciada em Outubro, coincidindo com a habitual campanha", avança. A vacina da gripe é a que terá mais peso, mas há outras, como as que protegem contra as hepatites A e B, febre amarela ou cancro do colo do útero que estarão previstas. Antes de uma portaria publicada em Novembro de 2007, as farmácias apenas podiam vender estas vacinas.

O acto de dar uma vacina é uma competência que os farmacêuticos já tinham, mas que não faziam, sublinha a Ordem dos Farmacêuticos. Apesar disso, "foram estabelecidos protocolos de formação com o objectivo de reavivar a memória da maiora dos farmacêuticos. A Ordem vai realizar cursos em conjunto com o Instituto Egas Moniz, mas a Associação Nacional de Farmácias, várias cooperativas e institutos do ensino superior vão fazê-lo", garante.

Os cursos têm 20 horas e vão começar em Setembro, "para que os conhecimentos estejam frescos a partir de Outubro". A formação prevê, entre outras coisas, "reforçar conhecimentos de suporte básico de vida, que foram apreendidos na universidade". Normalmente, não há efeitos secundários, porém, se houver casos de choque anafiláctico (alergia), "pode ser preciso fazer reanimação ou tratar, localmente, as reacções alérgicas", diz.

A formação englobará ainda aspectos relacionados com a técnica e até tratamento de resíduos. "Todos os interessados podem fazê-la, já que temos capacidade de resposta rápida". Apenas os farmacêuticos serão formados (ajudantes técnicos não), mas têm de pagar os custos, diz a OF.

Foi o ex-ministro da Saúde, Correia de Campos que, em Abril de 2007, anunciou o alargamento das competências das farmácias. Mas foi necessário publicar uma portaria para que fossem contempladas.

Apoio domiciliário e testes

A vacinação é o primeiro serviço que vai ser prestado nas farmácias, mas há outros cuidados de saúde que vão ser assumidos. O apoio domiciliário, a administração de primeiros socorros e de medicamentos ou a utilização de meios auxiliares de diagnóstico integram a lista.

"Vai ser um processo gradual que inicia com as vacinas, apesar de já prestarmos alguns deste serviços, como os testes ao colesterol ou da gravidez", avança João Mendonça. "Vamos dar mais formação à medida que forem introduzidos", diz.
"

[align=right:188j7iuu]in http://dn.sapo.pt/2008/08/29/sociedade/ ... tubro.html (http://dn.sapo.pt/2008/08/29/sociedade/farmacias_comecam_a_vacinas_outubro.html)[/align:188j7iuu]


Para quando o fecho dos Centros de Saúde?  ??? :-X
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 29, 2008, 16:19:42
Citação de: Roten_Boy
Para quando o fecho dos Centros de Saúde?  ??? :-X

Pois... Espero que não fechem senão perco o trabalho.  ;D ;D
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Agosto 29, 2008, 18:42:46
Quer dizer: os "gerontólogos" algaliam, os farmaceuticos vacinam e prestam cuidados de enfermagem (sim, de enfermagem)...

...daqui a uns anos, o enfermeiro vai passar a fazer parte de um museu, de certeza!

Agora é que vamos ver o desemprego a aumentar em larga escala, nomeadamente na vertente comunitária!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 29, 2008, 18:56:24
Citação de: Remeronimation
Quer dizer: os "gerontólogos" algaliam, os farmaceuticos vacinam e prestam cuidados de enfermagem (sim, de enfermagem)...

...daqui a uns anos, o enfermeiro vai passar a fazer parte de um museu, de certeza!

Agora é que vamos ver o desemprego a aumentar em larga escala, nomeadamente na vertente comunitária!

Isto é mesmo muito grave. Eu ainda estou para saber o que é que o ministerio da saude de José Socrates tem contra os enfermeiros que faz questão de os pôr na ruina..qualquer dia temos que ir arrumar carros para sobreviver,lol!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfermeiredo em Agosto 29, 2008, 21:13:37
Era bem justa e oportuna uma campanha a dizer que os conhecimentos necessários para se administrar uma vacina não se esgotam em 20 horas. PARA ISSO SERVE A ORDEM DOS ENFERMEIROS, PARA ZELAR PELOS CUIDADOS DE ENFERMAGEM À POPULAÇÃO. Tem motivo, tem recursos, só não faz se não tiver vontade.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Agosto 29, 2008, 21:25:34
Merecia um avalanche de pedidos de explicações ao ministério, digam lá que não...
Chatear até dizer chega.
E ao sindicato também, pois isto traz ainda mais precariedade para a Enfermagem. É um ciclo...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: João Sá em Agosto 30, 2008, 10:53:36
Bom dia... Por acaso conheco o curso que vai ser realizado durante o mes de setembro, no pais todo. Quando verifiquei que existia esse curso fiquei um pouco "chocado", um curso com 1 dia e meio aprendesse a dar um injectavel (e como fazer os registos). Bem, mas temos que ser um bocado realista, as farmácias já algum (mtttttttt) tempo dao injectáveis e fazem pensos (alguns cuidados de enfermagem). Mas o problema é que será legislado que poderao fazer realmente. Não são apenas enfermeiros que vao leccionar este curso, também são médicos e farmaceuticos. Após este curso os farmaceuticos podem adm qualquer vacina que nao esteja integrado no PNV.
Bem, vamos lá ver se isto continua assim... Estou a ver o futuro a sermos enfermeiro-farmaceuticos ou enfermeiro-AAM ou como sempre fomos vistos na sociedade "empregados dos médicos" porque algumas das intervenções autónomas estão a ir pra outros profissionais. Também acho que a ORDEM não esta muito importada com isso, porque acho que se estivesse isto (tlv) não iria para a frente.
Fica aqui a minha opinião e penso como futuro enfermeiro que isto vai ficar cada vez pior e muito pior... Se a nossa ORDEM não se mexe daqui a pouco a nossa classe desaparecerá... Enfim...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tininha em Agosto 30, 2008, 12:14:00
Não há nada que me choque mais do que ler notícias como esta; é uma vergonha... uma completa usurpação de funções que competem aos Enfermeiros, e a ORDEM nada faz; alguém sabe se já existe algum comunicado acerca deste assunto (por parte da OE)?

Provavelmente é como alguns colegas aqui postaram: a nossa O.E. não está realmente interessada neste assunto, senão já se teria visto/ouvido algo nos principais noticiários a alertar a população que existem profissionais (Nós) que estão formados para estas actividades...
Claro que não interessa à maioria das Farmácias a contratação de mais trabalhadores.. é mais rentável os Farmacêuticos pagarem dos seus bolsos a formação ( que  conta para o Curriculum) e daí obterem os seus lucros.

E a notícia de que os Farmacêuticos aprendem SBV nas Universidades é falsa!!! Tenho um familiar farmacêutico, recém-licenciado,formado na FFUP ( portanto de grande prestígio), que não é capaz de realizar SBV... pk NUNCA foi leccionado enm faz parte do plano curricular...

Isto é ridículo, sinceramente... a minha tristeza em relação à profissão parece que não tem fim. Aonde iremos parar?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Flawless em Agosto 30, 2008, 12:26:50
Não queria deitar achas para a fogueira, mas como alguém que consegue ver as coisas com alguma imparcialidade vou dar a minha opinião. Por favor não me crucifiquem.
Terminei a licenciatura em enfermagem e acabei por nunca ser enfermeiro (inscrição na OEnf) e  candidatei-me por regime especial para ciências farmacêuticas.
Foram vários os motivos que me levaram a tal, entre eles e sem dúvida o mais preponderante, o facto de poder vir a estar envolvido em investigação na área da microbiologia ou farmacologia.
Entretanto felizmente já vou no terceiro ano e tem tudo corrido pelo melhor. Encontro-me já aliado à docência e começo a dar os primeiros passos (baby steps) na investigação em tecnologia farmacêutica, veiculação farmacológica, o desenvolvimento de sistemas “inteligentes” de libertação do fármaco (muito interessante).
Quero dizer com isto, que se tudo correr como planeado não hei-de ser farmacêutico de oficina, não porque não gostasse, mas porque sempre tive outros objectivos em mente.
Percebo perfeitamente o vosso ponto de vista, se neste momento fosse enfermeiro não ia achar grande piada ao assunto, mas o único argumento que vejo os meus amigos a dar é o da alegada falta de competência científica e técnica do farmacêutico, que sabemos não ser verdade.
Eu não queria entrar por este lado, mas este tipo de conversas leva sempre ao mesmo.
No momento que me matriculei em farmácia e pedi equivalências, recebi a anatomia. Apesar de não ter tido anatomia isoladamente em enfermagem e ter tido menos horas a equivalência foi me dada. Fiquei estupefacto ainda assim quando fui seguindo o que os meus colegas estudavam, era algo mais exigente.
Quando passei para o segundo ano tive uma fisiologia anual que me fez ficar muitas noites em branco agarrado ao Guyton e Vander’s, isto para não falar das bioquímicas, especialmente da bioquímica metabólica que (infelizmente) ainda tenho para fazer.
Não quero mesmo ferir susceptibilidades, mas algo análogo se passou com todas as cadeiras em comum com os dois cursos, o detalhe com que é abordado é substancialmente diferente, talvez pela natureza da própria formação universitária, não sei…
Sou capaz de ter abordado as reacções de hipersensibilidade do tipo 1 até agora em pelo menos três cadeiras distintas. São elas a imunologia, fisiopatologia e farmacologia 1 (esta correu mal para burro  :().
Posso dizer que durante todos os estágios nunca assisti a um choque anafilatico, sei tanto como qualquer farmacêutico (que pelo menos tenha dado suporte básico de vida antes ou depois da formação base) o que fazer em teoria.
Não duvido das competências científicas deste profissional, não se esqueçam que o objecto do estudo do farmacêutico é o medicamento, desde a sua concepção, transformação, até à sua veiculação, aplicação e subsequentes efeitos farmacodinâmicos, cinéticos, tóxicos e terapêuticos. Este tipo de conhecimentos carece logicamente de conhecimentos sólidos em biologia humana.
O argumento com validade passa pela falta de prática (algo que será corrigido na formação base no âmbito da cadeira de farmácia clínica) na administração do fármaco em humanos, já que apanhar acessos venosos caudais ou nas patas do Rattus norvegicus é o pão-nosso de cada dia em qualquer aula laboratorial de toxicologia e farmacologia ( ;D). Em pessoas, todos realizámos colheitas venosas em hematologia.
Nos ensinos clínicos em enfermagem temos (salvo algumas excepções rotineiras) uma constante supervisão por parte do orientador aquando a administração medicamentosa parentérica, realização de pensos e técnicas mais invasivas como algaliação, entubações nasogastricas, aspiração de secreções e mesmo na execução de cuidados de higiene e conforto no leito nos primeiros semestres.
Faria sentido que o mesmo fosse feito inicialmente durante esta formação pratica providenciada pela ANF e/ou OF.  Posteriormente a supervisão na administração de injectáveis seria feita durante os estágios em farmácia comunitária dos próprios alunos.
Reforço a ideia de que nada disto me interessa, de facto se quisesse tanto administrar injectáveis teria permanecido em enfermagem e neste momento tenho a investigação e industria farmacêutica como interesses. Mas mesmo que por algum motivo exerça em comunitária até preferia que fosse um Enfermeiro a o fazer.
Este tipo de sobreposição de competências existe em todas as profissões ligadas à saúde, acho natural até porque todos eles trabalham para um bem comum, o do utente.
Mas é preciso calma, estamos a fazer disto uma tempestade num copo de água já que naturalmente a actuação de um enfermeiro vai muito para além na administração de injectáveis.
Perdoem-me mas como seria natural tenho um certo carinho pela profissão, daí o seguimento das notícias publicadas e dos assuntos debatidos no fórum. Acho necessário alguma coerência, não devemos cair em extremos e fazer uma caça as bruxas infundada.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 30, 2008, 13:46:19
Colega, ou psedo colega Flawless:

Em primeiro lugar queria perguntar-lhe onde está a estudar ciencias farmaceusticas e ja agora onde tirou o curso de enfermagem?
Tenho duas pessoas na familia que acabaram ciencias farmaceuticas na universidade do Porto em 2007, encontrando-se ambas a trabalhar em farmacia de oficina e relativamente à diferença de exigencia em cadeiras iguais, como a anatomia ou a fisiologia n posso concordar consigo, estudei essas cadeiras na mesma altura que o meu namorado as estudou em farmacia e posso garantir que a exigencia foi maior para mim, já na altura tive que saber a constituição de tds os ossos e musculos, enquanto que eles n, relativamente à fisiologia tb eu estudei pelo guyton entre outros..talvez a sua escola de enfermagem n primasse muito pela exigencia nessas áreas. Quando falou em cadeiras como bioquimica aí sim e como é obvio em farmacia ha diferenças, concerteza que n queria que um enfermeiro tivesse a mesma formação em bioquimica, pois n precisamos dela.
Da forma como se referiu ao curso de enfermagem ou a sua escola realmente n formou como deveria ou está a menosprezar totalmente a formação e conhecimentos dos enfermeiros.
Quanto às competências para a administração de injectáveis, é opinião unanime entre os varios farmaceuticos que conheço de que n são eles as pessoas habilitadas para tal, quando falou em choques anafiláticos tenho que discordar, os farmaceuticos talvez saibam o que é um choque anafilático na teoria e de acordo com bases imunolégicas, mas garanto-lhe que nada entendem de reacções e muito menos de intervenções. Os famaceuticos estudam sim o medicamento, as suas bases farmacológicas, no fundo o seu estudo está mais centrado na parte molecular mas, n estão nada aptos para a interacção medicamento-doença. Alias esta é uma das grandes dificuldades porque passam os farmaceuticos quando iniciam funções em farmacias de oficina, dado que estes profissionais pouco ou nada sabem de patologia.

Penso que deveria ter mais respeito pelos enfermeiros, dado que também o é, pelo menos na teoria.
Boa sorte para as suas investigações, espero que nunca lhe faltem bolsas de investigação, que isso cá em Portugal está pior que a enfermagem, lol!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Flawless em Agosto 30, 2008, 14:37:49
Citação de: keliinha
Colega, ou psedo colega Flawless:

Em primeiro lugar queria perguntar-lhe onde está a estudar ciencias farmaceusticas e ja agora onde tirou o curso de enfermagem?
Tenho duas pessoas na familia que acabaram ciencias farmaceuticas na universidade do Porto em 2007, encontrando-se ambas a trabalhar em farmacia de oficina e relativamente à diferença de exigencia em cadeiras iguais, como a anatomia ou a fisiologia n posso concordar consigo, estudei essas cadeiras na mesma altura que o meu namorado as estudou em farmacia e posso garantir que a exigencia foi maior para mim, já na altura tive que saber a constituição de tds os ossos e musculos, enquanto que eles n, relativamente à fisiologia tb eu estudei pelo guyton entre outros..talvez a sua escola de enfermagem n primasse muito pela exigencia nessas áreas. Quando falou em cadeiras como bioquimica aí sim e como é obvio em farmacia ha diferenças, concerteza que n queria que um enfermeiro tivesse a mesma formação em bioquimica, pois n precisamos dela.~
Da forma como se referiu ao curso de enfermagem ou a sua escola realmente n formou como deveria ou está a menosprezar totalmente a formação e conhecimentos dos enfermeiros.


Logo vi, era inevitável fazer essa exigência. Se compreender, preferia não adiantar informações sobre onde tirei enfermagem nem onde estou neste momento em ciências farmacêuticas, parece-me razoável e deve entender o porquê. São alguns os alunos de enfermagem que tiram ciências farmacêuticas, mas poucos os já formados.
Posso no entanto adiantar se por acaso estiver a fundamentar o seu comentário na alegada falta de qualidade das instituições privadas, que estudei e estudo em instituições publicas.
Quanto a essa comparação, duvido um bocado de si, sabe porque? Basta comparar as horas, repare, “Anatomia Fisiologia e Química fisiológica” é um bocado diferente de “Anatomia”, “Fisiologia 1”, “Fisiologia 2”, “bioquímica metabólica” (na sua essência, são as bases moleculares da fisiologia), sem entrar por aqui com cadeiras como imunologia, hematologia, histologia e embriologia, e afins que contribuem em si para os conhecimentos fisiológicos. E posso lhe garantir (como você me garante a mim o inverso) que a exigência neste momento é substancialmente mais elevada (se por acaso andar a consultar os planos, tente ver os que estão em vigor antes da entrada do processo de Bolonha).
Na altura para fisiologia estudei pelo seeley, tomei contacto com as duas realidades, se de facto a minha escola pública e acreditada não primava pela exigência, então há Enfermeiros a exercer com uma formação a seu ver imprópria. Na minha experiência de primeira pessoa a exigência e profundidade foi maior em CF neste tipo de matérias, se acha que não, fiquemos por aqui.



Citar
Quanto às competências para a administração de injectáveis, é opinião unanime entre os varios farmaceuticos que conheço de que n são eles as pessoas habilitadas para tal, quando falou em choques anafiláticos tenho que discordar, os farmaceuticos talvez saibam o que é um choque anafilático na teoria e de acordo com bases imunolégicas, mas garanto-lhe que nada entendem de reacções e muito menos de intervenções. Os famaceuticos estudam sim o medicamento, as suas bases farmacológicas, no fundo o seu estudo está mais centrado na parte molecular mas, n estão nada aptos para a interacção medicamento-doença. Alias esta é uma das grandes dificuldades porque passam os farmaceuticos quando iniciam funções em farmacias de oficina, dado que estes profissionais pouco ou nada sabem de patologia.

É de certo modo quase ridículo o que diz, mas falar do que não se sabe começa a ser cada vez mais comum.
A formação e centrada em sintomatologia e patologia, seja nas suas bases fisiológicas, microbiológicas (muito mesmo) e terapêuticas. Se quiser, tente examinar em detalhe o programa das várias cadeiras.
O que diz revela alguma ignorância de si natural, pois não teve contacto directo com a formação, se pensar um bocado nota que a própria farmacologia (e agora garanta-me que em enfermagem farmacologia é que é) e terapêutica vão de encontro com a patologia, para além das cadeiras especificas.
O estudo não é só molecular, caso contrário estaría incluído nas Ciências, e não na Saúde, tive patologia, e vou continuar a tê-la até ao final do curso. Farmacoterapias então, pelo que me tem chegado aos ouvidos, é dose.
Há alguma contradição no que diz, especialmente pela especificidade da formação do farmacêutico, é fácil perceber para o que é que ele está vocacionado, e assim o que tem de perceber, e não o que você gostaria ou diz-que-disse que ele percebesse.
Tente procurar alguma informação sobre a especialidade em analises clinicas, e com algum rigor, explore. Procure também por patologia clínica e analises clínicas, costuma ajudar especialmente na legislação.
Se é de opinião uninime não sei, sei é que a maioria dos colegas nem se pronunciou sobre isso, mas parece que a OF (a representante da profissão) entende que estão aptos mediante formação técnica ministrada por enfermeiros, médicos e farmacêuticos.


Citar
Penso que deveria ter mais respeito pelos enfermeiros, dado que também o é, pelo menos na teoria.
Boa sorte para as suas investigações, espero que nunca lhe faltem bolsas de investigação, que isso cá em Portugal está pior que a enfermagem, lol!


Uma discussão saudável é isso mesmo, se mostrei desrespeito por aquilo que em tempos fui, mostre-me. Noto no seu discurso sarcasmo e descontentamento, prefiro não fomentar mais bate-bocas.

O tempo "perdido" em enfermagem serviu para um crescimento pessoal sem precedentes, toma-se contacto com as varias áreas da medicina (não se ofenda), lida-se com o estado debilitado e moribundo do ser humano, e sente-se um sentimento de propósito enorme quando um doente com hemiparesia e herpes  pela face toda nos dá a mão e agradece pelo "banho". Assisti a cirurgias plásticas reconstrutoras, a um bypass femoro-popliteo e a c. cardiotorácicas, enfim, apesar de não ser o meu cup of tea, é bom lidar de frente com este tipo de situações. Se acha que desvalorizo o que aprendi e o que amigos meus fazem é consigo.

Se a discussão se vai basear em ataques infundados prefiro voltar ao meu status de fantasma neste fórum, limitando por aqui a minha participação.
Falei de experiência própria, num fórum, a credibilidade disto que disse vale o que vale. É com cada um querer acreditar ou não.

Obrigado, e se alguém conseguir retirar algum valor do que disse e alguma informação para apaziguar extremismos exagerados, óptimo.

PS: Já agora, não são necessárias de todo bolsas na indústria farmacêutica.   O0
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Agosto 30, 2008, 15:08:38
Flawless:

Eu também já fui aluno de CF, e deixe-me que lhe diga: não têm nenhuma base relacional, cognitiva em termos relacionais, terapêuticos e psicológicos do acto de vacinar (e muito menos de prestar cuidados, que é o que está em questão aqui, quanto mais ao domicílio) em todo o curso. Podem saber de A a Z os efeitos de uma vacina, mas daí a VACINAR alguém com os seus medos, fobias, dúvidas é outro mundo.
Já todos temos idade para não começar a comparar cursos, porque se têm formações diferentes é normal que tenham acções diferentes (embora agora queiram igualar o curso de enfermagem em 20h para um acto de enfermagem).
Ao vacinarem, os farmacêuticos vão levar com dúvidas sobre outras vacinas do PNV (mesmo que não possam vacinar), terão que realizar ENSINO, e identificar possíveis áreas onde o utente necessite de um acompanhamento mais especializado, etc...não é só lá chegar e picar. ::)

O meu pai é professor catedrático em Farmácia, e diz: "não sou enfermeiro, não vou vacinar. Cada macaco no seu galho, e é mau para as duas profissões se tentarem entrar nos campos de acção uma da outra".

Boa sorte para o seu futuro, quer seja como enfermeiro, farmacêutico, ou o semi-semi que se quer hoje em dia criar.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tininha em Agosto 30, 2008, 15:33:28
@Flawless

Apesar do que foi exposto, continuo a declarar que os Enfermeiros são os profissionais que deveriam de estar executar as técnicas que agora tentam implementar nas Farmácias de Oficina.
Como postei anteriormente, tenho um familiar muito próximo a mim que é recém-licenciado em Ciências Farmacêuticas, FFUP; este meu familiar de modo algum está preparado para lidar com uma situação de reacção anlafilática, apesar de ter dado a teoria de como se processa a mesma,  de forma muito extensiva e detalhada ao longo das diversas disciplinas que você referiu. Apesar deste meu familiar ter tirado o curso numa Faculdade de grande prestígio, muito menos se encontra habilitado para SBV.
Você poderá se sentir mais à vontade que os seus restantes colegas, visto ter tirado o curso de Enfermagem, dependendo da sua experiência em estágio e aulas teóricas...

Note o seguinte: o que eu quero dizer com o meu post é que eu sei que em CF exploram a fisiologia, farmacologia, farmacoterapia, toxicologia, bioquímica, imulogia ( entre outras disciplinas) com muito mais detalhe. Tendo em conta a formação deste meu familiar, estaria a mentir em relação a isso. Não é o que aqui está em causa, mas sim... caso aconteça essa mesma reacção, que o colega poderá muito bem descrever a nível biomolecular... nessa hora... nesse instante, que procedimntos irá ter perante um utente neste estado? Estou certa ( e você tb sabe disso), que os Enfermeiros estão de longe mais bem preparados para actuar numa situação deste tipo!
Então para quê formar Farmacêuticos, se já existe um grupo profissional ( Enfermeiros) que já possuem esta formação de base? Duas razões assaltam o meu pensamento: a razão economicista e a inércia da Odem dos Enfermeiros em relação a este assunto, que uma vez mais permite que este tipo de acções vá em frente! 

Atenção que eu não estou a colocar a formação académica dos Farmacêuticos em causa...até aprendi muito com esse meu familiar, com os seus colegas...
O que se propõe que as Farmácias passem a realizar, foge do âmbito da formação académicas dos Farmacêuticos, não é verdade? O que o colega iria achar se os Enfermeiros se colocassem agora atrás de um balcão de Farmacia de Oficina a dispensar medicamentos? Ah.. e com apenas 20hr de formação... como se isso fosse suficiente...

Tal como o colega Remeronimation postou... 

Citação de: Remeronimation

Eu também já fui aluno de CF, e deixe-me que lhe diga: não têm nenhuma base relacional, cognitiva em termos relacionais, terapêuticos e psicológicos do acto de vacinar (e muito menos de prestar cuidados, que é o que está em questão aqui, quanto mais ao domicílio) em todo o curso. Podem saber de A a Z os efeitos de uma vacina, mas daí a VACINAR alguém com os seus medos, fobias, dúvidas é outro mundo.

Já todos temos idade para não começar a comparar cursos

Ao vacinarem, os farmacêuticos vão levar com dúvidas sobre outras vacinas do PNV (mesmo que não possam vacinar), terão que realizar ENSINO, e identificar possíveis áreas onde o utente necessite de um acompanhamento mais especializado, etc...não é só lá chegar e picar. ::)

Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Flawless em Agosto 30, 2008, 16:09:14
Assim já estamos a falar doutra maneira.
O que quis evidenciar, era o disparate da desacreditação ingénua e muito oportuna da formação destes profissionais, ainda que saibam que não é verdade. E só me estou a dar ao trabalho (em vez de estar a estudar neste momento, que é o que devia estar a fazer lol) porque me preocupa que haja conhecimento de causa nos argumentos que são apresentados. Não gosto de ver profissionais de quem me sinto muito próximo a serem postos em causa (e com razão) depois de proferirem certos comentários.
Eu não disse que estava de acordo com esta medida, nem muito menos me sinto um farmacêutico de oficina, e como disse, não pretendo vir a ser.
Em relação ao ensino, está se a esquecer que 50% da classe trabalha em farmácia comunitária, e a seguir à dispensa e “pseudo-prescrição” o que se faz mais é ensino e aconselhamento. Acho que competências comunicacionais e de lidar com crise podem ser aprendidas no decurso profissional, contudo (contrariamente ao que eu acredito) a OF está a acreditar novos planos de estudo com reforço em cadeiras de psicologia, comunicações e farmácia clínica.

A farmácia sempre foi um espaço de saúde, estas medidas de meter lá podologistas, nutricionistas, dentistas, sapateiros e artesões ao contrário do que muitos farmacêuticos (inclusive da ANF, SNP e OF) julgam, estão a ofuscar a verdadeira essência da farmácia comunitária e delegar a actuação dos profissionais presentes para segundo plano. O profissional existe para ser consultado. Os farmacêuticos de comunitária corrigem demasiado o vazio entre o SNS e a necessidade do utente em ser auxiliado. Por esta razão é que se cai neste paradoxo de situações "ilegais" mas no entanto feitas muitas vezes com a segurança do conhecimento científico. Se bem que com o novo estatuto das farmácias o “ilegal” passa a legal. Ver 2ª alínea do 6º artigo do Decreto-Lei n.º 307/2007
de 31 de Agosto

Isto começa assim e daqui a nada vai se a uma espécie de CS-farmacêutico.
Não estou de acordo com a medida, é desnecessária, mas não acho que o farmacêutico mediante formação pragmática não o possa fazer bem. 
Esta medida é tão útil para aumentar a acessibilidade à saúde, como a venda de medicamentos no pingo-doce como maneira de aumentar a acessibilidade ao medicamento.
O governo quer saúde de borla, centros de saúde grátis e medicamentos oferecidos.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tininha em Agosto 30, 2008, 16:37:48
Citação de: Flawless

Eu não disse que estava de acordo com esta medida, nem muito menos me sinto um farmacêutico de oficina, e como disse, não pretendo vir a ser.

Acho que competências comunicacionais e de lidar com crise podem ser aprendidas no decurso profissional, contudo (contrariamente ao que eu acredito) a OF está a acreditar novos planos de estudo com reforço em cadeiras de psicologia, comunicações e farmácia clínica.


Não estou de acordo com a medida, é desnecessária, mas não acho que o farmacêutico mediante formação pragmática não o possa fazer bem. 


 
Gostaria de ver exposta a sua opinião em relação a esta medida, nomeadamente e especificamente o/s porquê/s de não concordar com a mesma... Você não concorda, mas não se importa que o seu futuro grupo profissional seja formado nesta área, quando já existem profisionais de saúde habilitados para tal , como você bem sabe, pois tem formação académica como Enfermeiro.

Pareceu-me que, no seu post, não concorda com a colocação de profissionais de saúde na Farmácia, sem serem Farmacêuticos/técnicos/ajudantes...
Se a Farmácia se propõe a vender material ortopédico, por exemplo, e sabendo que você não tem formação adequada para conselhar o melhor calçado ortopédico a um utente que sofra de uma patologia deste âmbito, poderia me esclarecer de que forma você realiza esta venda, tendo em conta a promoção da saúde e prevenção da doença deste determinado doente? Não seria mais correcto e seguro a contratação de um técnico de ortoprotesia ( já que existe formação académica- licenciatura- neste âmbito)?
Se querem vender determinado material médico/dispositivo médico e ñ têm formação para tal, algo está mal, não é verdade? Se você não tem formação para... não está a prestar um bom serviço ao seu cliente.
O mesmo se passa, a meu ver, a nível da administração de vacinas e todo o que isso implica, como foi evidenciado pelo post do colega Remoronimation....
Mais uma vez... kerem ter determinado produto/serviço à venda nas Farmácias.. contratem os profisionais adequados, ao invés de estarem a frequentar formações que saem do vosso âmbito!
Vê-se claramente que é uma medida economicista.. e que beneficia da inercia dos nossos representantes da Enfermagem.
Aguardo pela sua opinião...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Flawless em Agosto 30, 2008, 17:04:10
Repare, não concordo que se inoculem doentes nas farmácias, seja por farmacêuticos, enfermeiros, cirurgiões do glúteo e do deltóide, ponto.
Mas (e aqui discordamos) não acho que administrar um fármaco fuja ao âmbito de um farmacêutico. É algo que é feito (assim como a prescrição) noutros países, nomeadamente na união europeia. O ensino farmacêutico é regulado por normas comunitárias a fim de ser estruturalmente semelhante em todos os estados membros (o grau para exercer é que varia consoante o pais em causa, na maioria julgo ser o PharmD).
Passar-se-ia algo análogo com a prescrição por enfermeiros, sai do nosso âmbito, mas mediante uma formação pós-graduada ou integração de novos planos de estudo considerar-se-ia apta para tal, não?
Portanto, para mim (já que esta medida desnecessária vai para a frente) preferia ver um farmacêutico a faze-lo em vez de trazer outros profissionais para dentro da farmácia. Isto se associar a figura do farmacêutico à farmácia, o que em 50% dos casos não é verdade.
Em relação à ortopedia e assuntos afins o problema é paradoxal. Mas preferia vê-los fora da farmácia e em lojas de equipamento ortopédico (assim como as vacinas).
Acho que pior é ver nutricionistas que o fazem, ou Imediatos em navios, que além de terem uma formação nula em saúde, quando é preciso até morfina administram (verídico, ver escola infante D. Henrique).
Os médicos estão aptos para administrarem injectáveis e só desenvolvem competencias comunicacionais mínimas na faculdade (numa cadeira de psicologia), contudo, adquirem-nos no ensino clínico e na prática profissional (quando o fazem  ::)).

(Infelizmente é imperativo que me dedique aos estudos, mais tarde voltarei a fim de continuar com a discussão)
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Agosto 30, 2008, 19:35:16
Posso contar situações que ocorreram em duas semanas:
1ª criança sexo F a fazer vacinação dos 5/6 anos ( DTPaVIP ) e VASPR. corre tudo bem e assim que a mae se preparara para levantar a criança do colo para sairem da sala a criança faz crise vagal, com olhos em alvos, movimento de hiperextensaão dos membros, perda de consciencia....sala de tratamentos  com a criança em braços  -  marquesa em trelenburg, O2, e começa aos poucos a recuperar consciencia -  40 minutos até se sentir suficientemente bem para ir para o domicilio.
2ª jovem 11 anos - panico de vacinas -  depois de conversa assertiva explicando a importancia das vacinas e tecnica de relaxamento, tudo ocorre dentro da normalidade .  sai para a sala de espera ( onde por norma todos os vacinados esperam 30  minutos ) e de repente o pai vem com ela em apoio -  lipotimia
3ª jovem mm situação 11 anos  -  faz Td e VHB em atraso e nem saiu da sala, palidez, suores frios, cianose bucal.. valeu um cadeirao reclinável que lá temos onde ela ficou deitadita um bom tempo...

Não houve em qq dos casos erro de técnica, mas são situações que acontecem e como podem ver com alguma frequencia....agora digam-me como é que em 20 horas vao aprender técnicas de vacinação, efeitos secundarios, reacções adversas....e perante estas situções as respostas adequadas...
assusta-me muito isto

bem, para nao dizer que somos obrigados como enfermeiros em USF's a taxas de cobertura para determinadas vacinas extra plano de vacinação, nomeadamente Pn23, Gripe.


Enfim...coisas deste país
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 30, 2008, 20:33:32
Eu só lamento que um aspirante a farmaceutico venha falar sobre acções/tarefas executadas numa farmácia sem qualquer tipo de conhecimento do que realmente se pratica numa farmacia de oficina. Acho inapropriado afirmar-se que
 "Por esta razão é que se cai neste paradoxo de situações "ilegais" mas no entanto feitas muitas vezes com a segurança do conhecimento científico."
Acha que "curandeiros" a administrar injectaveis ou a efectuar pensos, o fazem com alguma segurança ou conhecimento cientifico? Porque caso n saiba quem tem estas funções nas farmacias são os ajudantes, sem qualquer tipo de formação superior que procuram subir na sociedade usurpando funções que n as suas.

Um farmaceutico é um especialista do medicamento, um enfermeiro é um prestador de cuidados, acho fundamental numa sociedade que se diz evoluida n misturar as funções de profissões tao diferentes.

Eu falo com todo o conhecimento de causa, uma vez que convivo de perto com a realidade da profissão e das farmacias de oficina.
E sim obviamente se querem efectuar alguns cuidados de enfermagem na farmacia, estes terão que ser efectuados por enfermeiros, se n qualquer dia, tendo em conta a nova legislação que permite a prestação de cuidados como administração de injectaveis ou o tratamento de feridas entre outros, irão aparecer cursos de injectaveis, outros de pensos e os farmaceuticos passam a usurpar todas as funções do enfermeiro comunitário.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Agosto 30, 2008, 21:32:51
keliinha seja enfermeira que diz que é também nas suas intervenções e não insulte pessoas, ou desvalorize o seu trabalho.


Não esquecer que existem dois cursos de farmácia, um de 4 anos e ou de ciências farmaceuticas que é de 6, mas o flawless deve conseguir dar mais explicações que eu em relação ao assunto.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Agosto 30, 2008, 22:16:44
Há enfermeiros na UE, tal como foi referido, que prescrevem, e eu não penso que só por isso acontecer tenha que ser também realizado em Portugal.
Aliás penso que era mais normal o Farmacêutico poder "passar receitas" que cuidar...MAS ENFIM... ::) :o :o :o :'( :'(

O estrangeiro espera-me, porque tal é intolerável em Portugal.
Daqui a pouco o Enfermeiro só serve para trocar fraldas, dar banho, se o auxiliar o deixar!!!! ^-^E olhem que isso os farmacêuticos não querem... >:(
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 31, 2008, 00:33:23
Colega Caldas:
Eu n estou a insultar ninguem, antes pelo contrário o colega flawless é que veio comparar cursos e insinuar que os farmaceuticos estao mais aptos que nós para efectuar acçoes que sempre foram nossos, para além de me ter chamado ignorante.

Eu sei bem que existem 2 cursos, se leu os meus post anteriores verificou que tenho  conhecimentos relativamente ao curso de ciencias farmaceuticas porque tenho alguns farmaceuticos na familia e sei bem o que se passa nas farmacias. E acreditem que se serem prestados cuidados de enfermagem numa farmacia já é mau, pensar que estes cuidados são efectuados por ajudantes, muitos com a 4ª classe de escolaridade é horrivel. Muitos são os casos de situações de anafilaxia, em que se teve que chmar o 112, acontece que as pessoas n fazem queixas, e portanto o assunto morre ali e ninguem é responsabilizado.
Sei de farmacias k já optaram por colocar enfermeiros para este tipo de cuidados, alias ainda ha pouco tempo a ANF (associação nacional de farmacias) abriu um concurso para criar uma bolsa de enfermeiros para exercerem funções em farmacias, mas ao certo ninguem sabe o que vai acontecer.

Relativamente a paises onde os farmaceuticos podem prescrever, estou totalmente de acordo com essa filosofia, era bom que isso também acontecesse cá, pois o farmaceutico pode resolver situações mais simples e funcionar como um clinico geral, desde que com uma formação pos graduada que lhes desse um pouco mais de conhecimentos de patologia tal como acontece em Inglaterra, país onde também os enfermeiros com formação para tal podem prescrever, mas em Portugal era o fim do mundo se isso se viesse a concretizar.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: AlexandreG em Agosto 31, 2008, 03:15:38
Boa noite,

Nao posso estar em mais desacordo com os colegas que afirmam que a administração de vacinas por parte dos farmaceuticos é uma afronta, o final, a tragédia para a nossa classe.
Na minha opinião esta discussão prende-se muito com questões de técnicas, como a administração de vacinas, as algaliações, etc... pouco se fala aqui dos nossos doentes.
Sabem que eu acredito, por experiência, que as pessoas irão continuar na sua grande maioria a preferir os centros de saúde ás farmacias no que toca à administração de vacinas, contudo isto levanta um problema mais sério e que muitos de nós não queremos saber nem nos preocupamos com isso, porque não somos capazes nem consentimos a auto-critica.
Esta profissão tem-se afirmado, historicamente, pelas demonstrações de saber cientifico e saber humano, acontece que nem só o saber cientificico chega e nem sempre as pessoas buscam isso... buscam muitas vezes o nosso saber humano e a nossa atitude neste aspecto é condenavél... "ja vou", "não tenho tempo", "Sr. Auxiliar, a arrastadeira", "Sr. auxiliar a alimentação"... se estamos a morrer é pela nossa acção, nao pela dos outros.
Depois uma nova atitude dos colegas dos centros de saúde iria ajudar e muito... Falta dinâmica em muitos locais, faltam chefias novas e dinâmicas...

As vacinas... fosse todo o nosso mal esse... Vamos afirmarmo-nos pelo nosso saber ciêntifico/humano/relacional e vão ver onde as pessoas vão optar por ser vacinadas...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Agosto 31, 2008, 09:20:03
Citação de: AlexandreG
Depois uma nova atitude dos colegas dos centros de saúde iria ajudar e muito...

Está-se a referir a?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 31, 2008, 13:41:50
Citação de: AlexandreG
Boa noite,

Nao posso estar em mais desacordo com os colegas que afirmam que a administração de vacinas por parte dos farmaceuticos é uma afronta, o final, a tragédia para a nossa classe.
Na minha opinião esta discussão prende-se muito com questões de técnicas, como a administração de vacinas, as algaliações, etc... pouco se fala aqui dos nossos doentes.
Sabem que eu acredito, por experiência, que as pessoas irão continuar na sua grande maioria a preferir os centros de saúde ás farmacias no que toca à administração de vacinas, contudo isto levanta um problema mais sério e que muitos de nós não queremos saber nem nos preocupamos com isso, porque não somos capazes nem consentimos a auto-critica.
Esta profissão tem-se afirmado, historicamente, pelas demonstrações de saber cientifico e saber humano, acontece que nem só o saber cientificico chega e nem sempre as pessoas buscam isso... buscam muitas vezes o nosso saber humano e a nossa atitude neste aspecto é condenavél... "ja vou", "não tenho tempo", "Sr. Auxiliar, a arrastadeira", "Sr. auxiliar a alimentação"... se estamos a morrer é pela nossa acção, nao pela dos outros.
Depois uma nova atitude dos colegas dos centros de saúde iria ajudar e muito... Falta dinâmica em muitos locais, faltam chefias novas e dinâmicas...

As vacinas... fosse todo o nosso mal esse... Vamos afirmarmo-nos pelo nosso saber ciêntifico/humano/relacional e vão ver onde as pessoas vão optar por ser vacinadas...

Concordo que tenhamos culpa em muitas coisas, mas neste assunto n me parece de todo, alias a única culpa é de quem votou na actual batonária que n luta pelos nossos interesses e o estado continua a penalizar os enfermeiros como forma de rentabilizar recursos.

E relativamente à preferencia das pessoas por serem vacinadas no centro de saude, n me parece, e passo a explicar segundo a experiencia que tenho relativamente ao que acontece actualmente nas farmacias, o meu namorado trabalha numa farmacia onde os ajudantes administram injectaveis, muitas vezes ele aconselha as pessoas a dirigirem-se ao centro de saude ou ao posto de enfermagem dizendo que podem acontecer complicações, mas as pessoas n querem perder tempo e preferem estar nas maos dos "curandeiros", acho que este assunto carece de educação e formação e aí sim culpo os enfermeiros e os médicos também que deverião explicar às pessoas quais as possivei consequencias destes cuidados serem prestados por quem n sabe.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Agosto 31, 2008, 14:03:38
Não me venham com histórias, mesmo que o atendimento e segurança sejam piores, as pessas querem é despachar-se mesmo que isso coloque em risco a sua saúde e a qualidade dos cuidados...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: AlexandreG em Agosto 31, 2008, 15:43:52
Caro enfarfr refiro-me a uma postura dos colegas que é raro encontrar na maioria dos centros de saúde... cuidados de saúde primários. Se analisarmos nos centros de saúde, pelo menos na sua grande maioria, não se prestao cuidados de saude primários, nivel I... Prevenção... Estarei errado?? Depois na proximidade com as populações, que também nao acontece...os centros de saúde têm de ser moveis... se maóme não vai à montanha...

Quanto à colega Keliinha que deve saber o que diz a legislação no que toca à administração de fámacos... pergunto o que já fez em relação a isso?? Já denunciou essa farmácia à Ordem dos Enfermeiros, já colocou essa questão ao conselho de enfermagem da ordem?? Se nao o fez...então não é de admirar que assim aconteça...

Dou um exemplo de actuação da OE no que toca ás aulas de preparação para o parto, no ginasio que frequentava existiam aulas dadas pelo monitor, que nem formação em Educação fisica tinha, com pena tive de denunciar a situação... resultado, já nao se ministram aulas de preparação para o parto nesse ginásio....

Colegas temos de ser nós a defender a nossa profissão, temos os meios para isso, podemos desconhece-los, mas é nosso dever saber que eles existem e recorrer a eles, para nossa salvaguarda e salvaguarda dos nossos utentes...
Estarei errado??
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Agosto 31, 2008, 17:05:03
Colega keliinha e é a dizer nos jornais que os médicos não cumprem horários que se defende a enfermagem?

Em relação a temática, ou melhor algo na área, escrevi um texto em http://ocantosocial.blogspot.com (http://ocantosocial.blogspot.com)

"A Hegemonia do Saber

Durante muitos anos os paradigmas culturais imperaram que aqueles que detinham o saber eram idolatrados e faziam com o seu ensinamento apenas se restringisse a um pequeno grupo.

Esse feudo de saber fez com que o conhecimento da sociedade não crescesse tão exponencialmente como se tem vindo a verificar nos últimos tempos.

Acontece contudo que determinadas áreas e profissões não conseguem abstrair-se desse paradigma e voltarem o conhecimento para que este seja aberto a todos e que possibilite assim uma maior evolução.

O tempo da hegemonia do saber parece estar terminado, contudo os focos de resistência que se criam tornam-se apenas obstáculos para o próprio saber, que assim cria inimigos e não se recria. Algo semelhante aconteceu na industria nos anos 80 e 90, consequência disso, as falências que lhes seguiram.

Espero que as profissões com saberes próprios se recriem, se adaptem a este novo mundo e que mostrem que não há medo de transpor o saber, têm é de mostrar que o fazem melhor que os outros, só assim fará sentido que essa profissão se mantenha.

Dedicado também à área da saúde..."
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Agosto 31, 2008, 19:37:00
Desculpem a curiosidade, mas onde andam os colegas que apregoam a Ordem aos 7 ventos???Ainda não vi nenhum comentário de alguem a dizer que a Ordem está a fazer alguma coisa....
Ou será que ainda estão de ferias e não viram este tópico.????
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Agosto 31, 2008, 20:42:57
Como já foi disto neste tópico a acção da OE fez-se logo com o intuito do Min. da Saúde de realizar esta alteração a lei.

Agora há muita coisa que se faz que nem sempre é visível e prefiro um trabalho de bastidores a andar a fazer showoff para jornal ver.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: ritabarros em Agosto 31, 2008, 23:37:01
Colega Caldas, tem alguma razão quando diz que é preferível um trabalho de bastidores do que andar em permanência nas parandongas da comunicação social, salvo claro, quando tal se torna prioritário e necessário, já que o excesso de secretismo leva a pensar que nada está a ser feito.Não raro se comenta entre nós que a OE não faz e os sindicatos ídem. Se há algum amorfismo em relação a alguns assuntos, o que poderá deixar-nos preocupados, há trabalho que pela sua especificidade exige reflexão, ponderação e tomada de decisão em tempo útil. Assim , deixo na íntegra um comentário sobre o assunto que este post aborda, que quiça possa merecer alguma consonância e concordância dos membros da OE.

" Portaria nº 1429/2007 de 2 de Novembro

O regime jurídico das farmácias de oficina, previsto no Decreto -Lei nº 307/2007, de 31 de Agosto, consagrou a possibilidade de as farmácias prestarem serviços farmacêuticos de promoção da saúde e do bem-estar dos utentes.

Artigo 2.º

 Serviços farmacêuticos

As farmácias podem prestar os seguintes serviços farmacêuticos de promoção da saúde e do bem-estar dos utentes:

a)Apoio domiciliário;

b)Administração de primeiros socorros;

c(Administração de medicamentos;

d)Utilização de meios auxiliares de diagnóstico e terapêutica;

e)Administração de vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação;

f)Programas de cuidados farmacêuticos;

g)Campanhas de informação;

h)Colaboração em programas de educação para a saúde.

Artigo 3.º

Requisitos para a prestração de (tais) serviços

1 — Os serviços referidos no artigo anterior (os tais) têm de ser prestados nas condições legais e regularmente e por profissionais legalmente habilitados.

2 — Para a prestação dos serviços previstos nas alíneas  b), c), d) e e) do artigo anterior, as farmácias devem dispor de instalações adequadas e autonomizadas.

 


Basta saber ler: "Os serviços referidos no artigo anterior têm de ser prestados nas condições legais e por profissionais legalmente habilitados".
 

Mas também é preciso ter alguma sorte.

No DN de 29-08-2008 e sob o título: "Ordem quer Enfermeiros nas farmácias" pode ler-se:

"Consenso.

Bastonária defende a criação de orientações conjuntas.

-(Por que não recorrer à estratégia de cada macaco no seu galho?)

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, MAS, vai propor à Ordem dos Farmacêuticos que as farmácias [contratem enfermeiros para administrar as vacinas nas farmácias]. A bastonária tem conhecimento que a ANF e a OF vão dar cursos aos farmacêuticos, mas considera que [estas competências não se adquirem em horas e sem treino suficiente], garante"....

- Sobretudo são ilegais, senhora Bastonária!!!

Mais adiante: "Vamos retomar o contacto, já na próxima semana de forma a encontrarmos uma posição conjunta". Para a bastonária "esta é uma tarefa que, do ponto de vista histórico, sempre foi incumbência dos enfermeiros".

Não gostamos deste tom e desta proposta, que dá a impressão que a Ordem dos Farmacêuticos ainda tem alternativa, para cumprir a portaria que autoriza as farmácias a fazer a vacinação fora do plano nacional das vacinas (PNV). Basta à Ordem dos Enfermeiros a exigência de cumprir e fazer cumprir a lei, que não dá lugar a "consensos", mas sim; a "sensos", pois é do "senso comum", ou "bom senso" que os injectáveis e a sua responsabilização legal de ministração são da esfera dos Enfermeiros a qual a respectiva Ordem tem obrigação estatuária de impor como fazem as outras Ordens, "caramba"!

Fica-se om a impressão de que a OE não conhece o desenfreado e descarado "curandeirismo" que as farmácias praticam, obviamente perpetrado por incompetentes, inabilitados, ilegais.

Também parece desconhecer quem são os enfermeiros, ávidos de qualquer coisa, que já estão a ministrar cursinhos a ajudantes de farmácia. Nós, que não temos as obrigações da OE, nesta área, sabemos circunstanciadamente os autores destas execráveis práticas.

Até sabemos que, há bem bom pouco tempo, ainda a OE, com aquela "clarividência crepuscular" a que os seus directores nos habituaram, ameaçava que: exercer a profissão nas farmácias era incompatível para a Enfermagem da OE, o que nos leva a outra suposição, ainda mais demolidora da profissão: estar a pedir, de chapéu na mão, à boa maneira servil, se não haverá um buraquinho, na farmácia para colocar alguns dos muitos milhares de Enfermeiros que a OE, com a sua leitura "rational", da coisa, ajudou a incrementar, fazendo crescer a onda dos desempregados.

Temos de impor; não mendigar, através de hipotéticos consensos, o que temos o dever "deontológico" de impor.

Não gostaríamos de ter de moderar este servilismo endémico da OE a que os licenciados de enfermagem têm de estar sujeitos: é só azares!

Cordiais Saudações Sindicais,

O Presidente da Direcção do SE — José Azevedo
" fim de citação .

Retirem as ilacções que entenderem...

Saudações

Rita
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Agosto 31, 2008, 23:43:53
A comunicação social é muito importante nestas matérias colegas, a pressão que a comunicação social faz pode fazer até cair um governo tem noção disso??
Portanto é obvio que neste e noutros temas a OE carece de intervenção politica junto dos media, para além das intervenções que a meu ver n são feitas convenientemente junto do menisterio, estou cada ex mais certa de que falta à enfermagem uma voz activa capaz de se fazer notar na sociedade e no poder politico, afinal somos ou n a maior ordem do pais??De facto n parece absolutamente nada, e apesar da lei da oferta e da procura que n joga em nosso favor, têm noção de que se os enfermeiros quisessem colocavam o caos no SNS, infelizmente somos muito pacificos.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Agosto 31, 2008, 23:45:16
Colega Rita, posição interessante que li a coisa de minutos. Contudo, acho que nem sempre podemos recorrer a força bruta como defende o enf. Azevedo e por consequência o SE.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Setembro 01, 2008, 00:09:35
Greve por tempo indeterminado era mais que justo para estas e outras situações vividas pela classe.
No mínimo!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Setembro 01, 2008, 00:30:30
Remeronimation uma greve dessas seria o maior fiasco da história, mas pronto... vocês dão-lhe com isso...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 01, 2008, 00:56:09
Gostei das declarações do enfº Azevedo, sarcastico e impiedoso.

E que tal, como forma de protesto os enfermeiros dos centros de saude fazerem uma greve à vacinação por tempo indeterminado?? Parece-me que neste caso n têm k ser prestados serviços minimos e portanto a greve poderia ter uma adesão muito significativa.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Mickaelix em Setembro 01, 2008, 10:44:56
Caros colegas

Antes de mais, gostaria de estender um salutar cumprimento a todos do fórum que, pelo menos, com as suas discussões mais ou menos acesas, manifestam as suas opiniões, fazem valer os seus pontos de vista e não apenas se resignam à condição do sedentarismo físico e intelectual. Tal como parece fazer a nossa rica OE... que apenas se preocupa com o pagamento atempado das cotas ("míseros" €7,48*12meses = €89,76*51025membros (números da próprio OE, de Abril de 2007) = €4.580.004, ou seja, mais de 900 MIL CONTOS!) ou caso contrário não há renovação da cédula profissional, com a publicação da revista da Ordem dos Enfermeiros, que chega a casa com 2/3 meses de atraso relativamente ao mês de capa, com conteúdos já com bolor, muitos deles sem interesse, revista essa que muitas vezes apenas serve para auto-propaganda dos seus membros, dos magníficos congressos que foram pelo mundo, tipo... Japão??... mas no que toca à defesa da classe, que cada vez mais se afunda sob o pé esmagador dos interesses economicistas em que nós, enfermeiros, somos cada vez mais explorados. E falo da exploração intelectual de muitos dos enfermeiros que investiram milhares de euros numa especialização (sim, só em propinas... €350*16meses = €5600, por exemplo), cursos que proliferaram tal como uma maldição de gafanhotos, de proporções quase faraónicas, para darem de comer a muito boa gente (professores, como gostam de ser intitulados pois já nao são ebnfermeiros); exploração quer por parte das E.P.E.'s como por parte dos hospitais do Estado, que têm nas suas fileiras de enfermeiros muitos deles que desenvolvem trabalho de especialista se serem remunerados por isso; das horas a mais que nos põem nos horários e que são pagas a 25% e 50%, quando o são; da revisão da carreira que já deveria estar concluída há anos porque enfermeiros como eu que trabalham há 10 anos e têm um salário base de €1113 não nos confere qualidade de vida, qualidade de descanso, para que possamos exercer as nossas actividades com um sorriso, com a máxima qualidade com a potenciação do benefício para o doente; dos desempregados na nossa classe que são cada vez mais e me arrepia o coração sempre que leio um fórum e vejo colegas meus a "fugirem" para o estrangeiro para terem emprego quando aqui há falta de enfermeiros, em muito serviços, houvesse vontade política, se fizessem cumprir algumas leis e uma pressãozinha da OE, já agora, para duas coisas: não tivessem deixado que, por exemplo, grupos económicos construíssem E.S.E., onde se ministram cursos de base a torto e a direito, centenas de formados saem para o desemprego; que os recém-licenciados fossem integrados nas unidades de saúde, abrissem concursos para base e especialistas.

Claro que fica bem nos planos de actividade (por falar nisso, o último da OE nos seu site reporta a 2006, relatório de contas a 2005...) escrever

"debater a proposta de Sistema de Certificação de Competências com as instituições de
ensino e instituições prestadoras de cuidados de saúde, organizações socioprofissionais,
associações de estudantes e os enfermeiros em geral;
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Mickaelix em Setembro 01, 2008, 11:20:14
- elaborar a proposta de regulamento do processo de certificação de competências e
desenvolvimento profissional dos enfermeiros, de forma a estabelecer as condições de
acesso ao título de enfermeiro e de enfermeiro especialista;
- elaborar propostas de dispositivos necessários ao sistema de certificação de competências;
- discutir e aprofundar o quadro regulamentar com o Ministério da Saúde."

ou ainda

"Acompanhar e intervir nas medidas tendentes à implementação do processo de Bolonha, no
que respeita às suas implicações para a profissão e para o seu desenvolvimento.
- Identificar as necessidades em formação versus as necessidades em cuidados de
enfermagem e oferta formativa.
- Garantir a participação nos processos de acreditação de cursos do Ministério da Ciência,
Tecnologia e Ensino Superior.
- Definir os critérios para o reconhecimento de idoneidade dos serviços prestadores de
cuidados como espaços formativos"

Onde está esse trabalho feito??

A OE já emitiu algum parecer acerca deste assuntos das farmácias?? No seu site nao vejo nada. Se calhar nem é assim importante que valha a pena comunicar com os seus sócios.


E neste caso das farmácias, acho que tá patente, uma vez mais, a apatia da nossa Ordem! Acho que não está apenas em causa se os farmacêuticos estão capacitados para tal pois não conheço com exactidão os seus planos de estudos. Mas, como alguém disse no fórum e, ao que parece, com conhecimento de causa,  "Não duvido das competências científicas deste profissional, não se esqueçam que o objecto do estudo do farmacêutico é o medicamento, desde a sua concepção, transformação, até à sua veiculação, aplicação e subsequentes efeitos farmacodinâmicos, cinéticos, tóxicos e terapêuticos. Este tipo de conhecimentos carece logicamente de conhecimentos sólidos em biologia humana.". Mas acho que por ser o medicamento o seu objecto de estudo e não o ser humano, haveria o farmacêutico de se limitar a fazer aquilo para que foi preparado e que tão bem faz. Pois se me quiserem, também posso ir para trás de um balcão e "receitar" Paracetamol porque " a sua filha tem febre e lhe doi o corpo" ou uma pomadinha para o reumático ou, ainda, no meu consultório de enfermagem, praticar uma mini-cirurgias (umas mais minis, outras menos). São tudo coisas que sei fazer mas que, simplesmente porque nao fazem parte do meu âmbito de intervenção, não faço!

A revisão da carreira está aí. Será um dos pontos fulcrais das próximas semanas para a profissão. Ou nos debatemos com garra, pacificamente, através de greves e manifestações a sério, com TODOS os enfermeiros (vejam os profs o que fizeram há bem pouco tempo, o Governo recuou logo), ou estaremos perdidos.

Bem, e já tendo dito muito e sobre muita coisa, despeço-me, na convicção de que virao tempos melhores, pela nossa luta, ou...

Abraço
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Setembro 01, 2008, 17:11:52
Citação de: AlexandreG
Caro enfarfr refiro-me a uma postura dos colegas que é raro encontrar na maioria dos centros de saúde... cuidados de saúde primários. Se analisarmos nos centros de saúde, pelo menos na sua grande maioria, não se prestao cuidados de saude primários, nivel I... Prevenção... Estarei errado?? Depois na proximidade com as populações, que também nao acontece...os centros de saúde têm de ser moveis... se maóme não vai à montanha...

Tem toda a razão (infelizmente).

Posso dizer, que apesar da falta de meios, o centro de saúde onde trabalho aposta na mobilidade de cuidados e acessibilidade a todos!  :)

Temos uma unidade móvel de saúde que usamos de forma a chegar aos locais mais distantes e isolados.

Estamos neste momento (já há cerca de 1 mês) a realizar um diagnóstico de situação de saúde, apostando na detecção precoce de 3 patologias: HTA, diabetes tipo 2 e hipercolesterolemia.

Posso dizer que em 497 utentes, diagnosticamos novos 29 diabéticos, 149 hipertensos e 140 com hipercolesterolemia.

Quando estiver terminado terei todo o prazer de disponibilizar os dados.

Mas concordo que há muita falta de iniciativa por este pais fora.

Cumprimentos.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Mauro Germano em Setembro 01, 2008, 22:18:03
A tomada de posição da OE.

Retirado de: http://www.ordemenfermeiros.pt/index.ph ... hlight=547 (http://www.ordemenfermeiros.pt/index.php?page=44&highlight=547)

"ADMINISTRAÇÃO DE VACINAS e INJECTÁVEIS NAS FARMÁCIAS

Orientações relativas à administração de vacinas e injectáveis nas
farmácias
Considerando o anúncio do início de Acções de Formação para Farmacêuticos com a
finalidade dos mesmos poderem vir a administrar vacinas e injectáveis nas Farmácias;
Considerando o eventual envolvimento de enfermeiros na formação de farmacêuticos para
que tal prática se viabilize;
Considerando a salvaguarda, em qualquer contexto, da qualidade e da segurança na
prestação de cuidados aos cidadãos;
Considerando que o alargamento dos serviços farmacêuticos poderá constituir ganho para
os cidadãos desde que prestados nas condições legais e regulamentares e por profissionais
legalmente habilitados;
Considerando a responsabilidade da Ordem dos Enfermeiros em zelar pela função social da
profissão de enfermeiro.
O Conselho Directivo, suportado no parecer do Conselho de Enfermagem e que obteve a
concordância do Presidente do Conselho Jurisdicional, no quadro das competências
atribuídas à Ordem dos Enfermeiros, inscritas no Dec-Lei 104/98, de 21 de Abril, decide
emitir as seguintes orientações:
A administração de vacinas ou outras intervenções que impliquem
administração de injectáveis nas Farmácias devem ser realizadas por
enfermeiros;
A prática destas intervenções por outros que não enfermeiros serão
consideradas invasão na área de actividades praticadas pelos enfermeiros,
incorrendo nas implicações previstas no estatuto da OE e no demais regime
júridico;
Os enfermeiros não devem realizar acções de formação que permitam
transferir para outros profissionais as competências da sua actividade
profissional, devendo por isso recusar a participação em todas as acções que
viabilizem as práticas anteriormente citadas.

Pelo Conselho Directivo
A Bastonária
Enfermeira Maria Augusta Sousa
Lisboa, 01 de Setembro de 2008
Notas:

1. Esta tomada de posição e respectivo parecer que a suporta será entregue à
Ministra da Saúde e solicitada a sua intervenção.
2. Do mesmo modo será enviada à Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos e
reafirmado o pedido de reunião urgente
3. Será dado conhecimento à ANF e à Escola Superior de Saúde Egas Moniz, que
são as instituições, conhecidas até ao momento, promotoras desta formação.
"

O parecer do Conselho de Enfermagem da OE: http://www.ordemenfermeiros.pt/index.ph ... hlight=547 (http://www.ordemenfermeiros.pt/index.php?page=44&highlight=547) Do qual destaco:

"3. Conclusão:
Com os fundamentos apresentados, entende o Conselho de Enfermagem que
3.1. O alargamento dos serviços farmacêuticos poderá constituir ganho para os cidadãos desde que os
profissionais que realizam os serviços sejam os habilitados e os mais bem colocados para responder ao
problema. Concretizando, no caso da administração de vacinas, que seja realizado pelos enfermeiros nas
farmácias. Em articulação com o facto do profissional que administrar vacinas ter de proporcionar resposta
cabal ao choque anafiláctico, só enfermeiros e médicos dispõem de conhecimentos e treino necessários ao
cumprimento de todas as intervenções com segurança para os cidadãos.
3.2. De outra forma, pode provocar uma sobreposição que é, também, invasão, na área de actividades
praticadas pelos enfermeiros, designadamente a administração de vacinas, com os cuidados associados e
consequentes. O que tem, em nosso entender, implicações importantes no domínio das regras de qualidade
e segurança da prestação de cuidados de saúde aos cidadãos.
3.3. Não cabe à Ordem dos Enfermeiros regular a actividade dos farmacêuticos mas cabe “zelar pela função
social” da profissão de enfermeiro. E emitir orientações para o exercício dos enfermeiros, incluindo a sua
intervenção na formação de outros profissionais, quando não estejam explicitados e/ou cumpridos os
requisitos, critérios e condições que assegurem a segurança dos cidadãos e preservem a função essencial
dos enfermeiros na segurança da imunização. Não devem os enfermeiros realizar acções de formação que
transfiram para outros profissionais as competências da actividade profissional.
"
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 02, 2008, 00:09:53
Finalmente algo foi feito pelos representantes da OE. É melhor tarde do que nunca, só tenho pena que a ordem n tenha intervenções proactivas, mas reaja sempre tardiamente.
Esperemos entao que providências sejam tomadas pelo ministerio da saúde, o que eu duvido, uma vez que os cursos já se encontram preparados e muitas farmacias já os pagaram, sim porque n são baratos, ou seja anda a ANF a ganhar dinheiro à custa dos cursos.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Setembro 02, 2008, 00:27:27
Mais vale tarde que nunca.
Acho estranho a Escola Superior Egas Moniz meter-se nestas confusões, até porque lecciona o curso de Enfermagem...Enfim...o que o dinheiro não faz... ^-^
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Mauro Germano em Setembro 02, 2008, 05:27:15
"3.3. Não cabe à Ordem dos Enfermeiros regular a actividade dos farmacêuticos mas cabe “zelar pela função
social” da profissão de enfermeiro. E emitir orientações para o exercício dos enfermeiros, incluindo a sua
intervenção na formação de outros profissionais, quando não estejam explicitados e/ou cumpridos os
requisitos, critérios e condições que assegurem a segurança dos cidadãos e preservem a função essencial
dos enfermeiros na segurança da imunização. Não devem os enfermeiros realizar acções de formação que
transfiram para outros profissionais as competências da actividade profissional
."

retirado de: http://www.ordemenfermeiros.pt/index.ph ... hlight=547 (http://www.ordemenfermeiros.pt/index.php?page=44&highlight=547)

Por isso colegas... quem os fizer deve ser alvo de ostracização e repúdio por parte de todos nós. Nesta matéria e noutras semelhantes...

PS: O negrito é da minha autoria
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Ena Rot em Setembro 02, 2008, 08:36:25
Colega Magistral Estratega estou de acordo consigo, mas acho a palavra ostracismo demasiado "forte".
Continuarão a ser Seres Humanos...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Ena Rot em Setembro 02, 2008, 08:50:34
Citação de: keliinha
A comunicação social é muito importante nestas matérias colegas, a pressão que a comunicação social faz pode fazer até cair um governo tem noção disso??

Colega a comunicação social está borrifando para os Enfermeiros (ou seja quem for), só falará de nós se isso lhes fizer subir os níveis de audiência.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 02, 2008, 12:59:17
Citação de: Ena Rot
Citação de: keliinha
A comunicação social é muito importante nestas matérias colegas, a pressão que a comunicação social faz pode fazer até cair um governo tem noção disso??

Colega a comunicação social está borrifando para os Enfermeiros (ou seja quem for), só falará de nós se isso lhes fizer subir os níveis de audiência.

Tendo em conta o elevado nº de enfermeiros neste pais, falar de enfermagem é já quase como falar de um clube de futebol, move milhares..lol!
Penso que o problema n são as audiencias mas a politica que é feita através da comunicação social e a forma como ela é manipulada pelo governo.
Se repararem ultimamente muitas são as noticias em jornais sobre a situação precária dos enfermeiros, já os canais televisivos pouca enfase dão ao assunto, porque estao controlados e ha coisas que n interessa transmitir, mesmo as próprias manifestações ou greves de enfermeiros são abordadas de uma forma muito sucinta.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Setembro 02, 2008, 13:28:14
keliinha move? De certeza?

Nem os próprios enfermeiros se interessam... quanto mais os outros...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: mariamariamaria em Setembro 02, 2008, 19:57:49
Olá,

è claro que os "media" fazem toda a diferença na atenção dada a certas causas e a certos problemas. Mas é preciso saber usar os "media".

Uma das estratégias possíveis, nesta altura, seria ter uma Bastonária sólida e "equipada" e que se pudesse aliar à OM para, em parceria defenderem os direitos dos doentes.

Não é em vão que o Bastonário dos médicos tem sido o araúto dos profissionais de saúde. Mas não há maior cooperação em saúde do que médicos e enfermeiros... Estamos no mesmo barco, enfrentamos os mesmos doentes, temos as mesmas experiências em campo e o mesmo objectivo.

Aí, uma união destas poderia fazer a diferença... Só que exige uma visão de futuro que pode escapar a alguns e representa algum perigo para os enfermeiros se não tiverem representantes adequados...

Mas, dada a evolução dos nossos pares, não acredito que isso fosse mais nocivo do que benéfico para todos, principalmente doentes.

Abraço.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfermeiredo em Setembro 02, 2008, 21:30:14
E o parecer mencionado em http://www.ordemenfermeiros.pt/index.ph ... hlight=547 (http://www.ordemenfermeiros.pt/index.php?page=44&highlight=547)
é apenas um parecer? Ou tem força de lei pelo menos para os Enfermeiros? Quais as medidas coercivas e/ou punitivas das actividades mencionadas, nomeadamente ensino?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Setembro 03, 2008, 01:56:20
A lei não diz que têm de ser farmacêuticos, diz antes que têm que ser profissionais habilitados...
Se ninguém lhes der formação... ::)

A não ser que essa formação venha de pessoas que não enfermeiros... ::)

A lei existe...acham que a enfermagem tem hipóteses? :-[
Fui ao site da Egas, e não vi lá nada sobre a tal formação, ainda...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tininha em Setembro 03, 2008, 14:20:49
Finalmente uma boa notícia por parte da nossa Ordem!  :)
Espero que acções como esta nunca faltem, pois é de vital importância que não deixemos que nenhuma classe profissional entre no nosso âmbito de competências!

Não querendo utilizar uma palavra tão forte como "ostracização"... tenho que concordar com Magistral Estratega no sentido de que cabe a todos nós denunciar os colegas que vejam nisto uma oportunidade de negócio e vendam os conhecimentos  em detrimento da Enfermagem, em benefício outra classe! 

Em resposta ao colega Flawless...
Tal como postado pela Ordem dos Enfermeiros: "o facto do profissional que administrar vacinas ter de proporcionar resposta
cabal ao choque anafiláctico, só enfermeiros e médicos dispõem de conhecimentos e treino necessários ao
cumprimento de todas as intervenções com segurança para os cidadãos."

Embora o Farmacêutico aprenda muito acerca do medicamento.. este âmbito [vacinação e tudo o que isso implique em termos de segurança para o cidadão]...só os Enfermeiros e Médicos estão preparados para tal!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfermeiredo em Setembro 03, 2008, 20:31:30
Citação de: Tininha

Tal como postado pela Ordem dos Enfermeiros: "o facto do profissional que administrar vacinas ter de proporcionar resposta
cabal ao choque anafiláctico, só enfermeiros e médicos dispõem de conhecimentos e treino necessários ao
cumprimento de todas as intervenções com segurança para os cidadãos."

Embora o Farmacêutico aprenda muito acerca do medicamento.. este âmbito [vacinação e tudo o que isso implique em termos de segurança para o cidadão]...só os Enfermeiros e Médicos estão preparados para tal!

Acho bem e justa a abordagem, numa perspectiva de defesa de saúde do utente.
O que adicionalmente acontece é que temos mais responsabilidades sobre nós, enfermeiros, mas em geral , não temos medo das responsabilidades. É verdade,  toda a gente sabe o protocolo de tratamento do choque anafilactico? Enfos. Chefes: temos os farmacos previstos e os materiais para os administrar?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: ritocas em Setembro 04, 2008, 11:03:58
Bom dia! Acho a verdadeira PALHAÇADA! Sempre critiquei o facto de os farmacêuticos (alguns até só são técnicos!!!) verem tensões arteriais, avaliarem glicemias, etc.. Mas isto agora de administrarem vacinas é a verdadeira loucura! A senhora bastonária diz que nunca nos preocupamos com o facto de os farmacêuticos administrarem metadona, mas este facto não é completamente verdade. A maior parte dos administradores deste fármaco são enfermeiros que o fazem integrados em unidades de saúde familiares ou unidades de tratamento, financiadas pelo IDT. E quem se deveria preocupar deveriam ser os farmacêuticos que estão a realizar um acto que NÃO É DA SUA COMPETÊNCIA PROFISSIONAL! Tenho dito. Rita
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: pedrojosesilva em Setembro 04, 2008, 14:27:13
Já em Janeiro de 2008 tanto OE como Sindicatos tinham denunciado a situação.

Forumenfermagem.org

Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Remeronimation em Setembro 04, 2008, 19:58:19
JORNAL METRO, quinta-feira, 4 de Setembro de 2008 (hoje)

"Os farmacêuticos começam a administrar vacinas a partir do próximo mês, mas os enfermeiros consideram que esta é uma 'invasão da área da actividade' destes profissionais e prometem recorrer juridicamente. A administração de vacinas nas farmácias foi anunciada no ano passado pelo ministro que antecedeu Ana Jorge na saúde, Correia de Campos"
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: filipaaz em Setembro 05, 2008, 11:02:37
Ola caros colegas!
Eu candidatei-me para a proposta anunciada a 16 de Julho neste forum para a RH-Management e ontem fui contactada para me dirigir à sede da ANF para uma entrevista de emprego. Perguntei que tipo de serviço pretendiam e não dizem por telefone, só dirão na entrevista... eu pergunto-me... será que pretendem formação para farmaceuticos para a tal administração de vacinas!? Se for isso claro que nem ponho lá os pés! É inaceitável os enfermeiros formarem os farmaceuticos numa área que é apenas da nossa competência!
Mas não sei se é isso que eles pretendem... pode não ter nada a ver, mais alguém foi contactado? Sabem o que é pretendido?
Obrigado!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: blocohosa em Setembro 05, 2008, 11:12:15
Tudo o que se passa é reflexo do passado, lá diz o ditado cada um tem o que merece..
Durante muitos anos os enfermeiros (alguns) recusavam-se a fazer muitas acções que diziam não ser das suas funções. Lembro-me que onde trabalhei há 25 anos não queriam avaliar BM teste pq era função dos médicos...
Deu-se formação a auxiliares para fazer tudo e mais alguma coisa. Preocuparam-se muito com o estatudo e pouco com a dignidade do enfermeiro que não passa só pelo papel mas com o profissionalismo e com as competencias do saber.
A nossa ordem só quer dinheiro mas não nos defende, para mudar o cartão para especialista tive de pagar mais 100 euros e apresentar registo criminal actualizado.
Lamento muito peos que começam agora pois já ouvi duas vezes em sítios diferentes (congressos) que a enfermagem é uma profissão em extinção, resta-nos a luta pela sobrevivencia...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Mauro Germano em Setembro 05, 2008, 18:45:53
Como disse a nossa colega Vera Carvalho(do Cogitare) num blogue estrangeiro por aí... Como pode ser assegurada a privacidade do utente numa farmácia?

Está a farmácia preparada como o equipamento necessário para actuar em caso de necessidade : o exemplo extremo é o choque anafiláctico?

Está o farmacêutico realisticamente preparado para não só administrar como actuar em caso de reacção adversa? É que uma coisa é saber dar injecções outra é administrar e monitorizar a acção do fármaco no doente... Estarão eles preparados para isso?

Eu continuo a dizer, enfermeiros ou não nas farmácias, penso que o local não é o melhor para este tipo de cuidados...

Blocohosa: a nossa OE foi clara na tomada de posição relativamente a este assunto, se leu pode certamente comprovar isso... Agora só depende de nos querermos dar ao trabalho de denunciar e por conseguinte assegurar a qualidade da assistência ao doente... Isso depende de todos nós... é que os representantes dos orgãos da OE não estão em todo o lado, mas os seus membros sim... Cada um que faça o seu dever e vamos ver se isto da Queda e destruição da Enfermagem é um dado assegurado!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: AgnesLGN em Setembro 06, 2008, 14:17:53
Eu penso que o que devemos fazer é algo muito simples (teoricamente), mas que na pratica da trabalho.
O que devemos fazer é evoluir. A verdade é que os proprios enfermeiros fazem muita coisa que antes eram os medicos que faziam, e nao é por isso que deixou de haver medicina ou eles deixaram de ter trabalho. Muito pelo contrario. A verdade é que a medicina evoluiu e muito.
E o nosso trabalho nao se baseia em dar vacinas ou injectaveis ou monitorizar sei la o que...isso os medicos ou qualquer pessoa q receba formaçao para isso pode fazer...isso é algo tecnico! Os enfermeiros nao sao/nao devem ser meros tecnicos. Nao sao/nao devem ser meros "empregados" do medico. Se o trabalho do enfermeiro estiver em risco por causa de dar formaçao a outros profissionais de saude sobre tecnicas, entao nao sei para que foi tanta luta para que enfermagem fosse uma licenciatura. A licenciatura da-nos liberdade de pensar enfermagem. E cabe a nos evoluir esta ciencia. E para isso nao bastam pequenas formaçoes para adquirir a capacidade para evoluir e pensar esta ciencia...
Agora, o desafio é TRABALHO! pesquisa, conhecimento, actualizaçao constante, questionar, pensar e repensar.
Uma das coisas que me desilude as vezes nesta profissao é ver tantos profissionais de nariz empinado que so sabe dizer "eu é que sei" em vez de se questionar a si proprio, em vez de discutir com os colegas de uma forma inteligente e saudavel. Em vez disso andam as turras com tudo e todos. Ate com os proprios utentes! Assim nao vamos a lado nenhum. Assim so mostramos uma classe pobre de caracter. Essa é a verdade.
A ciencia envolve questionar e procurar respostas.
É que quanto mais discutirmos estas coisas, mais se sedimenta a ideia que a sociedade tem de que os enfermeiros so dao picas..e que o menino/a esta a "aprender a dar picas". Para isso, caros colegas, nao é necessario nenhuma licenciatura.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Ena Rot em Setembro 06, 2008, 15:00:21
Exacto, mas isso não quer dizer que abramos mão daquilo que é nosso!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enf_Popota em Setembro 06, 2008, 15:41:04
Tenho conhecimento(Porque vi os vários panfletos) que ja foi proposto a várias farmacias de oficina, formações de Vacinação e Curso Primeiros Socorros com inicio já para este mES, por entidades como a COPRAFAR. Neste caso especifico o formador é um Licenciado em Medicina pelo Icbas, mas tambem licenciado em Enfermagem pela Escola São João no Porto , tendo 7 anos de exercicio profissional como enfemeiro.


Realço tambem que tambem foi enviado ás direcções tecnicas das farmacias, a possibilidade de estas estarem agora legalmente habilitadas a contractar enfermeiros, cardiopneumologistas, ter. ocupacional, terapeutas da fala, nutricionistas, etc para desenvolverem actividade na Farmacia. No caso da admnistração de injectaveis e primeiros socorros a ANF explica que é exigido um espaço minimo (7m2) , marquesa ou cadeirão reclinavel, material para entubação orotraqueal assim como todo material necessário ao SAV , á excepção do desfibrilhador. Do mesmo modo implica que os prestadores desses cuidados tenham formação no seu uso.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfmagalhaes em Setembro 06, 2008, 16:26:07
se os enfermeiros abrem mão da tecnica do injectavel (vacinas) estão a abrir mão da actuação de enfermagem em caso de choque anafilactico.... e a seguir o que sera???? daqui a pouco os farmaceiticos estão a substituir enfermeiros no sav.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: kitty em Setembro 07, 2008, 17:18:39
Tenho uma duvida! Qual é o nosso procedimento quando sabemos que a farmacia x tem farmaceuticos e ajudantes de farmácia que administram injectáveis e realização tratamentos a feridas?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Setembro 07, 2008, 17:20:07
Ainda ontem tive um caso de anafilaxia resultante de picada de abelha...

Com as vacinas pode acontecer o mesmo...

Vão os farmacêuticos cateterizar uma veia, colocar soro a correr, administrar corticóides, adrenalina, etc??? Não me parece...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Setembro 07, 2008, 17:20:40
Citação de: kitty
Tenho uma duvida! Qual é o nosso procedimento quando sabemos que a farmacia x tem farmaceuticos e ajudantes de farmácia que administram injectáveis e realização tratamentos a feridas?

Comunicas à Ordem dos Enfermeiros.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: kitty em Setembro 07, 2008, 18:46:03
vou começar a rondar as farmácias da minha zona, a perguntar a todas se administram injectáveis. Caso a resposta seja positiva contacto logo a Ordem. Ainda vou aparecer na tvi ;)
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Setembro 07, 2008, 20:29:00
Citação de: kitty
vou começar a rondar as farmácias da minha zona, a perguntar a todas se administram injectáveis. Caso a resposta seja positiva contacto logo a Ordem. Ainda vou aparecer na tvi ;)

ou seja, vai avisar a ordem que as farmacias administram vacinas de acordo com o que esta previsto na lei. boa!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: kitty em Setembro 07, 2008, 21:09:51
Retriever eu sei que a "lei" saiu no ano passado, mas pelo que eu sei só se aplica aos farmacêuticos e não aos ajudantes de farmácia. Estou errada? 

E a Ordem dos Farmacêuticos, ao propor estes cursos de 20horas, será que não quer dizer que os farmacêuticos não estão preparados?

E se não for indelicado perguntar, poderei saber se é enfermeiro(a)?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Setembro 07, 2008, 21:19:40
Citação de: kitty
Retriever eu sei que a "lei" saiu no ano passado, mas pelo que eu sei só se aplica aos farmacêuticos e não aos ajudantes de farmácia. Estou errada? 

E a Ordem dos Farmacêuticos, ao propor estes cursos de 20horas, será que não quer dizer que os farmacêuticos não estão preparados?

E se não for indelicado perguntar, poderei saber se é enfermeiro(a)?


Nao me pronuncio sobre outras ordens profissionais e muito menos sobre as suas acçoes. nao se pode é denunciar algo que esta na lei, que é legal. E a lei é omissa nesse ponto q refere. Estas atitudes "revolucinarias" nenhuma credibilidade nos conferem.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enf_Popota em Setembro 08, 2008, 10:24:15
Conheço algumas farmacias E parafarmacias no Porto e S.M.Feira onde se admnistram injectaveis ae primeIRos socorros por ENFERMEIROS
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: pedrojosesilva em Setembro 08, 2008, 15:13:31
@Magnolia

Esse discurso é algo inocente, não acha? a licenciatura em termos de reconhecimento social ainda não deu provas, por isso a estrategia contemplativa que propõe pode ser mais um tiro no pé. Chegou a altura de marcar posição quanto á invasão do nosso espaço.
É obvio que a investigação é necessaria poara a nossa evolução,mas primeiro o pão para comer e depois vem a meditação, não sei se me fiz entender, é uma questão de prioridades.
Se nos deixarmos esvaziar de conteúdo funcional, cada vez seremos mais dispensaveis nas instituições de saúde.
A Enfermagem psicosocial não está imposta ao ponto de poder empregar perto de 60000 enfermeiros como seremos ainda no decorrer deste ano.

@enf-popota

A maior parte das farmácias (e diria ainda alguns centros de saúde), não apresentam recursos materiais para asegurar o SAV á uma vitima de choque anafilatico.

Se vierem a acontecer mortes nas farmácias, alguém terá que pagar pela negligência que está a cometer.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: J.Ribeiro em Setembro 09, 2008, 08:17:55
:D ;)

Caramba... pedrojosésilva! 

Mas que agressivo!!!   ;)

As colegas têm todo o direito á sua ignorancia e espirito mentecapto...

Não pode criticar de forma tão acesa as suas colegas de profissão, por favor mostre mais consideração por tão nobre e carneira profissão.

Não creio que faça parte do seu perfil indignar-se com atitudes tão inteligentes da parte das suas colegas.

Por favor, não, exigo, que se retracte....  >:D ^-^
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: J.Ribeiro em Setembro 09, 2008, 08:26:20
Citação de: Ena Rot
Colega Magistral Estratega estou de acordo consigo, mas acho a palavra ostracismo demasiado "forte".
Continuarão a ser Seres Humanos...

colega, não deviam ser ostracizados... deviam ser expulsos da ordem e como tal ser impedidos de exercer. Por atentado contra a profissão...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: clinton em Setembro 09, 2008, 20:38:02
Desculpem, mas a revolta é demais....QUE ***** DE CLASSE SOMOS NÓS; QUE ***** DE ORDEM TEMOS.....Já não bastavam os licenciados em medi$dinheiro, senão agora também os farmacêuticos, os auxiliares de enfermagem( ? )......e depois toda essa escumalha a receber formação dada..por enfermeiros.
   Mas que mercenários são esses que a troco de dinheiro são capazes de vender a própria mãe, quanto mais a própria classe.Havia um lider africano que dizia..Que Deus me proteja dos meus amigos que dos inimigos me encarrego eu.Pois penso que esta frase se aplica à enfermagem, em que os grandes inimigos de nós próprios estão entre nós.Assim não há classe que resista, pois todas as medidas que se tentem aplicar, para defender a Enfermagem, vão ser " denunciadas pelos próprios enfermeiros( não todos mas alguns).

                                  amsr
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enf_Popota em Setembro 10, 2008, 18:10:15
@J.Ribeiro

A sua prepotência é realmente avassaladora e a sua inteligencia deixa muito a desejar. Doutro modo entendia que nos meus comentários não manifestei a minha opinião, apenas revelei factos que achei pertinente dar a conhecer aos colegas.

Agora sim estou a demonstrar a minha opinião  - a sua ignorância e falta de bom senso chegam a ser comoventes. Coma o seu peixinho e guarde as suas frustrações para outros carnavais.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enf_Popota em Setembro 10, 2008, 18:18:54
Considero que a admnistração de vacinas e primeiros spcrros nas farmácias de oficina poderia revelar-se mais uma saída profissional para os enfermeiros, no entanto está a revelar-se uma oportunidade para uma efectiva usurpação de funções. A Ordem e sindicatos já se manifestaram. Não é suficiente.

Na minha opinião se a farmácia estiver devidamente equipada, condições fisicas e logistca adequadas,  com material SAV e profissionais qualificados (enfermeiros, pois claro) ,  a prestação de primeiros socorros e vacinação nas farmácias podia ser uma realidade. Acho é pouco provavel que as direcções das farmacias estejam dispostas a pagar a um enfermeiro, quando o farmacêutico fica legalmente habilitado a fazer o mesmo atraves de um curso de um dia , e sem custar mais ao final do mês.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Vitor A. em Setembro 10, 2008, 21:26:02
Se "dito" Acto de Enfermagem estivesse em vigor, isto aconteceria?

Deixo a questão!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: AgnesLGN em Setembro 11, 2008, 12:43:37
Citação de: enfarfr
Ainda ontem tive um caso de anafilaxia resultante de picada de abelha...

Com as vacinas pode acontecer o mesmo...

Vão os farmacêuticos cateterizar uma veia, colocar soro a correr, administrar corticóides, adrenalina, etc??? Não me parece...

Os enfermeiros supostamente tambem nao podem administrar medicamentos sem prescriçao medica.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Setembro 11, 2008, 15:42:04
Tem razão... mas não sendo essa a questão aqui abordada tem que se considerar que isso só acontece (ou só deveria acontecer) em casos extremos, para o bem do doente e quando não é possível obter a prescrição do médico. Mas até ai já os farmacêuticos se "intrometeram" pois é rara a altura em que algum recusa a venda de um medicamento sujeito a receita médica sem a existência da mesma. Mesmo sem conhecimento do historial do doente e das complicações q
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Setembro 11, 2008, 15:43:07
(cont) que dai podem advir. 
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Setembro 11, 2008, 16:50:14
Citação de: Magnolia
Os enfermeiros supostamente tambem nao podem administrar medicamentos sem prescriçao medica.

Isso está protocolado no PNV... Tem a obrigação de mesmo sem médico fazer... Eu pelo menos fazia-o.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Setembro 11, 2008, 17:24:49
Convem q haja informaçao quando se fala. Concordo com certos pontos, mas os farmaceuticos podem, legalmente, conforme o novo regime juridico da farmacia, vender medicamentos sujeitos a receita medica, se apos avaliaçao assim o entenderem. Nao nos cabe a nos ajuizar sobre eventuais "actos" de outros profissionais q possam fugir a sua "deontologia", nao me parece mt profissional...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Setembro 11, 2008, 19:08:24
E há informação, não sabia qual era a lei mas até a fui procurar:
"Decreto-Lei n.º 307/2007, DR n.º 168, Série I de 2007-08-31
Artigo 6.º
Dever de dispensa de medicamentos
(...)
2 - Os medicamentos sujeitos a receita médica só podem ser dispensados aos utentes que a apresentem, salvo casos de força maior, devidamente justificados."

Não basta fazerem uma avaliação e assim entenderem. Pelo menos é isso que eu interpreto, posso estar errada obviamente.
Lamento que não considere profissional este meu comentário, feito num fórum de discussão, mas se não se apercebeu do que se trata este tópico é exactamente disso, estamos a debater os actos de outros profissionais. Não estou com isto a desvalorizar o papel do farmacêutico ou a fazer juízos sobre as suas intervenções. Estou a comentar a realidade que muitos, além de mim, certamente já presenciaram.

Reitero: não estou a culpabilizar ninguém, nem nenhuma classe profissional, de nada (para o caso de ainda ter permanecido alguma dúvida ou pensamento errado sobre o meu comentário).
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfermeiredo em Setembro 18, 2008, 21:05:29
Vem aí Outubro e com esse mês vem a temporada da vacina da Gripe. Vamos ver quem vacina e onde. Os enfermeiros podem oferecer-se para vacinar em farmacias, se entenderem que estaão assegurados os presupostos de sugurança.
Vamos ver o que a Ordem faz a quem vacina sem ser enfermeiro.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Pedro Godinho Ferreira em Setembro 24, 2008, 08:59:28
Infelizmente não irá fazer nada.

Apesar da tomada de posição da OE em relação a todo este assunto gostava de ver o que ela vai fazer além de emitir um comunicado!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Marquez em Setembro 24, 2008, 17:35:48
As farmácias qualquer dia viram centros de saúde... ou talvez urgências.

Os farmacêuticos vão passar a assistir doentes através de cuidados de suporte básico de vida, oxigenar alguém com um ataque de asma ou fazer manobras de reanimação a um diabético com hipoglicemia.

Noticia publicada no correio da manha: http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentid=D208DA6A-D9A3-4F18-AE39-A064880B7739&channelid=F48BA50A-0ED3-4315-AEFA-86EE9B1BEDFF

E é de referir o primeiro comentário à noticia: Concordo com esta medida! É altura dos enfermeiros também sentirem na pele o q é invadir a área dos outros. Têm a mania que também fazem de assistente social,psicólogo,nutricionista e q até sabem mais q o médico. Agora olhem...Apoio as farmácias nestas novas competências!

Já comentei o meu desagrado. Estará para breve a nossa extinção.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Setembro 24, 2008, 22:28:00
http://www.pt.cision.com//O4KPTWeb/ClientUser/GetClippingDetails.aspx?id=1470eb94-9b91-4389-b8ca-adb633a8dd34&analises=1 (http://www.pt.cision.com//O4KPTWeb/ClientUser/GetClippingDetails.aspx?id=1470eb94-9b91-4389-b8ca-adb633a8dd34&analises=1)
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Enf.Pipa em Setembro 24, 2008, 23:28:03
Bem sendo assim, estamos mmo a perder as nossas competências!E para além de nós quem sofre mais com isto são os utentes!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 25, 2008, 12:22:59
De facto podem-se administrar vacinas nas farmacias, estando a decorrer cursos de formação para farmaceuticos n só de vacinação mas também de SBV. No entanto isto parece-me tudo feito sem criterios nem metodo. Para além da invasão das nossas actividades profissionais, o que está aqui em causa vai muito para além disto, uma vez que a saúde das pessoas irá saír prejudicada, ora vejamos, os farmaceuticos administram as vacinas, e depois deixam as pessaos na farmacia à espera 30 minutos como está preconizado no PNV para despiste de possiveis reacções? Não me parece que tenham conhecimentos para isso, nem as farmacias parecem ter espaço para tal, ou seja as pessoas poderão fazer uma reacção anafilatica já fora da farmacia. Por outro lado mesmo que esta reacção ocorra no interior da farmacia, o farmaceutico não está dotado tencnica nem cientificamente para identificar uma reacção e muito menos para actuar, as farmacias estão neste momento a ser obrigadas a adquirir alguns farmacos usados nestas circunstancias, como cortisona, adrenalina, entre outros, mas como digo tudo é feito sem sustentação porque os farmaceuticos não administram farmacos EV, nesse caso anda alguem a  ganhar dinheiro com os farmacos e outros equipamentos que nunca serão usados, ou se forem n o serão correctamente. Estamos a meu ver perante um grave problema de saúde publica.
E já agora SBV n se aprende em poucas horas, portanto nem a abordagem correcta da vitima em PCR serão capazes de fazer.
Mais uma vez o nosso governo está em grande no que diz respeito à saúde..há que colocar nas farmacias e nos farmaceuticos a responsabilidade que é sua..de zelar pela saúde da população..isto é uma vergonha!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 25, 2008, 13:33:58
Colegas finalmente a OE resolveu tomar uma posição relativamente aos colegas que iriam ministrar a formação de vacinação. Como já aqui foi referido os cursos encontram-se a decorrer durante este mês. Tive a informação relativamente ao curso dado pela ANF que os enfermeiros que supostamente estariam presentes como formadores não o irão fazer, uma vez que receberam uma carta intimidativa da OE. Não tenho conhecimento preciso do conteudo da carta, mas concerteza que não terá sido nada de brando. Pela primeira vez a OE fez o que lhe competia.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Vitor A. em Setembro 25, 2008, 22:51:24
Um amigo meu iria começar hoje a formação com um colega sobre administração de injectáveis, mas já foi substituido por uma médica anestesista!

A OE poderia agora fazer pressão sobre a Ordem dos Medicos para que eles não dessem formação!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 26, 2008, 21:01:15
Sim é verdade os enfermeiros foram substituidos por medicos anestesistas. Só n tinha conhecimentos de que os medicos anestesistas também administravam vacinas,lol, arranjam cada uma...enfim!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: susy4 em Setembro 27, 2008, 10:03:44
isto poderá ser suficiente para nao considerar a formação válida??????????????????????'
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 28, 2008, 19:45:55
Segundo a informação que tive a ANF informou-se sobre a existencia de mais profissionais habilitados para a administração de injectáveis, neste caso concreto vacinas, afirmando que os médicos anestesistas estao, tal como nós habilitados legalmente para esse tipo de actividade. Quanto à veracidade deste facto, tenho as minhas dúvidas.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfarfr em Setembro 28, 2008, 21:24:44
Aproveitando o tema, quanto acham que um enfermeiro deve cobrar na administração de vacinas numa farmácia, em regime de prestação de serviços (recibo verde), por hora?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Setembro 30, 2008, 21:38:55
Citação de: enfarfr
Aproveitando o tema, quanto acham que um enfermeiro deve cobrar na administração de vacinas numa farmácia, em regime de prestação de serviços (recibo verde), por hora?

Deve cobrar no minimo 7€ por hora!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Andre Abilio em Outubro 01, 2008, 14:14:27
"Porquê procurar tanto ajudar os outros se somos incapazes de nos compreender e nos ajudarmos entre enfermeiros?" (Phaneuf)


dá que pensar...
 ???
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enf.enf em Outubro 01, 2008, 16:18:06
Citação de: enfarfr
Aproveitando o tema, quanto acham que um enfermeiro deve cobrar na administração de vacinas numa farmácia, em regime de prestação de serviços (recibo verde), por hora?

no minimo 8euros/hora...

numa clínica privada cobram 5/6euros/hora por uma IM durante a semana...

agora vejam...

cumps
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfpedro em Outubro 03, 2008, 20:14:25
Pois mas ouvi falar que em várias farmácias do norte são os técnicos de farmárcia (com 12ºano no máximo) que estão a ministrarem as vacinas, a avaliarem TA, etc. etc.

Mas claro que tiraram uma formação de x horas (poucas, menos de 10h) mas pronto já é suficiente para saber aconselhar, encaminhar, ...

ENFIM ....
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Outubro 04, 2008, 16:18:48
Sei que não deveria propriamente fazer isto... mas gostava de partilhar o site de um fórum que encontrei... dêem uma vista de olhos... http://tdtonline.org/forum/viewtopic.php?f=18&p=13527# (http://tdtonline.org/forum/viewtopic.php?f=18&p=13527#)
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Outubro 04, 2008, 21:30:52
Esse é o site dos técnicos de diagnóstico e terapêutica, se achamos que nos faz comichão serem farmacêuticos a prestar cuidados deste tipo, então veja-se pessoas com formação elementar em saúde, não contemplados na lei para estas acções (a DGS reconhece médicos, enfermeiros, e mais recentemente, farmacêuticos), a realizarem-nas.
Onde a ordem poderia intervir activamente e dentro da lei, seria na intimação de entidades promotoras de cursos de formação a técnicos/ajudantes de farmácia.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: luponte em Outubro 05, 2008, 10:41:51
"A partir de 1 de Outubro as farmácias podem administrar vacinas, desde que
tenham enfermeiros na sua equipa.

Apelam-se a todos os enfermeiros que denunciem à Ordem dos Enfermeiros
todas as farmácias onde isto não aconteça para que possa actuar em
conformidade."


Posição da OE:

http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... __cias.pdf (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sedeinformacao/Tomada%20Posi%C3%A7%C3%A3o/Microsoft_Word_-_Orienta____es_relativas____administra____o_de_vacinas_e_inject__veis_nas_farm__cias.pdf)

Comunicado à População publicado no Jornal "Público" e Jornal "Correio da
Manhã":
http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... et2008.pdf (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sededestaques/Setembro%202008/Anuncio_Comunicado_sobre_vacinas30Set2008.pdf)
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Outubro 05, 2008, 13:33:46
Citação de: luponte
"A partir de 1 de Outubro as farmácias podem administrar vacinas, desde que
tenham enfermeiros na sua equipa.

Apelam-se a todos os enfermeiros que denunciem à Ordem dos Enfermeiros
todas as farmácias onde isto não aconteça para que possa actuar em
conformidade."


Posição da OE:

http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... __cias.pdf (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sedeinformacao/Tomada%20Posi%C3%A7%C3%A3o/Microsoft_Word_-_Orienta____es_relativas____administra____o_de_vacinas_e_inject__veis_nas_farm__cias.pdf)

Comunicado à População publicado no Jornal "Público" e Jornal "Correio da
Manhã":
http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... et2008.pdf (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sededestaques/Setembro%202008/Anuncio_Comunicado_sobre_vacinas30Set2008.pdf)






Pois, o problema é o que a OE diz, outra é o realidade legislada. A DGS já os reconhece, resta fazer campanha contra ajudantes e técnicos, e apelar que se adira ao serviço apenas nas farmácias com enfermeiros.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Vitor A. em Outubro 05, 2008, 22:01:23
Consultem isto:

http://doutorenfermeiro.blogspot.com/2008/10/traio-no-seio-da-classe-de-enfermagem.html (http://doutorenfermeiro.blogspot.com/2008/10/traio-no-seio-da-classe-de-enfermagem.html)

e

http://arevoltadoenfermeiro.blogspot.com/2008/10/pede-se-condenao-firme.html (http://arevoltadoenfermeiro.blogspot.com/2008/10/pede-se-condenao-firme.html)
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Outubro 05, 2008, 22:22:37
Acabadinho de enviar e-mail de descontentamento à OE...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Outubro 06, 2008, 13:35:52
Não há nada que se possa fazer, a lei tem uma lacuna, onde refere que qualquer profissional habilitado pode administrar vacinas, parece obvio que os únicos profissionais habilitados são os enfermeiros, mas na interpretação da lei não o terá obrigatorimente que ser, desde que outros profissionais estejam também habilitados, daí a existencia dos tais cursos para farmaceuticos.
Até que ponto é que esses cursos são certificados pela DGS e que realmente habilitam legalmente os tais profissionais eu já não sei.
Penso que deveremos fazer pressão junto da OE para que esta entre em acordo com a ANF a fim de se deixarem de cursos ridiculos e passarem a colocar os profissionais mais tecnica e cientificamente capazes, até porque a farmacia fica a ganhar com isso, porque os proprios farmaceuticos n se sentem minimamente à vontade para este tipo de actividade profissional, por outro lado eles são precisos para outras àreas não devendo descentraliazar o seu foco de acção em tarefas que não são da sua competencia.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Tucha em Outubro 20, 2008, 23:06:34
Reponderam-me hoje da ordem:

Citar
Exma Sra. Enfermeira

 

 

No seguimento do seu email, recepcionado nos nossos serviços no dia 05-10-08, venho por este meio agradecer o seu envio e informar que continuaremos a intervir sobre esta matéria.

 

Congratulamo-nos pelo dinamismo que demonstra.

 

 Com os meus cumprimentos.

 

Mª Lurdes Ferreira

Secretariado da Sra. Bastonária

Avª Gago Coutinho, 75  1700-028 Lisboa

Tel: 218455238  Fax: 218455259

 

www.ordemenfermeiros.pt (http://www.ordemenfermeiros.pt)

Não responderam a nada basicamente... enfim...
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: anareis_sd em Outubro 21, 2008, 00:41:12
O assunto não é o exactamento o mesmo, mas está relacionado..
Numa farmácia perto de mim, enquanto esperava para ser atendida presenciei este magnífico momento de prestação de cuidados de enfermagem (tentativa frustradissima de...) por um técnico de farmácia.
Após avaliar a tensão arterial a um idoso com a braçadeira completamente ao contrário fez a seguinte comunicação dos valores apresentados:
Tem 12,5 (doze e meio), 7,7 (sete vírgula sete) de tensão e 6.9 (seis ponto nove) de pulso.
Sem comentários...  :o
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Herodes em Outubro 21, 2008, 02:05:16
Esse farmacêutico merecia um enxerto de porrada.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Outubro 21, 2008, 20:53:40
a anareis falou em técnico de farmácia.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Outubro 21, 2008, 23:31:53
Citação de: anareis_sd
O assunto não é o exactamento o mesmo, mas está relacionado..
Numa farmácia perto de mim, enquanto esperava para ser atendida presenciei este magnífico momento de prestação de cuidados de enfermagem (tentativa frustradissima de...) por um técnico de farmácia.
Após avaliar a tensão arterial a um idoso com a braçadeira completamente ao contrário fez a seguinte comunicação dos valores apresentados:
Tem 12,5 (doze e meio), 7,7 (sete vírgula sete) de tensão e 6.9 (seis ponto nove) de pulso.
Sem comentários...  :o

Tava morto portanto..lolol!!
Não consigo parár de rir...metem gente a fazer o que n sabe e depois dá nisto..lol!
As farmácias deviam ter vergonha de prestar este tipo de serviços, ganham tanto dinheiro podiam pôr lá um profissional com formação e mais n digo que cada ex que falo neste assunto me dá nauseas...tanta burrice neste país!
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Retriever em Outubro 22, 2008, 00:10:37
Não percebo a burrice toda, 12,5 quê? Batatas? Se falarmos em 12,5 torr ou mmhg então parece-me burrice, mas e se forem 12,5 cmhg?
É que nas passagens de turno é frequente ouvir-se: "o doente apresentava-se normotenso com valores de 12 - 7" quando de facto se referem a valores de 120 e 70 mmhg.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Gilgamesh em Outubro 22, 2008, 00:53:24
Para um enfermeiro logicamente que são 120 batatas, 70 couves, 80 chouriços.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Herodes em Outubro 22, 2008, 02:32:35
Apesar de partirlhar da visão de que se trata de usurpação de funções, temo que eles levem a melhor, visto que já têm uma rede nacional muito ampla de locais onde podem exercer a sua actividade.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Herodes em Outubro 22, 2008, 02:44:57
Claro que a especialização faz sentido. O problema é se ao fazê-lo, não iremos colidir com outras profissões.
E maior problema será se essas colisões se verificarem com alguém que já vai um pouquinho mais à frente que nós.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: Caldas em Outubro 23, 2008, 22:36:52
Conclusões da reunião de hoje entre as Ordens dos Enfermeiros e dos Farmaceuticos.

Após a reunião desta tarde com a Ordem dos Farmacêuticos, o Conselho Directivo da Ordem dos Enfermeiros vem informar os seus membros do seguinte:


   - Continua a existir uma interpretação distinta entre as duas Ordens Profissionais do quadro legal que estipula a existência de «profissionais legalmente qualificados» para que as farmácias possam oferecer os serviços em causa. (Art.º 3 da portaria 1429/2007 de 2 de Novembro).

   - Para a Ordem dos Enfermeiros, o que está disposto na portaria supracitada relativamente à administração de vacinas e injectáveis é da responsabilidade profissional dos enfermeiros - e nunca da responsabilidade profissional dos farmacêuticos.

   - Na sequência do que atrás foi dito, a Ordem dos Enfermeiros solicitou, de imediato, uma intervenção urgente ao INFARMED - enquanto entidade com competência para regular e fiscalizar o cumprimento das condições definidas em lei para as farmácias  - e à Dr.ª Ana Jorge, Ministra da Saúde. Este pedido de intervenção urgente vai no sentido da salvaguarda do quadro legal existente.

   - A Ordem dos Enfermeiros reitera que a segurança dos cidadãos pode estar em causa.

   - A Ordem dos Enfermeiros irá accionar as medidas judiciais que estiverem ao seu alcance sempre que tenha conhecimento de farmácias em que a administração de vacinas não esteja a ser assegurada por enfermeiros.

   - Acrescentamos que na reunião de hoje foi apresentada uma proposta de tomada de posição conjunta ao Dr. João Mendonça, Presidente da Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos - presente em representação da Dr.ª Elisabete Faria, Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos - tendo a mesma sido recusada. Essa proposta incluía aspectos como :

           - A garantia de que a complementaridade entre profissionais decorre da responsabilidade inerente a cada profissão;

           - A defesa de que o circuito do medicamento deve ser respeitada, ou seja, os medicamentos são prescritos pelo médico, preparados e armazenados pelo farmacêutico - o que lhe permite garantir uma qualidade essencial na selecção e dispensa dos medicamentos - e administrados por enfermeiros;

           - O compromisso de colocar às entidades competentes, nomeadamente ao INFARMED, a necessária vigilância do cumprimento do quadro legal existente para os novos serviços que as farmácias podem oferecer, tendo em conta as responsabilidades que lhe estão atribuídas.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: bebr em Outubro 24, 2008, 00:34:50
No meio disto tudo em que país é que vivemos?????
Bem, eu não sei por quem é que este curso vai ser financiado, nem por quem vai ser ministrado, mas a minha conclusão é esta:
- sendo uma iniciativa aprovada pelo governo, deveriam ser eles a financiar, sendo eles a financiar para que ministrar esta matéria no curso de enfermagem???? (era para rir);
- sendo os enfermeiros a administrar estes tipos de injectáveis, seria lógico ser um enfermeiro a dar este tipo de formação, agora pergunto, que enfermeiro teria coragem para isso? (devem estar a gozar com a nossa cara).
Enfim, de facto, estamos numa profissão que acompanha o doente 24 horas por dia, mas nós não somos acompanhados nem apoiados por ninguém! É triste e lamentável!!!!
Cumprimentos
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Novembro 24, 2008, 23:27:32
Vamos ver até onde é que esta historinha vai.
Será que o infarmed vai mesmo tomar alguma posição? Tenho duvidas, até porque sempre se administrou injectáveis nas farmacias, dados por "curandeiros", facto que era de conhecimento publico e o infarmed, como entidade reguladora das farmacias, ao qual cabe a função de punir e sancionar as farmacias que cometam tais irregularidades, nunca fiscalizou este tipo de actividades,porque o irá fazer agora? Mesmo que mude a lei, se não houver fiscalização continua tudo na mesma.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: funktastic em Novembro 25, 2008, 23:08:03
Achei fantástica a resposta da ordem à colega!! Foi como dizer: (com um sorriso na cara) " Cara colega, desampare a loja que não estamos para isto. Não vê que somos só nós que percebemos da coisa?"
Título: Administração de injectáveis em farmácias...
Enviado por: bicas (",) em Abril 08, 2009, 14:29:44
;) Boas tardes, saudações a todos/as...
Qual a vossa opinião acerca deste assunto?
Na minha opinião "cada macaco no seu galho".
Penso que os farmacêuticos querem fazer de tudo um pouco...(administração injectáveis, alterar as prescrições médicas...enfim!!!)
Título: Re: Administração de injectáveis em farmácias...
Enviado por: Bmatos_fafe em Abril 08, 2009, 20:09:27
Boa Tarde a todos!

Relativamente à administração de injectáveis na farmácia, não concordo, porque isso é estar a permitir com que competências nossas  passem para outros que não as têm.

Neste aspecto, acho que a ordem deve marcar uma posição firme e, que não permita que o nosso trabalho seja feito por outros.

Tenho até a informação que enfermeiros, repito, enfermeiros andam a fazer formações nas farmacias para ensinar "outros" ( não sei se técnicos de farmácia e/ou farmaceuticos) a administrar injectáveis. Como isto é possível!? Onde é que enfermagem vai parar? Temos que defender o nosso território, senão corremos o risco de nunca podermos ter uma profissão com funções próprias, distintas de todas as outras.

Aproveito e deixo o parecer nº 46/2008 do conselho de enfermagem, da ordem dos enfermeiros, sobre a campanha "Vacine-se contra a gripe na sua farmácia". Este parecer aconselha, repito, "...aconselha os clientes das farmácias a solicitar que a administração de vacinas, assim como outros medicamentos..., seja realizada por enfermeiros.".



http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... a____o.pdf (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sedeinformacao/Pareceres/Microsoft_Word_-_Parecer_CE_Vacina____o.pdf)

Agora pergunto, se o Sr. Manuel que vai à farmácia buscar a vacina, por ex. a da gripe, lhe perguntam se quer "apanhar" a vacina ali e na hora. Será que se vai importar que seja um enfermeiro, ou um "outro", que não enfermeiro?
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: keliinha em Abril 10, 2009, 00:25:40
Penso que infelizmente os farmaceuticos ( muito por culpa deles) não conseguem ter um papel muito interventivo na saúde, tentando de outras formas ser um elemento mais útil, no entanto penso que não o têm feito da melhor forma, porque n é usurpando funções que vão conseguir tornar a profissão mais presente na saúde, esta presença seria, no meu ponto de vista imprescindível se houvesse uma estrutura onde o farmaceutico tivesse uma postura não de vendedor, porque a farmacia não é um supermercado, mas de prestador de cuidados farmaceuticos, com gabinetes de aconselhamento, não uma venda ao balcão, onde o atendimento nem é personalizado, nem com privacidade. Considero o farmaceutico um profissional habilitado para dar muito mais a nível de aconselhamento, de educação para a saúde, e principalmente no atendimento de pessoas que podem ser tratadas apenas com medicamentos não sujeitos a precrição, desta forma poderiamos evitar que situações, como meras constipações ou sindromes gripais fossem entupir os SU. Em Espanha isto é uma realidade, o farmaceutico tem um gabinete onde faz consultas para situações básicas, o farmaceutico é muito mais interventivo na saúde e não administra vacinas, nem injectaveis..infelizmente em Portugal andamos todos a cruzar funções, prejudicando-nos uns aos outros.
Quanto às alterações de prescrições também n concordo, concordaria sim com as prescrições por DCI, assim dava a cada pessoa liberdade de escolha entre o genérico ou o medicamento de marca e acabava com os lobies instituidos pela industria farmaceutica, todos sabemos que os médicos de ex enquuando ganham umas viagens, uns carros entre outros prémios avultados.
Título: Re: Curso de vacinação para farmaceuticos
Enviado por: enfermeiredo em Maio 15, 2009, 20:59:15
E disto, já não se fala?