Social:
Forumenfermagem

Forumenfermagem

O consumo de adoçantes artificiais pode aumentar o risco de desenvolver intolerância à glicose em alguns indivíduos, segundo um estudo divulgado pela revista científica britânica Nature. Um grupo de cientistas, liderado pelo israelita Eran Elinav, do Instituto de Ciência Weizmann, de Rehovot (Israel), chegou a esta conclusão após ter realizado um teste com ratos e humanos.

Os especialistas em cancro de pele possuem expectativas positivas após a recente aprovação que a FDA (Administração de Alimentos e Fármacos) dos EUA deu para um novo medicamento contra o melanoma que «estimula o sistema imunológico».

Um estudo da Universidade do Porto acaba de tornar disponível um novo teste de rastreio de dificuldades cognitivas típicas das fases iniciais da doença de Alzheimer, uma ferramenta que pode ajudar clínicos a diagnosticarem melhor a doença e a sua evolução.

O Centro de Terapias Chinesas (CTC), liderado por Wenqian Chen, especialista com mais de 30 anos de experiência em medicina tradicional chinesa (MTC), desenvolveu um método inovador para curar a asma infantil, e não controlar a doença, como acontece com a medicina convencional.

A Federação internacional da Cruz Vermelha (IFRC, em inglês) alertou hoje, em declarações à Lusa, para a necessidade de reforçar a informação à população para impedir o avanço do Ébola em África.

A Espanha ativou o protocolo preventivo para casos de Ébola depois da chegada esta madrugada à estação de autocarros «Méndez Álvaro» de Madrid de um homem de 30 anos com sintomas de febre depois de ter estado em África.

Os países africanos afetados pelo Ébola depositam elevadas esperanças na ajuda militar anunciada pelos Estados Unidos, incluindo uma resolução para conter a epidemia, que deve ser analisada hoje pelo Conselho de Segurança da ONU.

A Federação internacional da Cruz Vermelha considera arriscado o fecho das fronteiras na luta contra a epidemia do ébola, referiu hoje à Lusa um colaborador da organização.

Mais de um terço dos utentes entram nos hospitais desnutridos, um problema que motivou a criação de um projeto-piloto de rastreio à população feito nas farmácias, para detetar as situações de risco e agir atempadamente.

O governo interino da oposição síria anunciou esta quarta-feira (17) a abertura de uma investigação sobre as circunstâncias da morte de 15 crianças vacinadas contra o sarampo em Idleb, uma província no norte da Síria.

PUBLICIDADE 2