Autor Tópico: Manifestação nacional  (Lida 1252 vezes)

Offline a12262

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Manifestação nacional
« em: Abril 10, 2007, 19:21:39 »
olá colegas!
Sou um entre o grande número de recem-licenciados no desemprego, e depois de muitos esforços para tentar todas as oportunidades possiveis e imagináveis começo a ficar desiludido com a escolha que fiz porque cada vez mais vejo todas as "portas" a serem-nos fechadas. Pensei em criar um " negocio proprio" mas além da situação financeira ninguem mostrara credibilidade numa pessoa que não tem experiencia no mundo do trabalho. Por isso, e depois de verificar, que depois de ver que os superiores não se interessam pelo assunto, incluindo os que estão directamente relacionados com a enfermagem, nomeadamente o controle e limitação de vagas nas escolas publicas e privadas, a implimentação de clausulas de exclusividade e a abertura de vagas para varios serviços onde os proprios profissionais assumem que estão a ser "escravizados" por falta de pessoal, pensei: porque não todos os desempregados que infelismente são muitos, se unirem todos, e pedirem mesmo a colaboração de actuais profissionais, e manifestarmos publicamente a nossa indignação e descontentamento com todas estas situações? afinal neste país tudo se vai mexendo depois do povo fazer barulho...temos o bom exemplo dos clinicos que quando o fazem conseguem quase tudo, porque não fazermos o mesmo? toda a gente sabe que uma instituição sem clinicos funciona mas sem enfermeiros não....propunha a todos que reflectissem no assunto e manifestassem a vossa opinião.
Abraços a todos e força! temos de deitar as mãos ao caminho....

Offline anevesf

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 73
    • Ver Perfil
Manifestação nacional
« Responder #1 em: Abril 12, 2007, 18:50:12 »
olá!
Embora eu já tenha acabado o curso em 2004 e já vá com três anos de experiência profissionaL, NESTE MOMENTO TAMBÉM ME ENCONTRO DESEMPREGADA!!
Eu acho esta idéia muito boa até porque desempregados na nossa área já existem muitos mas também podemos contar com os colegas que tem vínculos precários de trabalho uma vez que estão sempre na "corda bamba"...
Por isso vamos unis esforços e vamos à luta.
Contem comigo!