Autor Tópico: Perspectivas Empregabilidade Internacional  (Lida 24791 vezes)

Offline NunoUKnurse

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 186
    • Ver Perfil
    • http://www.diasporadosenfermeiros.com
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #60 em: Outubro 03, 2011, 14:29:13 »
Na minha modesta opiniao de quem ja ca esta faz quase 6 anos, os vossos relatos reflectem uma realidade bem presente no Reino Unido. com muita variabilidade em termos de salarios e custos de acordo com a zona e hospitais onde se encontram:

Se forem recem-licenciados comecam ha partida nas 21500 qq coisa libras, com a diferenca de que vivendo em Londres ou na periferia podem receber um acrescimo de 5 a 20% o que faz alguma diferenca. Por outro lado, podem tambem ter o azar de viver numa area que nao sendo em Londres nao da direito ao tal acrescimo, mas por ser suficientemente perto, serve de destino para muitos "commuters" (pessoas que trabalham em Londres vivendo fora), conduzindo ao aumento dos precos de habitacao e custo de vida. 

Finalmente, se forem colocados em bloco operatorio ou outro servico onde nao fazem noites ou fins de semana, tambem nao ganham suplementos, o que tambem nao ajuda...

Dizendo isto, como costumo dizer, o local por onde comecam nao e um fim, mas sim um comeco, um ponto de partida, pelo que pode servir de base para sairem para outros locais mais compensadores em termos de dinheiro ou carreira.
De realcar que 1400, 1700 ou 2000 libras nao deixa de ser um salario razoavel e que no inicio ha sempre que se estar disposto a fazer sacrificios em prol deste "sonho".  Eu por exemplo, estive quase 3 meses sem receber antes de conseguir emprego e a trabalhar em outras coisas (os tempos eram outros para os enfermeiros portugueses) e nao me arrependo um dia da escolha que fiz, seja pelas perspectivas de carreira, seja pelo reconhecimento profissional e pessoal que recebemos por estes lados!!!

Espero ter ajudado!

Nuno
www.diasporadosenfermeiros.com

Offline enfermeiroUK

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 174
    • Ver Perfil
    • http://enfermeirouk.com/
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #61 em: Outubro 03, 2011, 15:03:26 »
Citação de: NunoUKnurse
Na minha modesta opiniao de quem ja ca esta faz quase 6 anos, os vossos relatos reflectem uma realidade bem presente no Reino Unido. com muita variabilidade em termos de salarios e custos de acordo com a zona e hospitais onde se encontram:

Se forem recem-licenciados comecam ha partida nas 21500 qq coisa libras, com a diferenca de que vivendo em Londres ou na periferia podem receber um acrescimo de 5 a 20% o que faz alguma diferenca. Por outro lado, podem tambem ter o azar de viver numa area que nao sendo em Londres nao da direito ao tal acrescimo, mas por ser suficientemente perto, serve de destino para muitos "commuters" (pessoas que trabalham em Londres vivendo fora), conduzindo ao aumento dos precos de habitacao e custo de vida. 

Finalmente, se forem colocados em bloco operatorio ou outro servico onde nao fazem noites ou fins de semana, tambem nao ganham suplementos, o que tambem nao ajuda...

Dizendo isto, como costumo dizer, o local por onde comecam nao e um fim, mas sim um comeco, um ponto de partida, pelo que pode servir de base para sairem para outros locais mais compensadores em termos de dinheiro ou carreira.
De realcar que 1400, 1700 ou 2000 libras nao deixa de ser um salario razoavel e que no inicio ha sempre que se estar disposto a fazer sacrificios em prol deste "sonho".  Eu por exemplo, estive quase 3 meses sem receber antes de conseguir emprego e a trabalhar em outras coisas (os tempos eram outros para os enfermeiros portugueses) e nao me arrependo um dia da escolha que fiz, seja pelas perspectivas de carreira, seja pelo reconhecimento profissional e pessoal que recebemos por estes lados!!!

Espero ter ajudado!

Nuno
www.diasporadosenfermeiros.com

Concordo com o Nuno...
Tem que se começar por algum lado. Se implica sair de Portugal, que assim seja! Nem sempre as experiências são iguais, nem sempre se tem sorte. Mas à que continuar. Parados é que não vamos a lado nenhum.
"...se não receio o erro, é porque estou sempre pronto a corrigi-lo." Bento de Jesus Caraça.

http]

Offline marianafranca

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 5
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #62 em: Outubro 07, 2011, 14:24:35 »
Olá :) Estou a gostar imenso do tópico e já fui elucidada em várias questões.
No entanto, tenho uma outra. Eu tenho família em Londres, a viver perto do Wembley Stadium, não sei bem o nome da zona, e sendo assim já me ocorreu a ideia de ir para Londres sem ser através de empresas de recrutamento. O que acham disso ? Devo recorrer a uma empresa de recrutamento ou não ? Será benéfico ? Conseguirei arranjar emprego em hospitais, por exemplo, sem ser através destas ?

Obrigada.
Cumprimentos.

Offline aqui_e_ali

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #63 em: Outubro 07, 2011, 17:09:49 »
Citação de: Benzodiazepina
Citação de: Ana Correia
Podem me dizer em que hospitais estao a trabalhar?...
Imperial College Healthcare NHS Trust. Nem acho que lhe devia dizer, já que é tao dona da verdade... mas pronto.

porque é que tens que ser tão arrogante? é óptimo que estejas a ganhar x e a poupar y, mas os salários variam consoante a experiência, o hospital (centro de londres ou não) e o serviço. o teu salário final inclui unsociable hours, weekends etc (se os fizeres) ou então tens vários anos de experiências e estás numa banda mais alta, ou tiveste "sorte" nas tuas appraisals e por teres pos-graduations o teu manager subiu-te mais uns points. acredita que muitos enfermeiros aqui com cursos de especialidade e que devido as dificuldades financeiras que o NHS está a atravessar, não tem essa "sorte" e ou não sobem, ou sobem o minimo. a realidade do NHS é esta: no mes passado dois colegas meus foram downgraded de banda 7 para banda 6.5... portanto ninguem fica admirado que eles estejam a congelar o recrutamento de bandas mais altas e a contratar bandas 5 nos points mais baixos.
para um enfermeiro que não trabalhe numa zona central de londres, ou que trabalhe noutro sitio qualquer do pais (ou seja, que não tenha direito a london weighting) o basic salary começa só ligeiramente acima dos 21K (inicio de carreira, ou pouca experiencia - caso da maioria dos enfermeiros neste forum que estão a pensar sair de portugal), e se trabalhares por exemplo num serviço tipo outpatients department não recebes nenhuns extras (não há noites nem fins de semana) e o salario final é realmente à volta de 1400 libras (podes consultar aqui http://listentotaxman.com/index.php).

desculpa, mas tua arrogância ao longo do post irritou-me profundamente. a tua realidade não é a mesma de todos os enfermeiros em uk, ou em londres e há imensas variantes que devem ter-se em consideração antes de se calcular quanto é que se pode ganhar..... e como tal achei importante lembrar-te.

Offline aqui_e_ali

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #64 em: Outubro 07, 2011, 17:15:25 »
Citação de: marianafranca
Olá :) Estou a gostar imenso do tópico e já fui elucidada em várias questões.
No entanto, tenho uma outra. Eu tenho família em Londres, a viver perto do Wembley Stadium, não sei bem o nome da zona, e sendo assim já me ocorreu a ideia de ir para Londres sem ser através de empresas de recrutamento. O que acham disso ? Devo recorrer a uma empresa de recrutamento ou não ? Será benéfico ? Conseguirei arranjar emprego em hospitais, por exemplo, sem ser através destas ?

Obrigada.
Cumprimentos.

podes consultar aqui www.jobs.nhs.uk. mas artavés das agências é mais fácil, porque eles ajudam segundo me pareçe com a application para o NMC. sem teres o pin number (mais ou menos o equivalente a uma carteira profissional), muitos hospitais nem consideram a tua candidatura. principalmente, se nunca tiveres trabalho ou estudado no reino unido, uma vez que segundo o que consta esse processo pode demorar imenso tempo!

mas aqui nest forum vais encontrar várias pessoas de várias agências que te podem ajuda....
boa sorte  :)

Offline Ana Correia

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 76
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #65 em: Outubro 07, 2011, 18:35:59 »
Não fui eu que disse que conseguia poupar,alias disse o contrario,que me vim embora porque achei que as condições nao eram as melhores..fiquei admirada com a realidade dos outros colegas pois a minha nao foi tao positiva

Offline Benzodiazepina

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 980
    • Ver Perfil
    • http://artedecuidar.wordpress.com
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #66 em: Outubro 08, 2011, 17:42:47 »
Citação de: aqui_e_ali
Citação de: Benzodiazepina
Citação de: Ana Correia
Podem me dizer em que hospitais estao a trabalhar?...
Imperial College Healthcare NHS Trust. Nem acho que lhe devia dizer, já que é tao dona da verdade... mas pronto.

porque é que tens que ser tão arrogante? é óptimo que estejas a ganhar x e a poupar y, mas os salários variam consoante a experiência, o hospital (centro de londres ou não) e o serviço. o teu salário final inclui unsociable hours, weekends etc (se os fizeres) ou então tens vários anos de experiências e estás numa banda mais alta, ou tiveste "sorte" nas tuas appraisals e por teres pos-graduations o teu manager subiu-te mais uns points. acredita que muitos enfermeiros aqui com cursos de especialidade e que devido as dificuldades financeiras que o NHS está a atravessar, não tem essa "sorte" e ou não sobem, ou sobem o minimo. a realidade do NHS é esta: no mes passado dois colegas meus foram downgraded de banda 7 para banda 6.5... portanto ninguem fica admirado que eles estejam a congelar o recrutamento de bandas mais altas e a contratar bandas 5 nos points mais baixos.
para um enfermeiro que não trabalhe numa zona central de londres, ou que trabalhe noutro sitio qualquer do pais (ou seja, que não tenha direito a london weighting) o basic salary começa só ligeiramente acima dos 21K (inicio de carreira, ou pouca experiencia - caso da maioria dos enfermeiros neste forum que estão a pensar sair de portugal), e se trabalhares por exemplo num serviço tipo outpatients department não recebes nenhuns extras (não há noites nem fins de semana) e o salario final é realmente à volta de 1400 libras (podes consultar aqui http://listentotaxman.com/index.php).

desculpa, mas tua arrogância ao longo do post irritou-me profundamente. a tua realidade não é a mesma de todos os enfermeiros em uk, ou em londres e há imensas variantes que devem ter-se em consideração antes de se calcular quanto é que se pode ganhar..... e como tal achei importante lembrar-te.
Estou a ver que faltam espelhos por aí, anyway.
Como já disse em posts anteriores, eu sou band 5 e nao estou no topo. Nao faco fins de semana, nem noites, quando fico á chamada recebo 11 libras pré descontos, ou seja, nem 11 libras são.
Quanto a trabalhar dentro/fora de londres, eu colei aqui o link do nhs pay rates caso nao tenhas reparado. A minha realidade é bem mais modesta do que muitos outros portugueses que estao por cá ( que estao em topo de banda 5/6) Eu falei da minha realidade, agora se eu consigo poupar x e y como tu dizes e os outros nao conseguem nao e problema meu, até já disseram aqui que se fazia milagre do pao e afins... já vieram mais pessoas dizerem que conseguem poupar ainda mais que eu. Também já foi dito que as realidades sao diferentes, por isso nao estou a compreender essa tua atitude relativamente aos meus posts, além do mais eu realmente nem sequer devia ter dito nada relativamente ás minhas financas e local de trabalho visto que há tanta gente que é dona da verdade e sabe mais que eu pelos vistos.. Simplesmente, achei que o devia fazer para ajudar pessoas que provavelmente querem algo mais da vida do que estar em Portugal á espera que caia um emprego do céu.
Se calhar se estivesses mais de 1 ano desempregada, sem perspectivas como a maioria dos recem licenciados talvez compreendesses.

E faz-me um favor, se te faco assim tanta comichao e sou tao arrogante nao te des ao trabalho de me citar, é perda de energia.

Offline yakuti

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 160
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #67 em: Outubro 12, 2011, 09:17:46 »
eu acho que deviam vir todos para a Irlanda!!!

aqui ganha-se melhor e poupa-se muito mais...depois eu estou c'a por isso so festa e progressao na carreira
aventurem-se

Offline Propofol

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 186
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #68 em: Outubro 12, 2011, 21:59:03 »
Citação de: "yakuti"
eu acho que deviam vir todos para a Irlanda!!!

aqui ganha-se melhor e poupa-se muito mais...depois eu estou c'a por isso so festa e progressao na carreira
aventurem-se
Olá!
Já tinha ouvido falar na Irlanda como bom local para trabalhar. Será que pode explicar um bocadinho de como é o processo para ir para aí, se foi através de empresas ou sozinho, etc.?
Obrigado.  ;D

Offline anya_Skywalker

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 183
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #69 em: Outubro 17, 2011, 17:18:10 »
Boas. Respondendo á pergunta inicial deste tópico, creio que irá ser mais difícil arranjar emprego na europa daqui a um ano ou dois, mesmo em enfermagem. Mas isso não significa que seja impossível ou que se vá trabalhar em condições piores do que neste momento.

Creio que em Inglaterra ainda vamos ver muitas mudanças para pior no NHS. :( O hospital onde estou não é exactmanete o mellhor do país, e o serviço onde estou não funciona ás mil maravilhas - temos falta de enfermeiros, muitas vezes temos enfermeiros de agência a fazer turnos, a partir de 1 de Novembro vão acabar as "specialist rates" para quem faz horas extra, o que fez com que a maioria dos enfermeiros deixasse de fazer turnos extra no meu serviço (estão todos a voluntariar-se para os turnos extra noutros serviços do hospital) - as specialist rates tambem vão acabar para os nossos HCA's o que ainda "ajuda" mais... Estão a tentar limitar as horas nocturnas para o pessoal de Band 6 (felizmente não no meu serviço, já que precisamos sempre de ter coordenadores dessa banda de serviço) e acredito que mais cortes ainda venham aí...

Enfim. Não quero que alguem pense que isto aqui é uma maravilha e só facilidades. Dito isto, no entanto...

Sou Band 5, newly qualified. Estou cá há 4 meses. Tive acomodação paga no 1º mês, mas ficava longe do hospital e tive de pagar o transporte. Moro numa "commuter zone" com preços de renda elevadíssimos - não tão caros como inner london, mas caros mesmo assim.

Mudei-me para um apartamento de 2 quartos com uma colega de escola que trabalho noutro serviço. Renda da casa: 700£/mês. Council Tax: 142£/mês. Internet+Telefone: 25£ mês. Água+Sewerage: 35£/mês. Electricidade: 30£/mês. Gás: 10£/mês (a única coisa que gasta gás na minha casa é a caldeira, usada só para o aquecimento central e lavar a loiça - o resto é tudo electrico. ainda não liguei o aquecimento central - a conta do gás vai ser muito maior quando isso acontecer).

Total a dividir por duas pessoas: 471£ para as despesas essenciais.

O apartamento não estava mobilado, só tinha os electrodomésticos da cozinha.

Comida e outras coisas de supermercado: Tenho um orçamento de 100£ para isto. Até agora, tenho gasto uma média de 50/60£ por mês. A comida é comprada a meias com a minha colega de casa, e eu gosto de cozinhar por isso raramente preciso de comprar pré-congelados (abro excepção para as pizzas, que são boas, bolas! :P) ou comida para levar para o almoço. A carne é mais cara que em portugal. O peixe tambem, principalmente se quiserem fresco. Os vegetais são mais baratinhos, as bolachas são de perder a cabeça... Compro marcas brancas, ou o que estiver com boas ofertas no supermercado (têm sempre ofertas nos chocolates os malandros). Fazia o mesmo em Portugal, não mudei os meus hábitos só porque vim para o estrangeiro.

Não tenho carro, vou de transportes públicos para o hospital. O passe é caro, mas comprando o passe para 3 meses fica a metade do preço, na minha zona. Por isso de 3 em 3 meses lá vão 85£. Tenho telemóvel com contrato, 25£ por mês.


Só fui a Portugal uma vez desde que cá estou - pela TAP porque não me apetecia estar a ir para o Porto e fazer a viagem para Lisboa. Se quisesse ir mais vezes a casa teria de repensar a minha escolha de companhia aérea...

Comprei dois pares de óculos graduados o mês passado. Estou a precisar de uma estante para a pilha de livros que já comprei por cá. Já tenho prendas de natal compradas e escondidas - poucas ainda, mas a pilha há-de crescer. ;) Comprei roupa, comprei prendas para levar quando fui a Portugal. Gasto demasiado dinheiro em velas perfumadas.  :-[ Estou inscrita no Royal College of Nursing, todos os meses 13£ e picos.

Ainda não me inscrevi no ginásio porque sou preguiçosa e prefiro andar ao ar livre do que dentro de 4 paredes - mas está nos planos. Estou a poupar para uma viagem ao outro lado do mundo durante as minhas férias em Janeiro, por isso ainda não me aventurei muito em viagens cá dentro. Não costumo sair á noite e é raro ir comer fora de casa.


Portanto tenho gasto em média 570£ nas minhas despesas "fixas". Sobram 800£ para o que quiser e me apetecer. Quando chega o final do mês, todo o dinheiro que não gastei vai automáticamente para uma conta poupança - venham as despesas que vierem no mês seguinte (se calhar em Dezembro sou capaz de me arrepender um bocado disto, vamos a ver :P ).

Não vim á espera de enriquecer, e não pensei que poupasse tanto como poupei até agora. No orçamento que fiz antes de vir ficava com 250£ livres no final do mês... O que mesmo assim, para mim, compensava.

(Desculpem lá contar a história da minha vida neste testamento... <_< )

Offline Propofol

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 186
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #70 em: Outubro 18, 2011, 18:52:18 »
Nada disso Anya, o teu "testamento" foi muiot importante e esclarecedor. Acham portanto que é possivel algué ir trabalhar para o Reino Unido e ainda mandar algum dinheiro para casa todos os meses, para ajudar os que cá ficam?

Offline MFF

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 169
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #71 em: Outubro 18, 2011, 19:44:06 »
Boa tarde a todos!
Eu sou RL como mts que devem estar por este tópico e naturalmente que penso em emigrar. Vou tentar espanha porque ja la estive mas nao descarto inglaterra de todo por isso acompanho os topicos relacionados com isso.
Assim sendo queria dizer obrigada a todos os testemunhos e que nunca sao demais ou mt especificos porque a verdade Anya é que essas pequenas coisas como telemovel, transportes publicos e viagens a casa tb contam na altura de se fazerem contas e opçoes de vida. Obrigada por teres partilhado esses teus detalhes sobretudo tendo em conta que estas no inicio de carreira logo nao receberas tanto como outros colegas referiram antes e que com certeza terao uma vida mais facilitada. Nao querendo com isto dizer que tu nao vives bem obviamente sendo que partilho da tua opiniao em relaçao a nao mudar estilos de vida so porque se "vai pra fora"...
Boa continuaçao para ti =)

Offline Digoxina

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 169
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #72 em: Outubro 18, 2011, 20:05:11 »
Citação de: Propofol
Nada disso Anya, o teu "testamento" foi muiot importante e esclarecedor. Acham portanto que é possivel algué ir trabalhar para o Reino Unido e ainda mandar algum dinheiro para casa todos os meses, para ajudar os que cá ficam?

Concordo Plenamente! Os testemnhos especificos e k é,afinal tu o que a colega falou sao coisinhas mais pekenas do dia a dia e que tb sao despesa.. tudo conta e assim ao promenor temos uma melhor noção das coisas..

Venham mais testemnhos!! ;)
Podiam falar da bélgica ::)

Offline HMartinho

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 46
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #73 em: Janeiro 27, 2013, 23:25:22 »
Desculpem ressuscitar o tópico 8), mas como Estudante garantido a futuro Enfermeiro desempregado :-, tenho que começar a estudar o mercado internacional.

O que acham de Espanha, a longo prazo? Apesar de ter uma taxa de desemprego geral  elevadíssima (26%), pelo que vi no gráfico que deixarei no final, há regiões com baixíssimas taxas de desemprego em Enfermagem. O que os colegas acham? Tendo em conta que espero ter a oportunidade de fazer Erasmus em Espanha, tenho especial interesse neste país. É Espanha o EUA.


Offline Enfilipe

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 19
    • Ver Perfil
Re: Perspectivas Empregabilidade Internacional
« Responder #74 em: Janeiro 28, 2013, 15:42:58 »
Ola colegas. Pretendo apenas contribuir para a discussao, ja que li com atencao todas as paginas deste topico. Sou enfermeiro, Band 5, num hospital do NHS. O meu salario mensal ronda as 1400 libras. Por vezes um pouco menos, por vezes um pouco mais. Depende das noites ou fins de semana que fizer. Pago 550 libras so pelo quarto na acomodacao. Com as outras despesas que tenho, alimentacao, viagens.... raramente consigo poupar mais do que 200 ou 300 libras. Nao me queixo, sei que estou muito melhor que em Portugal. Mas confesso que nao considero ter um bom salario (tendo em conta o custo de vida so Reino Unido). Ter o meu apartamento arrendado seria impossivel, uma miragem. Partilhar uma casa e' a unica solucao.