Autor Tópico: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO  (Lida 35602 vezes)

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #135 em: Dezembro 04, 2011, 22:16:14 »
Meus Caros

A candidatura Enfermagem Primeiro não tem filiação partidária. Provas:

- Nestas eleições há mais duas candidaturas de âmbito nacional lideradas por militantes antigos do PSD. Se o PSD tivesse uma estrategia para controlar  Ordem, nunca lançaria 3 projectos a dividirem votos.

- a Enfermagem Primeiro tem pessoas filiadas em partidos de esquerda qie acreditam no projecto e como são pessoas que já cá andam há algum tempo julgo que devemos ter algum bom senso sobre a sua capacidade de perceber que a cabdidatura é plural.

- A filiação do Enf. Germano ao PSD não é nada que nào se soubesse à partida. Para quem o.rotulou de neoliberal peço que faça prova disso. A mim nào me parece nada um neoliberwl e seguramente a nossa proposta de defesa do direito à saúde dos Portugueses e a defesa do SNS não é neoliberal.

- Germano Couto assume-se como critico das PPP, um modelo falido na Europa. Isso também nào joga bem com o rotulo de.neoliberal.

Por tudo isto e pela composição do órgão politico da Ordem que é o Conselho Directivo que a Enfermagem Primeiro propõe não há qualquer hipotese de associar esta candidatura a algum partido em específico.

Não vejo qualquer problema em ter um Bastonário com passado partidário. Não será o primeiro nem o último. O que me interessa é que coloque a sua experiência e rede de contactos ao serviço da profissão. Eu nunca votei PSD na minha vida, portanto estou à vontade para afirmar que o passado partidário do Enf. Germano Couto mão me faz qualquer confusão.

Tenho pena do rumo que a campanha está a tomar pelo menos na Internet. Não há um debate de propostas entre candidaturas. Nomeadamente existem listas cujos candidatos estão mias interessados em reencaminhar emails que nem os devem ler com atenção pois eles próprios são difamados. Caricato.

Desculpem erros. Teclar em qwerty do tlm não ajuda...


Resta dizer que o vid

Offline navarra

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 13
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #136 em: Dezembro 04, 2011, 23:07:44 »
Caro Pedro Silva

Respeito integralmente os seus valores e a sua pluralidade. Mas pelos vistos, nos integrantes e apoiantes da lista A, ela varia em função do lado, senão vejamos:



Um certo e famoso apoiante anónimo , ou antes, integrante da lista A (tal como ele próprio afirma) teceu duras críticas à actual Bastonária pelo tema acima descrito (ter participado na apresentação do programa eleitoral do PS para as eleições). Na mesma lógica, o que dirá agora do seu próprio candidato a Bastonário? Já sei que me vai responder que é uma lista plural, mas a pergunta é: com tanta incongruência e pluralidade, como vão levar a cabo as propostas que fazem ?

Eu também não tenho qualquer problema com o PASSADO político dos candidatos. Tenho problema é com  a actividade PRESENTE dos mesmos e com a perspectiva FUTURA que pretendem.

Por muito menos que isto, caro Pedro, há algum tempo atrás, um certo Juiz envolveu-se numa polémica tremenda, apenas por envergar um cachecol de um partido político http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/conselho-poupa-juiz

Tudo bem que estes têm normas escritas que proíbem tal. Os candidatos a Bastonário de qualquer Ordem profissional, deviam ter pelo menos, normas éticas e morais. É a minha opinião.

E já agora, aguardo a resposta às minhas 4 questões.

Cumprimentos

Offline fmago

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #137 em: Dezembro 04, 2011, 23:28:15 »
è pá isto até está a ser engraçado....Isto da Ordem até deve ser um bom tacho...Mas não se magoem com tanta palavra. Esqueçam lá isso e votem em quem se preocupa em valorizar monetáriamente ( é o que mais precisamos ) e profissionalmente. Deixem-se lá de tretas e de tanta mentira e falsidades. Para isso já cá temos estes politicos da  treta. Ok? Vá , votem na  Lista da Ana Cavaco ou na Lista do José Azevedo. O resto é só treta e mentiras, disso já temos que chegue.
fmago.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #138 em: Dezembro 04, 2011, 23:53:04 »
@navarra

Não estou seguro sobre quem da Lista A criticou a Sra. Bastonária por participar no programa do PS. Não sabia disso. A única coisa que eu vi foi uma fotografia de Maria Augusta Sousa na primeira fila no lançamento da campanha de José Socrates (isto, se a memoria não me atraiçoa). De todas maneiras compreendo que possa ser sujeito a critica, caso tivesse ido lá enquanto Bastonária no exercício das suas funções. Qualquer cidadão tem direito à livre expressão das suas escolhas políticas. temos de nos habituar a isso. O importante é não colocar as instituições que representamos ao serviço de qualquer interesse particular. Não me parece que tenha sido o caso. Mas esse caso já lá vai, e na altura passou ao lado da maior parte dos enfermeiros.

Quanto às perguntas, penso que lhe respondi na última mensagem ou não? mas lá vai outra vez.

1 - Não vejo problema em ser militante

2 - O partido da Enfermagem Primeiro é a profissão. Seguirá o programa da Enfermagem primeiro, que não é o programa do PSD ou do Governo.

3 - Não é neoliberal, esse rotulo foi o navarra que o colocou.

4 - E os restantes elementos da lista? Por essa lógica todos têm de seguir os ditames do partido. Como a lista é plural isso parece-me impossível. Além disso qualquer tomada de posição política tem de estar devidamente mandatada pela Assembleia Geral e não pelo partido do Bastonário.



Quanto à pergunta "da morte" que o Herodes coloca, o Enf. Germano Couto se tivesse interesse na formação não tinha uma posição tão clara e dura quanto ao controlo da formação de enfermeiros por parte da Ordem. Ou acha que o controlo vai significar aumento de vagas?  Relembro que o Enf. Germano Couto é chefe de carreira nos cuidados primários.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #139 em: Dezembro 05, 2011, 12:50:16 »

A Enfermagem Primeiro juntou peritos reconhecidos para debater o futuro do Sistema de Saúde, com particular foco no SNS. 

Só com seriedade e capacidade de mobilização é que foi possível juntar três dos mais prestigiados pensadores da Saúde em Portugal para falarem do papel da Enfermagem: Adalberto Campos Fernandes (Sustentabilidade do SNS e o papel da Enfermagem), Paulo Kuteev Moreira (Ganhos em Saúde na Europa: Mitos e Pragmatismos. Que papel para a Enfermagem?) e Pedro Pita Barros (Financiamento em saúde tendo por base os cuidados de Enfermagem). Com iniciativas como esta pretendemos fomentar a proximidade e suporte da Enfermagem na discussão e o pensamento político de todos os envolvidos. Um evento que foi um sucesso, a repetir no futuro.

       

 


Offline BV1

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 70
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #140 em: Dezembro 06, 2011, 01:50:25 »
Não posso deixar de citar o Herodes em 4 de Dezembro:
Citar
Portanto: temos 39 candidatos, em que 20 são de Gestão, 4 do Ensino, 4 da Gestão/Prestação e 11 da Prestação.

Num quadro que aparece neste forum diz-se que os elementos da lista do germano são os unicos que são essencialmente da prestação.
Por esta análise vê-se que isso é mais uma MENTIRA. São factos!...
Eu nem fui ver as outras candidaturas, mas tenho a certeza que há outras listas com mais elementos da prestação de cuidados, do que a do germano e não estão assinalados nesse quadro.
Mais uma para explicarem!...
É que os Enfermeiros, foram enganados com essa informação.
Era importante corrigirem adequadamente o quadro MENTIROSO, que vigora desde o inicio da campanha eleitoral.

Obrigado

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #141 em: Dezembro 06, 2011, 07:29:29 »
@Bv1

Somos 220 os que compõe a candidatura.

O Herodes refere-se a 39 que selccionou.

A candidatura é verdadeiramente enraizada nos enfermeiros prestadores de.cuidados. Mais de 65%.

Contra factos não há argumentos.

Cumprimentos

Offline BV1

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 70
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #142 em: Dezembro 06, 2011, 12:01:15 »
Caro Pedro
Se assim é... Eu não sei!...
As outras candidaturas também tem a maioria dos candidatos da prestação de cuidados. Exemplo:veja a candidatura do Enf. azevedo. Porquê, no dito quadro isso não foi assinalado.
Como diz o outro: "não andamos aqui para enganar ninguém!..."
Reitero o meu pedido de correcção do dito.
Obrigado

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #143 em: Dezembro 07, 2011, 09:16:40 »
Permitam-me fazer um comentário sobre o jantar:

Tratou-se claramente de um jantar/comício, e portanto, até nisso há semelhanças com o modo de funcionamento dos aparelhos partidários. Eu preferia ver enfermeiros a debater assuntos que dizem respeito à profissão, sem ter como ruído de fundo, os talheres e os pratos. Porque será que nas assembleias-gerais da OE não se servem lanches, ou porque será que o Prós e Contras não se faz com as pessoas num restaurante?

Quanto aos oradores: dois deles foram convidados pela actual OE para o congresso em Junho. Ora, tanta crítica o Germano fez à Augusta, e afinal reconhece-lhe mérito. Acho estranho que o Adalberto não tenha tido possibilidade de ir ao nosso congresso, mas agora foi fazer campanha pela vossa lista. Deve ser por causa da Atlântica... Não é líquido também, que como Presidente do Conselho de Administração (em tempos do Santa Maria, e agora em Cascais) ele seja uma garante do valor da nossa profissão. Não se iludam.

Quanto às fotografias que são aqui divulgadas, até se consegue tirar delas uma conclusão engraçada:
- a 1ª mostra a reacção dos “experts” ao jantar – não foi excelente, mas põe considerar-se muito satisfatório (sorrisos nos rostos);
- a 2ª mostra a reacção dos craques ao assunto “futuro da Enfermagem” – medo! O Pita Barros até leva as mãos à cabeça…  :-

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #144 em: Dezembro 08, 2011, 07:48:57 »
Então? Agora apagam comentários? ???

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #145 em: Dezembro 08, 2011, 07:51:17 »
SIGNIFICADO E ORIGEM DO NOME GERMANO
Muito sério, e com grande honestidade no meio profissional, busca a perfeição em tudo e se aborrece quando as coisas não saem conforme o planejado. Reflete muito antes de agir, e quando toma uma decisão é capaz de mergulhar de cabeça no que está fazendo e esquecer todo o resto à sua volta. Se atrai por assuntos ligados a saúde, e se adaptaria muito bem ao trabalhar nessa área. Sua impaciência, pode leva-lo a um estresse facilmente.

SIGNIFICADO E ORIGEM DO NOME JOSE
Gosta de manter-se de igual para igual com qualquer pessoa numa disputa. Não se sente nem busca ser melhor nem pior que ninguém, é uma pessoa de mente aberta. Não gosta de ficar parado, pois tem grande agilidade mental e física. Gosta de passar seu tempo lendo e adora estudar, não deixa passar uma oportunidade de viajar. É daqueles que possui uma paixão invejavel pela vida. Não tem muita diplomacia na hora de dizer certas verdades, julgar ou criticar, costuma fazer isso à queima roupa.

SIGNIFICADO E ORIGEM DO NOME MANUEL
Muito ligado a família, e emotivo costuma exagerar nos seus cuidados e corre o risco de sufocar as pessoas que ama sendo assim. Tem muita energia e por isso deve sempre manter-se ocupado com alguma coisa. Nos relacionamentos amorosos ou mesmo de amizade, quando se magoa, procura se recolher para dentro de si mesmo e só sai quando recebe um pedido de perdão. Um bom conselho seria aprender a controlar seu temperamento e deixar as pessoas que ama mais na delas.

SIGNIFICADO E ORIGEM DO NOME SERGIO
Sabe o que quer da vida, e também como chegar lá. Tem grande habilidade para envolver as pessoas que podem ajudá-lo a tocar e realizar seus projetos, não se importa em ter que usar um teatrinho quando necessário. Possui uma sensualidade que não passa despercebida por ninguém, e aprendeu a se valer desta arma. Principalmente entre quatro paredes. Mas tome cuidado pois é um grande perigo se tornar dominador demais.

Detesto gente stressada  ;)

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #146 em: Dezembro 08, 2011, 07:53:03 »
@Herodes

Por lapso meu, o sistema assumiu a minha resposta dentro do seu post associando sempre o meu nome. É o que dá responder a estas horas da manha....
Decidi elimina-lo para não gerar confusões. A seguir transcrevo as questões que levantou e as minhas respostas.
Falta o primeiro parágrafo em que crítica a moderação do fórum, que eu não transcrevi pois já tinha respondido em post anterior. Bom agora admito que tenha razões para se queixar  :). Peço desculpa pelo ocorrido.

Quanto à isenção do Forumenfermagem já lhe respondi dando o exemplo da participação livre de todas as listas neste fórum de discussão e não tenho mais nada a acrescentar. Penso que todos os membros do fórum sentem-se livres de opinar e de contradizer aquilo que os colaboradores e administradores a titulo individual possam defender. Este tópico é prova disso.

Citar
O Pedro considera que se houvesse ligações partidárias (PSD) às candidaturas para a OE, estaríamos perante um cenário de divisão de votos. Eu digo o seguinte: os barões do partido, deixam a malta ir à luta, e no final vão aparecer na fotografia ao lado do vencedor. Se há 3 candidatos (em 5) com ligações ao PSD, isso significa maior probabilidade de vencerem. Simples.

Não concordo com esse raciocínio. Se houvesse uma tentativa de instrumentalização e apoio financeiro como afirma, nunca iriam dispersar votos, colocavam todos os ovos no mesmo cesto. Lógico não?
Penso que o cenário de instrumentalização pré-eleitoral que usaram como argumento central no ataque à candidatura Enfermagem Primeiro é evidentemente fruto de receios infundados e falta de conhecimento da composição da lista.

Citar
Não basta que o Enf. Germano diga que as PPP são um modelo falido. A de Cascais já tem mais de um ano. A de Braga começou em Maio. A de Loures vai começar agora em Janeiro. São vários os atropelos à dignidade dos enfermeiros (recrutamento transparente por exemplo) e não vejo o Germano a tomar uma posição firme. A Enf.ª Cristina Mesquita, pertencendo ao grupo BES obviamente também não quererá levantar muitas ondas.

O Enf. Germano já tomou posição firme, agora é preciso reforçar a sua posição elegendo-o como Bastonário.

Citar
O Pedro diz que tem pena do rumo que a campanha está a tomar, particularmente na internet. Não vamos fazer figura de virgens ofendidas. Há quem tenha apontado o dedo à lista A, mas não estamos a ser sérios se não reconhecermos que esta lista também o faz em relação aos outros candidatos. Insisto neste ponto: o Dr. Enfermeiro não tem feito outra coisa nos últimos anos. Diz-se por aí que será o próximo director do Hospital de Gaia. Afinal, cortar na casaca, compensa  :)

Já lhe respondi qual é a minha opinião neste ponto relativo á personalização da crítica.
Aguardo para ver quem é o próximo Director do CHVNG.

Citar
Sim Pedro, eu também não gostei de ver a nossa bastonária na primeira fila do lançamento da candidatura do Sócrates. Da lista A, quem até dedicou um pos´t no seu blogue a criticar esse episódio, foi o Dr. Enfermeiro (mais uma vez).

O blogue DE manifestou apoio à nossa candidatura, a Enfermagem Primeiro não apresenta nenhum candidato anónimo aos órgãos estatutários.


Citar
Quanto à incompatibilidade entre o exercício de bastonário e a militância de um partido político, eu não tenho a menor dúvida: o Enf. Germano, enquanto enfermeiro não pode defender outra coisa que não o SNS (não deixa de ser curioso que no início da campanha se tenha esquecido de lhe dedicar um capítulo no seu manifesto). Mas enquanto militante do PSD, particularmente “deste” PSD, a continuidade do SNS (pelo menos nos moldes actuais; muito por culpa da contingência que vivemos) poderá estar em risco. E portanto: o Germano (e a lista A) ou estão de um lado ou de outro. Dizer que existe compatibilidade entre um e outro é claramente um engodo! Aliás, estou curioso em saber se o PSD estará disposto a atender aos enfermeiros em matéria de reestruturação da carreira/profissão. Em caso negativo, estaremos perante uma incongruência dupla!

Transcrevo o que está assumido por escrito no site Enfermagem Primeiro:

É uma carreira que fragiliza os enfermeiros, principalmente os especialistas e os que detêm funções de gestão, que deve ser revista. Iremos intervir no sentido de refazer o quadro legal que sustenta a construção e discussão da carreira. Se existem aspectos que devem ser negociados e assumidos pelos Sindicatos, outros há, como a questão das funções a desempenhar, dotações seguras e qualidade dos cuidados, que são da responsabilidade da Ordem dos Enfermeiros. E estes aspectos não podem estar subordinados a uma qualquer negociação laboral, na medida em que derivam dos poderes de auto-regulação que o Estado português reconheceu aos enfermeiros.

O colega acredita ou não acredita, mas não pode é negar que assumimos um posição clara e dizemos sem rodeios para o que vamos.

Citar
Constatei que a “minha pergunta de morte” para o Germano, lhe chamou a atenção. Insisto nisto: Se o Germano fosse genuinamente contra o excesso de formação, há muito teria deixado de dar aulas (ainda por cima, em privadas). Note-se que o “controlo da formação” de que fala pode consistir por exemplo, na extinção de escolas públicas, ao invés de travar a proliferação de escolas privadas. Uma perversidade no seu melhor! E diga-me uma coisa Pedro: acha mesmo que o Germano tem esse sentimento em relação à formação, se já em 2007 se falava em desemprego, e ele só em 2011 é que abriu os olhos para essa realidade?!

Claro que chamou a atenção, caro colega anónimo, eu tenho tentado responder ponto por ponto (dentro da minha disponibilidade) às suas questões. O Enf. Germano Couto tem um discurso nada comprometido com interesses da formação. Veja os discursos, e veja também a correlação de áreas de exercicio na composição da lista. Pela primeira vez poderemos ter uma Ordem que tem candidatos oriundos do ensino na mesma proporção que existe na realidade da profissão. Ou seja, os candidatos docentes NÃO estão super-representados.

Citar
É interessante constatar que não respondeu/reagiu à minha observação sobre os 39 lugares da vossa candidatura (onde se constata que maioritariamente são pessoas da gestão). Mas quando outro participante fez referência a isso, o Pedro não se conteve. Diz que “contra factos não há argumentos”.
Desculpe, mas as contas que fiz não deixam dúvidas. Não fui eu quem seleccionou as 39 pessoas. Foram vocês!
Como sabe, a maioria das pessoas vota de acordo com o bastonário em quem sente mais confiança e não num rebanho de 200 pessoas (aliás, sabe tão bem quanto eu que desses 200, só uma pequena parte terá conversado, até hoje, com o Germano mais do que, sei lá, 30 minutos  ;)).
Eu não confio no Germano pela promiscuidade entre ensino e exercício profissional, ainda por cima, tendo responsabilidades na OE.
Vocês dizem em coro, que a vossa lista é maioritariamente constituída por enfermeiros da prática. Eu disse que de entre os 200, isso até pode ser verdade, mas no núcleo duro, não é. Dei-lhe a prova.
Não iluda os enfermeiros, tentando aqui fazer passar a ideia de que um membro da vossa lista em Bragança ou Ponta Delgada (que esteja na prestação de cuidados) tem tanta influência nos destinos da OE, como uma destas pessoas que concorre aos 39 lugares que mencionei…

O que a Enfermagem Primeiro afirma é que a totalidade da lista (220  candidatos) é maioritariamente constituída por enfermeiros prestadores de cuidados. Isso é um facto.
Os 39 candidatos que menciona são propostos pela Enfermagem Primeiro, claro. O Herodes fez a sua própria contabilidade dos lugares "de topo", e isso é válido. Agora é deturpar a realidade negar o nosso argumento pois nós sempre nos referimos à totalidade da Lista A.
Quanto aos cargos de presidência de órgãos que usou para fazer a sua contabilidade, escolhemos as pessoas pelo seu perfil e o contributo dado à profissão ao logo da sua carreira que nos dão garantias para o cargo. O contexto no qual exercem não pode ser critério único na organização funcional de uma lista. Suponho que isso seja normal, não?

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #147 em: Dezembro 08, 2011, 07:59:02 »
http://tvenfermagem.com/tv/index.php?op ... &Itemid=85

Neste vídeo, o Enf. Alexandre fala-nos em renovação. Diz que concorre por uma lista renovada (demarca-se da actual OE) e justifica a presença de algumas caras conhecidas, como sendo algo que dá à “Enfermagem Primeiro” uma base de conhecimento acerca da estrutura organizativa da OE.
A minha leitura é outra: os senhores fartaram-se da Maria Augusta e querem agora traçar um caminho ao vosso gosto. Para não serem confundidos com quem nos governou no passado, repetem vezes sem conta a palavra “renovação”.

Diz que num futuro próximo se vai falar em modelos de financiamento.
Tem alguma bola de cristal? Eu até acho que este assunto já se discute há muito tempo. Não tenho dúvidas que os GDH estão obsoletos. Mas que alternativas propõe?
Ou lhes retira parte do valor que é usado no pagamento aos médicos, por forma a pagar aos enfermeiros. Ou o Estado paga mais por algo semelhante a um GDH. Ora, no cenário actual e dos próximos anos, isso não vai acontecer. Portanto, isto é conversa da treta.

Repare que o Dr. António Arnaut diz que os médicos devem ganhar como os juízes. O Correia de Campos, ainda na segunda-feira, mostrava-se solidário com o baixo salário que os médicos ganham actualmente. Por aqui se vê que você não está a ver bem quais vão ser os assuntos prioritários para o Ministério da Saúde (do vosso PSD), logo que haja uma folga orçamental.

Na vossa lista, há pessoas ligadas ao sector privado. Não ouvi nenhuma referência sua àquela tabela da Ordem dos Médicos, a partir da qual se calculam os honorários dos cirurgiões e anestesistas. Nelas, o enfermeiro só vale 10%... Que me diz?!

Também não vos oiço falar do modo como os médicos são pagos actualmente nos “bancos de 24 horas”. Horas extraordinárias?! Por que motivo? Sobretudo quando há muitos que fazem tudo e mais alguma coisa, excepto cumprir a sua função de médicos. Pois, eu percebo, vocês têm medo dos senhores doutores…

Pede mais condições para uma intervenção regional, mas no seu discurso não dirigiu uma única palavra sobre o desemprego, emigração, escolas privadas, PPP (Loures e Cascais, no seu caso)…

Percebe-se a vossa preocupação como MDP e com as Especialidades. É preciso acautelar o futuro da Universidade Atlântica... E por falar em padrões de qualidade, lembrei-me das fornadas de alunos que andam pelos hospitais da capital (provenientes da vossa escola), acompanhados, sabe lá Deus, de que forma.

Depois de o ouvir, lembrei-me dos tipos da Goldman Sachs. Arrastaram-nos até ao buraco, a agora dizem que nos vão salvar. É preciso ter lata!

(sempre achei que na saúde, somos todos “auxiliares de acção médica”: o médico é auxiliar do doente, do enfermeiro e do auxiliar de acção médica; o enfermeiro é auxiliar do doente, do médico e do auxiliar de acção médica; o auxiliar de acção médica é auxiliar do doente, do médico e do enfermeiro… E por aí fora, Ora, hoje em dia, encontram-se nomes mais pomposos para “auxiliares de acção médica”: assessor. Como se chega a assessor?  :))

Offline BV1

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 70
    • Ver Perfil
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #148 em: Dezembro 08, 2011, 12:09:56 »
Caro Pedro ainda não respondeu à minha pergunta!... Nem foi corrigido o quadro.
Reitero
Citar
As outras candidaturas também tem a maioria dos candidatos da prestação de cuidados. Exemplo:veja a candidatura do Enf. azevedo. Porquê, no dito quadro isso não foi assinalado?
Como diz o outro: "não andamos aqui para enganar ninguém!..."
Reitero o meu pedido de correcção do dito.
Obrigado
Cumprimentos

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Lista A (Germano Couto) - ENFERMAGEM PRIMEIRO
« Responder #149 em: Dezembro 08, 2011, 21:25:28 »
@Herodes

Não é preciso nenhuma bola de cristal para percebermos que se vai falar ainda mais de modelos de financiamento.

Leia o relatório do grupo para a reforma hospitalar e vai perceber como... Acima de tudo transparência...