Autor Tópico: Dotação do nº de Enfermeiros nas diferentes unidades de saúde  (Lida 2172 vezes)

Offline Jconeves

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 386
    • Ver Perfil
Olá colega, provavelmente muitos de vós já leram, mas para os que ainda não consultaram, fica a informação de um passo que "poderá" ser importante para a mudança de paradigma que hoje temos. Pode ser que com esta primeira pedra se consiga serviço a serviço, unidade a unidade, mostrar as necessidades de profissionais que existe.

Cabe, uma vez mais, a cada um de nós mostrar que somos fundamentais pelos cuidados que prestamos e aos gestores reconhecer essa necessidade...

<< 10-03-2011
MS e OE chegam a acordo sobre dotações para os serviços de saúde


A Ordem dos Enfermeiros (OE) e o Ministério da Saúde (MS) têm vindo a desenvolver esforços, tendo alcançado recentemente um acordo inédito sobre o cálculo de enfermeiros necessários nas diferentes unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Este acordo resulta de um trabalho desenvolvido por um Grupo de Trabalho para o Cálculo da Dotação de Enfermeiros no SNS, que congregou elementos destas duas entidades, com vista ao aumento da segurança dos cuidados prestados aos cidadãos.

A título de exemplo, o grupo de trabalho com representantes da OE e do MS entendem que será necessário um enfermeiro para cada 1.550 utentes ou por 350 famílias inscritos nos centros de saúde e nas Unidades de Saúde Familiar.

Já nas Unidades de Cuidados na Comunidade são necessários: 30 minutos por consulta de Enfermagem / Entrevista; 30 minutos para Cuidados curativos / Procedimentos de Enfermagem por utente atendido; 60 minutos por cada acção de Educação para a Saúde em Grupo; e 60 minutos por visita domiciliária (incluindo deslocação).

Para os hospitais chegou-se à conclusão que são necessárias entre 3,61 e 7,12 horas de cuidados de Enfermagem por dia de internamento, variando consoante a valência / serviço.

Para as Unidades de Cuidados Continuados Integrados são precisas entre 4 e 5,23 horas diárias por utente, dependendo do tipo de Unidade em causa.

Apelamos aos membros, nomeadamente aos enfermeiros com responsabilidades na área da gestão, para a consulta de excertos deste documento, intitulado «Guia de Recomendações para o Cálculo da Dotação de Enfermeiros no SNS», disponível na área Reservada do site da OE.

Esta proposta mereceu um despacho da Sra. Ministra da Saúde, a 4 de Março, o qual enalteceu o trabalho realizado por este Grupo Técnico e considerou o documento produzido por essa equipa «um referencial de partida, o qual será objecto de aferição concreta à realidade das instituições».

Já durante o ano de 2011 serão constituídas cinco experiências-piloto nas Administrações Regionais de Saúde, no sentido de «avaliar o custo / benefício da aplicação» destas recomendações feitas por este Grupo de Trabalho, avança o referido despacho ministerial. Caberá a um Grupo de Avaliação a criar pelo MS e pela OE a monitorização e avaliação destas experiências e a generalização desta aplicação às restantes unidades do País.

Na Assembleia Geral ordinária de 5 de Março, os membros presentes congratularam-se com o processo desenvolvido e sublinharam a importância de envolver os parceiros sociais na construção de uma política de gestão de recursos humanos nos serviços de saúde. >>

Cumprimentos

Offline manuela castro

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 120
    • Ver Perfil
Re: Dotação do nº de Enfermeiros nas diferentes unidades de saúde
« Responder #1 em: Março 14, 2011, 23:29:11 »
A título de exemplo, o grupo de trabalho com representantes da OE e do MS entendem que será necessário um enfermeiro para cada 1.550 utentes ou por 350 famílias inscritos nos centros de saúde e nas Unidades de Saúde Familiar.

Já nas Unidades de Cuidados na Comunidade são necessários: 30 minutos por consulta de Enfermagem / Entrevista; 30 minutos para Cuidados curativos / Procedimentos de Enfermagem por utente atendido; 60 minutos por cada acção de Educação para a Saúde em Grupo; e 60 minutos por visita domiciliária (incluindo deslocação).»»

Então colocam os enfermeiros da saude familiar a prestar cuidaDos domiciliários e contam o tempo para UCC?... começamos mal, muito mal mesmo! E as consultas de enfermagem na UCC? , entaõ o que "pensam ESTAS EXCELENCIAS" que fazem os enfermeiros da UCSP e ou USF?

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: Dotação do nº de Enfermeiros nas diferentes unidades de saúde
« Responder #2 em: Março 19, 2011, 12:44:46 »
Manuela Castro a visita domiciliária das USFs e da UCC é de âmbito diferente, aquilo que lê é parte da notícia e não o documento.

Aconselho-a a ler o documento porque o que vem escrito para a UCC e também para as USFs.

Offline Jconeves

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 386
    • Ver Perfil
Re: Dotação do nº de Enfermeiros nas diferentes unidades de saúde
« Responder #3 em: Março 19, 2011, 17:39:02 »
Sinceramente,do que li, e no que está expresso, penso que não foi um mau documento. Pelo contrário, acho que se fosse analisado e tido em conta por administradores, poderia mudar algumas das limitações e cenários que assistimos nas unidades de saúde.

Cumprimentos