Autor Tópico: Assisteo - França  (Lida 50368 vezes)

Offline Enf_cata

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 21
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #90 em: Fevereiro 07, 2012, 19:06:18 »
Boa tarde Sra. Graziela,
Enviei-lhe um e-mail com os documentos que me pediu. Veja e responda-me logo que possa.
Muito Obrigada.
Catarina. catarinacosta85@hotmail.com

Offline Enf_cata

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 21
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #91 em: Fevereiro 16, 2012, 16:34:17 »
Desculpe a insistência mas, logo que possa responda-me.
Obrigada.
Catarina Costa.

Offline CéliaC

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #92 em: Fevereiro 22, 2012, 20:59:37 »
Boa noite Graziela, chamo-me Célia Soares, ja falei consigo em Janeiro.
Enviei-lhe um mail esta semana, pois foi o combinado anteriormente. Contudo ainda aguardo resposta da sua parte.
Agradeço a sua resposta assim que possivel.

Offline enfzara

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 32
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #93 em: Fevereiro 25, 2012, 11:01:38 »
Alguém que esteja em processo de recrutamento tem novidades? quais são as condições oferecidas pela empresa? Sabem se recrutam duas pessoas em conjunto?Tenho tentado contactar a enf graziela e não tenho conseguido obter resposta...

obrigada

Offline Chantel

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 31
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #94 em: Março 03, 2012, 20:54:52 »
Boa noite.

Será que me podiam informar como se processa o recrutamento por esta agência?
Quais são as etapas? Quanto tempo demora em media a conseguir  emprego?
Quais os requisitos? Quais as condições que a agência oferece?

Muito obrigada.
Cumprimentos a todos.

Offline Isaac Guedes

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #95 em: Março 26, 2012, 01:02:22 »
Boa noite caros colegas,

Uma vez que têm algumas dúvidas em relação a esta agência, penso que vos poderei esclarecer alguns aspectos, com base na minha experiência. Fazendo uma pequena contextualização, posso dizer que tive o primeiro contacto com a agência, na Feira de Emprego de Aveiro (Outubro 2011). A representante da agência (Graziela Cordeiro) demonstrou-se na altura muito solicita e explicou todo o processo de recrutamento, como "se fosse verdade". Lá me inscrevi no curso de francês para profissionais de saúde na Alliance Française do Porto, que sinceramente recomendo, uma vez que a D. Graziela não conseguiu reunir o número de enfermeiros necessários para fazer a dita formação "4 semanas para 1 emprego". Os contactos foram-se sucedendo, afim de entregar os documento necessários e programar as entrevistas. Os e-mail que eu enviei, tal como tem acontecido com vocês, quase nunca tinham resposta. Isto tudo decorreu até ao fim de Dezembro de 2011, que coincidiu sensivelmente com o fim do curso de francês. Em Janeiro já estava um pouco desesperado uma vez que  tentei contactar sucessivas vezes a D. Graziela, quer por e-mail, quer por telefone, e nunca obtive resposta, mesmo parecendo que já estava tudo encaminhado para ir para França com esta agência. Farto de esperar, eu e outra colega, começamos a enviar currículos directamente para os Hospitais franceses (através da candidatura espontânea disponível nos sites). Para nossa surpresa,  no dia seguinte a termos enviado o currículo, telefonaram-nos do CHU de Nîmes a fazer algumas questões sobre o nosso percurso, e disseram que estavam interessados em nos recrutar. Com cerca de uma semana de antecedência, preparamos tudo para partir, e começamos a trabalhar no dia 1 de Fevereiro. O hospital ofereceu-nos boas condições de trabalho e ajudou no alojamento provisório. Resumindo, posso dizer que estou satisfeito em lá trabalhar.

Isto tudo para vos dizer que...

- Não acreditem em nada daquilo que vos dizem, porque a agência vai-vos andar a empatar até arranjar as vagas que lhes convém a eles e não a vocês.

- As agências lidam com números e não com pessoas, portanto para eles nós somos só mais um, mesmo que digam que é tudo muito personalizado como já li em alguns comentários postados neste fórum.

- Não entrem na conspiração do pânico que vos querem impingir, relativamente ao facto da língua ser difícil ou das burocracias serem complicadas de tratar etc..

- Contactem directamente os hospitais/ estabelecimentos de saúde , porque certamente obterão resposta.


Se precisarem de alguma informação, que eu possa dispor, não hesitem em contactar-me. E, mesmo se quiserem trabalhar no hospital onde eu estou, deixo-vos aqui o site, porque sei que estão sempre a recrutar pessoal.

http://www.chu-nimes.fr/


Cumprimentos e boa sorte para todos,

Isaac Guedes

Offline EnfermeiroMaravilhas

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 84
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #96 em: Março 26, 2012, 18:47:39 »
Sem querer ser advogado de ninguém, eu recorri á Assisteo e passou-se tudo razoávelmente bem.
Mas efectivamente, aconcelho mais os colegas a recorrerem  ás candidaturas espontâneas para os CHU ou para os CHR, isto é centros hospitalares universitários e centros hospitalares regionais. Há centenas em França. Sem esquecer as clinicas privadas.

É fazer um cv em frances, ter os docs traduzidos, fazer a entrevista, e tão a trabalhar. Não custa nada.

Offline Farfi

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 76
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #97 em: Março 26, 2012, 19:06:56 »
Boa tarde, colegas.

Partindo do pressuposto que nos candidatamos directamente aos CHU ou CHR, sabem se há alguma possibilidade dessas instituições facultarem alojamento nos primeiros meses de trabalho?

Cumprimentos

Offline Isaac Guedes

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #98 em: Março 26, 2012, 21:01:56 »
Boa noite,

Por norma os hospitais fornecem um alojamento temporário até encontrarmos algo definitivo. No CHU de Nîmes, que é a minha realidade, fornecem 3 meses de alojamento, pago à parte.

Cumprimentos,

Isaac Guedes

Offline Farfi

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 76
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #99 em: Março 26, 2012, 21:37:19 »
Obrigada pela informação, Isaac.

Cumprimentos

Offline enf.rdias

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 9
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #100 em: Março 27, 2012, 00:40:15 »
Boa noite Graziela e Fórum,
O meu nome é a Rita e gostava, se fosse possivel, que me orientassem sobre sitios nos arredores de lisboa para ter cursos de francês e que condições oferecem.
Desde já obrigada pela dipsonibilidade. =)

Offline IldaPaiva

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #101 em: Abril 10, 2012, 17:38:05 »
Boa tarde Graziela,

Ainda aguardo resposta sua. Entretanto também tirei um curso de francês no mês de fevereiro. Enviei-lhe o mail com o CV como me pediu e não obtive resposta.

Aguardo que me contacte,

Cumprimentos,

Ilda Paiva

Offline jotix

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 146
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #102 em: Abril 11, 2012, 14:04:57 »
Eu trabalho em França, já vai fazer quase 2 anos e meio.

É muito fácil arranjar emprego em França. Basta que falem um pouco de francês.
Para se candidatarem directamente pelos centros hospitalares, pesquisem um numa região que vos agrada, e entrem em contacto com o mesmo. Acredito que irão obter uma resposta rápida.

Normalmente, oferecem possibilidades de alojamento, e devem falar nisso, quando os contactam. Talvez na região de Paris, as coisas sejam mais complicadas nesse sentido, já que é uma região muito densa em termos de população.

Posso então, dar-vos vários exemplos:
Centre Hospitalier de Vierzon
Centre Hospitalier de Meulan
Centre Hospitalier de Dreux

Vejam no mapa da França. Normalmente em cada vila, existe um hospital de assistência variável.
Enfermeiro em França

Offline Patrícia88

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 32
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #103 em: Abril 11, 2012, 16:03:22 »
Olá colega Jotix!

Gostaria de lhe fazer uma pergunta: Qual o nível de Francês exigido para trabalhar num hospital em França? Pergunto isso, porque me encontro a tirar um curso de Francês nível A2, estou indecisa se devo ou não tirar o nível B1. Sei que para trabalhar num hospital normalmente são mais exigentes com a língua.

Obrigada!

Offline jotix

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 146
    • Ver Perfil
Re: Assisteo - França
« Responder #104 em: Abril 11, 2012, 18:31:30 »
Essa coisa de níveis é sempre muito discutível. A França, é normalmente muito permeável, aos estrangeiros, mesmo que estes não saibam falar correctamente o francês.

Depende sempre da instituição que te vai acolher. Já trabalhei em vários sitios, e já vi colegas de origem de outros países, que não conseguem perceber o francês nem o conseguem falar lá muito bem, mas eles continuam lá a trabalhar.
Já trabalhei em outros sítios, em que colegas estrangeiros, foram convidados a sair, por não terem capacidades de se expressar.

Penso que um A2, chegará. Contudo, não sugiro ir trabalhar para um hospital, em que existe uma grande rede comunicativa, entre utentes, colegas, médicos, fisioterapeutas, .... Talvez com um A2, o melhor, é mesmo começar por um lar, ou uma unidade de cuidados de longa duração, ou ainda uma unidade de cuidados a pessoas poli-deficientes.
Enfermeiro em França