Autor Tópico: "Lei dos Maiores de 23 anos"  (Lida 75411 vezes)

Offline EnfNexis

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #120 em: Abril 11, 2011, 23:14:13 »
Caros colegas.... Sou enfermeiro já há alguns anos, mais concretamente quase ha 7 anos... sempre fui um aluno aplicado, terminei o 12 ano com boas notas, fiz exames e especificas para concorrer ao ensino superior e entrei no curso de enfermagem, tal como ambicionava. E com algum pesar e desagrado que vejo alguns comentarios aqui explicitos, sem qualquer conhecimentos de causa sobre o ingresso no ensino superior atraves dos maiores de 23 anos, baseando as suas teorias no senso comum, acabando por induzir e distorcer a nossa realidade, enquanto licenciados em enfermagem. Nao podemos generalizar o que se passa em meia duzia de escolas de enfermagem, como se fosse a realidade de todas... Posso dar o meu testemunho, nao como defensor de causa alguma, mas sim como detentor de conhecimento da realidade de enfermagem, sem basear este depoimento em falsas verdades. A verdade e que a maioria das escolas publicas abrem apenas 1 ou no maximo duas vagas para os maiores de 23 anos, ingresso esse que ira depender nao so de um exame vocacionado para uma vertente de saude, mas tambem através de uma avaliação curricular directamente relacionada para o curso de enfermagem, de modo que, pessoas que embora ate nao tenham tido notas suficientes para ingressar em enfermagem, acabaram por fazer formaçoes relacionadas e ter trabalhos que lhes permitiram abrir portas para um dia mais tarde ingressar. E diga-se que na maioria das vezes, a maturidade e aprendizagem que detêm enquanto alunos, leva-os a estarem bem mais receptivos a aprendizagem que qualquer um de nos. É preciso conhecimento, sacrificio e dedicação para se aprender e terminar um curso, o que e meio caminho andado para nos definirmos bons ou maus profissionais. Existem muitas escolas, nomeadamente privadas (nao tenho nada contra escolas privadas), que abrem centenas de vagas em cada ano lectivo e que pedem como especificas por ex.: filosofia, que permitem o acesso ao ensino superior, ao inves das 1 ou 2 vagas para os maiore s de 23 anos nas escolas publicas, e nao vejo o mesmo tipo de indignação. No entanto forma-se bons e maus profissionais em qualquer tipo de ensino, seja ele publico ou privado, ingresso normal ou maiores de 23 anos, e no fundo acabamos por perceber que o mais importante enquanto enfermeiros, e o empenho que colocamos em tudo o que fazemos, ou seja,a arte do cuidar. Se ainda assim, nao concordarem, dêem uma espreitadela afundo no modelo da idoneidade que ja saiu em Diario da Republica, na qual a entidade que regulara o ingresso na actividade profissional de enfermagem, sera a Ordem atraves do chamado ano comum, pois existira uma avaliaçao do aluno licenciado pelo enfermeiro tutor, impedindo as escolas de continuar a adoptar politicas de "fabrico de enfermeiros", ou seja, começamos a apostar no que realmente importa, a nossa profissao. Apenas fiz uma breve referencia ao modelo da idoneidade, muito ha a dizer sobre ele. Este modelo esta ja implementado por outras profissao como e o caso que todos conhecemos da medicina e advocacia. Talvez assim se trave polticas de educação implementadas pelas escolas, para angariarem o maximo de lucros possiveis com a entrada de alunos e se aposte na regulação justa da entrada na vida profissional, ou seja, nem todo o recem licenciado será Enfermeiro.

Offline Cannonball85

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 76
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #121 em: Julho 03, 2011, 17:32:23 »
Citação de: isi
Citação de: JoãoRocha


 :(  :(  :(  :(  :(  :(  :(  :(  :(  :(  :(  :(  :o  :o  :o  :o  :o  :o  :o  :o  :o  :o  :o

Lá entrar eles entraram, vamos é ver quando saem. Na minha faculdade entrou pessoal, pelos maiores de 23, o grande problema para eles é que nem sequer sabem o que é um ribossoma ou um átomo, p.ex.
e cadeiras básicas como microbiologia ficaram por fazer.
Acha, que dali alguma vez vão sair enfermeiros????
Eu acho que para arranjar emprego vamos ter de passar a anexar o certificado do 12º ano juntamente com o certificado de habilitações


Boa tarde.

Passei por este tópico, por acaso, e mais uma vez, fiquei aterrorizada com alguns comentários de pessoas que tiraram o mesmo curso que eu...com certeza, alunos brilhantes, mas que pouco ou nada sabem de enfermagem...nem da vida, nem o que é ser enfermeiro, caso contrário abster-se-íam de escrever tudo o que lhes vem à mente . É prova de uma falta de maturidade e humildade incríveis...

Nota-se que há muita gente que nunca passou por nenhuma adversidade, tiraram um curso superior e já se acham os maiores. Há pessoas licenciadas que escrevem no fórum pior que uma com a 4ª classe. Esquecem-se que há muita gente que lava as tais retretes porque não teve igualdade de oportunidades e quem sabe, algumas dessas pessoas tenham mais cultura, sensibilidade, capacidade de aprendizagem e adaptação que a elite que nunca partiu uma unha.

Estimativa de alunos que reprovaram a Microbiologia quando estudava? 80%, salvo erro e é uma grande chatice, porque tinham todos o 12º ano e média de 16-17.  :-X

Não crucifiquem as pessoas que se candidatam através do concurso para maiores de 23 anos (que não é limitado às pessoas com a 4ª classe...qualquer pessoa com idade superior a 23 anos pode inscrever-se nas provas de conhecimentos, até um licenciado!) porque é no próprio curso e vida profissional que eles vão mostrar o que valem. Se os exames são fáceis, procurem outros responsáveis...

Sinceramente, concorrer à Universidade, trabalhar, ter uma família é, na minha opinião, um acto de coragem.

Tudo isto para dizer, deixem-se de tamanhos pruridos, só estão a envergonhar a classe...Peço desculpa por alguma agressividade no discurso, mas estou saturada de observar o aflorar de tanta ignorância em gente que se sobrestima.

Independentemente das origens, sejam excelentes naquilo que fazem!

Offline Enf.nonnie

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 24
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #122 em: Julho 14, 2011, 17:36:04 »
O sistema que permite a entrada aos maiores de 23 anos deveria ser muito mais selectivo. Porque, infelizmente, tive contacto próximo com algumas destas pessoas e posso dizer que lamento que o Ensino Superior não filtre e exclua a sua entrada. Poderão dizer: mas todos tem direito à educação. Sim, realmente, tem direito à educação, mas felizmente, não existe apenas o curso de Enfermagem que por sinal envolve a saúde e o bem-estar de outro ser humano...
Na minha opinião, julgo que esta excepção de entrada no ensino superior, deveria ser apenas para alguns cursos e não para todos e também acho que deveriam ser submetidos aos exames nacionais e não a exames que à priori já sabem que vão passar, isto porque sei de casos de pessoas que tiveram de nota final 20 valores... já agora porque não seguiram medicina?
É necessário rever todo o sistema!

Offline Miss Care

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #123 em: Agosto 03, 2011, 17:09:19 »
Estou em preparações para ingressar ao Ensino Superior através dos " Maiores de 23 anos". Li várias páginas a respeito desse tópico. Fiquei realmente muito chocada com o preconceito e a agressividade de alguns universitários! Lamentável,mesmo!  Fiquei também com a clara sensação de que vou ser pessimamente recebida  :'(  É um tópico com bastante divergências de opiniões,mas foi através de algumas palavras bastante encorajadoras que sigo em frente! Penso que todas as pessoas que não ingressaram ao Ensino Superior logo a seguir ao 12 º ano ou até mesmo aquelas que não conseguiram acabar o 12º, tiveram motivos fortes o suficiente para tal. Os anos passam, as pessoas casam, tornam-se pais e mães(como eu !) e o tão sonhado diploma vai ficando sempre em 2º plano. Com o Sistema para Maiores de 23 anos, acaba-se por trazer a todas essas pessoas uma "Luz" lá no fim da estrada. É por essa luz que lutamos todos os dias quando acordamos. O quê nos faz piores? O quê nos faz melhores? O sol foi feito para brilhar a todos! Penso que muitos universitários(relativamente jovens) precisam urgentemente rever alguns conceitos,principalmente uma coisa de suma importância: Sentido de humanidade! Como é possível,existirem pessoas que estão a estudar para cuidar do próximo,salvar vidas etc...Responderem com tamanha hostilidade e arrogância a possibilidade de colegas mais velhos se juntarem a elas com o mesmo propósito? Ora...Ao meu ver, seria fantástico que houvessem cada vez mais e mais Enfermeiros para cuidar de mais e mais utentes! É de facto um controvérsia de valores muito grandes! Um abismo,mesmo! Aos que pensam assim:Pena! A vida se encarregará de vos mostrar a realidade pouco a pouco! Aos que conseguiram: Muitos Parabéns:) Vocês são mais que vencedores! Aos que estão em preparação para: Força! Afinal, fazemos por nós,pelos nossos e pelos utentes:)
"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."
Clarice Lispector

Offline Enf.nonnie

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 24
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #124 em: Agosto 04, 2011, 09:29:37 »
Todos tem vida pessoal... mesmo que não entre pela via dos maiores de 23 anos, isso não é desculpa... A verdade seja dita a maioria destas pessoas que entram por esta via são levados ao "colo" e colam-se aos outros de uma forma.... enfim, mas o sonho de se ser Enfermeiro/a comanda a vida....

Offline Propofol

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 186
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #125 em: Agosto 23, 2011, 21:20:31 »
Generalizações, nada mais. Acho que leva muita coragem para alguém que trabalha e tem família entrar para um curso destes, não por ser mais difícil que outros, acho a dificuldade subjectiva, mas porque requer alguma ginástica para andar entre estágios e escola, e ainda a acrescentar isso um emprego e uma família, nem sei.
Eu acho que não conseguia e por isso admiro a coragem de quem o faz.
Miss Care, não há motivo para medos de ser melhor ou pior recebida, da experiência que tenho ninguém é discriminado pelo contingente que entrou para a escola, depois de lá estar será apenas mais uma aluna. E é tudo uma questão de se integrar bem na turma, mostrando aos colegas que está lá para o mesmo que eles.  ^-^
Eu tive alguns colegas na turma que tinham entrado pelo programa de maiores de 23 e achei extremamente enriquecedor.

Offline AAlexandra

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 8
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #126 em: Setembro 05, 2011, 21:14:09 »
Boa noite pessoal.
Estou no 2º Ano de enfermagem, entrei pela lei do m23 e tenho a dizer que não sinto grande diferença entre mim e os meus colegas. Nunca tive Psicologia, Química ou mesmo Biologia e consegui passar sem problemas  :D Com esforço ou dedicação tudo se consegue....

Offline fsonecas

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 8
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #127 em: Setembro 21, 2011, 16:36:43 »
Bem antes de mais tenho a dizer que ja percebi a quase ausencia de ajuda quando procurei esclarecimentos sobre o mais 23.
Em segundo concordo com a Miss care, agora que consegui entrar até tenho receio da recepção que terei.
Queria ainda dizer, que uma pessoa conseguir entrar não torna o candidato enfermeiro. Poe o mesmo em igualdade com centenas de outros candidatos. Ou seja, todos teremos que fazer pela vida por igual. Nao percebo o receio.
De resto, tenho a dizer que tinha media para tal na altura que deixei os estudos, e não entrei porque a vida se proporcionou de outra forma. Fui pai, e desde entao trabalho sozinho para me sustentar e ao meu filho. Este ano tomei a decisao de tentar. Os tais exames "fáceis", foram eliminatórios para mais de metade dos candidatos. E senti orgulho em conseguir uma vaga á primeira. Não quero ser beneficiado, mas jamais aceitarei ser discriminado. Este ano, e nos próximos 4, irei ser Estudante, pai, trabalhador e homem. Irei ter de dar mais que o dobro que outras pessoas, e apenas eu terei que fazer por mim!
Queria ainda acrescentar, e não querendo generalizar, que independentemente de se ser bombeiro, enfermeiro, médico, auxiliar ou trabalhador da limpeza, os problemas são sempre os mesmos. As pessoas confrontam-se em vez de se unirem para conseguir melhor.
Boa tarde a todos!

Offline fsonecas

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 8
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #128 em: Outubro 17, 2011, 11:06:15 »
Agora que já comecei as aulas á umas semanitas parece-me justo vir dizer que fui bem recebido, tendo tido bastante ajuda a todos os niveis. Nao notei nenhuma discriminaçao, antes pelo contrário. Agora, tanto nas aulas como em praxe, bate-se bastante numa tecla que é a de que enfermagem é um trabalho de equipa. E isso, condenem-me ou não, nao notei isso aqui. Obrigado por quem me ajudou.

Offline enfmiguelp

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 212
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #129 em: Outubro 17, 2011, 11:58:50 »
FORÇA!!!! VAI CONSEGUIR!!!! ACREDITE!!! Eu também fui por esse concurso e SOU ENFERMEIRO!!! :D
Cumps :D

Offline scmt

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #130 em: Novembro 15, 2011, 22:05:27 »
Boa noite. em primeiro lugar quero felicitar todos os que entraram por este regime, tal como entrei. Não é desprimor nenhum, tão pouco é facilitador entrar por este regime. Tanto eu como os meus colegas que entraram nos M23 entrámos todos com o ensino secundário completo, todos na área do cientifico-natural. Não se fazem exames que á partida se passa com 20 valores, até porque na minha escola o exame da disciplina específica era equivalente ao exame nacional. Na entrevista analisam o nosso percurso escolar, notas e continuidade do ciclo de estudos, percurso profissional e formação na área da saúde . Não me foi facilitado NADA. E devo dizer que entrei com muito melhor média que  a maioria dos colegas que entraram pelo regime normal. Tenho o mesmo plano curricular, as mesmas cadeiras que os outros, nada é diferente. Pago propinas como qualquer um. Por isso, diferenças só na idade e no regime de entrada.Tenho sim muito orgulho de finalmente ter disponibilidade financeira para tirar o curso que sempre ambicionei.Este é um curso dificil, sim, mas tenho a mesma capacidade que um aluno que tenha entrado por outro regime. Honestamente não entendo porque se continua a criticar este sistema. Não é por me licenciar com mais do que os habituais 22 ou 23 anos que serei pior enfermeira que os outros.

Offline militar

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 70
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #131 em: Janeiro 06, 2012, 01:00:17 »
Já algum tempo que não vinha aqui porque o Curso de enfermagem (estou no 4º ano, a 6 meses de ser enfermeiro, sem nunca ter deixado qualquer cadeira para trás ou ter sequer ido a exame a qualquer disciplina e tenho média de 16) não me deixa muito tempo livre.
Por curiosidade voltei  a este tópico e muito folgo ver que cada vez mais colegas optam por esta forma de realizar um sonho.
Talvez assim, todos os profissionais de enfermagem integrem a noção de que não seremos nunca menos enfermeiros mas talvez sejamos melhores enfermeiros, afinal os profissionais deviam saber que todas as vivências de um individuo condicionam o seu presente e como tal a luta por que muitos de nós tivemos que passar para atingir o nosso objectivo talvez faça de nós enfermeiros com mais capacidade de atingir o ideal de excelência preconizado para a enfermagem.

Citação de: Enf.nonnie
Todos tem vida pessoal... mesmo que não entre pela via dos maiores de 23 anos, isso não é desculpa... A verdade seja dita a maioria destas pessoas que entram por esta via são levados ao "colo" e colam-se aos outros de uma forma.... enfim, mas o sonho de se ser Enfermeiro/a comanda a vida....

Não posso deixar de sorrir ao ler este comentário! Levado ao colo? Não cara colega (julgo já poder tratar por colega, afinal só faltam 6 meses), não fui, mas garanto que levei muita gente! Colegas que tendo o 12º completo e entrado pela via normal não estariam ao meu lado no 4º ano se não se tivessem "colado" a mim. Colegas com medias de 11 e cadeiras em atraso...mas enfim, suponho que considere que esses vão ser  melhores enfermeiros do que eu...

Enfim, força colegas que entraram desta forma, não é fácil, também não é difícil, é isso sim, como nos dizem, trabalhoso, mas acima de tudo não é impossível. Esforcem-se e vão conseguir. Boa sorte para todos. Talvez só volte aqui quando já estiver inscrito na ordem!
A maior desilusão é a melhor razão para continuar!

Offline Filipaw

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 42
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #132 em: Janeiro 31, 2012, 18:59:10 »
É realmente triste certos comentários.
Pois bem, sou licenciada em enfermagem, completei o ensino secundário com bons resultados e sou uma sortuda visto que consegui facilmente arranjar trabalho na minha área.
Não entendo como pode haver tanto preconceito em relação a Lei dos Maiores de 23 anos. Perderam anos de vida? Como assim? Pessoalmente não perdi nada, continuei a fazer as mesmas coisas que sempre fiz e ainda aprendi bastante principalmente enquanto pessoa. Facilitismo? Aquele facilitismo que o ensino Português proporciona a todos os alunos com 12º ano ou sem ele?
A universidade é quase uma brincadeira, tudo o que sei aprendi a trabalhar, e a lidar com os meus doentes. O ensino secundário completo e uma média elevada não salva vidas.
Espero sinceramente que sejam mais humanos com os doentes do que foram aqui.
Para quem quer recorrer aos maiores de 23 anos, força, nem tudo se resume a resultados positivos.

Offline Twordaik

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #133 em: Fevereiro 28, 2012, 14:12:17 »
Tendo em conta alguns comentários sobre esse tema, fica bem claro o porque da falta de reconhecimento social, e a desvalorização da Enfermagem Portuguesa. Vou tentar ser bem objectivo no discurso abaixo:
Ingressei no ano lectivo 2006/2007 no curso de Enfermagem pelo regime de ingresso maiores de 23 anos, numa conceituada escola de Lisboa. Trabalho como auxiliar de acção médica a cerca de 11 anos, a minha experiencia de vida e cultura hospitalar em muito favoreceu-me para concluir o curso com êxito.
Tenho muito orgulho de hoje ser Enfermeiro, e devo isso graças ao tão estigmizado regime, durante meu percurso académico, deixei para traz muitos alunos, que ingressaram pelo regime normal e com as médias de ingresso acima de 17 valores. Muito destes, chumbaram varias cadeiras, desistiram do curso e muitos ainda la estão a tentar acabar o curso.
A maior média que deveria ser exigida para um curso tão complexo como é a Enfermagem, deveria de ser o saber estar, o saber agir e o querer agir. A enfermagem engloba 3 competências fundamentais; Técnica, científica e “HUMANA”. E é nesse último requisito que muitos dos profissionais e formandos deixa a desejar.
Posso dizer que hoje sou uma pessoa feliz e realizada, enquanto muitos se queixam do desemprego a mim não faltam oportunidades, pois deixei uma porta aberta em todos os locais em que estive em estágio, acabei o curso com média 16 e nunca chumbei um ano e era um dos alunos com as melhores notas em estágio.
Espero que a minha história de vida académica, sirva de inspiração a muitos que sonham com esse curso. E aos que tanto criticam o regime, espero que olhem para dentro de si, e que procurem buscar o verdadeiro motivo para suas frustrações, quer pessoais ou profissionais. Pois na vida somos os únicos responsáveis pelas nossas vitórias e pelos nossos fracassos.

Offline MartaF28

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #134 em: Março 14, 2012, 04:17:00 »
Boa noite;
Gostaria só de dar a minha opinião acerca do programa "maiores 23".
Eu realizei este ano os exames dos maiores de 23 e o exame nacional o ano passado e tenho a dizer que verifiquei que os exames são muito semelhantes,até posso afirmar que o exame de biologia do programa maiores 23 é mais complicado que o exame nacional.
Para realizar o exame e conseguir obter boa nota é necessário muito estudo e muito conhecimento da matéria em causa e essêncialmente gosto pela área.
A ideia de que qualquer pessoa entra, sem o 12º ano completo é errada, pois a matéria que sai é praticamente toda correspondente aos dois anos 11º e 12º.
Além disso toda a gente tem direito ás mesmas oportunidades.
Existem pessoas que não conseguiram realizar o seu sonho em novas por motivos economicos ou outros e que vêm neste programa um horizonte para poder realizar os seu sonhos depois de alguns anos.
Não estou arrependida em nada por os ter feito e julgo que é motivo de orgulho de o estado dar oportunidades a pessoas que tanto querem seguir um sonho, como eu, de o seguir.
Temos 2 exames um especifico que não é nada fácil e um de cultura geral.
Sei a matéria toda ainda se me perguntarem.Pois estudei com gosto e garra para conseguir o que tanto quero.E como eu todos aqueles que lá foram fazê-los.
A vantagem apenas dos maiores de 23 é as médias.Infelizmente no nosso pais são precisas médias elevadissimas para entrar em qualquer curso de saúde.Se formos aqui ao nosso país visinho- Espanha, as médias são baixas a comparar com Portugal.
Na minha opinião as oportunidades devem ser dadas a pessoas que tanto querem seguir o seu sonho.Seja novo, velho todos temos direito a seguir os nossos sonhos.
Sou fã dos maiores de 23.
Espero que não acabe e independentemente do que todos dizem quem quer seguir este caminho, siga, pois recomendo vivamente e não deve ter vergonha por isso, pois os exames do ensino normal e estes são em muito semelhantes.
Boa noite a todos:D