Forumenfermagem

Autor Tópico: "Lei dos Maiores de 23 anos"  (Lida 73584 vezes)

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #30 em: Fevereiro 15, 2007, 11:22:53 »
Citação de: "Tininha"
Citação de: "Jorgyte"

Para vossa informação os primeiros 6 num concurso a Auxiliar de Acção Médica no HSJ são enfemeiros recém-licenciados.
E com certeza que não andaram a limpar retretes de hospitais, mas a partir de agora vão passar andar, ordenados por semelhantes seus, e vão ter muitos pontos por isto.


Isto é escandaloso!!!
Um insulto para nós, Enfermeiros!
Será que a Ordem não tem nada a dizer sobre este triste e humilhante acontecimento?

A nossa classe, que já prestigiou de muito, está a ficar cada vez mais degradada, sem valor social... como é que é possível que a Direcção de Enfermagem desse Hospital permita uma coisa dessas?


situações destas não pode a ordem, os sindicatos  ou os (meus) colegas enfermeiros deixarem que aconteçam, pois qq. dia a carreira de enfermagem começa como auxiliar de acção médica.

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #31 em: Fevereiro 15, 2007, 11:27:16 »
Citação de: "Parreira"
Citação de: "Tininha"
Citação de: "Jorgyte"

Para vossa informação os primeiros 6 num concurso a Auxiliar de Acção Médica no HSJ são enfemeiros recém-licenciados.
E com certeza que não andaram a limpar retretes de hospitais, mas a partir de agora vão passar andar, ordenados por semelhantes seus, e vão ter muitos pontos por isto.


Isto é escandaloso!!!
Um insulto para nós, Enfermeiros!
Será que a Ordem não tem nada a dizer sobre este triste e humilhante acontecimento?

A nossa classe, que já prestigiou de muito, está a ficar cada vez mais degradada, sem valor social... como é que é possível que a Direcção de Enfermagem desse Hospital permita uma coisa dessas?


situações destas não pode a ordem, os sindicatos  ou os (meus) colegas enfermeiros deixarem que aconteçam, pois qq. dia a carreira de enfermagem começa como auxiliar de acção médica.


isto parece ser uma forma encapotada de ter pessoas com conhecimentos cientificos capazes de prestar cuidados de enfermagem a receberem como auxiliares de acção médica. assim é o que o governo e instituções hospitales querem.

Offline ixes_boxis

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 5
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #32 em: Fevereiro 15, 2007, 18:26:55 »
Não pude deixar de comentar este tópico como aluno de enfermagem. Estou totalmente de acordo que se calhar estes tipos de facilidades que têm sido dadas não são de modo nenhum justas para aqueles que desperdiçaram os melhores anos da sua vida, agarrados a uns montes de livros e a arrasta-los continuamente para atingir os seus objectivos,e que depois algumas pessoas que após uma determinada idade dá-lhes e um “click” e vão para onde querem e com poucas restrições. Mas se depois são capazes de acabar o curso como todos os outros, aí penso que já não pode haver comentários. (não deixando de ser um desrespeito por aqueles que perderam a sua vaga numa faculdade por causa desse “click”).
Não posso deixar de mencionar a revolta que sinto em saber de pessoas que não têm o mínimo respeito pela profissão que exercem, ao candidatar-se a auxiliares de acção médica.
Mas este não é o maior problema!
Enquanto enfermeiros continuarem a aceitar fazerem mais do que as 35 horas semanais impostas, a aglomerarem tudo o que são postos de trabalho para ganhar uns “troquinhos” a mais, continuarão a fazer parecer que não fazemos assim tanto, pois dá a sensação que uma pessoa tem capacidade para aglomerar serviços inteiros.
Como já ouvi uma vez uma pessoa da área dizer “são muitas guitarras que tenho para tocar”. Pois é… mas quem tenta segurar muitas guitarras acaba sempre por deixar cair alguma, ou então algumas e quem sofre mais com estas atitudes são os doentes, aqueles que aguardam os nossos cuidados, mas não os recebem devidamente pois o enfermeiro entrou atrasado 20 na passagem de turno e já não ouviu metade e está muito cansado porque acabou de fazer noite num hospital a 30km...
Temos de ser fontes e portadores de conhecimento e não apenas técnicos que apenas sabem executar e não explicar, como já fui confrontado muitas vezes. Por isso é que enfermagem é licenciatura e não um simples curso técnico.  
Enquanto não nos afirmarmos com portadores de sabedoria e capacitados para a transmitir a quem necessita dela, vamos continuar a cair neste poço que parece não ter fundo.
Está na hora de quem exerce esta profissão começar a valoriza-la, e muitos profissionais deviam de voltar a agarrar nos seus “livrinhos”, porque ao contrário do que muitos pensam, eles com pó continuam a ter o mesmo valor comercial!

Offline RAMONES

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #33 em: Fevereiro 17, 2007, 20:22:20 »
Boas.
Só para esclarecer algumas dúvidas acerca dos concursos M23:

- Não existe habilitação minima para concorrer.
- Pode-se concorrer com o 12º ano ou equivalente.
- Só pode concorrer quem completou 23 anos no ano civil anterior ao do concurso.
- Os admitidos a concurso irão realizar as seguinte provas:
    - Prova de cultura geral
    - Prova especifica da area ao curso que concorre.
    - Prova Oral.
    - Entrevista.

- O resultado da prova de cultura geral somado ao resultado da entrevista nao podem influenciar em mais de 1 ponto o resultado final.

-As provas são redigidas e realizadas no estabelecimento de ensino ao qual se concorre.

Agora para quem pensa que a prova é facil.....só para terem uma ideia, a prova de biologia do ano passado tinha 13 paginas!

-Os estabelecimentos de ensino já têem vagas reservadas para os alunos que ingressem através do concurso M23. Pelas estatisticas de algumas escolas essas vagas rondam os 10% do total de vagas.

Agora pensem um bocado......
Quem concorre a esse exame é porque tem no minimo 24 anos.Muitos têem mais de 30 anos. Muitos frequentaram o ensino secundário na antiga reforma, quando só se passava de ano se se fizesse as disciplinas todas, no tempo em que andava tudo no 12º e com matematica do 10º por fazer, existia os exames especificos, a prova de aferiçao e a mitica PGA.Isto para não falar das dezenas de milhares de alunos que tiveram que se matricular no ensino nocturno,quando a nova reforma entrou em vigor. Muitos desistiram de completar o 12º devido as enormes dificuldades que tinham nos exames,outros nem conseguiram mais fazer os exames da antiga reforma porque simplesmente deixaram de existir, e com o avançar da idade, das responsabilidades ingressaram no mercado de trabalho em vez de andar todos os anos a tentar entrar no ensino superior. Tambem existem muitos que concorrem aos M23 porque não tinham possibilade de ir para longe estudar, e agora com a proliferação de universidades e politécnicos já não precisam de sair de casa para estudar.
Agora não sei o que acham injusto no exame M23.....
Em centenas que concorrem a um exame para um curso, só entram 3 ou 4!!Isso sim é mérito!! Se um que tem a 4ªclasse teve melhor nota que o outro com o 12º ano e que tinha prévios conhecimentos na area...AZAR!!Estudase mais!!
E depois é a tal coisa....depois de lá estar dentro, é igual para todos!


Não gosto de dar a minha opinião pessoal sobre certas coisas, e se de certa forma ofendi alguem ou não fui preciso nalguma coisa, as minhas desculpas.

Cumprimentos.

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #34 em: Fevereiro 17, 2007, 22:53:51 »
Prova especifica da area ao curso que concorre.

Amigo que eu saiba, em algumas instituições de ensino e cursos, não existe prova especifica nenhuma nos concursos para maiores de 23.

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #35 em: Fevereiro 17, 2007, 23:25:38 »
Eu não tenho nada contra os maiores de 23 anos, o que eu duvido é que estas provas consigam seleccionar quem quer que seja, mas acredito que com o decorrer do curso e suas dificuldades esse faça alguma selecção.

Digam onde está a especificidade da prova para concorrer a enfermagem, por exemplo no Instituto Piaget


Prova de avaliação de conhecimentos e competências
1 ?A prova de avaliação de conhecimentos e competências destina-se a avaliar se o candidato dispõe dos conhecimentos indispensáveis para o ingresso e a progressão no curso escolhido.
2 ?A prova de avaliação de conhecimentos e competências é organizada segundo o perfil do candidato e do curso a que se candidata e elaborada de forma a pôr em evidência a aptidão e os conhecimentos adquiridos na prática profissional que possam ser significativos para o ingresso e a progressão no curso em causa.
3? A prova de avaliação será conduzida num quadro de referência de um «projecto» de formação institucional de nível superior e em conformidade com o princípio nuclear e estratégico do desenvolvimento da criatividade humana e do sentido ético da vida, por forma a promover dinâmicas de aprendizagem direccionadas para a construção de um perfil competencial, na base da potenciação de capacidades como as da imaginação, da sensibilidade, da inteligência, da racionalidade, da memória, do espírito crítico, da interpretação e da expressão.
4? A prova terá uma configuração essencialmente prática, a partir de situações problemáticas (ou de casos problema).
5? A prova de avaliação de conhecimentos e competências tem a duração mínima de trinta e máxima de sessenta minutos.

Offline Tenevora

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #36 em: Fevereiro 19, 2007, 12:21:47 »
Citação de: "Parreira"
(cortado)

Digam onde está a especificidade da prova para concorrer a enfermagem, por exemplo no Instituto Piaget

(cortado)

2 —A prova de avaliação de conhecimentos e competências é organizada segundo o perfil do candidato e do curso a que se candidata e elaborada de forma a pôr em evidência a aptidão e os conhecimentos adquiridos na prática profissional que possam ser significativos para o ingresso e a progressão no curso em causa.


Itálico e bold adicionado por mim.

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #37 em: Fevereiro 19, 2007, 13:01:40 »
Citação de: "Tenevora"
Citação de: "Parreira"
(cortado)

Digam onde está a especificidade da prova para concorrer a enfermagem, por exemplo no Instituto Piaget

(cortado)

2 —A prova de avaliação de conhecimentos e competências é organizada segundo o perfil do candidato e do curso a que se candidata e elaborada de forma a pôr em evidência a aptidão e os conhecimentos adquiridos na prática profissional que possam ser significativos para o ingresso e a progressão no curso em causa.


Itálico e bold adicionado por mim.


eu tenho conhecimento de causa. não vi qq. prova especifica para o curso em causa.

Offline jg_sousa

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
"Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #38 em: Março 05, 2007, 15:25:08 »
isto é uma vergonha.... claro k depois de la estar dentro sao como os outros, mas é completamente diferente fazer exames nacionais onde é obrigatorio a classificação minima de 10 valores para as disciplinas especificas que fazer um exame de cultura geral a perguntar kem foi o 1 rei d portugal, isso nao é enfermagem!!!!!! esta lei do M23, é mais uma jogada do governo para diminuir os indices de desemprego em portugal.... pois se sao estudantes, nao sao desempregados.  :?   é este o estatuto e glamour k a carreira de enfermagem esta a tomar... ja todos sao enfermeiros. Depois pessoas admiram-s de haver alunos de enfermagem sem :x  bases quaiquer, estarem num hospital a tratar um familiar seu e um colega ou orientador do estagio no 4 ano pedir S.F... e o aluno perguntar s era o tal frasco k trazia e dizia NaCl, ou entao nao saberem preparar um paracetamol ev, k como s sabe é so colocar o sistema de soros... tudo isto vi eu, mas como se disse atras, vao ser enfermeiros como eu... o problema é poderem vir a tratar familiares meus, pq certamente k as cunhas dos ministros nao vao apanhar estas aberrações da enfermagem  :|
e sao essas pessoas k um dia vao passar a nossa frente numa colocação de emprego, pois a cunha fala mais alto, e a competencia..... :cry:

Offline FJ

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 226
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #39 em: Novembro 10, 2007, 22:35:22 »
bem...sem comentarios....isto ja tava mau...e cada vez pior estará...ao que parece..

fogo....kualker dia a minha abó lembrass dir pa enfermagem e pronto lá bai ela....aposto k ela domina bem mais a biologia a quimica que eu....lol

txtexa de pais....andei eu a derreter as pestanas pos exames nacionais...e agora temos esta situaçao...fogo!! >:(

o meu obrigado ao governo de portugal...por me abrir os olhos k este pais nao vale uma m*rda......e me inspirar a sair daki para fora...obrigado mesmo...... >:( ;)

abraço a todos ;)

Offline keliinha

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 830
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #40 em: Novembro 25, 2007, 21:45:30 »
Caros colegas:

Estou cada vez mais certa que estamos num país onde se previligia a mediocridade e o facilitismo, e esta lei n é mais do que uma prova disso. Acho esta medida absurda, mas este tipo de medidas já vÊm sendo habito com estes nossos governantes. Qualquer dia ha enfermeiros, médicos, professores com apenas a 4ª classe e um curso superiol..isto é de tolos..só me dá vontade de rir ou de fugir deste planeta de mediocres e incompetentes!!

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #41 em: Novembro 25, 2007, 21:55:49 »
Olá,

Não me parece de todo descabido que uma pessoa que tenha apetência pela área, os pressupostos teóricos e vontade possa ingressar no curso.

Aliás esta é a minha forma ideal de se recrutar pessoal para estas áreas. Gente com abertura intelectual suficiente (com secundário completo) que queira mesmo enveredar por esta opção profissional.

Maiores ou menores de 23 anos, precisamos de quem goste disto. Qual é o problrma afinal? É que eu não estou muito por dentro disto.

Abraço.

Offline BbEeLlIiNnHhAa

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 185
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #42 em: Novembro 25, 2007, 22:48:26 »
Não percebo o pk de tanta admiração por colegas nossos trabalharem como auxiliares.... a verdade é k isso´ja era mt facil de se prever, ou n?  ??? e embora também não me agrade muito a ideia e muito menos agrade todas as consequencias de que disso advem, a verdade é k é tao ou mais louvável trabalhar como auxiliar do que ficar em casa a concorrer pa concursos que vao sendo lançados a espera que algo aconteça....  :-

Offline Francisco Matos

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 21
    • Ver Perfil
    • http://mestredafoto.hi5.com
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #43 em: Janeiro 16, 2008, 19:19:51 »
Sinceramente, não percebo a vossa admiração.

É uma situação que existe à bastante tempo (Ex- Exame Ad-Hoc).

Devem pensar que entra toda a gente.... Enfim. Existe um número muito pequeno de vagas para o ingresso pelo regime > 23 anos, pelo que só quem revela maiores conhecimentos é aceite.

Além de que, se realmente não têm capacidades, como dizem alguns por aqui, como é que esses colegas terminam o curso?

Enfim, cheira-me a "luta de interesses" e "medo de perder o tacho" que me entristece...

E não, não entrei pelo regime Ad-Hoc nem > 23

Entrei por via normal (12º ano)

Mas sinceramente não percebo a vossa discriminação...

Uma pessoa não tem direito de progredir intelectualmente? Não é só na escola que se aprende amigos...

Cumprimentos,

Francisco Matos
quot;Procurai deixar o mundo um pouco melhor do que quando o encontraste." - Baden-Powell

Francisco Ivan de Castro Matos

Offline charlie_ze

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: "Lei dos Maiores de 23 anos"
« Responder #44 em: Janeiro 17, 2008, 00:30:09 »
Em ultima análise, depois de entrarem no curso não lhe deve ser dado nenhum regime especial, deve amargar com a dificuldade igual à dos outros estudantes.