Forumenfermagem

Autor Tópico: Enfermagem Veterinária  (Lida 14442 vezes)

Offline Darth_Vader

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 252
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #15 em: Outubro 15, 2006, 03:22:03 »
Pelo menos dos animais recebemos mais reconhecimento do que dos humanos.
Eu concordo com o curso, apesar de as razões pela qual ele foi criado (pelo menos as aqui apresentadas), não poderiam estar mais desajustadas (isto para não chamar mentecaptas às pessoas que tiveram essas ideias) :evil:  :evil:  :evil:
E quais é que são os requisitos para um curso desses?
Homem, na tentativa de tentar provar que não é um macaco, reforça a ideia que é um burro

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #16 em: Outubro 15, 2006, 16:44:41 »
muito sinceramente penso que ninguem vai comparar enfermagem veterinária com a nossa enfermagem.
Uma trata de animais e outra de seres humanos
Nunca vi esta discussão por causa de Médico e Médico veterinário
Mas pronto...

Offline Thor

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #17 em: Outubro 15, 2006, 19:16:22 »
Venho aqui ao forum, estilo penetra, lol para dar o meu comentário.
Sou estudante de medicina veterinária e a primeira vez que tive conhecimento do curso foi ainda antes de ele ser criado devido á polémica do nome que surgiu na comunidade de enfermagem e a opinião da ordem dos enfermeiros.
Sinceramente acho que a preocupação com a colocação da palavra  "enfermagem" no nome do curso é desnecessária. Qual é o problema?Só por estar implicito na palavra enfermagem que os cuidados é ao ser humano, isso vai ser em algum ponto diminutivo do campo de actuação dos enfermeiros "humanos"?Ou vai de alguma forma estragar a vossa imagem? Não me parece...se não da mesma forma como o enfsergio disse medicina veterinaria seria a irmã "negra" da medicina, situação que nunca aconteceu.
Sinceramente em relação ao curso até nem acho necessário a sua existencia.É verdade que por um lado toda a formação dada aos auxiliares de veterinaria era feita pelo médico e agora esse trabalho vai ser poupado e até melhorado com o curso.
Felizmente a OMV transmitiu a ideia tanto para os cursos de medicina veterinaria como os de enf. vet. e não andam ai a nascer cursos como cogumelos.
Mas acho que os campos de actuação das duas enfermagens são diferentes.Nenhuma tem que se preocupar com a rivalidade da outra pois têm campos de actuação distintos.
 :wink:

Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #18 em: Outubro 15, 2006, 22:12:06 »
"Nunca vi esta discussão por causa de Médico e Médico veterinário "

É simples. Com os médicos não exioste indefinição de conteúdos funcionais, além dos mais são profissionais 100% autónomos (não estão dependentes funcionalmente de outros), logo o problema reside no retrocesso que o nome enfermagem veterinária acarreta. É que esses ditos "enfermeiros" serão meros auxiliares! Eu concordaria com "técnicos auxiliares de veterinária"!

Offline Gisele

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 4
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #19 em: Novembro 12, 2006, 01:09:03 »
Sinceramente acho o nome inteiramente descabido... Que falta de imaginação...

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #20 em: Novembro 26, 2006, 15:47:06 »
Confesso que este tema me deixa confusa. Se tenho ideias muito definidas em relação a determinados assuntos, com franqueza, este é um daqueles em que me tenho socorrido das informações que vão sendo colocadas neste fórum.

Se os médicos veterinários são chamados de veterinários ( e talvez por isso a OM não faça " ondas"), já os enfermeiros veterinários vão ser designados como?

Neste momento, em face àquilo que aqui tem sido exposto, penso que a nossa OE deveria pressionar no sentido da mudança de designação dessa profissão, pois colide com aquilo que nós procuramos nestes tempos conturbados de grandes mudanças na procura de identidade da Enfermagem.

Offline Thor

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Enfermagem Veterinária
« Responder #21 em: Dezembro 05, 2006, 04:47:12 »
Lol, os médicos veterinários são chamados de veterinários por comodismo.Assim como os médicos dentistas são chamados dentistas...ou será que a OM faria ondas se fossem os dentistas chamados de médicos dentistas? :roll: Tanta vez que já ouvi...tenho que levar a cadela ao médico... :lol:
Quer seja estudante de medicina dentária, veterinária ou humana saem todos da faculdade com uma licenciatura em medicina direcionada (falando concretamente para dentária e veterinária) para a respectivas áreas de actuação.Não é por ai que se pega.
Mas compreendo que seja um precalço para uma profissão que está a procura de identidade mas pôr problemas como "o nome que as pessoas vão chamar ao profissional" não acho argumento para mudar de nome. É muito mais compreensivel explicar o que fez a OE, ou seja, enfermagem é uma palavra em que cuidados a humanos está implicito.É mais coerente. :wink:

Offline Fernando Leite

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
    • http://www.tdtonline.org/forum e www.tdtonline.org/portal
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #22 em: Janeiro 10, 2008, 23:01:43 »
Boas !

Mas a Ordem dos Enfermeiros não reconhece este curso de enfermagem veterinária ?

A julgar por este plano de estudos da Instituo politécnico de Viseu o curso não tem nada a ver com a enfermagem clássica.

http://www.esav.ipv.pt/plano_ev.htm

É antes pelo contrario bem direccionada para esta area com abordagem a algumas cadeiras da med veterinaria claro que com um grau muito mais superficial...

Offline susy4

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 123
    • Ver Perfil
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #23 em: Janeiro 10, 2008, 23:29:25 »
Já fizeram google a enfermagem veterinária????? Não imaginava que aparecesse o numero de links que apareceu...Tinha a ideia que a enfermagem veterinária estava enraizada em Inglaterra, mas por cá não era muito falado.
Existe um programa de animais ( ingles) na SicMulheres que mostra as actividades exercidas: primeiros socorros, suturas, assistencia em bloco, recobro, adm. de medicação - incluido soroterapia,  e outras... mas realmente não dá para perceber qual o papel desse "enfermeiro" perante o veterinário e a população em geral...

Offline susy4

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 123
    • Ver Perfil
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #24 em: Janeiro 10, 2008, 23:33:00 »
desculpem mas encontrei isto num site:
"As pessoas antes de criticarem devem conhecer-nos"

H. C. e A. P. são duas das 18 finalistas do curso de Enfermagem Veterinária. Naturais de Portalegre, as jovens já se encontram a trabalhar na clínica Clilegre, local onde realizaram, durante quatro meses, o estágio curricular e onde acabaram por ficar a trabalhar. A partir do segundo ano do curso e também aos fins-de-semana as jovens passaram a frequentar a clínica, porque "o curso tinha pouca prática e a clínica acabou por ser uma grande ajuda", porque "tudo que sabemos aprendemos na clínica", revela H. C.. Aqui são várias as funções que desempenham, nomeadamente acompanhamento dos internados, auxílio do médico veterinário nas cirurgias e nas consultas, monotorização do animal relativamente à anestesia, recepção de clientes, gestão de stocks, diagnóstico, bioquímica, raio x e trabalho de campo, entre muitas outras. Para além do horário laboral, as enfermeiras veterinárias têm também um serviço de urgências, podendo ser chamadas a qualquer altura.
Para L. B., médica veterinária da clínica Clilegre, a monotorização da anestesia, os cuidados aos internados e o auxílio de diagnóstico eram as áreas nas quais as enfermeiras veterinárias "faziam muita falta". "Não conseguimos ter outra pessoa que faça o que elas fazem", acrescenta.

Offline Fernando Leite

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
    • http://www.tdtonline.org/forum e www.tdtonline.org/portal
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #25 em: Janeiro 10, 2008, 23:48:42 »
O curso parece ser interessante. Penso que isto foi pegar naqueles individuos que sempre ajudaram o veterinário e agora dar-lhes um curso superior na area.

O problema é que estes licenciados vão andar à rasca para arranjar emprego, ou então vão ganhar salários baixos como devem ganhar os aux de vet.

Offline Remeronimation

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 104
    • Ver Perfil
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #26 em: Janeiro 11, 2008, 00:17:03 »
Muito sinceramente, não vejo qual é o drama, embora perceba que o termos ENFERMAGEM tenha sido desfazado da realidade.
Simplesmente não é um assunto pela qual a Enfermagem deva gastar energia: os seus problemas são outros.
Pelo contrário: já vi vários alunos a ponderar Enfermagem entre os dois cursos, e isso fá-los ver a Enfermagem com outros olhos, como algo melhor, como algo com mais autonomia e valorização.
Ao escolher o curso, eu senti e vivi isto. Garanto-vos.
Como há o Médico e o Médico Veterinário, agora também há o Enfermeiro e Enfermeiro Veterinário: as essências são outras, não há cá confusões, penso eu, e não passam só por uma tratar animais e outra pessoas...
Devemos, pelo contrário, ser inteligentes e aproveitar a existência deste curso para haver uma comparação com a nossa prática, algo que até agora só existia em relação aos médicos, o que é triste.
Não concordo MESMO NADA com o que foi dito aqui, na medida em que:
- Os médicos não são profissionais 100% autónomos. Dependem, em larga escala, de nós, das administrações, do próprio doente, etc. Verdade ou mentira?! Não é o Médico no céu e o Enfermeiro na Terra, este tipo de comparações deveriam ser evitadas por nós, a meu ver, porque associam a Enfermagem como uma contin5ação inferior da medicina.
-Estes profissionais não são mais reconhecidos do que nós, pelo contrário. A empregabilidade, ainda por cima, é perto da nula...
-Vejo este curso como um sinal dos tempos primordial para a nossa enfermagem: é um sinal de que a nossa actuação é reconhecida em algo, cada vez mais, ao ponto de serem criados variações muito distintas em outros campos.
-Acho muito sinceramente que o Enfermeiro perde muito por, em vez de lutar pelas suas causas, lamentar-se única e exclusivamente. Os lamentos e partilha de frustrações e anseios são primordiais. Contudo, de nada valhem sem, em cada dia, mudarmos um pouco a nossa atitude que por vezes é um, pouco descabida em relação aos que cuidamos (muitas vezes sem empatia nem simpatia) e de que exigimos reconhecimento e valorização! Se queremos mudar o pensamento dos outros, temos que mudar as nossas atitudes e comportamentos. O nosso exemplo diário é a arma mais poderosa, e contudo é a que mais nos prejudica porque não a sabemos usar!

As pessoas sabem diferenciar a Medicina Dentária humana da Veterinária e da Humana Geral. Todos sabemos, e as nossas lutas, mais uma vez, são outras.
Esta é a minha opinião, que vale tanto como o que a define...

Beijos e abraços respectivos, e conto convosco.

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #27 em: Janeiro 24, 2009, 00:10:00 »
A Ordem dos Enfermeiros, deve supervisar este curso, para depois os "Licenciados" serem obrigados a pagar cotas como os outros enfermeiros, para poderem exercer.

Offline mrp

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 54
    • Ver Perfil
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #28 em: Janeiro 24, 2009, 13:20:17 »
ola a todos estive aqui a ler algumas opinioes...só quero deixar algumas palavras. escolhi Enfermagem de corpo e alma e assim a pratico no meu dia a dia. o ambiente da Medicina Veterinaria é-me bastante familiar, pela proximidade destes excelentes profissionais no meu quotidiano e pelo contacto com o mundo animal, as suas necessidades e as expecativas de quem cuida deles, pricipalmente os seus donos. perante isto tudo tenho so a dizer que enfemagem veterinária é uma completa aberração, nao querendo com isto desprestigiar a vida e integridade do animais, uma vez que eles merecem todos os cuidados do ser humano seja afectivos, tecnicos etc

Offline narinurse

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Re: Enfermagem Veterinária
« Responder #29 em: Abril 29, 2009, 16:35:58 »
Pois é, parece que todos passamos pela fase do "choque" quando ouvimos pela primeira vez os dois termos associados: ENFERMAGEM VETERINÁRIA.
Depois exigimo-nos alguma reflexão antes de reagir. Foi exactamente assim que se passou comigo... e, digo-vos muito sinceramente - Não havia necessidade! A utilização do termo ENFERMAGEM, exigia uma reflexão e pareceres daqueles que até então têm lutado pela dignificação do conceito! Uma questão de respeito... porque a luta não tem sido fácil, porque houve conquistas que "custaram" muito aos enfermeiros ao longo de muitos anos e,...
Não quero com estas minhas palavras dizer que que me sinto minorizada porque o termo passa a ser associado, também àqueles que CUIDAM dos animais, mas... se lermos atentamente os objectivos do Curso de Licenciatura em Enfermagem Veterinária (por exemplo da Escola Superior Agrária de Elvas), encontramos lá os "erros" pelos quais nos temos debatido ao longo de tantos anos, na luta pela dignificação da profissão.
Agora em que ficamos: O que é a enfermagem? O que sigifica cuidar?... Podemos até chegar à conclusão de que cuidar a Pessoa é o mesmo que cuidar o Animal (...) mas,... ERA PRECISO TER EXISTIDO REFLEXÃO... e isso não me chegou aos ouvidos que tenha acontecido.
Por outro lado é importante que tenhamos em conta o conceito de identidade profissional.
Para mim, um dia depois de ter descoberto que existia um curso de Enfermagem VETERINÁRIA, sinto que a enfermagem ficou mais pobre... não pelos bons profisionais que este curso vai colocar ao serviço dos animais, mas porque existiu uma história da enfermagem que não foi (na altura de se denominar um curso) RESPEITADA!
Um abraço e saudações a todos os enfermeiros veterinários,... tenham por certeza que aquilo que acabo de escrever nada tem a ver convosco nem com o que serão enquanto profissionais (pois serão os mesmos, independentemente do prefixo que anteceder o vosso nome no mercado de trabalho!).
Ana Rita Batalha