Forumenfermagem

Autor Tópico: Imigração em França ( Enfermeiros)  (Lida 26954 vezes)

Offline liliana_marina

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #15 em: Novembro 26, 2010, 15:19:11 »
alguém já teve a experiencia, ou tem conhecimento de alguem que tenha sido recrutado através da rede Eures.
Gostava de obter algum feedbak

Offline jotix

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 146
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #16 em: Novembro 29, 2010, 00:08:17 »
Muito sinceramente, acho que a Interim Nation, não deve ser apedrejada. É uma empresa honesta, que trabalha com gente honesta, e que acaba por ser uma excelente forma de alguém se instalar na França.

A Interim Nation encarrega-se de toda os papéis para a instalação em França, inclusivé informam as coisas que devem ser feitas para se estar a trabalhar em França.

Além disso, encarregam-se com os aspectos relacionados com o trabalho, alojamento e despesas inerentes ao mesmo.

Imaginam o valor que isso tem? Para mim isso tem muito!

É verdade que, eu, que estou em França à mais de um ano, reconheço que tratar dos papéis, do alojamento e trabalho é normalmente muito simples. Mas para quem não fala muito bem o francês e não conhece a França, estes últimos aspectos, são a meu ver, cruciais!

É bem verdade que a Interim Nation ganha dinheiro com todo este processo (bastante dinheiro, penso eu). Mas meus caros colegas, isto é válido para qualquer empresa de trabalho temporário. Seja ela Assisteo, Kely Santé, ou outro qualquer nome que tenha. É tudo copy paste.

O ordenado de um Enfermeiro, no serviço Público em França, em inicio de carreira, ronda os 1400-1500€/ mês. Sou sincero, não me parece apreciável, para o custo de vida em França. E com uma diferença: se em Portugal recebe-se o ordenado a dobrar no Natal e férias, aqui em França em algumas Instituições dão o ordenado a dobrar só no Natal (mas não é obrigatório por lei), e depois os Impostos Francês retiram-nos um mês de Ordenado. Portanto, façam contas ao ordenado real mensal e comparem com o Português e respectivo custo de vida.

Felizmente para nós, existe imensa carência de Enfermeiros. É horrível! Há falta de Enfermeiros por todo o lado!

E como existem faltas de Enfermeiros por todo o lado, existem empresas de trabalho temporário, que tem no seu ficheiro uma lista de Enfermeiros e que os enviam para um lado e outro. Ou seja, um hospital que tem falta de um Enfermeiro num serviço, faz uma chamada para uma qualquer empresa dita Interim e pede um Enfermeiro para tal dia, tal serviço e tal horário.

É obvio que isso sai muito caro ao hospital. É um sempre um circulo vicioso. Uma parte dos Enfermeiros trabalham unicamente em regime de Interim, porque assim são melhores pagos e tem quase sempre trabalho.

Voltando ao assunto da Interim Nation, novamente repito que não vejo nada de errado. Muito pelo contrário, só boas coisas tenho para falar da Interim Nation. Ah, e não sou pago para dizer isto... pois já nem trabalho com a Interim Nation. Mas que foi o meu avião de descolagem em França, isso foi... e estou-lhes agradecido.

(Penso que a pessoa que fala em nome da Interim Nation, não sabe escrever Português)

Se estiverem interessados em vir para França, não hesitem em falar comigo.
Enfermeiro em França

Offline lipa_27

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #17 em: Dezembro 27, 2010, 15:11:34 »
Alguém conhece a empresa de recrutamento seleuropa? Alguém foi pra frança com esta empresa?

Offline vlmp20

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 4
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #18 em: Fevereiro 19, 2011, 23:06:00 »
ao ler este topico percebi que afinal não foi so comigo que as coisas correram mal com a IN...
e se a empresa realmente fizesse tudo dentro da legalidade não iria ceder quando para resolver algumas questões são pressionados com um advogado... eu estava com dificuldades que ja tinha partilhado com a empresa e ninguém quis saber, no momento em que disse que ou resolviam ou passariam a falar com o meu advogado e não comigo resolveram aquilo que até então e segundo as palavras deles "não era da competência deles"...
e ja agora, a pessoa que tem escrito aqui não fala português???
pois, a pessoa portuguesa que existia desapareceu na altura em que eu fui para frança através desta empresa...
e sim é estranho não saber falar nem escrever português mas conseguir compreender tudo o que foi dito e vir com uma defesa que sinceramente não convence ninguem... até porque se o colega FD chegou a um domingo e provocou transtornos À empresa, o colega não tem qualquer culpa neste aspecto dado que a IN faz toda a gestão da viagem...
por isso se a chegada a um domingo era problema deviam ter planeado as coisas de outra forma...
a IN foi a minha primeira e unica experiência fora do país... e depois do que passei com esta empresa... sinceramente não me agrada a ideia de ter que sair do meu país...
prefiro trabalhar numa caixa de supermercado se assim tiver que ser do que passar por outra experiência como a que tive com a IN...

Offline susana_21

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 27
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #19 em: Março 09, 2011, 19:50:48 »
Venho aqui contar-vos um pouco da experiencia que tive com a interim nation medical em Paris.
Como muitos outros colegas, não conseguia emprego em Portugal e como me tinham dito bem da interim, decidi arriscar ir para frança por esta empresa.
Ao inicio (ainda em Portugal) é tudo muito bonito, cheio de floreados e promessas, o que depois não se vem a verificar.
Começaram logo com mentiras no momento de assinar contrato, não me deram escolhas, tive que ir para onde eles quiseram, com um contrato de 1 mes e uma semana! Achei estranho, mas nunca me foi dito que iria substituir uma colega portuguesa que se tinha vindo embora...
Disseram-me que no fim deste contrato, eu iria escolher onde queria ir trabalhar, mais uma mentira, porque afinal, já me queriam enviar para mardelha no fim do contrato.
Em portugal foi-me dito que iria ter um studio todo equipado, com tv, net, roupa de cama, louça e que so precisava de levar toalhas. Qual foi a minha desilusao quando la xeguei e nao tinha nada, apenas uma cama sem roupa, um lava-loiça sem nenhum tipo de loiça, um wc, que cada vez que la entrava me dava nauseas, com o cheiro a mofo e paredes cheias de humidade. E a tv?? pois nunca a vi...
Por diversas vezes, pedi que me arranjassem algumas destas coisas mas nunca me ajudaram em nada, prometiam sempre para o dia seguinte, mas nunca me aparecia nada! Muito, muito triste!
Não tinha familia em frança, não conhecia ninguem, a minha sorte foi conhecer uma colega portuguesa que trabalhava comigo que me emprestou tudo! A quem muito agradeço...
Depois outro problema foi o alojamento, 4 dias antes de acabar o meu contrato, acabava a minha reserva para estar na residencial, mas eu não sabia de nada, só me foi dito na vespera. Ou seja, ainda tinha contrato a cumprir e não tinha onde ficar! Além do mais, o meu contrato tinha sido prolongado por mais um mes e iria trabalhar no mesmo local.
A verdade é que fiquei mais 2 dias neste studio (após a reserva ter terminado) porque os senhores da interim não me arranjavam alojamento. Cheguei ao ponto de vir um senhor da residencial mandar-me sair porque nao podia estar lá! Muito humilhante e também desesperante!
Depois disto a interim, arranjou-me alojamento que ficava a 1h30 de comboio + metro do meu local de trabalho. Fiquei a morar num bairro de árabes, horrivel, sem nada! Em que por vezes ouvia tiros e onde me chegaram a cuspir na rua...
Mas ainda não acabava aqui, neste mesmo local ainda tive que mudar de quarto outra vez, porque a minha reserva acabava de novo! Inacreditavel! Mas acham que foi a interim que me informou?? Não! Foi o senhor da portaria que me informou que tinha de sair!
Por fim, na ultima semana ainda mudei de alojamente deste bairro para o hotel da instituiçao em que trabalhava, a pedido dos meus chefes da instituiçao, para que tivesse algum descanso.
Por muitas vezes, enviei emails à interim a pedir ajuda ou informaçoes e muitas das vezes nao obtive resposta, o que para mim é revoltante.
No final de tudo, a interim ainda me acusou, por email, de nunca ter ido aos escritorios deles. Que vontade tinha eu de ver esta gente??? Eu só queria que eles me desaparecem da minha vista...
A interim, como qualquer outra empresa de contratação explora os enfermeiros que contrata, e muito!!
O meu conselho, é que se pensarem ir trabalhar para França, pensei muito bem, e nunca devem ir completamente sozinhos como eu fui, sem ter lá familia, nem amigos!
Existe muita falta de enfermeiros em França, mas tentem fazer contrato directamente com as instituiçoes e fujam da interim nation medical.
Eu tive em Paris, e sei de muitos casos em que a interim fez muita asneira! Se para algumas pessoas foram uma boa empresa de contratação, para mim e muitos outros foram desumanos, desonestos e uns grande mentirosos!
Na fase em que estamos, o que está a dar é ir para fora, mas não caiam no desespero de agarrar as aldrabices da interim...
E conto-vos isto, para não sofrerem como sofri...
Enquanto o fogo arder e o meu coração bater...

Offline liliana_marina

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #20 em: Março 10, 2011, 09:20:12 »
Colega,
 penso que faz bem deixar aqui o seu testemunho..pelo menos para abrirmos os olhos. Como diz, eles prometem mundos e fundos..mas no fundo, o que eles querem é ganhar o deles..Claro que nem todas as empresas são iguais.
Mas é um alerta, é preciso estudar muito bem as propostas, e tentar ter algum feedback de colegas ou familiares que estejam na França..pois muitas vezes somos e vamos iludidos..
Lamento o que lhe tenho acontecido, acredito que tenha sido uma frustação enorme..

temos que procurar, lutar e vencer..bon courage

Offline maria.fr

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 93
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #21 em: Março 10, 2011, 17:30:39 »
kuku ma cherie

é verdade que passaste um bom mau bocado nestas terras, aquilo que podia ter sido uma boa experiencia, tornou-se um pouco o teu pesadelo, mas tiveste quem olhasse por ti e isso foi o mais importante, ha sempre que ver o lado positivo da coisa. o pouco tempo que ca estiveste foi remarcavel e o pessoal continua a perguntar por ti e o nosso amigo F a cantar SuzAnnaaaaa, lol. podes crer que fazes mta falta ca, axo k isto nunca esteve tao mal, a equipa esta completa mas nao tem sido nada facil com as novas.
desejo-te a maior sorte do mundo e ja sabes que podes ca voltar quando quiseres, as portas estao abertas.

bisous

Offline piquena

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 77
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #22 em: Março 24, 2011, 17:50:52 »
Ao ler isto tudo fico com muito medo de ir para frança. A vontade de abandonar portugal é enorme, mas passar o que as colegas passaram é de mais.
Talvéz a melhor forma seja ir de forma independente, mas não sei como iniciar o processo.
Os colegas que estão fora o que acham?


Saudações

Offline paula_leiria

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #23 em: Março 28, 2011, 11:33:37 »
Olá a todos

Pretendo ir trabalhar em França mas após várias leituras de tópicos aqui no forum, fiquei cheia de dúvidas em relação aos documentos  que tenho de levar, sei que preciso da declaração da ordem dos enfermeiros e do meu diploma ambos traduzidos para francês mas autenticados por quem?

Sei que preciso também do BI, claro.

Por vezes dizem que é importante também a certidão de nascimento pedida na conservatória onde nasci, o certificado onde conste as unidades curriculares que tive durante o curso e o cartão de vacinas mas outras vezes não.

Por isso gostava de perguntar aos colegas que foram trabalhar para França quais os documentos que levaram.

Obrigada
Paula

Offline vlmp20

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 4
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #24 em: Março 28, 2011, 20:29:09 »
o diploma e o papel da ordem devem ter uma tradição antenticada, isto é, ao levar a um local para traduzir, o tradutor escreve um documento em que se identifica e diz o seu número de tradutor... isto é uma tradução autenticada.
os documentos que eu necessitei foram os seguintes:
- Bilhete de Identidade
- Diploma da Licenciatura
- Tradução autenticada do diploma da Licenciatura (podera ser feita na Alliance Francaise)
- Atestação de Conformidade Directivas Europeias (pedir na O.Enfermeiros)
- Tradução autenticada da Atestação de Conformidade
- Certidão de Nascimento Internacional (Registocivil);

boa sorte colega

Offline paula_leiria

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #25 em: Março 29, 2011, 22:07:04 »
Obrigada colega vlmp20...

Vou precisar de muita sorte mesmo

Offline maria.fr

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 93
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #26 em: Abril 01, 2011, 09:19:36 »
Citação de: paula_leiria
Por vezes dizem que é importante também a certidão de nascimento pedida na conservatória onde nasci, o certificado onde conste as unidades curriculares que tive durante o curso e o cartão de vacinas mas outras vezes não.

Colega
Quanto ao certificado das unidades curriculares,nunca me foi pedido. O diploma da licenciatura convém ser mesmo o original para evitar problemas quando for registar o teu diploma aqui.
Pode e deve levar também o boletim de vacinas, pode não lhe ser exigido se for por uma agência interim mas pode ser exigido mais tarde quando tiver de passar por uma visita medical se for trabalhar directamente para uma instituição. Convém te-lo sempre à mão...

bon courage!!

Offline RafaelaCP

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #27 em: Abril 14, 2011, 19:45:51 »
Boa Tarde, Caros Colegas!

 Porque a nossa situação em Portugal atingiu este ponto que todos conhecemos também estou a pensar sair do país, por isso gostava de vos perguntar se conhecem a empresa de recrutamento GH Medical e o que pensam acerca do seu trabalho.

Obrigada pela partilha!

Offline Mafaldita

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #28 em: Abril 14, 2011, 22:22:25 »
Boa Noite, Colegas!

Colega RafaelaCP, infelizmente não sei muito sobre esta empresa, pois também gostava de ter mais informações.

Espero que alguém partilhe essa informação connosco.

Obrigada!

Offline danielaest

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 155
    • Ver Perfil
Re: Imigração em França ( Enfermeiros)
« Responder #29 em: Abril 15, 2011, 10:45:47 »
Realmente fica dificil saber em quem confiar. Tratam as pessoas como lixo.