Autor Tópico: Experiência Profissional vs Recém Licenciados  (Lida 10225 vezes)

Offline S.Rocha

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 115
    • Ver Perfil
Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« em: Setembro 29, 2010, 13:05:39 »
Sem dúvida alguma, a experiência profissional é importante, no entanto, esta só é possível alcançar trabalhando como profissional, dado que os estágios durante a Licenciatura não são valorizados como tal,

Com isto como é possível recém-licenciados concorrem em determinados concursos, ofertas de emprego com profissionais que já acarretam anos de experiência?

Offline Esquiloatento

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 91
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #1 em: Setembro 29, 2010, 14:01:42 »
É fácil. Da mesma maneira que quem tem experiência não pode concorrer aos concursos que têm critérios para recém-licenciados. É a lei da procura e oferta do mercado de trabalho injusto.

Offline Carina_ESEP

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 34
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #2 em: Setembro 29, 2010, 14:42:30 »
eu não sei como é que é possível não valorizarem os estágios quando todos sabemos que muitas vezes, após integração, assumimos a totalidade dos cuidados de forma autónoma e responsável, principalmente no estágio de integração à vida profissional que são seis meses de estágio.
E o que é que fazemos quando vamos trabalhar?? -->após integração, assumimos a totalidade dos cuidados de forma autónoma e responsável...normalmente assinando um contrato de seis meses...<--

Continuo a esforçar-me para perceber...

Offline ekuskrash

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #3 em: Setembro 29, 2010, 15:15:43 »
Ora aí está o cerne da questão. Os estágios deviam de ser contabilizados para mais do que notas.
É certo que (segundo dizem) após estagiar no Hospital X mais tarde ao concorrer para esse hospital teremos alguma vantagem em relação a outros candidatos.
Porém o que se passa é que estamos a ser utilizados como mão de obra barata (grátis?) e em situações que infelizmente são problemáticas para a Enfermagem. Falo de uma situação em que está a classe de Enfermagem em greve e num serviço de medicina fica um Enfermeiro e 6 estagiários de 2º ano a aguentar com o serviço enquanto o governo vem reinvindicar que os serviços continuaram a funcionar na sua normalidade.

Offline Blue bird

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 879
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #4 em: Setembro 29, 2010, 17:19:37 »
Pois mas em dias de greve os alunos não deveriam estar no serviço... isso aconteceu-me num dos meus estágios e a minha tutora disse para não irmos ao estágio nesses dias.

Offline ekuskrash

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #5 em: Setembro 29, 2010, 18:21:47 »
Mas quando dizem à escola que ou os alunos estagiam ou para o ano não há campo de estágio não há muito que as escolas possam fazer...

Offline Liana

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 30
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #6 em: Setembro 29, 2010, 18:52:20 »
Supervisionar ou orientar alunos não é um serviço minimo... essa situação é ilegal.

Teriamos todos experiencia profissional sim... mas temos que enfrentar a realidade, somos demasiados, não ha lugar para todos...

Offline eshkimo

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 73
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #7 em: Setembro 29, 2010, 19:40:55 »
De facto existem muitos concursos para recem-licenciados... Modelo, Continente, Worten, e mesmo assim não é facil....

Já agora e como ja defendi noutros tópicos, os estágios são experiência profissional... Quem de vós não fez, durante um estágio,  trabalho do enfermeiro, assumiu práticas e responsabilidades que não era suposto??? Não me venham com ****** os orientadores sentem orgulho em puder castrar futuros colegas e outros futuros colegas têm muito gosto em passar turnos com o cu alapado enquanto o escragiário faz o trabalho dele.....

 :-X
Best job in the World... just the wrong country...

Offline J.Anjos

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 55
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #8 em: Setembro 29, 2010, 20:02:48 »
Eu pergunto com que direito um Enfermeiro critica um Recém-Licenciado por "entrar pela porta do cavalo" num Serviço, quando o mesmo entrou pela dita "porta"!?

Offline frias_svp

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 44
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #9 em: Setembro 30, 2010, 00:00:55 »
Citação de: Liana
Supervisionar ou orientar alunos não é um serviço minimo... essa situação é ilegal.

Teriamos todos experiencia profissional sim... mas temos que enfrentar a realidade, somos demasiados, não ha lugar para todos...

Lugar para todos até há e existem alguns estudos que provam que o nº de Enfermeiros nos serviços em alguns casos é bastante inferior ao necessário. O problema acrescido nestes últimos anos é a famosa crise e os PEC´s.

Quanto ao tópico sem dúvida que é dificil um recém licenciado arranjar trabalho e que quase sempre é valorizada um Enfermeiro que já tenha alguma Experiência Profissional.

Cumps

Offline Seringa

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #10 em: Setembro 30, 2010, 01:01:05 »
Desculpem os recem licenciados... Mas como é possivel a experiencia profissional nao ter relevancia? E mesmo que os estagios fossem considerados experiencia profissional, ja pensaram que mesmo assim quem tem experiencia teria mais que os recem licenciados? ou acham que tambem nao realizaram estágios durante a sua formação? É lógico que os recém licenciados necessitam de começar a exercer, mas isso nao pode ser justificação para serem valorizados em relação aos enfermeiros com experiência. O importante é de uma vez por todas dar contratos estaveis, para que não tenhamos que andar sempre a concorrer a todos os concursos; é importante dotar os serviços com os enfermeiros que realmente necessitam; e é importante valorizarmo-nos e de uma vez por todas começarmos a "mandar" alguma coisa neste nosso país.

Offline BanIA

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 197
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #11 em: Setembro 30, 2010, 01:03:05 »
quando eu pensei ser quase impossivel arranjar emprego, consegui... é necessário começar por baixo. Encontro-me numa UCCI, preferia um hospital, claro, mas o  importante é termos a oportunidade. Não digo qualquer oportunidade, porque temos de reconhecer o nosso valor (tive conhecimento de uma clinica que não aceita enfermeiros que se tenham submetido a receber pouco à hora ou ate mesmo sem receber, noutras instituiçoes, e concordo plenamente com isso).
é claro que não é facil mas temos de tentar e não perder a esperança.
Por isso a todos os recém-licenciados digo sempre, tentem em lares e principalmente UCCI's porque de momento é onde ainda vamos conseguindo e um dia talvez teremos o nosso lugar ao sol;)
Boa sorte*
Vânia*

Offline eshkimo

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 73
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #12 em: Setembro 30, 2010, 01:46:58 »
Os recem-licenciados não têm experiência porque não nos deixam... os concursos aparecem e quem tem experiência fica com os lugares, alguns trabalham em 3 ou 4 sitios diferentes só por terem experiência e querem ganhar este mundo e aquele.... Depois ouvem coisas do tipo, enquanto estão do outro lado da porta à espera para falar com o director de um lar ou ucci: "Fod***, outra vez esse gajo. Não sabe fazer um ca****o e ainda vem para aqui pedir... Olá boa tarde como está, sabe é dificil..." sim porque procuramos 3, 4, 5, 6 x no mesmo sitio somos chatos se for 1 vez não está muito interessado se há lugar não temos experiência, se temos experiência não é suficiente... Se têm gosto pela profissão que escolheram o melhor que têm a fazer é partir para onde somos valorizados e deixar este país onde os nossos só não nos espetam a faca nas costas se não puderem...

VIVA PORTUGAL...

E agora com as novas politicas de austeridade... não penso duas vezes, é malas e andamento...
Best job in the World... just the wrong country...

Offline ekuskrash

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #13 em: Setembro 30, 2010, 09:16:54 »
Caro Seringa
Não estamos aqui a dizer que a experiencia profissional não é de valorizar. Agora o facto é que como é possível adquirir 2 anos de experiencia com os PEC's que por aí andam?
A experiencia é para ser valorizada! Mas temos de ter em conta que há que dar oportunidades de a adquirir.

Quanto ao não haver lugar para todos discordo. Há lugar que chegue! Passou-se num dos estágios que realizei. Numa equipa de enfermagem foi reduzido no turno da manha o numero de enfermeiras de 3 para 2 e de auxiliares de 2 para 1. Passado algum tempo a equipa começou a insurgir-se pois era uma situação insustentável. Resolução para este problema:
- Ligar para uma universidade. Na semana seguinte estavam mais 6 estagiários no serviço, perfazendo um total de 11 estagiários, 2 enfermeiros e 1 auxiliar.

Offline S.Rocha

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 115
    • Ver Perfil
Re: Experiência Profissional vs Recém Licenciados
« Responder #14 em: Setembro 30, 2010, 14:14:37 »
Enunciaram neste tópico que "é a lei da procura e oferta do mercado de trabalho injusto." Uma clara injustiça esta que assola sob os recém-licenciados!

Quem tem o seu cargo, quem a ele está acomodado fácil falar, pois não passaram pelas dificuldades que agora são reais e ainda aquelas que se avizinham!

Lembrem-se que também foram recém-licenciados e, num concurso onde se valoriza a experiência profissional concorrer com recém-licenciados, algo que não existe é igualdade de critérios! Eu quero experiência profissional, mas para tal quero e desejo trabalhar!

Um outro ponto que gostaria de salientar é o facto de num serviço, os próprios profissionais enunciarem - "há falta de enfermeiros", no entanto, durante os turnos "fazem das tripas coração" e registam o que fazem mas também , o que não fazem! Poucos, são aqueles que escrevem nos registos, "não foi possível executar por falta de recursos humanos", isto é possível e com isto estão a dignificar a profissão e a lutar por ela, por isso não estranhem que chegue um gestor e justifique com dados claros e inequívocos! Se X enfermeiros realizam o necessário, não há necessidade de contratar mais,

 :-