Votação

Já fui alvo de violência fisica e/ou verbal no local de trabalho?

Sim
29 (78.4%)
Não
8 (21.6%)

Votos totais: 37

Votação encerrada: Junho 21, 2006, 17:54:57

Autor Tópico: Violência contra Profissionais de Saúde  (Lida 7343 vezes)

Offline nunotavares

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 700
    • Ver Perfil
    • http://www.enfermeiro-de-anestesia.blogspot.com
Violência contra Profissionais de Saúde
« em: Junho 21, 2006, 17:54:57 »
"O sistema de registo on-line dos episódios de violência contra profissionais de saúde no local de trabalho integra o sítio na internet da Direcção-Geral da Saúde dedicado ao Observatório da Violência Contra os Profissionais de Saúde no Local de Trabalho (Circular Informativa Nº 15/DSPCS de 07/04/2006) e os dados serão anónimos.

O sistema de registo procederá à recolha de dois tipos de informação:
- Uma de cariz mais geral, breve com uma caracterização mínima do episódio de violência para efeitos de monitorização da evolução do problema;
- Outra de cariz complementar da primeira, com mais detalhe, para uma melhor caracterização da situação.

Relativamente à informação de caracterização geral o sistema de registo aborda os seguintes aspectos:
- data do registo;
- caracterização de quem procede ao registo (vítima de violência, testemunha do episódio de violência, pessoa que teve conhecimento do episódio de violência mas que não foi testemunha do mesmo);
- caracterização da instituição onde decorreu o episódio de violência (hospital, centro de saúde, lar, serviço central ou outra; pública ou não pública);
- caracterização da vítima do episódio de violência (sexo, grupo etário, grupo profissional, situação de vínculo laboral à instituição em que decorreu o episódio de violência);
- caracterização do tipo de violência ocorrido.

No tocante à informação de maior detalhe os aspectos mencionados são:
- caracterização adicional do episódio de violência (local, dia da semana e hora):
- caracterização do agressor (sexo, grupo etário, caracterização sócio-profissional);
- consequências do episódio de violência para a vítima de violência e para a instituição onde trabalha;
- medidas tomadas para apoiar a vítima na sequência do episódio de violência em referência;
- consequências para a instituição do episódio de violência e medidas tomadas pela instituição para fazer face a este episódio de violência;
- grau de satisfação com o modo como o episódio foi lidado;
- opinião sobre se o tipo de violência referido é ou não habitual na instituição em que ocorreu."


O formulário está sito no website da Direcção Geral de Saúde em:

http://www.dgs.pt/default.aspx?cn=62556 ... AAAAAAAAAA

Abraço,

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #1 em: Junho 22, 2006, 12:42:51 »
Bom Tópico!

Este é uma dos assuntos que mais preocupa os enfermeiros em países como os Estados Unidos e na Inglaterra, e basta dar uma olhadela pelos fóruns de discussão internacionais... Em Portugal pouco se tem discutido acerca deste assunto.

Nunca fui vítima de violência por parte de utentes, mas já fui por parte de outro profissional de saúde... Por razões eticas e de sigilo profissionais não posso revelar pormenores do caso... Mas gostaria de saber se alguém já sofreu este tipo de violência e como reagiu e que medidas tomou. Após algumas diligências, eu participei por escrito a descrição do inscidente ao Conselho de Administração da instituição onde trabalho.


Abraço!

Offline Summer

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 45
    • Ver Perfil
Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #2 em: Junho 23, 2006, 20:28:03 »
Este é um assunto complicado e, para vários profissionais bastante sensível.
Como já disse noutro post, pratico enfermagem fora de Portugal, daí somente poder relatar a realidade aqui vivida. Existe sim, violência aos profissionais de saúde. Eu própria já sofri uma agressão física e várias verbais. Penso que verbalmente as agressões serão ainda em maior número que fisicamente.
Como se procede? Muito facilmente: é preenchido um formulário com a ocorrência, é feito um relatório pelos intervenientes e, dependendo da situação, são tomadas as medidas necessárias de acompanhamento ao profissional de saúde e ao doente, se necessário.
No meu caso, o doente era um doente com demência, o que, fez com que a situação fosse muito diferente. O senhor não era normalmente agressivo fisicamente mas nesse dia, devido a mudança de medicação demonstrou uma agressividade fora do normal. Como não me afectou psicologicamente não houve necessidade de ir falar com ninguém sobre o assunto. O "incidente" foi registrado e entregue à direcção com o devido relatório feito por mim e pela colega que estava presente.
No caso da agressão verbal, a história foi um pouco diferente, o doente é um doente psiquiátrico, que recebe apoio domiciliário em casa e, que, está bastante consciente dos seus actos. Depois de várias agressões verbais a mim e a outros colegas, todas registadas, os cuidados de sáude foram parados porque não mais era possível a sua continuação. Tudo isto obedece a regras e parâmetros. Além disso o doente passou a ser acompanhado numa instituição. Todos nós tivemos a possibilidade de também ser acompanhados por um profissional , se achassemos necessário.

Não sei como se processam em Portugal estas situações, mas pelo que acima li, parece que se quer iniciar um registo. Mas... somente isso?

Summer
"Tomorrow is always fresh, with no mistakes on it."

Offline clarad

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 44
    • Ver Perfil
Violência sobre profissionais
« Responder #3 em: Janeiro 16, 2008, 21:39:20 »
Caros colegas

No serviço em que trabalho assisto e vivencio na primeira pessoa situações de agressão verbal e fisica face aos diferentes grupos profissionais. Gostaria de saber se outros colegas já passaram por situações do genero e se a Instituição em que trabalham/trabalhavam foi eficaz em resolver as situações e proteger os profissionais. Quais as consequências para os utentes?

Offline Álvaro Matos

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 442
    • Ver Perfil
Re: Violência sobre profissionais
« Responder #4 em: Janeiro 16, 2008, 22:11:39 »
Em toda a minha vida já assisti a várias agressões ,mais verbais ,mas também a algumas fisicas.
Há cerca de quatro anos atrás fui agredido pr um utente. A instituição fez queixa ao Ministério Público e o caso acabou em tribunal. Como o individuo já tinha cadastro e foi julgado a revelia e como tinha outros processos "acumulou "e tempos depois sei que cumpriu pena de prisão.

Offline clarad

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 44
    • Ver Perfil
Re: Violência sobre profissionais
« Responder #5 em: Janeiro 16, 2008, 22:38:17 »
Já agora o utente pode continuar a frequentar a institução de saúde?

Offline Álvaro Matos

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 442
    • Ver Perfil
Re: Violência sobre profissionais
« Responder #6 em: Janeiro 16, 2008, 23:03:38 »
É evidente que pode.
Os casos que conheço todos continuaram a recorrer à instituíção.

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: Violência sobre profissionais
« Responder #7 em: Janeiro 16, 2008, 23:10:24 »
Olá,

Se bem me lembro, há um tópico mais antigo que discute estas problemáticas, cada vez mais pertinentes e actuais.

Não conheço a política dos administradores do fórum em relação à repetição de tópicos, nem se Têm prazo de caducidade, mas isso já aqui foi discutido. Foi uma discussão muito elucidativa. Caso os tópicos tenham prazo de caducidade, acho bem retomar um tópico tão pertinente no nosso exercício diário.

Abraço.

Offline João Sousa

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 4
    • Ver Perfil
Re: Violência sobre profissionais
« Responder #8 em: Janeiro 17, 2008, 22:52:36 »
No caso particular que vivenciei toda a equipa de enfermagem foi alvo de ameaças e injurias o que torna muito complicado manter a prestação de cuidados ao utente...Talvez sob o risco de incorrer numa ilegalidade e violação da ética profissional pretendo recusar-me a prestar cuidados a esse individuo...
São questões emocionais que não têm uma resolução fácil, porque nos afectam na nossa dignidade enquanto profissional mas também enquanto ser humano!

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
Re: Violência sobre profissionais
« Responder #9 em: Janeiro 18, 2008, 07:53:16 »
8)

Sem qualquer fundamento legal, apenas exprimindo a minha opinião pessoal,

Acho que o profissional deveria poder alegar algo como objecção de consciencia para não cuidar desse tipo de doente, e poder recusar a prestar cuidados a quem o injuriasse, ou agredisse...

e quando não houvessem enfermeiros que não se recusassem a cuidar desse doente... que fosse transferido... para casa... se está bem pra agredir (conscientemente)... também está bem para ir para casa...


Saudações

Offline jinkxy

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 176
    • Ver Perfil
Re: Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #10 em: Agosto 06, 2008, 16:07:33 »
bem...
ja fui agredida por uma familiar de um utente (verbalmente e não fisicamente por que a impediram a tempo)...
com testemunhas e tudo. o proprio agente autoridade assistiu...
e não aconteceu NADA!!!!!!!!!!!

é inadmissivel. suportamente iria ser chamada para depor... a 10 meses atras...

a ordem não mostra interesse em sequer ficar com o registo da ocorrencia... é uma vergonha...

Offline Karev

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 51
    • Ver Perfil
Re: Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #11 em: Agosto 06, 2008, 18:17:58 »
Agressão física não... Mas já andou lá perto!!

Mas já me deparei com agressões verbais. Não muitas... Felizmente!!

Os melhores cumpriementos

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #12 em: Agosto 08, 2008, 10:07:15 »
Deviamos tb ter um Livro de Reclamações para registar as ofensas e mal tratos a que somos sujeitos no nosso local de trabalho!

Os doentes tem direitos, mas por vezes (e cada vez mais) esquecem que também tem DEVERES a cumprir!

A publicidade que passam nos média é  incompleta. Informam que todos temos direitos, e ainda bem que estajamos cientes dos mesmos, mas os Deveres não tem o mesmo enfase de destaque!
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #13 em: Agosto 08, 2008, 16:42:11 »
Agressões  verbais algumas...de doentes desorientados ou de familiares mais exaltados...

físicas...só tentativas...mas dos doentes em abstinência alcoólica...e não foram assim muitas...

Offline IC

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 119
    • Ver Perfil
Re: Violência contra Profissionais de Saúde
« Responder #14 em: Agosto 08, 2008, 16:52:48 »
Só verbais... Mas uma delas quase q me fazia perder o controlo dos esfíncteres... Foi uma senhora cigana (e respectivo acampamento) que não aceitou q a sua filha q recorreu ao serviço por tosse tinha q esperar pela sua vez!!! Valeu a força dos colegas q pelos vistos já conheciam a senhora... Mas vi a coisa mal parada ;D