Forumenfermagem

Autor Tópico: Suporte e atendimento ao cliente na área da saúde (m/f) - Lisboa  (Lida 2182 vezes)

Offline aNdR3

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1636
    • Ver Perfil
Suporte e atendimento ao cliente na área da saúde (m/f) - Lisboa

Zona: Lisboa    
Empresa: Kelly Services
Categoria: Saúde / Medicina / Enfermagem    
Tipo:    Tempo Inteiro
Referencia:   #973944    
Data: 5-5-2010


Anúncio:

O nosso cliente, uma empresa multinacional do ramo da saúde, de acordo com a sua estratégia de expansão pretende reforçar a sua equipa, com um profissional que irá assumir a área de apoio ao cliente.

Descrição:

O profissional a seleccionar terá como principais responsabilidades o suporte à área comercial no serviço de apoio ao cliente, pré e pós-venda, no esclarecimento de duvidas e/ou divulgação dos produtos da empresa.

Requisitos:

- Formação em Enfermagem ou na área da Saúde (preferencial);

- 2 a 4 anos de experiencia em Serviço ao Cliente na área da saúde

- Fortes capacidades de comunicação e serviço ao cliente

- Bons conhecimentos de informática

- Bons conhecimentos de Inglês

- Capacidade de organização

- Espírito de equipa

Esta é uma excelente oportunidade para integrar uma equipa jovem e em franco crescimento. Oferecem-se óptimas condições de remuneração e horário flexível.

Se esta função vai ao encontro das suas expectativas profissionais, envie-nos o seu CV actualizado.


Link:
http://www.net-empregos.com/detalhe_anuncio_livre.asp?REF=973944#ixzz0n8ZJMe3a


NOTA: Resposta ao anúncio na própria página do mesmo na NetEmpregos.
[size=80]Quem atribui à crise os seus fracassos e penurias, violenta o seu próprio talento e respeita mais os problemas do que as soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a negligência para encontrar as saídas e as soluções. Sem crise não há desafios, sem desafios a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há méritos. É na crise que surge o melhor de cada um, porque sem crise todo o vento é uma carícia. Falar da crise é promove-la e calar-se na crise é exaltar o conformismo. Em vez disto, trabalhemos duro, acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar por superá-la.

Não pretendamos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo.
[/size]