Autor Tópico: Quinze mil idosos à espera de um lar  (Lida 1369 vezes)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Quinze mil idosos à espera de um lar
« em: Janeiro 05, 2010, 21:28:01 »
Em Portugal, cerca de 15 mil idosos estão à espera de encontrar uma vaga num lar. A estimativa é do Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade. As IPSS dizem que não têm capacidade para acolher mais gente nos lares.

Para o padre Lino Maia, a resposta pode ser apenas encontrada nos privados, mas é uma solução tão cara que não está ao alcance da maioria destes utentes. Muitos destes idosos tem uma reforma mínima ou o rendimento de inserção, o restante é comparticipado pelos lares da segurança social que gastam em media 900 euros por mês, sobretudo em alimentação e cuidados médicos.

Em tempo de férias a procura ainda é maior e nem em épocas festivas, como o Natal, algumas famílias chegam mais perto dos pais e dos avós. Uma ausência de solidariedade que leva muitos idosos à falta de cuidados básicos de saúde, alimentação, deslocação, à solidão e muitas vezes ao desespero como o suicídio.

Apesar do programa da rede de equipamentos sociais ter aumentado o numero de lugares disponíveis com a abertura de novos lares, muita gente continua à mercê, de um vizinho mais generoso, sem sequer estar inscrito, numa instituição que o possa ajudar a viver o resto da vida com dignidade.


in: http://www.tvi24.iol.pt/sociedade-nacio ... -4555.html

Offline casopica

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 27
    • Ver Perfil
Re: Quinze mil idosos à espera de um lar
« Responder #1 em: Janeiro 06, 2010, 20:15:42 »
É a nossa realidade e ainda bem que a comunicação social serve para divulga-la. Acho que é um passo importante para o despertar de consciencia da população. Espero é que não se caia numa rede de abrir lares, IPSS e outras instituições (muitas vezes com a finalidade apenas lucrativa) e se esqueçam que estamos a lidar com pessoas, no final do ciclo vital e que tem direito à dignidade.