Autor Tópico: "Quando vamos quebrar o ciclo vicioso? " Boa pergunta.  (Lida 687 vezes)

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
"Quando vamos quebrar o ciclo vicioso? " Boa pergunta.
« em: Outubro 15, 2009, 11:58:08 »
Por RitaBarros

Citar
" Quando vamos quebrar o ciclo vicioso? " Boa pergunta.

Provavelmente quando quisermos e abrirmos realmente os olhos para a situação muitas vezes degradante das condições de trabalho dos Enfermeiros nos hospitais, nos internamentos, nos serviços de urgência, nas unidades de cuidados intensivos.
Estamos a ser violentados na nossa humanidade, capacidade de resistência, na nossa saúde física e mental. Gostamos de ser enfermeiros, mas somos acometidos por uma fobia , embora temporária , que faz descrer a Enfermagem Portuguesa em si própria.
Os hospitais qualquer que seja a modalidade de gestão só vêm números e esquecem as pessoas que prestam cuidados de enfermagem, sujeitos a todos os riscos inerentes a esta actividade profissional.

A quem recorrer quando reduzem o número de enfermeiros por  turnos?
Quando os enfermeiros por força das necessidades dos utentes/doentes se esquecem até de alimentarem o corpinho porque não há tempo para uma refeição condigna?
Quando definham no corpo e na alma por se sentirem explorados, amedrontados, perseguidos, assediados, sobrecarregados.
Quando deixam de poder prestar a totalidade dos cuidados planeados porque o tempo não pára, e não chega ...
Quando abdicam dos seus direitos porque se esquecem deles ou porque não os conhecem..
A quem recorrer? Qual será a responta?

Não é com discursos derrotistas e negativos que conquistamos o direito à indignação e à revolta. É com acção.

A OE tem vérios orgãos aos quais se pode recorrer e que obrigatoriamente têm de decidir:

Compete ao conselho de enfermagem:

f) Definir os padrões de cuidados de enfermagem, a
propor ao conselho directivo;

2 — Apoiam o funcionamento do conselho de enfermagem a comissão de certificação de competências, a comissão de qualidade dos cuidados de enfermagem ...

Compete ao conselho de enfermagem regional:
b) Zelar pela observância dos padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem e pela qualidade do exercício
profissional dos enfermeiros;c) Estimular a implementação de sistemas de melhoria contínua da qualidade do exercício profissional dos enfermeiros;
d) Acompanhar o exercício profissional ...

Como é que a Ordem dos Enfermeiros tem de actuar?
-Ouvindo os Enfermeiros;e não apenas as direcções de enfermagem e as administrações a soldo de um
-Analisando as queixas dos Enfermeiros em tempo útil;
-utilizando os instrumentos de análise facultados pelo Sistema de Classificação de Doentes-SCD e procurando junto de instâncias próprias os dados resultantes desses registos.
-Analisando as condições do exercício profissional
-Fazer cruzamento de informação
-Intervindo ,sem diplomacia se for preciso.

Esqueci-me provavelmente de algum pormenor, mas são algumas ideias..

Quanto ao Enfermeiros têm de denunciar às secções regionais :
-as ilegalidades que podem pôr em causa a qualidade dos cuidados, a segurança dos profissionais e dos doentes ,
-o retorno a condições de trabalho inumanas
-tudo  que possa servir para análise cruzada com o sistema de classificação de doentes. Afinal, quantas horas/mês de cuidados de enfermagem são necessárias , para um determinado tipo de doentes?
-Quantas horas/mês de cuidados de enfermagem são efectivamente prestadas?
- Qual a taxa de ocupação dos serviços
-qual o número de doentes efectivamente internados
-Quais as consequências directas da "descapitalização" das equipas de enfermagem
-Que padrões de qualidade?

Coragem Colegas, o e-mail servirá para alguma coisa?
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)