Autor Tópico: UP nos hospitais?  (Lida 5056 vezes)

Offline acaty

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 35
    • Ver Perfil
UP nos hospitais?
« em: Outubro 07, 2009, 20:23:00 »
Boas, sou enfermeira numa UCC, para que não sabe um utente quando piora o seu estado e não exitem condições de o tratar no local é transferido, normalmente a vaga é reservada...
Para meu espanto muitos dos meus utentes quande regressão tem UP e algumas já confibrina em menos de uma semana, axam isto norma? Onde estão os cuidados de conforto? Muito trabalho, para mim n é desculpa... A enfermagem anda a baldar-se, o utente n é só a patologia, e o resto?
Fico mesmo triste com o estado em que levamos as coisas, neste momento a enfermagem mostra que só as técnicas importam e o resto que se aprende no curso?! devemos esquecer???

Desculpem o desabafo :(
Ana (",)

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #1 em: Outubro 10, 2009, 13:16:51 »

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: UP nos hospitais?
« Responder #2 em: Outubro 11, 2009, 03:13:49 »
Antes de culpar a Enfermagem Acaty, procure saber porque é que isso acontece... diz que muito trabalho não é desculpa... pois quanto a mim é... Procure indagar junto das administrações dessas instituições porque é que isso acontece... é a eles que devem ser atribuídas as culpas...

Offline acaty

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 35
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #3 em: Outubro 13, 2009, 15:00:54 »
Para mim a culpa é mesmo de enfermagem, mas n digo que sejam todos, com é claro...
Mas eu trab com deontes dependentes temos trab até dizer chega e conseguimos posicionar os utentes, só que como sabe existem colegas, que n querem fazer nada, e por vezes, com já vi, mandam os auxiliares, contudo muitos deles não tem formação, logo....
Agora n é só por pouco enfermeiros que existem a formação de ulceras... muitos nossos colegas preferm estar no seu gabinete, a fazer alguma coisa, n tampem o sol com a peneira, porque se somos responsáveis para umas coisas, temos que ser responsáveis por outras, erros são erros acontecem mas negligência???
Por favor ,não é só um utente, são muitos a acontecer isto!!!
E depois n são os enfermeiros que padecem de dores horriveis são ele, os utentes que por vezes nem se conseguem exprimir...tenham pena deles e não de nós!!!!
Ana (",)

Offline buraca

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 36
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #4 em: Março 31, 2010, 16:45:50 »
Também trabalho numa ucc e de facto qd um utente é enviado para o Hospital, quando regressa traz UP.... e nós que  na ucc nos matamos de trabalho...mas pelo menos isso nao acontece.... pq actuamos na prevenção de forma vincada

Offline Ely

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 71
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #5 em: Março 31, 2010, 18:16:17 »
Eu trabalho em dois lares e sinto exactamento a mesma coisa que as colegas, pois sempre que um utente idoso dependente é internado, quando volta vem com UP. Apesar de eu estar em part-time nos lares, não tenho nenhum idoso com UP, mas isto não é por caso, eu dou formação as auxiliares para tal não acontecer e estou sempre a alarta-las quando vejo que os posicionamentos não são feitos. A prevenção deve estar sempre presente e alguns colegas dos hospitais esquecem esse promenor. Infelizmente para os nossos utentes!!!
"Um dia a lágrima disse ao sorriso: invejo-te porque vives sempre feliz. O sorriso respondeu: enganas-te, pois muitas vezes sou apenas o disfarce da tua dor"       Fernando Pessoa

Offline artur

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 54
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #6 em: Abril 06, 2010, 23:29:33 »
Eu trabalho num Centro de Saúde e também já trabalhei num lar e por isso sou completamente insuspeito naquilo que vou escrever.
Antes de partirmos para a crítica (como também eu já fiz), temos que pensar no seguinte: A pessoa em questão foi internada no hospital porquê? A sua situação de saúde será que se deteriorou? Será que essa situação influiu de uma forma negativa nos restantes sistemas orgânicos?

Certamente que concordam que num quadro de saúde complicado, é  dificil para os colegas do hospital manter, entre outras coisas, a integridade cutânea dos seus utentes acamados...

Offline acaty

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 35
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #7 em: Abril 17, 2010, 20:01:39 »
Caro colega concordo plenamente no que diz sobre o estado do doente...tenho doente internados que devido ao seu estado é muito difícil prevenir as UP, contudo a maioria dos doente a que me refiro não tiveram um problem tão grave assim para virem no estado que vem, até que a maioria das vezes as UP são cicatrizadas... não digo que podemos evitar todas, mas uma grande parte podemos!!!! Até que alguns doentes me referem que muitas vezes não tem apoio... e digo consciente imaginem que não consegue comunicar...
Acho que falta mais cuidado...
Ana (",)

Offline paulo_ramos

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 100
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #8 em: Abril 18, 2010, 15:15:58 »
E os doentes que saem do hospital sem UP e regressam das ucc com elas??

Tenham cuidado com esse tipo de afirmações num forum que é visto pela população em geral.

Será que uma UP só se forma por défice de cuidados de enfermagem??

Cada um de nós trabalha numa determinada realidade e têm determinadas experiências, que não pode ser generalizada certo!?

Abraço

Paulo

Offline sergiojorge

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 116
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #9 em: Julho 25, 2010, 20:30:37 »
Citação de: buraca
Também trabalho numa ucc e de facto qd um utente é enviado para o Hospital, quando regressa traz UP.... e nós que  na ucc nos matamos de trabalho...mas pelo menos isso nao acontece.... pq actuamos na prevenção de forma vincada

Trabalho em CC num Centro de Saúde em Lisboa. É frequente os familiares levarem para o hospital os colchões de pressão alternada que têm em casa, para evitar que sirvam o prato do dia aos seus familiares.

Offline ENFRL

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 53
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #10 em: Julho 25, 2010, 23:42:48 »
Citação de: paulo_ramos
E os doentes que saem do hospital sem UP e regressam das ucc com elas??

Tenham cuidado com esse tipo de afirmações num forum que é visto pela população em geral.

Será que uma UP só se forma por défice de cuidados de enfermagem??

Cada um de nós trabalha numa determinada realidade e têm determinadas experiências, que não pode ser generalizada certo!?

Abraço

Paulo

Colega concordo totalmente consigo.
Trabalho em meio hospitalar, já vi muitas vezes sair doentes do meu serviço para uma UCC e regressar passada uma semana, por motivos diversos e à chegada estar com ulceras de pressão de grau IV.
Para que os colegas saibam, no meio hospitalar também se usam ferramentas para a prevenção de UP por exemplo escala de Braden e etc...
Não vamos generalizar todos sabemos que existem diversos factores que levam ao aparecimento de UP.
Conheço um caso de um familiar de uma pessoa do hospital que teve de ser retirada da UCC por estar a receber péssimos cuidados agora está internada no hospital e bem melhor por sinal
Cumprimentos

Offline Esquiloatento

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 91
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #11 em: Julho 30, 2010, 09:51:45 »
Eu creio que esta problemática se prende com diversos factores, entre os quais os já referidos de deteriorização do estado geral, mas a maior parte os utentes onde adquirem UP é nas urgencias hospitalares onde esperam em macas, sem condições horas a fio, sem a qualidade de cuidados necessárias. Eu não digo que os utentes não sejam posicionados, eu diria que o posicionamento não é vigiado por não existirem as condições necessárias para tal.

Offline Vitor Barbosa

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 229
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #12 em: Outubro 27, 2010, 20:38:10 »
Colega acaty,

Trabalho numa Medicina. Vou a um lar em regime de prestação de serviços umas 20 a 30 horas/mês. Em tempos trabalhei num internamento de retaguarda que recebia doentes do hospital de agudos e tinha doentes sub-agudos que por vezes eram transferidos para o hospital de agudos quando agravavam.

Digamos que conheço um bocado os 2 lados da questão. Tal como outros colegas, após 10 anos de experiência, começa a ter uma posição menos extremista. Não servindo de justificação para tudo, tente pensar que muitos doentes que estão em hospitais de agudos passam por fases complicadas (imagine um doente com septicemia, com anasarca e com fragilidade cutânea) sendo muito complicado prevenir sempre a formação de UP.

Na nossa instituição temos analisado trimestralmente a taxa de incidência de UP e, apesar dos resultados ainda terem muita margem para melhorar, o valor global da instituição é razoável. Concretamente no meu serviço, a taxa tem mesmo de baixar. O problema é que actualmente temos um rácio mais baixo que em tempos e nem sempre conseguimos fazer o que outrora fazíamos em matéria de prevenção de UP. Há turnos em que a sobrecarga é tanta que é humanamente impossível. Cheguei a ter tardes de não conseguir garantir sequer 2 posicionamentos a todos os doentes (imagine ter 12 a 14 doentes em fase aguda, cada enfermeiro). Tivemos que identificar os doentes com maior risco de UP e eram esses que tinham um 2º posicionamento.

Agora as coisas melhoraram ligeiramente após uma redução provisória do número de vagas do serviço.

Offline alleinade

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 52
    • Ver Perfil
Re: UP nos hospitais?
« Responder #13 em: Dezembro 23, 2010, 03:21:44 »
Boa noite,

As UP provocam no doente dor, infecção, geram no doente um sentimento de humilhação, aumentam o período de hospitalização e são responsáveis por um grande consumo de cuidados e recursos.

As UP podem ser prevenidas na maior parte dos casos, podendo a sua formação ser considerada negligência e haver repercussões (já existem casos de processos nos EUA).
 
Custo total do tratamento de UMA UP :600 euros.

Sem dúvida que é nos agudos que aumenta a taxa de incidência de UP( alteração do estado geral, infecção, desnutrição, imobilização...),mas sabemos também que nem sempre são tomadas as medidas de prevenção.

O que aconselho a colega acaty a fazer, se continua a verificar o que descreve, é de enviar uma carta a direcção do hospital a explicar a situação e perguntar se existe um protocolo de prevenção de UP no hospital, a principio pode gerar muito "barulho" nos serviços visados mas no final são obrigados a procurar quais são as causas do problema.

E já agora para os colegas que trabalham nos agudos gostava de saber se utilizam uma escala de avaliação de risco de UP a entrada de cada doente e todas as semanas como e recomendado.Se não fazem, também não fazem prevenção de UP.

Em cuidados continuados ( cuidados de longa duração) é recomendado a entrada, 1 vez por mês e aquando  uma alteração do estado geral do doente.


 

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: UP nos hospitais?
« Responder #14 em: Fevereiro 11, 2011, 11:29:32 »
Can pressure ulcers be prevented by using different support surfaces?

Pressure ulcers (also called bed sores) are ulcers on the skin caused by pressure or rubbing at the weight-bearing, bony points of immobilised people (such as hips, heels and elbows). Different pressure relieving surfaces (e.g. beds, mattresses, mattress overlays and cushions) are used to cushion vulnerable parts of the body and distribute the surface pressure more evenly. The review found that people lying on ordinary foam mattresses are more likely to get pressure ulcers than those on higher specification foam mattresses. Rigorous research comparing different support surfaces is needed
.

http://www2.cochrane.org/reviews/en/ab001735.html