Autor Tópico: Uma questão? Será possivel ......  (Lida 1702 vezes)

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Uma questão? Será possivel ......
« em: Junho 29, 2009, 22:33:14 »
O SCD é um instrumento que a OE "aprova".
No entanto, a realidade diz que grande numero de serviços estão com os racios aquém das necessidades.

Será possivel pedir á OE um parecer se o racio de enfermagem é apropriado para o numero de horas do SCD de determinado serviço?
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline Blue bird

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 879
    • Ver Perfil
Re: Uma questão? Será possivel ......
« Responder #1 em: Junho 30, 2009, 11:50:34 »
Uma questão muito pertinente...

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
Re: Uma questão? Será possivel ......
« Responder #2 em: Julho 01, 2009, 10:13:16 »
Sim é sempre possível pedir à OE qualquer pedido de esclarecimento sobre as condições de trabalho dos enfermeiros, embora as respostas demorem algum tempo eles lá vão respondendo mas nem sempre as resposta efectiva que desejamos venha com clareza de modo que as coisas possam ser modificadas se for o caso. Tb. o IGIF devia ter uma resposta a dar. As questões devem ser muito bem fundamentadas.

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Uma questão? Será possivel ......
« Responder #3 em: Julho 06, 2009, 13:39:37 »
Aos colegas que trabalham em Internamento com o SCD, porquê não fazer isto e pedir á OE este parecer?
A OE terá que se prenunciar.
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Uma questão? Será possivel ......
« Responder #4 em: Julho 22, 2009, 19:31:56 »
O problema é que isto é mais um caso de pescadinha com o rabo na boca.
A OE pode até pronunciar-se sobre essa matéria.
A pergunta é: que efeitos terá isso na prática?
Mais: os enfermeiros que diariamente aceitam trabalhar nessas condições (em muitos casos sob pena de perderem o seu emprego) também estão a pactuar com essa situação.
Resumindo: estamos a ser vítimas de nós próprios!

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Uma questão? Será possivel ......
« Responder #5 em: Outubro 13, 2009, 22:53:12 »
Citação de: Herodes
O problema é que isto é mais um caso de pescadinha com o rabo na boca.
A OE pode até pronunciar-se sobre essa matéria.
A pergunta é: que efeitos terá isso na prática?
Mais: os enfermeiros que diariamente aceitam trabalhar nessas condições (em muitos casos sob pena de perderem o seu emprego) também estão a pactuar com essa situação.
Resumindo: estamos a ser vítimas de nós próprios!

Quando vamos quebrar o ciclo vicioso?
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline ritabarros

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 188
    • Ver Perfil
Re: Uma questão? Será possivel ......
« Responder #6 em: Outubro 14, 2009, 00:57:12 »
" Quando vamos quebrar o ciclo vicioso? " Boa pergunta.

Provavelmente quando quisermos e abrirmos realmente os olhos para a situação muitas vezes degradante das condições de trabalho dos Enfermeiros nos hospitais, nos internamentos, nos serviços de urgência, nas unidades de cuidados intensivos.
Estamos a ser violentados na nossa humanidade, capacidade de resistência, na nossa saúde física e mental. Gostamos de ser enfermeiros, mas somos acometidos por uma fobia , embora temporária , que faz descrer a Enfermagem Portuguesa em si própria.
Os hospitais qualquer que seja a modalidade de gestão só vêm números e esquecem as pessoas que prestam cuidados de enfermagem, sujeitos a todos os riscos inerentes a esta actividade profissional.

A quem recorrer quando reduzem o número de enfermeiros por  turnos?
Quando os enfermeiros por força das necessidades dos utentes/doentes se esquecem até de alimentarem o corpinho porque não há tempo para uma refeição condigna?
Quando definham no corpo e na alma por se sentirem explorados, amedrontados, perseguidos, assediados, sobrecarregados.
Quando deixam de poder prestar a totalidade dos cuidados planeados porque o tempo não pára, e não chega ...
Quando abdicam dos seus direitos porque se esquecem deles ou porque não os conhecem..
A quem recorrer? Qual será a responta?

Não é com discursos derrotistas e negativos que conquistamos o direito à indignação e à revolta. É com acção.

A OE tem vérios orgãos aos quais se pode recorrer e que obrigatoriamente têm de decidir:

Compete ao conselho de enfermagem:

f) Definir os padrões de cuidados de enfermagem, a
propor ao conselho directivo;

2 — Apoiam o funcionamento do conselho de enfermagem a comissão de certificação de competências, a comissão de qualidade dos cuidados de enfermagem ...

Compete ao conselho de enfermagem regional:
b) Zelar pela observância dos padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem e pela qualidade do exercício
profissional dos enfermeiros;
c) Estimular a implementação de sistemas de melhoria contínua da qualidade do exercício profissional dos enfermeiros;
d) Acompanhar o exercício profissional ...

Como é que a Ordem dos Enfermeiros tem de actuar?
-Ouvindo os Enfermeiros;e não apenas as direcções de enfermagem e as administrações a soldo de um
-Analisando as queixas dos Enfermeiros em tempo útil;
-utilizando os instrumentos de análise facultados pelo Sistema de Classificação de Doentes-SCD e procurando junto de instâncias próprias os dados resultantes desses registos.
-Analisando as condições do exercício profissional
-Fazer cruzamento de informação
-Intervindo ,sem diplomacia se for preciso.

Esqueci-me provavelmente de algum pormenor, mas são algumas ideias..

Quanto ao Enfermeiros têm de denunciar às secções regionais :
-as ilegalidades que podem pôr em causa a qualidade dos cuidados, a segurança dos profissionais e dos doentes ,
-o retorno a condições de trabalho inumanas
-tudo  que possa servir para análise cruzada com o sistema de classificação de doentes. Afinal, quantas horas/mês de cuidados de enfermagem são necessárias , para um determinado tipo de doentes?
-Quantas horas/mês de cuidados de enfermagem são efectivamente prestadas?
- Qual a taxa de ocupação dos serviços
-qual o número de doentes efectivamente internados
-Quais as consequências directas da "descapitalização" das equipas de enfermagem
-Que padrões de qualidade?

Coragem Colegas, o e-mail servirá para alguma coisa?