Autor Tópico: Tabela para "medir" a evolução das feridas...  (Lida 8061 vezes)

Offline PCBV

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 69
    • Ver Perfil
Tabela para "medir" a evolução das feridas...
« em: Fevereiro 07, 2009, 18:08:24 »
Olá pessoal e boa tarde! Gostaria de saber se alguém sabe de existência de alguma tabela de avaliação de evolução de feridas em pessoas no domicilio, para enfermeiras nos cuidados domiciliários?! Talvez alguém já tenha desenvolvido alguma para uma melhor observação de evolução das mesmas ou mesmo algum trabalho de investigação no assunto?! Desde já o meu obrigada. Bjs  ;)

Offline Ely

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 71
    • Ver Perfil
Re: Tabela para "medir" a evolução das feridas...
« Responder #1 em: Fevereiro 08, 2009, 14:39:22 »
Colega no portal do GAIF (www.gaif.net) pode encontrar algumas tabelas e escalas para avaliação de feridas. Não sei se é o que procura, mas podem sempre adaptar ao que pretende.
"Um dia a lágrima disse ao sorriso: invejo-te porque vives sempre feliz. O sorriso respondeu: enganas-te, pois muitas vezes sou apenas o disfarce da tua dor"       Fernando Pessoa

Offline x0321267

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 24
    • Ver Perfil
Re: Tabela para "medir" a evolução das feridas...
« Responder #2 em: Março 06, 2009, 22:02:32 »
A escala mais simples chama-se PUSH-PT

Offline Lunatorres

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 4
    • Ver Perfil
Re: Tabela para "medir" a evolução das feridas...
« Responder #3 em: Abril 17, 2009, 16:51:51 »
Bom Dia, Sou enfermeira de Familia  e aqui costumamos usar varias tecnicas de mensuração e avaliação da evolução das ulceras. Uma das mais simples descrevo abaixo e espero que possa lhe auxiliar...Tambem costumo fotografar para acompanhar a evolução junto ao cliente (utente) e
tenho agradaveis resultados com esta técnica...

Técnica de Mensuração da Área Lesada por Decalque
- proceder à limpeza da ferida conforme técnica de soro em jato;
- colocar parte interna com acetato ( parte transparente da embalagem das coberturas) sobre
a lesão;
- desenhar o contorno da ferida com caneta retroprojetor;
- traçar uma linha horizontal e uma linha vertical unindo os pontos mais extremos do
desenho, formando um ângulo de 90° entre as linhas;
- anotar medidas das linhas em cm , no impresso de evolução para comparações posteriores
multiplicar uma medida pela outra para se obter a área em cm².
Ressalvas:
- Na presença de duas ou mais feridas, separadas por pele íntegra de até 2 cm, deve-se
considerar como lesão única. Fazer a mensuração das feridas, calcular a área lesada e somá-la;
- Durante o processo cicatricial com a formação de ilha de epitelização, que divide a ferida em
várias, deve-se considerar na horizontal a medida da maior ferida e, na vertical, somar a
medida de todas as feridas. Calcular a área posteriormente, considerando apenas uma lesão.

Offline Danoninha

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 134
    • Ver Perfil
Re: Tabela para "medir" a evolução das feridas...
« Responder #4 em: Abril 25, 2009, 23:00:53 »
Potencial adaptação da escala de Braden, de acordo com a situação de domicílio... ???
Danoninha TM

Offline Parreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 211
    • Ver Perfil
Re: Tabela para "medir" a evolução das feridas...
« Responder #5 em: Maio 23, 2009, 18:26:43 »
Atenção que a escala de Braden não mede a evolução da cicatrização de feridas, o que ela mede ou avalia é o risco de um doente acamado vir a desenvolver ulceras de pressão e mediante o resultado obtido tomar medidas de prevenção para evitar que estas apareçam, nomeadamente a frequencia de posicionamento dos doentes, o material de prevenção a usar nomeadamente colchoes anti escaras, etc.