Autor Tópico: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"  (Lida 15217 vezes)

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #15 em: Dezembro 07, 2008, 10:25:12 »
Xôra Enfermeira e feferreira...

Grande confusão que estão a fazer com os quadros dos bombeiros.
Para já os motoristas não entram no quadro de oficiais, passaram foi ao quadro activo, assim como todos os outros auxiliares.
No caso dos elementos que já pertencem a corpos de bombeiros e que são licenciados e pertenciam ao quadro de especialistas, foram colocados no quadro de oficial bombeiros, como Oficial Bombeiro de 2ª categoria, de forma condicional, ou seja, têm até final de 2009 para fazerem a formação de oficial na Escola Nacional de Bombeiros para ficarem nesse quadro.

Já que pretende entrar num corpo de bombeiros agora e é licenciado ingressará no quadro de oficiais como Estagiário e terá um ano para fazer a respectiva formação na Escola Nacional de Bombeiros.

Caro Maximus
Não podia estar mais em desacordo contigo.
Se o corpo de bombeiros tem muitos elementos, óptimo, pois basta reforçar as equipas de piquete para que todos cumpram as suas horas obrigatórias.
O que se passa em muitos corpos de bombeiros neste momento é que existem muitos "ondinhas de verão" que são aqueles que só aparecem no verão para fazer ECIN e ganhar uns €€€.
Com esta lei isso tende a acabar.

Offline xôra Enfermeira

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #16 em: Dezembro 09, 2008, 00:56:35 »
Pois, colega Sandro Melo. Daí ter afirmado que não tinha a certeza. Foi o que me pareceu ter sido transmitido no primeiro dia da formação. Hei-de informar-me melhor sobre o assunto!

Obrigada pela rectificação, estamos sempre a aprender.

Saudações

Offline feferreira

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 148
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #17 em: Dezembro 09, 2008, 12:51:23 »
Já que pretende entrar num corpo de bombeiros agora e é licenciado ingressará no quadro de oficiais como Estagiário e terá um ano para fazer a respectiva formação na Escola Nacional de Bombeiros.


Sim colega Sandro...foi mesmo isso que eu disse...que ingressará no quadro de oficiais...nao sei porque referiu que nos estavamos a enganar...:S
Cumprimentos

Offline xôra Enfermeira

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #18 em: Dezembro 09, 2008, 14:28:53 »
Penso que a rectificação do colega Sandro Melo foi no sentido de explicar que os motoristas (que pertenciam antigamente ao quadro de especialistas) passam para o corpo activo da corporação e não para o quadro de oficiais.

O enfermeiro entra no quadro de oficial de bombeiro, mas terá que fazer obrigatoriamente a formação que lhe está inerente. Até à conclusão da mesma, e segundo me parece, será estagiário do quadro de oficiais.

Saudações

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #19 em: Dezembro 09, 2008, 19:27:00 »
É isso mesmo.
O quadro anterior chamava-se Quadro de Auxiliares e Especialistas. Os motoristas eram Auxiliares e nós Especialistas.
Agora com a nova legislação os auxiliares integram o quadro de bombeiro na categoria de bombeiros de 3ª classe e nós passamos ao quadro de Oficiais.

Offline uuhhh

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 141
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #20 em: Dezembro 10, 2008, 00:50:54 »
se calhar sou um pouco radical, sem ofensa...mas nao vejo com bons olhos um enf tirar um curso TAT....existem tantos cursos de qualidade superior...por ex cursos do GTE....
uuhhh

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #21 em: Dezembro 10, 2008, 07:00:00 »
Sempre defendi a integração das VMER nas coporações de bombeiros.
A rede nacional do SNB é mais vasta que a do INEM, e merece-nos o respeito de anos e anos de dedicação.
A opção INEM (profissionalizar o Pré Hospitalar) poderia muito bem ter sido tomada tendo em conta o SNB. Era mais económico, menos confliotuoso e até mais ético!

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #22 em: Dezembro 10, 2008, 08:02:46 »
Citação de: Herodes
Sempre defendi a integração das VMER nas coporações de bombeiros.
A rede nacional do SNB é mais vasta que a do INEM, e merece-nos o respeito de anos e anos de dedicação.
A opção INEM (profissionalizar o Pré Hospitalar) poderia muito bem ter sido tomada tendo em conta o SNB. Era mais económico, menos confliotuoso e até mais ético!

As VMER nos corpos de bombeiros? Tripuladas por quem? E em que corpos de bombeiros?

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #23 em: Dezembro 10, 2008, 08:07:44 »
Citação de: Herodes
Sempre defendi a integração das VMER nas coporações de bombeiros.
A rede nacional do SNB é mais vasta que a do INEM, e merece-nos o respeito de anos e anos de dedicação.
A opção INEM (profissionalizar o Pré Hospitalar) poderia muito bem ter sido tomada tendo em conta o SNB. Era mais económico, menos confliotuoso e até mais ético!

Acho que esta questão varia de pessoa para pessoa e de situação para situação. Eu estava no 3º ano de enfermagem quando me perguntaram no meu corpo de bombeiros se queria tirar o TAT. Naturalmente que aceitei e por vário motivos:
1º porque aprende-se sempre alguma coisa;
2º porque vives a mesma experiência que outros colegas e isto cria empatias e conheces de facto a formação como é, sabendo o que sabem os colegas;
3º porque num corpo de bombeiros deves ter formação em todas as áreas (quase todas, pelo menos as essenciais) e se todos têm que o fazer, se ficas à parte alimentas situações como as de alguns elementos acharem que és um priveligiado;
4º liderar pelo exemplo é sempre mais eficaz.

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #24 em: Dezembro 11, 2008, 06:26:25 »
Sandro,
o INEM tem muitas histórias em seu redor que não abonam nada em favor de um altruísmo que deve ser um dos valores fundamentais de um instituto público de saúde.
Os colegas que fazem VMER, SIV… merecem-me o maior respeito. Mas toda a gente sabe que há muitos “amiguismos” para se lá chegar. Como explica que não haja uma divulgação nacional (olhe, por exemplo num site de referência como o da OE), e a respectiva divulgação dos admitidos, e quais os critérios que foram usados?
Parece-lhe justo que se dê vantagem a um enfermeiro que trabalhe num serviço de urgência e não a um enfermeiro de um serviço de medicina interna? Há hospitais que nem têm serviço de urgência!
Como enfermeiro, acha que é justo o Governo investir “à grande e à francesa” no INEM, e deixar determinados serviços hospitalares em condições degradantes (quer pelas condições físicas, quer pelo rácio de profissionais)?
Afinal: uma das imagens de marca dos enfermeiros é a prevenção, ou são as sirenes da emergência? Dir-me-á: “as duas”. Desculpe discordar, mas temo que quando tentamos ser fortes em muitas frentes, acabamos por perder.
Os enfermeiros deviam ou não boicotar a condução das VMER´s? Acredito é que alguns tenham receio de, se o fizerem, serem escorraçados!

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #25 em: Dezembro 11, 2008, 12:44:19 »
Herodes (este nick agora na época de Natal... >:D)

Eu estou nos projecto SIV desde o seu inicio e não foi por lá ter amigos. Aliás, no concurso para as SIV iniciais, dos 20 lugares só 19 fizeram a formação, porque a maioria dos colegas enfermeiros, mesmo os que gostam de PH não tiveram coragem para arriscar num projecto absolutamente novo. Claro que hoja num concurso de 25 lugares aparecem 300 candidatos por que já foi provado o valor do projecto.
Mas adiante...o INEM terá os seus problemas como todas as instituições. Mas os concursos são divulgados no site do INEM e num jornal de referência nacional tal como a lei exige. Os outros concursos para outras entidades são melhor divulgados? Não me parece.
Quanto ao facto que afirma que o governo investe muito no PH e pouco nos outros serviços...percebo porque o diz, visto que a máquina de marketing do INEM é forte, mas as aparências iludem...
Agora, é natural que um enfermeiro com experiência em urgência tenha vantagem relativamente a outro de um internamento, mas vantagem sobre os dois terá um com experiência de "rua".
Quanto à parte da prevenção, aí tenho que lhe dar razão, mas penso que aí o problema não é o INEM. O problema é a má gestão dos recursos da saúde...que deveriam ser direccionados para os cuidados de saude primários em deterimento dos hospitais.

Offline Pedro Godinho Ferreira

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 573
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #26 em: Dezembro 15, 2008, 22:44:44 »
Aproveitando este tópico gostaria de pedir a vossa opinião. Estando no 4ºano da licenciatura tendo as bases teóricas de emergência pré-hspitalar´, eu e alguns colegas meus temos posto em "cima da mesa" a possibilidade de entrar para os bombeiros.

Que acham que seria o nosso contributo para a corporação?
Peter Sykepleier din tjeneste

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #27 em: Dezembro 16, 2008, 09:08:38 »
Citação de: pedrogfc
Aproveitando este tópico gostaria de pedir a vossa opinião. Estando no 4ºano da licenciatura tendo as bases teóricas de emergência pré-hspitalar´, eu e alguns colegas meus temos posto em "cima da mesa" a possibilidade de entrar para os bombeiros.

Que acham que seria o nosso contributo para a corporação?

Apetece-me dizer como um célebre presidente americano (embora com uma visão inversa)..."não perguntem o que podem fazer pela corporação de bombeiros...mas o que pode a corporação de bombeiros fazer por vocês!"

Eu explico:
Se forem para uma corporação de bombeiros a pensar..."sou enfermeiro e como tal vou por isto tuda funcionar como deve ser"...preparem-se para sair mais rápido do que entram.
Actualmente ingressar num corpo de bombeiros já não é como até há algum tempo atrás em que bastava querer.
Quem entra actualmente para um corpo de bombeiros terá o privilégio de entrar na carreira de oficial sim, mas isso implica que deixe de pensar apenas no PH, pois a um oficial pede-se por exemplo que seja capaz de agir como comandante de companhia, com tudo o que isso implica.

Claro que os enfermeiros são bem vindos aos bombeiros e têm muito com que contribuir, quer ao nível do socorro, quer ao nível da gestão. Mas antes de mais têm muito a aprender quando ingressam num corpo de bombeiros, não só ao nível técnico, como ao nível humano.

Offline Pedro Godinho Ferreira

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 573
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #28 em: Dezembro 16, 2008, 14:07:48 »
Claro, a vontade para chegar lá e começar a desbaratar com isto e com aquilo para "por tudo direito" não é a minha. lol

Tenho consciência que será necessário aprender muito e sujeitarmo-nos à nossa condição. Nao estava a pensar em incorporar os bombeiros apenas para entrar no quadro de oficiais ou seja como for actualmente a designação. No caso da corporação da minha terra os pessoal de lá é bastante receptivo aos Estudantes da minha escola, havendo uma parceria de longos anos entre as duas instituições.

Vai ser uma longa reflexão, quer minha, quer dos meus colegas, mas penso que será mais benéfico para ambas as partes!  :)
Peter Sykepleier din tjeneste

Offline Marquez

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 125
    • Ver Perfil
Re: "O papel do enfermeiro numa corporação de bombeiros"
« Responder #29 em: Dezembro 16, 2008, 18:14:16 »
Penso que fazes bem em ingressar numa corporação de bombeiros, apesar de existirem factores que te devem levar a tal pensamento, nunca os deves esquecer, pois abraçar uma causa voluntária, não está ao alcance de todos, só com muito gosto é que conseguimos vencer as difíceis tarefas que irás encontrar... e se achas que tens espírito para ser bombeiro, acho que o deves fazer.

Antes de mais tenta recolher a máxima informação a CB em que queres ingressar, pois vais ouvir de tudo, e prepara-te para lidar com pessoas com diferentes personalidades e caracteres, muitas vezes nada fáceis, mas acredita que é uma experiência única e fantástica, irás aprender muita coisa...

O que por muitas vezes me leva a questionar: mas porque é que vim para os bombeiros? mas lembra-te sempre... quem corre por gosto, não cansa.

Cumprimentos