Autor Tópico: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?  (Lida 20123 vezes)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #30 em: Setembro 12, 2008, 21:27:02 »
@SandroMelo

Depende do número de idosos...

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #31 em: Setembro 13, 2008, 06:45:30 »
Garantidamente mais de 30.

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #32 em: Setembro 13, 2008, 14:14:24 »
Citar
Recursos Humanos
Este ponto é muito delicado neste negócio, ou seja recrutar e seleccionar
os recursos humanos essenciais para um Lar, é uma tarefa que
exige muito. O horário de trabalho, é outro aspecto muito importante
pois terá de funcionar durante 24 horas e em regime de turnos,
pois está definido por lei o número de horas semanais por trabalhador.
Portanto é necessário gerir muito bem o pessoal .
Indicadores de pessoal*:
1 - Para assegurar níveis adequados de qualidade no funcionamento do
lar é necessário o seguinte pessoal:
a) Um animador social em regime de tempo parcial;
b) Um enfermeiro por cada 40 utentes;
c) Um ajudante de lar por cada 8 idosos;
d) Um encarregado de serviços domésticos em estabelecimentos
com capacidade igual ou superior a 40 idosos e empregadas
da limpeza;
e) Um cozinheiro por estabelecimento;
f) Um ajudante de cozinheiro por cada 20 idosos;
g) Um empregado auxiliar por cada 20 idosos.
2 - Independentemente do pessoal identificado anteriormente, deverá
ser assegurada a permanência de um ajudante de lar para vigilância
nocturna por cada 20 idosos.
3 - Sempre que o estabelecimento acolha idosos em situação de grande
dependência, as unidades de pessoal de enfermagem, ajudante de
lar e auxiliar serão as seguintes:
a)Um enfermeiro por cada 20 idosos;
b)Um ajudante de lar por cada 5 idosos;
c)Um empregado auxiliar por cada 15 idosos.
4 - Os indicadores referidos nos números anteriores podem ser adaptados,
com a necessária flexibilidade, em função das características
gerais, quer de instalação, quer de funcionamento, quer do número de
utentes de cada estabelecimento, sem prejuízo de ser em número suficiente
para assegurar os cuidados necessários aos utentes nas vinte e
quatro horas.
*Fonte:Despacho Normativo 12/98 de 25 de Fevereiro de 1998

Offline hugo_lário

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 10
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #33 em: Setembro 16, 2008, 01:18:39 »
Citação de: farma360
Olá Ena!!

De forma alguma é uma pergunta sem sentido!! Eu não disse que têm que ser os enfermeiros a convencer os gestores a encomendar os serviços Farma360. A Farma360, embora seja uma empresa pioneira e recente, têm os seus próprios meios para chegar aos clientes alvos. O que eu quis dizer é que se os gestores não têm capacidade de pesquisar ou a preocupação de conhecer novas soluções para melhorar as condições de trabalho e aumentar a qualidade de vida dos séniores, porque não os enfermeiros e médicos serem esse veio de comunicação? No fim de contas, o lar vai ganhar competividade, logo um maior lucro. Mas não só o gestor irá ganhar, porque as soluções criadas visam facilitar as vossas tarefas e a saúde do Idoso. Certamente é mais simples consultarmos um ficheiro clínico num Tablet PC do que andarmos a procura de papeis no arquivo. Concorda cmg?

Cumprimentos.

Não se preocupe Farma360, futuros directores de lares estão em formação (licenciatura específica) para anular esta lacuna que até aqui ninguém tinha reparado e que é de crucial importãncia.
Não vivas e tua vida num rascunho, pois podes não ter tempo de a passar a limpo.

Offline farma360

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 20
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #34 em: Setembro 16, 2008, 09:13:15 »
Eu acredito na informatização.
Até porque acho que não haverá outro caminho.
Novos metodos e mecanismos estão a ser pensados. A formação das pessoas intervenientes irá trazer para o mercado novidades com relativa melhoria dos espaços para idosos. Infelizmente não irá acontecer como nos outros mercados, que quem não evolui não irá ter beneficio. Porque existem cada vez mais idosos e a resposta não é a suficiente, por isso vamos ter sempre lares em que o lucro é mais importante que o residente. Infelizmente.

Abraço

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #35 em: Setembro 16, 2008, 09:18:43 »
@farma360

em que sentido a informatização irá melhor os espaços para os idosos?

como melhora a qualidade de vida do idoso?

não funcionará apenas como uma ajuda aos profissionais? E consequentemente influencia em algo a prestação ao idoso? Ou será que apenas será informatização da informação relacionada com o idoso, passando do papel para o computador, em que nada será alterado?

Offline kitty

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 284
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #36 em: Setembro 16, 2008, 09:35:09 »
Antes de gastar dinheiro com programas informáticos todos os lares deviam de ter enfermeiros segundo os números da lei!

Depois, em vez de gastar dinheiro numa aplicação que só serve para gerir medicação, deveriam era ter uma onde desse para registar os cuidados de enfermagem (e onde já constava toda a medicação do utente).

Offline farma360

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 20
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #37 em: Setembro 16, 2008, 14:27:43 »
Se todos os Sistemas informáticos estiverem à altura do nosso, o mercado dos lares vai receber uma ajuda preciosa nos processos e mecanismos do dia a dia no que diz respeito ao registo e consulta de informação. Claro que os sistemas vão evoluindo de acordo com as necessidades encontradas, e aquele que hoje é muito bom e vêm melhorar mto as condições de trabalho e o apoio à saude do sénior no futuro será ainda melhor. A tecnologia serve para evoluir.
Respondo agora às questões colocadas:
Citação de: enfsergio
@farma360

em que sentido a informatização irá melhor os espaços para os idosos?

como melhora a qualidade de vida do idoso?

não funcionará apenas como uma ajuda aos profissionais? E consequentemente influencia em algo a prestação ao idoso? Ou será que apenas será informatização da informação relacionada com o idoso, passando do papel para o computador, em que nada será alterado?

Claro que a informatização irá melhorar os espaços onde estão idosos. Esse espaço será melhor se os profíssionais tiverem melhores condições para aceder a informação do doente, em situações de stress ou de Urgencia é preciso actuar rápido, e a informatização faz toda a diferença.
Se pudermos garantir que o idoso toma o medicamento certo, à hora certa, só isto já é uma significativa melhoria para o estado de saúde do sénior.
Se pudermos registar através de uma foto o estado e a dimensão de uma ferida, por exemplo, e fazer um histórico de como está a evoluir, será util para o medico e para o enfermeiro poderem agirem mais rápidamente.
Citação de: kitty
Antes de gastar dinheiro com programas informáticos todos os lares deviam de ter enfermeiros segundo os números da lei!

Depois, em vez de gastar dinheiro numa aplicação que só serve para gerir medicação, deveriam era ter uma onde desse para registar os cuidados de enfermagem (e onde já constava toda a medicação do utente).


Parece-me haver neste post alguma inadaptabilidade à informatica. >:D Concordo quando diz que todos os lares deveriam cumprir a lei.
Acho que também devia ser lei - Que todos os lares tivessem metodos eficazes para controlo e monotorização de todos os actos medicos e de enfermaria que sejam realizados.
Mas infelizmente ainda estamos longe disso.

Cumprimentos.

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #38 em: Setembro 16, 2008, 15:13:35 »
A informatização será sem dúvida alguma importante para os lares de terceira de idade. No entanto...antes da informatização há outras coisas mais importantes para melhorar a qualidade de vida dos idosos que se encontram institucionalizados.

Offline farma360

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 20
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #39 em: Setembro 16, 2008, 15:31:19 »
Por exemplo?

Abraço

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #40 em: Setembro 16, 2008, 16:16:05 »
- Formação dos funcionários
- Adequação do espaço físico
- Material adequado
- Actividades de animação
-...

Offline kitty

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 284
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #41 em: Setembro 16, 2008, 17:24:52 »
Farma360 com esse comentário só demonstra a sua falta de educação e falta de informação sobre o que é ser enfermeiro.

Offline farma360

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 20
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #42 em: Setembro 16, 2008, 17:39:35 »
Citação de: kitty
Farma360 com esse comentário só demonstra a sua falta de educação e falta de informação sobre o que é ser enfermeiro.

Peço desculpa se fui mal interpretado, de forma alguma quis faltar ao respeito seja a quem for. Penso que também não ofendi a classe.

Cumprimentos

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #43 em: Setembro 17, 2008, 12:28:47 »
Citação de: enfsergio
- Formação dos funcionários
- Adequação do espaço físico
- Material adequado
- Actividades de animação
-...

Há tanto para se fazer nos lares deste país!
De acordo com a informação que facultou sobre o rácio de enfermeiro/idosos por turno...é incrivel como há enfermeiros desempregados neste país.
Resido em Aljezur e o lar que aqui existe tem 1 enfermeiro em regime de avença que vai lá 1 ou 2 horas por dia!
Trabalho em Odemira e dos 4 lares onde vou mais frequentemente o sistema é exactamente o mesmo.
Colegas...há que fazer pressão para as coisas mudarem...quer pelos idosos...quer pelo emprego em enfermagem!

Offline farma360

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 20
    • Ver Perfil
Re: Estão os Lares e os enfermeiros preparados para a tecnologia?
« Responder #44 em: Setembro 17, 2008, 13:30:09 »
Como é possível existir uma dedicação ao sénior, saber os seus reais problemas, tratar da medicação, em 1 ou 2 horas por dia?

Abraço