Autor Tópico: Violência contra o doente idoso  (Lida 21884 vezes)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #45 em: Fevereiro 16, 2009, 20:24:47 »
No dia em que a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) decidiu revelar que, em 2008, atendeu 650 idosos vítimas de maus-tratos, o PortugalDiário descobriu que poucos são os que procuram apoio.

Dentro do Grupo de Estudos e Avaliação das Pessoas Idosas Vítimas de Maus-Tratos (GEAVI), a Universidade do Minho, a Santa Casa da Misericórdia de Vieira do Minho, a Santa Casa da Misericórdia de Ovar e a Universidade de Coimbra disponibilizam consultas gratuitas aos idosos vítimas de maus-tratos, mas a vergonha e o preconceito fazem com que os números sejam mínimos: foram atendidas cinco pessoas ao todo, mais «algumas» por telefone.

«A nossa mensagem ainda não chegou aos idosos, isto é uma temática nova. É necessário um trabalho de consciencialização. Os maus-tratos existem, são uma realidade», alertou o responsável pelo Serviço de Consulta Psicológica e Desenvolvimento Humano da Universidade do Minho, José Ferreira-Alves.

Como tal, o professor apelou aos idosos: «Se se sente ofendido, maltratado ou insultado, venha contar-nos a sua história. Pode ligar para o 253 604 245, porque é mais fácil por telefone do que dar a cara. Às vezes os idosos só precisam de alguém que os ouça.»

Partindo do pressuposto que «há uma relação de confiança entre o agressor e a vítima», José Ferreira-Alves revelou que o principal objectivo das consultas é «arranjar soluções sociais» e não «arranjar um culpado», dando «apoio psicológico» e «capacitando as vítimas para reverterem a situação».

«Há uma má informação à volta do tema, que se associa apenas a abusos físicos e esquecem-se do abuso financeiro, dos maus-tratos emocionais e da negligência», explicou, acrescentando que, «se não houver solução para um caso que ultrapasse o razoável, desde que com o acordo da pessoa, podemos eventualmente denunciar às autoridades».

Baseado «em vários estudos», o professor de Braga denunciou os factores de risco de maus-tratos nos idosos: «O isolamento social e a pouca vigilância, o facto do idoso depender de outra pessoa e estar mal de saúde, a pessoa que cuida do idoso precisar de dinheiro ou habitação, ou ter dependência de drogas e álcool, ou ter alguma psicopatologia, ou mesmo ter sido abusado no passado.»

O que fazer?

Para José Ferreira-Alves, a sociedade necessita de acordar para o problema e há um alvo preferencial. «A nossa estratégia passa por informar os profissionais de saúde, porque toda a gente vai ao médico. Precisamos de actuar nas consultas de cuidados primários nos centros de saúde, para que os médicos referenciem as nossas consultas», anunciou.

Ainda em relação às estatísticas da APAV, que garantem que, das vítimas com 65 anos ou mais, 525 eram mulheres e 120 homens, o responsável admitiu que «a mulher tem menos maneiras de lidar com os maus-tratos, mas o número homens tem vindo a aumentar, ainda que haja muita dificuldade em admitirem e queixarem-se disso».


in: http://diario.iol.pt/sociedade/idosos-m ... -4071.html

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #46 em: Fevereiro 16, 2009, 20:25:53 »
Quase 650 idosos recorreram no ano passado à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), o que representa 8,2 por cento no total de 7.852 processos abertos pela organização.

No relatório estatístico de 2008, a APAV indica que, das vítimas com 65 anos ou mais, 525 eram mulheres e 120 homens.

Quanto aos autores de crimes com 65 anos ou mais, 48 eram mulheres e 300 eram homens.

Entre os 6.980 processos sobre violência doméstica, 8,1 por cento (568) respeitavam a pessoas mais velhas.

Os processos envolveram, em termos de vítimas, 474 mulheres e 93 homens. Quanto a autores de crimes, 40 eram do sexo feminino e 280 homens, com 65 ou mais anos.

Entre 2000 e 2007, as estatísticas mostraram um aumento de 126 por cento no número de pessoas idosas vítimas de crimes, passando-se de 290 para 656 atendimentos.

Neste período foram registados 7.059 crimes, dos quais 5.628 correspondentes a violência doméstica.

Nestes sete anos, a APAV recebeu 3.459 pessoas idosas vítimas de crime.

Entre 2006 e 2007 houve um aumento de 20,4 por cento, passando-se de 545 para 656 vítimas, enquanto a nível de crimes praticados houve uma subida de 15,6 por cento (1077 para 1245 crimes).

A APAV deverá divulgar dados actualizados em Março.


in: http://diario.iol.pt/sociedade/idosos-m ... -4071.html

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #47 em: Fevereiro 18, 2009, 21:22:08 »
Violência contra idosos: 68 inquéritos só em Lisboa

A Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) abriu 68 inquéritos relacionados com violência contra idosos nos primeiros 10 meses de 2008, indicam dados disponibilizados à Lusa pela Procuradoria-Geral da República.

Há exactamente um ano foi determinada «especial prioridade» de investigação para os processos relativos a crimes contra idosos numa directiva do Procurador-Geral da República, publicada em Diário da República, no âmbito da execução da Lei de Política Criminal para 2007/2009.

A PGR referiu, esta quarta-feira, pretender corrigir o facto de ainda não ter implementado completamente o sistema informático que permita dar elementos globais relativos a crimes praticados contra idosos.

Os dados disponíveis referem-se apenas a «violência», explica-se uma nota da PGR.

Assim, há registo de 68 inquéritos na PGDL até Outubro de 2008, enquanto se contabilizam 29 inquéritos entre 2007 e Outubro do ano passado na Procuradoria-Geral Distrital de Évora.

No Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Coimbra foram abertos três inquéritos em 2007 e quatro em 2008.


in: http://diario.iol.pt/sociedade/violenci ... -4071.html

Offline EnfNessa

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 251
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #48 em: Fevereiro 19, 2009, 22:06:07 »
Xi, estes números são assustadores  :o

Nca hei-d compreender est tipo de coisas...

Só pa ficarem com uma ideia (mas eu não tinha a noção)... num dia desta semana, um residente foi a uma consulta de gastroenterologia... foi-nos informado pela família dest k o genro iria a essa conculta com o residente, o que tentamos ao máximo haver esta relação entre os elementos da família e o residente.
Chegando lá, o genro além de chegar atrasado também não sabia onde era, pelo que chegaram atrasados à tal consulta... agora imaginem...
o genro e o residente agrediram-se mutuamente durante a consulta!!!
O familiar ficou com os óculos partidos e o residente com mão magoada, foi feito Rx de confirmação, tendo somente o hematoma. A verdade, é que desde o momento em que o genro ficou com o residente, este último ficou à responsabilidd do 2º.
Resumindo e concluindo, o familiar veio embora, deixou sozinho o residente no hospital.
O meu Lar informou-se da situação através da assistente social... mas não podemos fazer nada por não haver ambulâncias disponíveis para ir buscar este residente. Este ficou toda a noite no hospital.
Regressou à instituição pela manhã, muito mal, chorar, depressivo.
Psicologicamente isto é uma bomba pro residente, e é muito complicado gerir isto... quando o residente nos diz que o familiar era agressivo pro mesmo em casa, mas nunca esta situação foi informada às autoridades  :'(

Espero não se voltar a repetir  :-[ pelo bem dos nossos idosos

Offline CCAV

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 472
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #49 em: Fevereiro 25, 2009, 16:08:55 »
Citação de: "CCAV"
Violência física não vi, mas psicológica, valha-me Nossa Senhora!!!

Citações do tipo:

- Não pense que vai pra casa, aqui é que está bem!

- Aqui tem quem trate de si em casa só sei lavar-lhe o rabo!

Enfim... e mais não digo!

Esta doente acabou por falecer no internamento... A última vontade dela era ter ido pra casa... :'(

Enfim...
Se queres um amigo, cativa-o!

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #50 em: Março 09, 2009, 01:05:51 »
Mais uma vez a televisão a dar visibilidade a esta temática...

Na série casos da vida, transmitida pela TVI aos domingos à noite, esta semana...o caso é sobre a violência no idoso. Um filho que chantagia e agride o próprio pai, e proibe o mesmo de falar com a outra filha.

Parabéns à TVI por abordar esta temática...e por repetir esta série que já tinha sido transmitido há uns meses.

Offline Bellinha

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #51 em: Março 10, 2009, 00:03:58 »
Primeiro, a pessoa idosa deve ser tratada como pessoa digna, e não como doente como vc se reportou e depois o profissional de saúde e bem informado saberá o que deve fazer em caso de SUSPEITA ou MAUS TRATOS mesmo. Deve ser imediatamente notificado,(existe um impresso) e deve ser comunicado as autoridades, policiais, mini9sterio público entre outros. Temos autonomia para issso. Mais detalhes e só da uma lida na intégra do estatuto do Idoso. Principalmente na parte Sáude.

Att,


Bellinha

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #52 em: Março 10, 2009, 00:51:39 »
Citar
Na série casos da vida, transmitida pela TVI aos domingos à noite, esta semana...o caso é sobre a violência no idoso. Um filho que chantagia e agride o próprio pai, e proibe o mesmo de falar com a outra filha

Falei aqui no idoso...não no doente idoso...apesar do tópico ser sobre o doente idoso...

Penso que se ler para trás, também aqui se tem vindo a debater a violência contra os idosos no geral e não no idoso doente em particular.

Offline rmsfontes

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 48
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #53 em: Abril 07, 2009, 02:07:46 »
Boa noite,

Gostava que a Belinha me informasse onde é que posso ler o Estatuto do Idoso. Será que está a falar do Brasil?...

Offline beta36

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: Violência contra o doente idoso
« Responder #54 em: Maio 31, 2012, 14:57:35 »
olá colegas, por falar em violência ao Idoso, será que alguém tem o manual de procedimentos ( como agir) em situações de maus tratos e abuso ao Idoso ?
Será que me podem Ajudar !