Autor Tópico: Diferentes tipos de anestesia  (Lida 21588 vezes)

Offline tiju

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 74
    • Ver Perfil
Diferentes tipos de anestesia
« em: Junho 17, 2008, 23:07:59 »
Boas pessoal eu gostaria de saber a vossa opiniao sobre o levante após intervenções nos diferentes tipos de cirurgia.
Quantas horas apos anestesia geral o paciente se pode levantar, epidural e etc....
Obrigado e se me puderem indicar alguma bibliografia agradeço.
Obrigado.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #1 em: Junho 18, 2008, 06:25:45 »
Uma pista: Faz as contas ao tempo que demoram a ser metabolizados os fármacos que foram usados na cirurgia: Nessa altura os efeitos dependentes destes em princípio terão desaparecido.

Depois pensa nas diferentes cirurgias e no que elas implicam:

qual a intervenção e qual o repouso recomendado: é diferente ser submetido a uma artroplastia do joelho, a uma artrodese cervical, uma herniorrafia umbilical, uma cirurgia de bypass aortocoronário ou a uma cesariana.

- Probabilidade de hipotensão aquando do levante.

- Intercorrências: perdas de sangue: que eventualmente podem não ser corrigidas ( se tivermos um doente com 18 g/dL antes e depois da cirurgia 13 g /dL duvido que façam transfusão a menos que tenha repercussão hemodinâmica) mas que têm de ser levadas em conta pois com certeza podem ter mais repercussões que as eventualmente previstas.

- Tempo de jejum: prévio e pós cirurgia.

- Local de administração de anestesia: se for uma punção nas meninges ou com risco de punção... já envolve outras coisas...
Isto depende de tantos mas tantos factores que...

Fala numa cirurgia e anestesia em especial.

Offline nunotavares

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 700
    • Ver Perfil
    • http://www.enfermeiro-de-anestesia.blogspot.com
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #2 em: Junho 18, 2008, 10:55:48 »
A questão da metabolização é pertinente...mas inválida na maior parte dos doentes...cada pessoa tem o seu próprio ritmo metabólico e dps há que contar com a inibição do SNSimpático que dificulta a excreção dos fármacos...

Relativamente, a bibliografia...

- Oxford Handbook of Anesthesia: http://www.amazon.com/Oxford-Handbook-A ... 662&sr=8-2

- Handbook for Nurse Anesthesia : http://www.amazon.com/Handbook-Nurse-An ... 630&sr=8-1

Existe bibliografia mais extensa...como por exemplo o Manica que é uma das biblias da Anestesia...mas a informação está, demasiadamente, dispersa.


Abraço,

Offline scruz

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 291
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #3 em: Junho 18, 2008, 17:59:16 »
Vou tentar transmitir-te um pouco da minha experiência.

Primeiro tens de ter noções que existem diferentes tipos de anestesia.

Ex: Anestesia Geral Balanceada (fârmacos inalatórios e fârmacos EV)

      Anestesia Epidural

      Plexos

      Raqui

      Sequencial,etc...

Todas elas são feitas com fârmacos específicos, que têem características próprias logo também vão ter efeitos secundários diferentes.

Depois tentares interrelacionar a especialidade e o tipo de anestesia que foi feito, e para além disso a pessoa que temos á frente. Ou seja á critérios para que numa determinada pessoa seja feita um tipo de anestesia e não outro e isto depende de vários factores.

também tens de ter em conta que existem cuidados gerais e específicos no pós operatório imediato e tardio.

gostava que fosses ler algumas matérias e depois colocasses dúvidas, e a gente por todos tentamos reflectir e ajudar-te dentro do que sabemos.

coloca perguntas, é na troca de ideias que se aprende.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #4 em: Junho 22, 2008, 18:02:42 »
@nuno tavares

Em relação à metabolização dos fármacos: Para quê saber a semivida, a via de eliminação, o tempo de actuação,  via de administração?

Até porque os intervalos que são variáveis estão contemplados. Mas nada disso interessa uma vez que as pessoas são todas diferentes?

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #5 em: Junho 22, 2008, 21:52:46 »
Olá,

Este campo é muito vasto...

O que se quer esclarecer ao certo? Ao que me pareceu é o tempo adequado ao levante, não é?

As A. gerais podem ser EV de 5 minutos ou com gazes e outros fármacos e durar cerca de uma dezena de horas... Depende da intervenção.

O levante depende destas questões acima enunciadas e da prescrição do cirurgião, a menos que existam protocolos.

Eu penso que a questão aqui exposta é quanto tempo após raqui ou epidural se pode levantar um doente. É Isso?

Abraço.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #6 em: Junho 24, 2008, 05:26:21 »
Citação de: mariarebelo1
Olá,

Este campo é muito vasto...

O que se quer esclarecer ao certo? Ao que me pareceu é o tempo adequado ao levante, não é?

As A. gerais podem ser EV de 5 minutos ou com gazes e outros fármacos e durar cerca de uma dezena de horas... Depende da intervenção.

O levante depende destas questões acima enunciadas e da prescrição do cirurgião, a menos que existam protocolos.

Eu penso que a questão aqui exposta é quanto tempo após raqui ou epidural se pode levantar um doente. É Isso?

Abraço.

A prescrição do cirurgião e os protocolos são baseados no quê?

Offline ms64

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 26
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #7 em: Junho 25, 2008, 08:47:43 »
Citação de: Magistral Estratega
A prescrição do cirurgião e os protocolos são baseados no quê?

Na estabilidade hemodinâmica do doente.

Trabalho na cirurgia do ambulatório e temos normas e protocolos na UCPA. Um desses protocolos é sobre o levante.
Após 2 horas de estabilidade hemodinâmica inicia levante progressivo da cabeceira até o doente ficar sentado.

Pode existir estabilidade hemodinamca após 15 minutos de anestesia, ou após 2 ou 3 horas de anestesia. Tal como disse a colega mariarebelo é uma área muito extensa. Depende da intervenção, do tipo de anestesia, do doente...

Avaliamos o grau de sedação, utilizamos uma escala de dor e quando existe estabilidade hemodinamica inicia levante progressivo da cabeceira até ficar sentado e conseguir fazer levante para a cadeira.

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #8 em: Junho 28, 2008, 05:48:58 »
Portanto, deixo-vos um exemplo de um protocolo de um hospital de Lisboa (maternidade):
- analgesia epidural ou raquidiana: 6 horas;
- anestesia geral: 12 horas;
- anestesia epidural e raquidiana: 12 horas;

Já vi utentes levantarem-se (e tolerarem o levante) ao fim de 4 horas a contar do fim da cesariana; também já vi utentes a cair para o lado, mesmo depois de terem feito 24 horas de repouso; há um sem número de factores em jogo, e que cada um de nós deverá ponderá-los atendendo ao doente que tem pela frente.

Protocolos são uma ajuda, mas não nos devemos guiar cegamente por eles.

Gostei da expressão "prescrição do cirurgião".
Acho que a prescrição, em determinados aspectos, já há muito foi ultrapassada.
Quanto ao cirurgião, até nem é quem mais voto tem na matéria. Que tal um anestesiologista?

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #9 em: Junho 29, 2008, 23:59:52 »
@Herodes


Mais uma vez a questão crucial...

A que se devem esses prazos, 6 e 12 horas.

Os protocolos nalguma coisa são baseados... No que exactamente? ;)

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #10 em: Julho 01, 2008, 20:08:03 »
;)

Mas tu... desculpe... você! :-X 

Ainda não percebeu... a resposta que 95% dos enfermeiros (enfermeiras >:D) dariam!

Depende da prescrição do doutor...  ou melhor... ainda gosto mais desta... da ordem do doutor...

 ;)

Offline scruz

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 291
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #11 em: Julho 02, 2008, 17:47:26 »
Pessoalmente não concordo que em todas as anestesias gerais se faça um levante depois de 12 horas, isto depende do estado  do doente, e da intervenção que fez, normalmente hoje em dia até se previligiam levantes precoces para evitar as complicações tromboembolíticas.

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #12 em: Julho 06, 2008, 22:35:06 »
@ Magistral,

Desculpa, isto não é pessoal...

Afinal queres sobressair num universo de enfermeiros todos cegos, surdos, mudos e ignorantes?

Não é nesse mundo que te encontras. Tens colegas muito mais informados do que tu em muitos campos, tal como eu e todos temos...

Afinal, não defendes cuidados personalizados? Eu também, portanto só olhando o doente.

Os protocolos são linhas gerais de orientação que podemos seguir ou não, fundamentando na nossa observação da situação em causa, mas não te esqueças: é sempre mais fácil deferder-te seguindo os protocolos e errando do que não seguindo e justificando.

Abraço.

Offline Danoninha

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 134
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #13 em: Setembro 17, 2008, 10:51:00 »
Questão muito pertinente
Obrigada
Danoninha TM

Offline Danoninha

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 134
    • Ver Perfil
Re: Diferentes tipos de anestesia
« Responder #14 em: Setembro 17, 2008, 11:07:04 »
Mesmo que se coloque a questão sobre o 1ºlevante após a cirurgia, conidero que é extremamente variável não dependendo somente do tempo de acção da anestesia em si. Pense-se sobre a duração do efeito mas também na própria recuperação do doente da anestesia e cirurgia a que foi sujeito, da sua idade e condição de saúde prévia, se existem situações patológicas de base que possam limitar a sua normal recuperação...
Na prática, poderá também haver uma "recomendação" do anestesiologista, mas parte da consciência crítica do enfermeiro avaliar junto da pessoa a possibilidade de avançar com o levante e avaliar a sua resposta a esta acção.
A experiência revela ser, de longe, uma importante ajuda, o que tenho verificado junto do colegas mais experientes e aprendido com o tempo e as diferentes situações.
Cumprimentos
Danoninha TM