Autor Tópico: Dúvida: em k país devo trabalhar?? (EUA, Irlanda, Espanha, Canadá ou Australia)  (Lida 19929 vezes)

Offline A.Ol.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Olá a todos!
Estou com enormes duvidas acerca do que fazer agora que estou a tarminar o curso...
Como poderam ver no titulo, estou indecisa entre todos os países que mencionei, visto ouvir falar em muita coisa...

Por um lado gostava de ir para os EUA, Canadá ou Australia, porque sempre foram países que me interessaram enquanto profissional, mas também a nível pessoal... Especialmente a Australia, visto que o clima do país de destino também me vai influenciar, pois, não consigo passar sem o belo do dia de praia ao sol... Pode parecer estranho, mas a verdade é que sem dias de sol, deprimo! No entanto, a questão da distância, da demora na burocracia e dos testes, nomeadamente de inglês geral e de inglês para enfermeiros, que já vi no testemunho de outros colegas, assustam-me um bocado... Para não falar na enorme quantidade de dinheiro que temos de ter disponivel para andar para trás e para a frente enquanto os papéis estão a andar e as entrevistas de emprego a serem realizadas...

Por outro lado, temos a Espanha, que tem um clima idêntico ao nosso, onde eu já fiz erasmus, pelo que tenho algumas bases da lingua, mas que em termos pessoais e profissionais, não me alicia tanto... Penso que foi exactamente o facto de ter feito o erasmus que fez com que sentisse isso, porque me pareceu muito que estava a trabalhar à tarefa, apesar de estar a fazer estágio de enfermagem comunitária... Nem quero imaginar se estivesse num hospital! A ir, provavelmente ia ou para as Canárias, ou para Barcelona, mas também não vejo muitos anuncios para a área em que gostaria de trabalhar (Osbtetricia)... Além disso, relativamente às canárias, assusta-me o facto de serem ilhas... Se bem que também não conheço a nivel de infraestruturas...

Por fim, resta-me a Irlanda... Que apesar de profissionalmente me estar a aliciar bastante, visto que há muita falta de enfermeiras com especialidade em obstetricia e saúde materna, que é justamente a que quero fazer e posso ter aí mais oportunidades de evoluir a esse nivel... Também não desgosto do país, mas o facto de não ter sol, e de me terem dito que a nivel cultural é um bocado identica à inglesa, mas um bocadinho mais "tosca", nao me faz identificar muito com o local... Relativamente à lingua inglesa, não pedem nenhum teste especifico, pedem um nivel de inglês razoável, que com um bocadinho de estudo individual, acredito que atingiria, visto já ter alguma base...
Quanto a despesas, penso que na união europeia, acaba tudo por ser mais barato do que andar de um continente para o outro...

Como podem ver, tenho a cabeça num frangalho... Estou a terminar o curso e só sei que quero sair de Portugal o mais depressa que consiga... Ou no mínimo assentar ideias, para começar a investir definitivamente num país...

Algum dos colegas me pode dar opinião? Especialmente os que se encontrem a trabalhar em algum destes países... Ou que tenham informações acerca do tema...

Cumprimentos a todos!
Agradeço desde já a vossa ajuda!
Margarida :)

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Se queres emigrar... e rapidamente, Irlanda ou Espanha. Pessoalmente se tivesse de emigrar preferiria a Irlanda. Mal por mal (ter de sair do país) ia para um sítio onde ganhasse bem mais do que em Portugal. Além disso não estaria assim tão longe de Portugal: as viagens da Ryanair são baratas e a viagem até é curta.

Offline A.Ol.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Olá Magistral Estratega, agradeço desde já a tua opinião! :)

Nesse aspecto tens razão e a não gostar, tenho sempre a hipótese de estar lá dois anos e ter depois entrada practicamente directa por exemplo para a Australia... Porque parte dos locais de trabalho pedem esses dois anos de experiência em países de lingua oficial inglesa... Mas não era esse o objectivo, andar a saltitar... Se bem que se tiver mesmo de ser também o farei... Mas acho que acaba por haver algum desperdício de tempo e de dinheiro...

Mas realmente não sei... Acho que a todas as duvidas se junta o natural receio de ir à descoberta, mas isso é uma coisa que tenho de ser eu a ultrapassar, mal consiga escolher o país onde quero investir...
Margarida :)

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Tudo depende do que queiras: estar lá por fora uns anos e voltar ou ficar por lá.

Aviso-te já que à excepção dos EUA e Canadá, devem existir poucos locais onde paguem melhor a um enfermeiro que a Irlanda.

Tenho conhecimento, de fonte fidedigna, que em 39 horas semanais podes auferir 4000 euros mês. Não sei se tal se aplica a quem não tem experiência profissional ou se esta for irrisória (o exemplo de que te falo é de alguém que já tinha 7 anos de experiência profissional, com alguns anos de experiência em UCI, Urgência e com diversas formações nesta área).

De qualquer forma, eu iria para a Irlanda. Mas como te disse anteriormente. Nisto sou muito comodista e genuinamente acho que não existe nenhum país onde eu conseguisse viver tão bem como em Portugal. Só uma proposta de 10000 euros mês me tentaria (tentaria não quer dizer que me seduziria), mas também não estou propriamente nas mesmas condições de quem emigra ou tenciona fazê-lo . Nesses casos nem hesitaria...


Estar na Irlanda (em Dublin) actualmente é como estar em Lisboa e ser do Porto. A demora é quase a mesma...

Offline A.Ol.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Não, o que eu quero é mesmo ir para não voltar... Ou pelo menos só voltar definitivamente quando estiver reformada! lol O meu problema não é tanto o tempo que vou demorar para encontrar emprego mas sim a qualidade de vida que vou ter... Estou a ver que em Portugal, da maneira que as coisas se estão a pôr, vai ser cada vez mais dificil construir algo para mim... Quero construir algo... Um futuro que não vejo cá... Daí ter a certeza de que o que quero é sair daqui...

Enquanto jovem, aqui em Portugal só vejo um... Ganhar dinheiro simplesmente para pagar casa (se conseguir), e pouco mais... Quero viver a vida... Com os ordenados de 750€ que começam agora a oferecer aos jovens enfermeiros, o que é que se consegue para além de sobreviver num país onde tudo aumenta exponencialmente, com excepção dos ordenados? lol

Não quero dar a entender que não gosto do meu país... Nada disso... Adoro Portugal, acho que temos um país lindo... Mas tenho que pensar em mim e no meu futuro se quiser aproveitá-lo daqui a uns anos...

Não quer dizer que não hajam outros e melhores exemplos, mas o que eu vi em Espanha foi qualidade de vida...

Já agora em que país trabalha essa fonte, só por curiosidade...
Margarida :)

Offline MUSADOORIENTE

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 84
    • Ver Perfil
Afinal todos têm um preço! É preciso é que ele seja atractivo... O0

"Estar na Irlanda (em Dublin) actualmente é como estar em Lisboa e ser do Porto. A demora é quase a mesma..."

PIADA ou ANEDOTA?

As duas coisas, talvez! ;D

Lá porque há uma companhia aérea que faz a ligação entre duas cidades a um preço baixinho, não quer dizer que isso aproxime essas duas cidades na sua maneira de ser...

Sendo do norte (não obrigatoriamente do Porto) e estando em Lisboa, convivo diariamente com pessoas que falam o meu idioma, que têm os mesmos costumes, tenho fortes possibilidades de conhecer alguém meu conterrâneo (no trabalho, na escola, na rua onde moro...), posso deslocar-me a casa em poucas horas (seja de carro, comboio, autocarro, ou até mesmo avião...), a dieta é similar, estou perto da realidade do meu país (notícias, séries nacionais, teatro, concertos...), o clima continua a ser muito parecido, posso ser visitado pelos meus familiares/amigos com a mesma simplicidade com que eu os visito, posso ir passar um fim de semana ao Aletentejo e no seguinte ir ao Algarve...

Como vêem, o algodão não engana! Ir para o estrangeiro terá as suas vantagens, e eu acredito que são muitas. Mas daí até dizer que Lisboa é parecida com Dublin, é algo que só alguém muito distraído pode afirmar!

Coragem Helen Swedin.

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Olá,

Cara colega, se o teu propósito é correr mundo e conhecer novas culturas, deves ir para o sítio que achares mais exótico...

O que me parece é que estás descrente com o futuro da Enfermagem em Portugal e te vês na contingência de teres de emigrar.

Isso é duro por razões várias, de que o colega Musadooriente apontou algumas, mas também porque a enfermagem nesses países também não é profissão muito apetecível, senão estariam os autóctones a exercê-la, não é?

Nos países onde pagam bem aos enfermeiros, a maioria deles é recrutada de países do terceiro mundo, porque os locais podem escolher ter profissões menos duras.

O ideal seria teres emprego em Portugal e com melhores condições do que as que existem.

Eu penso como o colega Magistral, só se me pagassem 10 000 euros por mês é que eu saía de perto da minha família, da terra que me habituei a conhecer ao crescer, dos meus hábitos e da possibilidade de ser igual; porque ser imigrante não é fácil.

Abraço.

Offline A.Ol.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Realmente colega mariarebelo1, o meu proposito é conseguir algo de futuro, seja em que país for... Não tanto viajar mundo, o que em ultimo caso, faria, mas sempre com o sentido de melhorar a minha vida. Se encontrar algum país onde possa assentar, é o que farei...

Quanto ao facto da profissão noutros países ser dura, penso que não podemos deixar de concordar que em Portugal também o é e com ganhos quase nulos, à excepção dos que já estão a exercer há uns anos que puderam orientar a sua vida a tempo do descalabro que está a acontecer...

Realmente, o ideal seria ter emprego cá e com melhores condições do que as que existem... Mas onde? Tenho visto colegas do ultimo ano a trabalharem para mal conseguirem sobreviver... A trabalharem turnos e turnos seguidos para poderem ganhar algumas horas extra e quando são pagas, o que também já é raro...
Daqui a uns anos, até pode ser que se consiga algo, mas neste momento, se quero a minha independencia financeira e construir a minha vida não posso ficar cá...

Quanto à familia... Bem, penso que com voos lowcost (caso fique na UE) ao preço que estão, obviamente que não poderei vir dia sim, dia não a casa, mas depois de alguns meses a trabalhar para me instalar como deve ser, penso que uma vez por mês dá concerteza para cá vir ou receber lá alguem... Apesar de como a colega MUSADOORIENTE terá referido, não ser propriamente como de Lisboa ao Porto ou ao Algarve... Neste aspecto estou a ser 100% apoiada por todos os que me rodeia e isso também ajuda...


Cumprimentos e obrigado pelos vossos testemunhos :)
Margarida :)

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Cara A.OL,

Com toda a sinceridade, espero que consigas o melhor por cá sem teres de emigrar, mas é uma opinião subjectiva e emocional...

Qualquer que seja o teu destino só te posso desejar as maiores felicidades e sucessos, quer ao nível profissional, quer pessoal.

Boa sorte e abraço.

Offline nunotavares

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 700
    • Ver Perfil
    • http://www.enfermeiro-de-anestesia.blogspot.com
Olá!

Convido-te a espreitar um pouco da realidade dos EUA, em relação ao caso específico da Anestesiologia. Estive algum tempo por lá a convite da AANA ...autonomia e 6000 USD por semana, parece-me aliciante, que chegue!

Aqui ficam algumas leituras!

www.aana.com
http://content.healthaffairs.org/cgi/co ... l/21/6/272
http://www.cms.hhs.gov/apps/media/press ... ounter=391
http://news.bbc.co.uk/2/hi/health/475236.stm

Boa sorte!
Abraço,

Offline A.Ol.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Olá Nuno!

Realmente os sites que me recomendas são extremamente aliciantes!
O meu problema são apenas os outros requisitos que temos de ter, mais específicamente o TOEFL e o teste de inglês para enfermeiros, que neste momento para além de não ter grandes possibilidades económicas também não tenho muito tempo para me preparar... Daí estar a pensar sériamente começar pela Irlanda, já que não pedem certificação e depois de dois anos considerar a hipotese de mudar, caso veja melhores oportunidades... Assim teria dois anos de experiencia e num país de lingua oficial Inglesa o que me deixaria melhor preparada para os testes que me esparariam e a nivel monetário também já teria mais possibilidades...
Não sei se estou a pensar bem se não... Estou a ponderar ainda... E confesso que quanto mais tempo penso mais confusa pareço ficar... Porque por minha vontade não ficava na UE, mas há factores muito importantes que não me possibilitam ir para mais longe... Daí estar tão ambivalente quanto a esta questão...

Obrigado mais uma vez pela informação e pelo comentário!
Margarida :)

Offline crismarlene

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 43
    • Ver Perfil
ola A.OL.
eu ja estive em londres mas apenas em visita , é sem dúvida um lugar agradavel para s viver, trankuilo, onde todas as pessoas são estremamente agradáveis , simpáticas e acolhedoras.
desejo lhe muita sorte, e sucesso colega!!

Offline nelsinho

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Olá eu tambem estou a pensar em ir para a Irlanda pois em Portugal as hipoteses são quase nulas (só para dizer que são mesmo nulas). Pensei em ir para Espanha ( o que não ainda não coloquei de parte) mas pensando bem, tendo a licenciatura em Enfermagem e tendo por base o inglês acho que depois se abriram muitas portas a nível do estrangeiro. Se souberes de sites ou outras dicas diz alguma coisa.
enf.nelsinho@hotmail.com

cpm

Offline Leugim

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 430
    • Ver Perfil
olá! neste post tens a realidade dos EUA, pode ser que te ajude.
http://www.forumenfermagem.org/forum/http://forumenfermagem.org/phpbb3/viewtopic.php?t=6

Pessoalmente também optaria pela Irlanda.

Offline A.Ol.

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Sinceramente, ao contrário de há um mês atrás, neste momento estou muito inclinada a voltar para espanha. Digo voltar porque fiz erasmus lá e é isso que me alicia, o facto de ter gostado do local onde estive, de ter lá deixado amigos que com o mesmo curso, encontraram emprego numa semana, e pelo facto do clima e das pessoas serem muito identicos aos nossos...
Além disso, penso que em questões monetárias, fica mais ou menos em pé de igualdade com a irlanda. Isto porque se for a ver na irlanda pagam cerca de 530€ por semana, o que mensalmente dá 2120€ (só não sei se são brutos ou liquidos) mas imaginando que sejam brutos ainda teria que se retirar a este montante o valor dos descontos, que calculo que sejam bem mais do que cá...
Em espanha uma amiga minha, só a fazer manhãs (logo não ganhando sequer horas de qualidade) e num hospital privado (que ao contrário de cá, paga menos que o publico) ganha cerca de 1800€ brutos e os descontos não são tão elevados como na irlanda...
Em termos de nivel de vida, á sabido por todos que a irlanda tem um custo de vida muito, mas mesmo muito mais elevado que o espanhol (que é identico ao nosso)... Daí que tenha dúvidas se apesar de se ganhar melhor, se viva tão bem na irlanda quanto em espanha...
Quanto ao idioma... Para mim nenhum é problema, se bem que no que se refere a termos técnicos deva estar melhor preparada com o espanhol, devido ao erasmus...
Sei que a irlanda, no que se referia a abrir-me portas para outros países seria melhor, no entanto não perco nada se for para espanha e fizer os exames que me permitam ir para países de lingua oficial inglesa...
É neste pé que estou, neste momento... No entanto, até ter emprego, vale tudo... O que vier mais depressa é o que marcha... lol
Margarida :)