Votação

Quem deve dirigir os lares, apoio dom. e centros de dia?

Qualquer profissional das ciencias humanas e sociais.
18 (20.7%)
Só profissionais de saúde
42 (48.3%)
Só assistentes sociais
4 (4.6%)
Só médicos
0 (0%)
Só fisioterapeutas
0 (0%)
Só enfermeiros
10 (11.5%)
Psicologos e sociologos
0 (0%)
Quem frequente curso para tal
13 (14.9%)

Votos totais: 87

Votação encerrada: Junho 04, 2008, 22:49:07

Autor Tópico: Assistentes sociais  (Lida 28402 vezes)

Offline Luís-Prata

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 14
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #30 em: Julho 03, 2008, 23:25:31 »
Primeira questão: o que é um lider e o que é ser lider? Será importante que um lider seja enfermeiro só porque se trata de um lar?
Pois bem na minha opinião existem enfermeiros em direcções de lares muito incompetentes...
A questão é se pretendemos o poder pela liderança ou pela nossa competencia?
Claro que pode ser uma assistente social, um enfermeiro, um médico, pouco importa... Um bom lider e gestor rodear-se-à de uma equipa de gestão multidisciplinar da qual tirará o melhor partido, os enfermeiros gerem enfermeiros, médicos gerem médicos etc... A questão não quem é que está à frente? É quem é que está atrás dessa pessoa que está à frente, nem que essa pessoa seja um mero cidadão comum...
Afinal as pessoas são o fim ou o meio? O que preocupa a enfermagem o seu poder ou as pessoas?
É bom que pensem que se querem ter visibilidade os unicos que vos podem dar visibilidade são aqueles para quem todos nós trabalhamos: as pessoas, são elas o nosso fim, aquelas que podem trazer o poder à nossa profissão

Offline Luís-Prata

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 14
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #31 em: Julho 04, 2008, 11:52:57 »
Sim conheço, bons assitentes sociais, trabalho com uma e reconheço a sua capacidade e sei que ela reconhece a minha e por ai fora... Não me importe que alguem como ela possa liderar desde que tenha em conta sempre o que penso e os problemas que levanto, se nos respeitarmos, um liderança partilhada é sempre bem mais produtiva. A questão é que alguns assitentes sociais lideradam através de uma liderança desadequada à nossa época: autocrática. Lamento, só trablhas num lar liderado por alguem assim se o quiseres... A vida é mesmo assim feita de escolhas, nenhum lider consegue liderar se a sua equipa não reconhecer no mesmo a liderança...
Por mais que nos custe muitas vezes tomar algumas atitudes...

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #32 em: Julho 06, 2008, 23:34:42 »
Citação de: Luís-Prata
Sim conheço, bons assitentes sociais, trabalho com uma e reconheço a sua capacidade e sei que ela reconhece a minha e por ai fora... Não me importe que alguem como ela possa liderar desde que tenha em conta sempre o que penso e os problemas que levanto, se nos respeitarmos, um liderança partilhada é sempre bem mais produtiva. A questão é que alguns assitentes sociais lideradam através de uma liderança desadequada à nossa época: autocrática. Lamento, só trablhas num lar liderado por alguem assim se o quiseres... A vida é mesmo assim feita de escolhas, nenhum lider consegue liderar se a sua equipa não reconhecer no mesmo a liderança...
Por mais que nos custe muitas vezes tomar algumas atitudes...

A minha questão mantém-se! Percebo e concordo com o seu ponto de vista, mas o que me chateia é a obrigatoriedade legal de ser o assistente social a liderar...Porquê? Que competências tem que o colocam em posição de liderança à partida?

Offline taniapetro

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #33 em: Julho 07, 2008, 10:28:11 »
Caros Colegas

Venho aqui deixar a minha experiência relativamente à questão levantada. A lei relativa à direcção técnica de um SAD (Serviço de Apoio Domiciliário) não obriga que a mesma seja assumida por um assistente social (tal como se pode ler abaixo).

"Possuir um director técnico com formação técnica e académica
correspondente a bacharelato ou licenciatura no
âmbito das ciências sociais e humanas ou ciências da saúde"

Sou enfermeira e, neste momento sou directora técnica dum SAD, daí que não existe qualquer impedimento nesse sentido. O que acontece, na maioria dos casos é que, como é obrigatório a existência duma assistente social por cada 60 utentes, a direcção contrata um assistente social como forma de rentabilizar recursos (pois este assume papel de director técnico e assistente social).

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #34 em: Julho 07, 2008, 11:58:51 »
@taniapetro

Muito obrigado pelo esclarecimento. Aí está a resposta a uma questão que levantou/levanta muitas dúvidas.

Sendo assim, parece-me que os enfermeiros podem liderar uma equipa de apoio domiciliário, sendo esta cada vez mais, uma área de futuro.

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #35 em: Julho 10, 2008, 22:38:01 »
Obrigado pelo esclarecimento colega tania.
Não sei de quando é essa legislação mas contradiz qualquer coisa que consultei quando projectava uma unidade de apoio domiciliário.

Mas ainda bem que assim é!

Offline taniapetro

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #36 em: Julho 11, 2008, 10:07:41 »
Cara Colega, pode consultar o Decreto Lei que regulamenta o funcionamento do Apoio Domicliário no seguinte site:

http://www.larvalor.pt/despachonormativo.pdf

Na Norma X pode ler-se o seguinte:
Direcção técnica
1 — A direcção técnica do SAD deve ser assegurada
por um elemento com formação técnica e académica
correspondente a bacharelato ou licenciatura no âmbito
das ciências sociais e humanas ou ciências da saúde.
2 — Ao director técnico compete, designadamente:
a) Dirigir o serviço, assumindo a responsabilidade
pela sua organização, planificação, execução,
controlo e avaliação;
b) Assegurar o recrutamento de profissionais com
formação/qualificação adequada à prestação
dos serviços propostos;
c) Assegurar a coordenação das equipas prestadoras
de cuidados;
d) Garantir a qualidade técnica do diagnóstico de
cada situação e da elaboração do respectivo
plano de cuidados;
e) Garantir a supervisão do pessoal do SAD;
f) Proporcionar o enquadramento técnico para
avaliação da evolução de cada situação, em função
do plano de cuidados definido;
g) Sensibilizar o pessoal face às problemáticas dos
utentes.

Pela minha experiência um enfermeiro tem competências para assegurar com desempenho as funções acima mencionadas, nada obrigando ser um assistente social.

No entanto, caso tenha conhecimento da alteração da referida lei, agradeço que comunique o seu parecer. De qualquer forma, o nosso projecto tem um parecer positivo da segurança social, tendo sido já aprovado pelo centro de emprego, daí que está tudo em conformidade.

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #37 em: Julho 15, 2008, 09:24:54 »
Fantásticas notícias.
Espero então que mais colegas sigam o vosso exemplo.

Que tal partilharem mais informação sobre o vosso projecto!

Offline taniabarreira

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #38 em: Julho 20, 2008, 15:29:42 »
Citação de: enfsergio
Um enfermeiro com formação adequada na área consegue fazer uma avaliação do doente e família na sua globalidade e tem conhecimento das alternativas existentes fora do hospital e centro de saúde, e tem capacidades de fazer o seu encaminhamento.

Parece-me que o enfermeiro consegue fazer uma avaliação muito mais completa do que o assistente social.



Uma avaliação mais bem feita que a do enfermeiro ou assistente social é a que é feita pelo gerontólogo, que já foi treinado para isso e engloba uma avaliação bio-psico-social do idoso

Offline taniabarreira

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #39 em: Julho 20, 2008, 15:33:44 »
Citação de: SandroMelo
A lei prevê que seja um assistente social a gerir e ponto final...agora se não concordamos...o que podemos fazer?

A lei não prevê nada disso... informa-te

Offline Son_Goku

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 527
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #40 em: Julho 20, 2008, 16:53:09 »
Segundo a lei, quanto à snormativas da direcção técnica de um lar, preconiza-se o seguinte:

Citar
Norma X
Direcção técnica
1 - A direcção técnica do lar residencial é assegurada por um técnico com formação
superior no domínio das ciências sociais e humanas, com perfil psicológico adequado,
capacidade de liderança, interesse e motivação pela problemática da deficiência e
reabilitação.
2 - Ao director técnico compete:
a) Assegurar a direcção do lar residencial, assumindo a responsabilidade pela
programação das actividades e a coordenação e supervisão de todo o pessoal;
b) Sensibilizar o pessoal para a problemática da pessoa com deficiência;
c) Promover o acesso a acções de formação para o pessoal, tendo em conta o
respectivo conteúdo funcional.
3 - O director técnico pode exercer funções a tempo parcial, sem prejuízo de ser
assegurada a sua presença dentro do horário de permanência da maioria dos
Despacho Normativo n.º 28/2006,


Pergunta: È a enfermagem uma ciência social e humana? Segundo a classificação actual, não!

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #41 em: Julho 21, 2008, 11:08:00 »
Citação de: taniabarreira
Citação de: enfsergio
Um enfermeiro com formação adequada na área consegue fazer uma avaliação do doente e família na sua globalidade e tem conhecimento das alternativas existentes fora do hospital e centro de saúde, e tem capacidades de fazer o seu encaminhamento.

Parece-me que o enfermeiro consegue fazer uma avaliação muito mais completa do que o assistente social.



Uma avaliação mais bem feita que a do enfermeiro ou assistente social é a que é feita pelo gerontólogo, que já foi treinado para isso e engloba uma avaliação bio-psico-social do idoso

Bem, provavelmente você é gerontóloga (bonito este nome!).
Se conhecer minimamente a enfermagem, pelo menos aquela na qual me formei (e só passaram 7 aninhos) faria esta avaliação com os conhecimentos cientificos e competências técnicas e humanas adequadas, sem necessidade de recorrer a esta nova profissão, que reuniu competências há muita do domínio da enfermagem.
Já agora...a resposta do colega Son--Goku, responde-lhe adequadamente ao seu comentário seguinte...e além disso...antes de me conhecer...tratar-me por tu...é abusivo...se não for enfermeira!

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #42 em: Julho 29, 2008, 16:48:20 »
Citação de: SandroMelo
Citação de: taniabarreira
Citação de: enfsergio
Um enfermeiro com formação adequada na área consegue fazer uma avaliação do doente e família na sua globalidade e tem conhecimento das alternativas existentes fora do hospital e centro de saúde, e tem capacidades de fazer o seu encaminhamento.

Parece-me que o enfermeiro consegue fazer uma avaliação muito mais completa do que o assistente social.



Uma avaliação mais bem feita que a do enfermeiro ou assistente social é a que é feita pelo gerontólogo, que já foi treinado para isso e engloba uma avaliação bio-psico-social do idoso

Bem, provavelmente você é gerontóloga (bonito este nome!).
Se conhecer minimamente a enfermagem, pelo menos aquela na qual me formei (e só passaram 7 aninhos) faria esta avaliação com os conhecimentos cientificos e competências técnicas e humanas adequadas, sem necessidade de recorrer a esta nova profissão, que reuniu competências há muita do domínio da enfermagem.
Já agora...a resposta do colega Son--Goku, responde-lhe adequadamente ao seu comentário seguinte...e além disso...antes de me conhecer...tratar-me por tu...é abusivo...se não for enfermeira!

Como eu já referi por diversas áreas...os enfermeiros deveriam ter esta área como sua...a ordem...ou alguém de direito deixou escapar esta área e agora recentemente começam a aparecer os gerontólogos.

Enfim...

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #43 em: Agosto 09, 2008, 15:56:28 »
Onde anda a nossa colega gerontóloga?

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Assistentes sociais
« Responder #44 em: Agosto 09, 2008, 19:48:02 »
Oh SandroMelo...então não se vê logo onde anda...de férias claro

lol

:)