Autor Tópico: Formações preparação parto, exercicios pós-parto e massagem recem-nascido  (Lida 8205 vezes)

Offline *Andreia*

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 33
    • Ver Perfil
Olá a todos.
Alguém me sabe dizer onde posso tirar a formação de preparação para p parto, exercícios no pós parto e massagem ao bebé? Sou da zona de Santarém, se alguém me puder ajudar agradecia.
Beijokas

Offline enfmpaulino

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 36
    • Ver Perfil
Podes consultar as formações promovidas pelo IFE,  mas existe um parecer da Ordem dos enfermeiros sobre CURSOS DE PREPARAÇÃO PARA O PARTO SEREM MINISTRADOS POR ENFERMEIROS SEM ESPECIALIDADE NA ÁREA DA SAÚDE MATERNA E OBSTÉTRICA_PARECER CJ 123/2007.

Offline *Andreia*

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 33
    • Ver Perfil
Obrigada pela atenção.

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
8)

Pois bem, acabei de ler o parecer e acho que tá lindo...


Só é pena que existam dezenas de outros profissionais a usurpar as funções do enfermeiro especialista e a desordem dos enfermeiros não denuncie nem actue juridicamente sobre nenhum dos psicologos, fisioterapeutas, curiosos, terapeutas de toda a espécie, obstetras... etc...
que vão fazendo sessões de preparação para o parto... até sessões organizadas por ginásios ...   


boa noite...

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
8)

pelo que percebi...


todos podem... menos os enfermeiros...

saudações

Offline *Andreia*

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 33
    • Ver Perfil
Sim de facto foi o que li neste parecer e, verdade seja dita, fiquei revoltada com isto. Afinal de contas isto vai de mal a pior.

Ainda consegui informar de um centro de formação onde fazem cursos para formadores de preparação para o parto etc, e nem imaginam a quem esse curso se dirigede: "profissionais de sucesso na área do Fitness e da saúde. Para todos aqueles que procuram formação e especialização para saídas profissionais nestas áreas. Este é o curso indicado para quem pretende se especializar para dar aulas de preparação para o Parto em: Centros de Saúde, Hospitais, Clínicas, Ginásios, Health Clubs, Câmaras Municipais, Associações, Bombeiros, Juntas de freguesia."

Onde é que está escrito que é exclusivo de Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica?...Em lado nenhum...Então e eu sendo recém-licenciada posso dar aulas de preparação para o parto?...Não...Porquê?...Porque segundo a Ordem dos Enfermeiros "Só aos Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica é reconhecida competência para
ministrar o Curso de Preparação para o Parto. E...À Ordem, além da atribuição, compete proteger o título profissional, e a profissão de enfermeiro,
promovendo procedimento legal contra quem use o título ou exerça a profissão ilegalmente."

Então eu deixo aqui uma questão...Se eu sendo enfermeira recém-liceciada, não tenho competências para desenvolver aulas de preparação para o parto (segundo a Ordem)...E se o fizer serei punida?...Então e quem realiza esses cursos sem sequer ser enfermeiro...quem é o que lhes reconhece as competências? Não me venham dizer que têm mais formação do que os enfermeiros!

Cumprimentos

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
;)

ah pois é...

 >:(

Offline Son_Goku

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 527
    • Ver Perfil
Antes da Ordem emitir pareceres sobre as aulas de preparação para o parte levadas a cabo por enfermeiros não especializados deveriam emitir um parecer sobre as mesmas aulas praticadas por estes indivíduos aqui...

http://www.hbarreiro.min-saude.pt/NoticiasEventos/Artigos/Preparacao_Nascimento.htm

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Ora aí está uma realidade gira.
Sempre que se pode ganhar uns cobres, aparecem outros que nos roubam as áreas.
Mas colegas, somos os principais culpados por esta situação. Não nos assumimos como profissionais com competências em muitas áreas.

Offline Anocas21

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 22
    • Ver Perfil
carissimos....
só me apraz dizer...QUE PALHAÇADA!!!Esta Ordem vai de mal a pior....mas porque carga de água só os enfermeiros especialistas de saúde materna e infantil é que podem exercer as formações de preparção para o parto???então já agora vamos comunicar à ASAE que temos centenas de centros de formação a ministrar estes cursos a enfermeiros recem-licenciados e a curisosos (sem nenhuma formação) com o objectivo de preparar os formandos a ministrarem esses memsmos cursos....

Pronto já se arranjou mais um entretenimento para os inspectores da ASAE!!!!

já estou a ver a capa dos jornais...."...mais uma rusga dos inspectores da ASAE, desta vez foram apreendidos material do curso de preparação para o parto e o formador (enfermeiro recem-licenciado) foi detito por não possuir habilitações necessárias para ministrar tal curso..."

Que PALHAÇADA!!!!

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Estaremos a equivocar-nos?

Então não é perfeitamente normal que tenha de ser um enfermeiro especialista em SMO a fazer essas formações?

Às vezes damos tiros nos próprios pés ao defendermos que isto não deve ser exclusivo dessa área e até me arrisco a dizer que quem defende o contrário nunca perceberá o conceito de especialização nem a defesa dessas competências por parte dos mesmos...

Contudo o mesmo já não se passa em relação a outros profissionais de saúde, e se temos conhecimento dessas situações... denunciemo-las, se somos ouvidos ou não, isso não me cabe a mim ajuizar, mas que é nosso direito e DEVER ai isso é...

Offline Anocas21

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 22
    • Ver Perfil
Caro Magistral Estratega

Então já que parece ter algum conhecimento acerca deste assunto, poderá me explicar porque razão existem estes cursos de formação???já que um enfermeiro com especialidade na saúde materna e infantil não terá interesse em frequentar esse curso pelo simples facto já possuir uma formação nessa área!!!

Já que a Ordem se diz tão atenta aos problemas dos enfermeiros, que começe a fechar todos as formações desta àrea que conferem formação aos recem-licenciados, e que como dizem não têm competência para os ministrar!!!

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
@Anocas21

O objectivo de curso  existir sinceramente não sei, até porque ele deveria fazer parte da estratégia dos CSP relativamente à SMO pelo que se justificaria que este, a ser pago, o fosse pelo Estado e dentro das instalações adequadas, Centro de Sáude, USF ou qualquer estrutura semelhante, pelo que só posso depreender que seja um aproveitamento das falhas do estado na cobertura deste tipo de cuidados e que propicia estas actividades lucrativas.

Quanto ao facto de ter de ser um enfermeiro especialista em SMOa ministrar essa formação, há alguma dúvida?

Não percebi foi muito bem o público alvo da formação... criar mais formadores ou dar formação a futuros pais?

É que a ser criar mais formadores, isso só revela a pequenez de raciocínio e estratégia quanto às competências e usurpação de funções.

Faz-me lembrar a história de uns enfermeiros que "ensinavam a tirar sangue a umas moçoilas" e quando estas se tornaram mais autónomas os despediram, inteligentes estes nossos colegas de facto... mas tudo a bem do bom funcionamento da equipa e do bom ambiente multidisciplinar (sarcasmo)...

Offline Boss_Nunes

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 141
    • Ver Perfil
Cara Anocas, eu frequentei o curso de preparação para o parto pelo método psicoprofilactico, sempre nos foi informado que como enfermeiros generalistas, não poderiamos ser os responsáveis pela formação, mas se existise um enfermeiro especialista, poderiamos trabalhar em conjunto com o mesmo.
Hugo Santos
AKA bossnunes

Offline Anocas21

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 22
    • Ver Perfil
caros Colegas!!!

Relativamente ao público alvo, alguns cursos formam profissionais para dar formação nessa área, noutros o cursos é direccionado para os pais!!!O que me queria referir era ao primeiro, ou seja, formar profissionais para dar formação!No entanto, não penso em ser a única responsável por uma formação deste género, isto porque sinto que não possuo experiência nem conhecimentos suficientes para avançar com um projecto deste tipo...mas penso sim em trabalhar em conjunto com outros profissionais, e desta forma dar formação em apenas alguns módulos do curso!!! Por isto acho que a Ordem não nos ajuda em nada...e anda sempre a cortar as pernas a quem realmente quer trabalhar para o bom nome da profissão!