Autor Tópico: "Foco" - Quem deve avaliar?  (Lida 5833 vezes)

Offline enf.cat.denis

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 19
    • Ver Perfil
"Foco" - Quem deve avaliar?
« em: Março 09, 2008, 20:28:45 »
Olá pessoal ;)

Sou recém licenciada e comecei à pouco tempo a trabalhar no programa de saúde materna de um centro de saúde da área de Lisboa.
Neste serviço é prática comum os enfermeiros (generalistas) ouvirem o "foco", tanto na ausência do médico como durante as consultas médicas.
Recentemente a chefe do centro de saúde apercebeu-se que eu não ouvia o "foco" e insistiu que eu deveria faze-lo. Face a este "incentivo" fiquei na duvida.

Será que eu deva responsabilizar-me pela avaliação do foco? E se durante uma avaliação, em que o médico não está presente, não se consegue ouvir?

Pelo que eu sei, e recordo das informações transmitidas durante o curso, esta acção não está inserida no leque das competências de um enfermeiro generalista.

Tenho alguma razão naquilo que digo? Existe algum documento que explicite, de forma clara, que a avaliação do foco deve ser realizada exclusivamente por um enfermeiro especialista ou um médico?

Não é que um enfermeiro generalista não sabia ouvir o foco mas numa situação menos linear quem assume a responsabilidade!? ???

Será que alguém me pode ajudar a esclarecer estas duvidas...

Obrigada

Offline Son_Goku

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 527
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #1 em: Março 10, 2008, 18:37:33 »
A auscultação do foco fetal é uma manobra a realizar pela Enfermeira especialista, estando esta manobra inserida num contexto mais lato que é a consulta de seguimento da grávida. Efectuar a auscultação do foco de forma isolada não é muito útil. No entanto nada impede que um enfermeiro generalista a execute se para isso tiver capacidade, tendo sempre em mente que as suas atitudes decorrentes  da sua observação são limitadas à notificação de uma situação anómala ao médico ou ao enfermeiros especialista.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #2 em: Março 20, 2008, 21:44:00 »
Colega

Alguém lhe deu formação especializada que lhe permite executar com segurança a técnica que refere??? Penso que isto responde à sua dúvida.

Se não sabe, não faz.
Não é vergonha nenhuma, só é vergonha fazer algo sem ter certeza.
Primeiro aconselhe-se com o enfermeiro especialista em saúde materna e obstétrica da sua unidade acerca das competências deste acto.
Se ainda assim tem dúvidas, peça parecer à Ordem dos Enfermeiros. salvaguarde-se.
Consulte também as 96 competências dos enfermeiros de cuidados gerais, se não as tem consigo pode consultar em http://ordemenfermeiros.pt/images/conte ... sEnfCG.pdf

Cumprimentos!

Offline enfmpaulino

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 36
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #3 em: Março 20, 2008, 22:24:01 »
A terminologia correcta não é Foco, mas sim Auscultação dos batimentos cardíacos fetais só pretendo aqui chamar a atenção do facto de que não é só ouvir , mas saber ouvir , distinguir entre os BCF e a aorta abdominal materna verificar sempre se o que estás a auscultar está correcto. Se pretenderes mais alguma informação estou ao dispor.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #4 em: Março 20, 2008, 22:43:24 »
Cuidado ter informação não é a mesma coisa que saber fazer ou ter competência para tal.
Competência para executar uma determinada prática deve implicar um período de adaptação e interiorização controlado e sob supervisão de um responsável.

Offline nunobatista

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 44
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #5 em: Março 21, 2008, 02:40:11 »
O Colega Pedro SIlva tem toda a razão! Cuidado, não exceda as suas competências. Ser responsável é sinónimo de saber reconhecer as suas limitações e isso não é vergonha nenhuma, mas sim um sinal de inteligência!

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #6 em: Março 23, 2008, 22:52:08 »
8)

Provávelmente deveria ser um enfermeiro especialista a fazer essa avaliação!

Será que o médico de clinica geral e familiar o sabe fazer??

Qual o contexto em que a colega é chamada a fazer a auscultação? Existem enfermeiros especialistas em saúde materna no CS ? Qual a validade do procedimento, se a colega não fizer a auscultação... será que a utente terá alguém que faça qualquer especie de vigilância??

Concordo que se deva salvaguardar... qual a legitimidade da colega, provávelmente contratada... a termo... para se recusar ao que quer que seja... será que a ordem dará algum parecer que defenda a colega se ela não quiser executar a técnica??

Quais as repercussões dentro do centro de saúde e para a chefe que a incita e eventualmente obriga... a executar o procedimento para o qual não tem manifestamente capacidade para executar??


São tudo questões que gostava que os arautos da qualidade dos cuidados... e defensores da enfermagem ordenhada... respondessem... se quiserem e puderem...


Obrigado!

Offline Enf.Miguel

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 23
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #7 em: Março 24, 2008, 15:03:14 »
Citação de: nunobatista
O Colega Pedro SIlva tem toda a razão! Cuidado, não exceda as suas competências. Ser responsável é sinónimo de saber reconhecer as suas limitações e isso não é vergonha nenhuma, mas sim um sinal de inteligência!

Concordo!!!!!!!!
A nossa profissão tem uma identidade própria, porque está associada a campos de conhecimento próprios!
Saudações.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #8 em: Março 24, 2008, 17:52:51 »
A  colega pode sempre pedir parecer à OE.
Fica aqui um sobre os cursos de preparação para o parto para ter a ideia de que há algumas áreas que são da exclusiva responsabilidade dos enfermeiros especialistas.
http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... %20123.pdf

A questão da legitimidade em fazer ou não fazer este acto de auscultação fetal pode coloca-la à Ordem.

Quanto ao colega Ribeiro, penso que há comentários que denotam um grande pre-conceito em relação a pessoas que nem sequer conhece. A ideia é de entreajuda,mas se calhar para si espaços abertos como estes são desnecessarios. será?

Offline Son_Goku

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 527
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #9 em: Março 24, 2008, 19:31:31 »
Deveria ser um especialista a fazer essa avaliação, é certo. Mas nada impede legalmente de um enfermeiro generalista a encetar essas actividades se tiver competências para tal. Tal como foi referido num outro tópico , e reproduzindo uma afirmação de um Prof da ESEnf do Porto, o enfermeiro pode fazer tudo desde que se sinta preparado para o fazer... É um bocado exagerado mas ilustra bem o espírito da coisa.
A falta de reconhecimento de competências técnico-centíficas específicas não cerceia a autonomia do enfermeiro que as queira aplicar. No entanto é importante que exista um processo de reconhecimento dessas competências que é a especialização.
Imaginem que se cria uma especialidade de Enf. em emergência e se considera o SAV competência do especialista (por exemplo)... então aqueles enfermeiros que detêm uma longa experiência em SAV seriam impedidos de ao executar apenas por não serem especialistas!!! Por isso penso ser urgente criar um sistema de certificação de competências adquiridas no contexto do exercício profissional!

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #10 em: Março 24, 2008, 20:01:09 »
Concordo com a necessidade de criar um sistema de certificação de competências.
Mas já não concordo que um enfermeiro de cuidados gerais esteja habilitado legalmente a executar todo o tipo de conteúdo funcional da Enfermagem.
No caso em concreto que estamos aqui a focar, nem sequer se pode falar de existir uma prática de cuidados consolidada.

Outra questão, essa do Professor foi para provocar  :) para mim, nem que me diga que foi o Papa, não se pode aceitar acriticamente tudo o que se diz por aí.

Um enfermeiro em última analise deve ter forma de demonstrar que possui determinada competência, e como sabem existem áreas onde isso não é possivel ao nível de diplomas, que é o sistema existente, ou seja o do percurso academico e nada mais.

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #11 em: Abril 06, 2008, 04:09:31 »
Citação de: pedrojosesilva
A  colega pode sempre pedir parecer à OE.
Fica aqui um sobre os cursos de preparação para o parto para ter a ideia de que há algumas áreas que são da exclusiva responsabilidade dos enfermeiros especialistas.
http://www.ordemenfermeiros.pt/images/c ... %20123.pdf

A questão da legitimidade em fazer ou não fazer este acto de auscultação fetal pode coloca-la à Ordem.

Quanto ao colega Ribeiro, penso que há comentários que denotam um grande pre-conceito em relação a pessoas que nem sequer conhece. A ideia é de entreajuda,mas se calhar para si espaços abertos como estes são desnecessarios. será?


Não carissimo colega, não será.    Porém, talvez o colega nã devesse denotar sobre pessoas que também não conhece. 

obrigado

Offline J.Ribeiro

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 334
    • Ver Perfil
Re: "Foco" - Quem deve avaliar?
« Responder #12 em: Abril 06, 2008, 04:12:39 »
e já agora... se lhe coube o barrete... não respondeu a nenhuma das questões que cordial e educadamente coloquei... sem qualquer preconceito... ;)