Autor Tópico: Lar ideal  (Lida 19855 vezes)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #15 em: Fevereiro 29, 2008, 11:08:21 »
@rmsfontes

Como eu já disse terei todo o prazer em visitar o Lar do SBSI/SAMS. No entanto ate ao fim de Abril ando um pouco ocupado, Mas depois podemos combinar. Terei todo o prazer em ver as instalações, como funciona, o grau de satisfação dos idosos...

Offline Marcos Paiva

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 131
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #16 em: Fevereiro 29, 2008, 14:57:06 »
Citação de: enfsergio
E já alguém pensou abrir um lar?

Com que condições?

Que teriam a oferecer aos nossos idosos?


Eu já pensei em abrir um lar... mas como sou desempregado e em termos de questões monetárias isso é difícil...

Mas mesmo assim não descuro essa hipótese...

Para mim um lar ideal seria que todas as divisões frequentadas pelos Idosos fossem amplas, como por exemplo os quartos sala de convívio etc., haveria quartos individuais decorados com os móveis e objectos presentes no antigo quarto do idoso, assim o Idoso sentir-se-ia em casa (a questão da orientação espaço/temporal também é importante)...

Os Idosos independentes seriam integrados em algumas actividades quotidianas no lar (como disse o colega enfermeiredo), para que assim se sentissem úteis... haveria também à disponibilidade um quintal para que alguns idosos pudessem cultivar o que quisessem...

Alguns residentes do Lar/Residência poderiam se quisessem promover actividades de ensino, como por exemplo, ensinar aos residentes presentes os ofícios que exerceram durante a vida... poderia também haver ensino aos idosos, como por exemplo a introdução às novas tecnologias, outras línguas ou até mesmo a conclusão dos estudos que deixaram para trás...  e muitas mais coisas que favorecessem a sua ginástica mental, que é muito importante nesta altura da vida...

Haveria também saídas semanais para poderem ir à piscina, fazer ginástica ou hidroginástica, isto poderia existir na residência também, mas com estas saídas os residentes poderiam espairecer um pouco e não estar sempre metidos no Lar...

O Lar/Residência teria de ter boas condições de acessibilidade, e estar perto de um centro urbano...

Teria também uma visita semanal de um Médico, e pessoal qualificado para cuidar dos residentes...

Haveria também uma carrinha própria para transportar cadeira de rodas/macas, e outros idosos independentes ou não, para puderem ir realizar exames e outras coisas afins...

Sei que com isto tudo as coisas se tornam um pouco utópicas e caras... e só alguns é que poderiam auferir estes serviços, mas penso que assim se teria um fim do curso da vida digno e feliz...

Neste Lar haveria também vagas para pessoas que não pudessem pagar estas condições, pois a solidariedade também tem de estar presente!!

Abraços  ;)

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #17 em: Fevereiro 29, 2008, 16:15:35 »
Penso que nada é utópico...e os nossos sonhos de utópicos não têm nada.

Temos é que lutar para que aquilo que parece inalcansável se consiga alcançar com maior ou menor esforço.

Penso que não é utópico querer que os nossos idosos passem os seus últimos dias em condições agradáveis.

Penso que não é utópico querer dar qualidade de vida aos nossos idosos.

Claro que tudo isto tem os seus custos e como se costuma dizer...a qualidade paga-se.

Infelizmente para ter algumas boas condições o preço dispara.

Se eu tivesse um lar...decerteza que os idosos estariam envolvidos nas actividades do lar. Se as mulheres gostaram de cozinhar, porque não diariamente ficar uma responsável por ajudar a cozinheira? Porque não estabelecer um dia para ser um prato da especialidade de cada idosa que elas ajudarão a confeccionar? Se os homens estão habituados a cuidar do jardim, da horta...porque não deixar que sejam eles os responsáveis pelo quintal e jardim? Decerteza que assim se sentirão úteis, decerteza que assim conseguem ver que ainda lhes são atribuídas responsabilidades e não são ignorados.
Os quartos teriam objectos pessoais, decorados ao gosto do idoso.
Haveria saídas fora da instituição para interagir com a sociedade em geral. Os idosos não têm que ser isolados. Os idosos não têm que se sentirem "enjaulados". Se querem sair e há condições para o fazer...saiam. Se não estavam habituados a sair de casa...então fiquem no lar. Ninguém deve ser obrigado a nada. E não é depois de uma certa idade, e de um determinado percurso de vida que se devem mudar os hábitos.
Em relação ao pessoal...tinhas que ter formação. Se há actualmente os cursos de agentes em geriatria para auxiliares...procuraria pessoal com esse curso. Teria médico...teria enfermeiro 24 horas por dia...ou se não estiver 24 horas por dia pelo menos que esteja por exemplo das 8 às 20h.
Estas são algumas das coisas que eu me iria propor a tentar cumprir. Utópico? Penso que não.

É preciso ter conhecimentos...é preciso querer...é preciso acreditar...

Offline Phoebe

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 9
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #18 em: Fevereiro 29, 2008, 17:20:22 »
Era muito bom que todos os lares tivessem as condições ideais, muitas delas aqui mencionadas mas não nos podemos esquecer do quão maltratados são alguns doentes nos lares (eu ja assisti a isso),e como se já nao fosse mau que chegasse há ainda a agravante de serem pagos valores exorbitantes para a sua permanência lá. Daí que ache que talvez seja mais importante preocuparmo nos com os cuidados aos idosos. Eu preferia estar num lar que se calhar nao tivesse as condiçoes ideais mas que fosse bem tratada, do que num com todas as condiçoes e mais alguma mas em que o nível de cuidados fosse o que se vê em alguns lares por aí fora.

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #19 em: Fevereiro 29, 2008, 17:24:56 »
@phoebe...

...concordo plenamente...mas um lar ideal...além de muitas boas condições...tem que ter obrigatoriamente...cuidados de excelência.

A realidade no entanto...é que há lares com más condições físicas...mas com bons cuidados...
Há lares...com boas condições físicas...mas onde se prestam péssimos cuidados...
Há lares com más condições físicas...e onde são prestados cuidados péssimos...
E quero acreditar que há lares com excelentes condições dísicas e com cuidados excelentes...

No entanto...há uma outra temática que pode e deve aqui ser lançada...e que já foi sendo referida que é a qualidade vs custos

Offline Thecrow19

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 81
    • Ver Perfil
    • http://anotherportuguesenurseinuk.blogspot.com
Re: Lar ideal
« Responder #20 em: Fevereiro 29, 2008, 23:52:24 »
Bem eu n tnh um grande conhecimento da realidade dos lares, mas posso dizer que este ano fiz o meu estagio de geriatria, num lar de segurança social mto bom. Lar de emergencia social de Odivelas. Tem como director o Enfermeiro Santos Lourenço, que diga-se encontrase a fazer um belissimo trabalho! Acho que é um exemplo a seguir de lar social. Espero k o conheçao. Cumps a tdos

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: Lar ideal
« Responder #21 em: Março 05, 2008, 19:00:25 »
Citação de: rmsfontes
Sérgio:

Tens mesmo que vir visitar o Lar do SBSI/SAMS. Já te convidei várias vezes e julgo que terias todo o interesse nisso.
Podemos até propor um dia para uma quantidade de colegas poderem fazer uma visita e, especialmente perceberem o que é que a enfermagem é capaz de fazer na gestão de um Lar.

RMSfontes também gostava de conhecer esse lar. Depois quando o Sergio também poder, e outros colegas organizas aí qualquer coisa...

Quanto ao lar ideal gostei das concepções dos colegas, mas ou há apoio de instituições sociais para o financiamento ou então tornar-se-ia demasiado caro.

Offline enfermeiredo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 878
    • Ver Perfil
    • http://groups.google.com/group/noticias-da-enfermagem
Re: Lar ideal
« Responder #22 em: Outubro 19, 2008, 23:56:14 »
Fui visitar a Casa dos Leões em Carnaxide, ao pé do Hospital de Sta. Cruz.
Instalações muito boas! Amplas, limpas, bons níveis de serviço. Preferem pessoas autonomas, o que limita as escolhas dos que não o são. Preços, muito caros (2650€/Mês). O verdadeiro lar de luxo. Bom para quem pode pagar, com estimulação cognitiva adequada, piscina, capela, sala de pintura, sarau cultural 1x por semana,  dietas diferenciadas, só não tem enfermeiros 24 horas por dia. E claro, com o grupo Banco Espirito Santo por trás.
O povo opõe-se à massa;
vive da liberdade e da consciência de cada um

Pio XII
Rádio Mensagem de Natal de 1944
Sobre a democracia
O 5.º Natal de guerra

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #23 em: Outubro 20, 2008, 13:14:33 »
Será que para se ser lar ideal, tem que ter como critério de exclusão ser um idosos dependente?

Sem dúvida que é muito fácil e bonito ter todas as condições para aqueles idosos totalmente independentes...piscina...cabeleireiro...saraus culturais...etc etc etc...

E nos dependentes? Quem aposta neles?

Offline enfermeiredo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 878
    • Ver Perfil
    • http://groups.google.com/group/noticias-da-enfermagem
Re: Lar ideal
« Responder #24 em: Outubro 20, 2008, 21:16:16 »
Por acaso nesse aspecto, EnfºSérgio, não os censuro. Porque não investir em pessoas independentes? È uma opção legitima. Não creio que os privados têm de substituir o Estado naquilo que ele não faz. O facto de existirem sem abrigo não obriga a transformar todos os hoteis de luxo em pensões sociais...
O povo opõe-se à massa;
vive da liberdade e da consciência de cada um

Pio XII
Rádio Mensagem de Natal de 1944
Sobre a democracia
O 5.º Natal de guerra

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #25 em: Outubro 20, 2008, 21:26:09 »
enfermeiredo...não critico isso...

o que critico é em muitos lares um dos critérios de exclusão é ser um doente dependente.

assim como muitos lares ter também como critério de exclusão ser um doente com demência.

ou seja...grande parte dos lares não aceitam idosos dependentes e/ou com uma demência.

e o que fazer com esses idosos? não merecem tratamento igual aos outros? ou será que para os lares são vistos como "fardos pesados" que dão muito trabalho...e não compensam monetariamente? será que os lares só conseguem ver €€€??

Offline smcb

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 48
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #26 em: Outubro 20, 2008, 23:52:53 »
Quarto individual ou de casal, com wc privativo.
Jardim com relvado e flores.
Piscina de relaxamento/fisioterapia
Espaço comum de convivio amplo.
Com a participação dos utentes na vida do lar, segundo as suas posibilidades. Acessos sem barreiras arquitectónicas. Horário alargado de visitas. Bons acessos a familiares (transportes públicos/estacionamento).
Bem inserido na comunidade.
Terapeuta ocupacional com horário alargado.
Enfermeiro permanente que não esteja em "burn-out"
 
 
Citar


Colega de facto seria excelente que existissem lares com essas condições fisicas.
Mas creio que se esta a esquecer de algo que, por vezes, é muito mais importante. Está a se esquecer que é necessário que o idoso, o velho, se sinta o mais possível em sua casa. É necessário que quem trabalha em lares não se esqueça que os idosos não são apenas o objecto do seu trabalho, mas sim pessoas com uma hitória de vida e com familia (ainda que por vezes pouco presente ou mesmo quase totalmente ausente).
Pois para mim o ideal era que cada lar fosse constituído por uma ou varias casas (dependendo das dimensoes que se querem dar), onde residissem menos idosos de que é habitual e em que os idosos tivessem a oportunidade de participar na "lida da casa". Isto claro está, falo em relação a idosos independentes. Que tivessem funcionárias que além de uma boa formação, aplicassem o que aprendem nessas formações, que gostassem do que fazem. A ideia é criar uma ambiente o mais familiar possível.

Para idosos dependentes, (que na minha opinião são quem mais necessita deste tipo de instituições) o ideal seria garantir, além de tudo isto, bons cuidados de enfermagem, médicos e um fim de vida digno.

Resta dizer que trabalho num lar a cerca de dois meses e a tempo inteiro, e que embora nao seja a area que mais goste, estou a gostar da experiencia.
Em termos de condições fisicas nao e dos melhores, em condições humanas é bom, provavelmente porque temos idosos que estão na instituição ha mais de 20 anos, o que traz outro tipo de problematicas, e existem, também, funcionárias que lá trabalham a mais de 20 anos, o que dá um ambiente familiar. Tem animadora cultural e professora de educação fisica, fisioterapia varias veses por semana, medico 2 dias por semana. O numero de idosos 55. Creio que não está mal, mas também nao se pode exigir muito mais numa instituição onde a mensalidade ronda os cerca de 300 a 400 € nada que se assemelhe os 600, 1000, 2000 de que ja ouvi falar em algumas instituições...

saudações a todos

inté :)
:)

Offline smcb

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 48
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #27 em: Outubro 21, 2008, 00:00:55 »
ooooopss!!! :o
parece que me enganei a fazer a citação :-[

inté ;)
:)

Offline morans

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #28 em: Outubro 21, 2008, 00:08:52 »
Geralmente sou um visitante mudo mas desta vez senti vontade de participar...

Este ano conheci um novo conceito - Aldeias Lar

mais info em

http://www.reapn.org/agenda_visualizar.php?ID=45
http://www.solidariedade.pt/sartigo/index.php?x=2739

:)

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Lar ideal
« Responder #29 em: Outubro 21, 2008, 02:11:37 »
O BES tem umas residências ali para os lados de Carnaxide que são um mundo.