Autor Tópico: 2008: Revisão de Carreira  (Lida 11974 vezes)

Offline CarlosPires

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 31
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #30 em: Março 05, 2008, 13:14:11 »
Tive aqui a ver outros tópicos e já ha um topico a falar de concentrações em Lisboa, Porto e Coimbra, podiams aproveitar estas ideias para implementar a essas concentrações. E na elaboração do documento podiamos também abordar a questão dos estatutos da ordem dos enfermeiros, em que achamos que a OE não tem papel activo na defesa e promoção das condições de trabalho dos enfermeiros e pelo prestígio da profissão.

Offline srua

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #31 em: Março 10, 2008, 18:05:32 »
colegas....está na hora e mais do que nunca de nos unirmos; basta de anos em que os nossos sindicatos;ordem ,não nos  tem defendido e não que estejamos à deriva pois sempre soubemos o que queriamos e o que queremos; o mal tem sido a politica em que se envolve os sindicatos e cada um "puxar "para si os louros......unamo nos e vamos para a frente ou com greve ou com manifestações Até breve

Offline keliinha

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 830
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #32 em: Março 10, 2008, 20:55:08 »
Bem n sabia de nd disto da revisão na carreira, mas se n vao haver aumentos salariais, entao a nossa carreira fica com o nivel de licenciatura para o qual o salário previsto base é 970€, e assim fica para o governo resolvida esta telenovela!!
Naão podemos permanecer calados pk kem cala consente e se n lutarmos agora perdemos a oportunidade de vir a obter uma remuneração mais coincidente com a nossa formação.

Offline papuco

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 3
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #33 em: Março 10, 2008, 21:53:48 »
Sabem que tanto na carreira de enfermagem em vigor como na anterior alguns dos artigos nunca foram implementados! Por exemplo  a atribuição da responsabilidade da formação por áreas! De quem foi a culpa? Não foi dos sindicatos mas sim dos enfermeiros, que já que eu não tenho também tu não tens.
A greve, do meu ponto de vista, para ter sucesso tem que ser cirurgica, blocos e consultas. Mas seria possível? não me parece pelo mesmo motivo porque não foram implementados muitos artigos da carreira. A greve ao nível dos serviços não tem nexo, nós não lidamos com parafusos mas sim com pessoas que esperam que façamos por elas o que elas não podem fazer.

Offline eclipsada

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 5
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #34 em: Março 10, 2008, 23:00:44 »
apesar de estarmos a falar de enfermagem e eu tb concordo com uma greve de uma semana senão parece nada acontecer , nem sindicato que fala muito e pouco faz, está a cair em descredito, a ordem  dá ma no cravo outra na ferradura e querem é manter os lugarzinhos assim como do sindicato...porquenão nos juntarmos aos restantes funcionarios publicos que tb estão com problemas por ex os professores?

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #35 em: Março 11, 2008, 08:20:40 »
Citação de: eclipsada
apesar de estarmos a falar de enfermagem e eu tb concordo com uma greve de uma semana senão parece nada acontecer , nem sindicato que fala muito e pouco faz, está a cair em descredito, a ordem  dá ma no cravo outra na ferradura e querem é manter os lugarzinhos assim como do sindicato...porquenão nos juntarmos aos restantes funcionarios publicos que tb estão com problemas por ex os professores?

Garanto-lhe que o problema dos professores e afins não tem importância nenhuma relativamente aos nossos. Passo a explicar.
Podem ser problemas complicados para eles, mas na realidade não envolve aquilo que mais preocupa os governos...€€€...
Os outros funcionários públicos licenciados, já recebem como tal e os problemas deles são questões de pormenor.
O nosso problema é bem mais complexo e exigirá uma luta séria da nossa parte, com união de classe.
Juntarmo-nos aos outros não nos adiantará nada. Estaremos apenas a fazer número para os problemas dos outros...que os outros não fariam se fosse ao contrário.

Offline nunobatista

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 44
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #36 em: Março 17, 2008, 23:15:13 »
Colega Sandro, tem toda a razão. O caso dos professores não é uma questão monetária. O nosso caso é exactamente isso! Já pensaram nos milhões que o Estado "poupa" à custa de mão de obra barata como a nossa? Estou certo que sim! Mas o que é certo ... quando chegaa hora de reivindicar muitos têm medo e fogem "com o rabo à seringa"! (esta até teve piada, heim!)

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #37 em: Março 22, 2008, 22:22:16 »
A revisão da carreira e celebração do ACT são os grandes desafios dos nossos sindicatos para este ano... Espero que estejam a altura disso...

Como já disse a alguns colegas estou nesta luta e estou disposto a divulgar no meu espaço da internet e pelos meios possíveis as acções planeadas... Agora penso que estas acções terão de ter a colaboração dos sindicatos pois sem estes não se conseguirá grande mobilização. O exemplo dos professores que começou por mensagem, mas que foi muito bem aproveitado pelos sindicatos do sector que se uniram apesar das suas diferenças.

Offline SandroMelo

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #38 em: Março 22, 2008, 23:38:00 »
Citação de: Caldas
A revisão da carreira e celebração do ACT são os grandes desafios dos nossos sindicatos para este ano... Espero que estejam a altura disso...

Como já disse a alguns colegas estou nesta luta e estou disposto a divulgar no meu espaço da internet e pelos meios possíveis as acções planeadas... Agora penso que estas acções terão de ter a colaboração dos sindicatos pois sem estes não se conseguirá grande mobilização. O exemplo dos professores que começou por mensagem, mas que foi muito bem aproveitado pelos sindicatos do sector que se uniram apesar das suas diferenças.

Caro colega

Parece que tem experiência a lidar com as novas tecnologias, porque não elaborar uma petição aos sindicatos para que ganhem juízo e trabalhem para o que interessa. Serei o primeiro a assinar.

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #39 em: Março 22, 2008, 23:46:13 »
Por acaso detenho apenas competências muito minimas no que concerne o uso das tecnologias da informação, há colegas neste fórum com bem conhecimentos que eu. Aliás, penso que o difícil da fazer numa petição é o escrever do texto a enviar. Contudo encontro-me disponível para auxiliar na concepção deste texto, mas também aqui me parece que existem colegas mais aptos para tal elaboração, pois detém muito mais conhecimentos que eu na área.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #40 em: Março 24, 2008, 00:25:45 »
@srua

Citar
colegas....está na hora e mais do que nunca de nos unirmos; basta de anos em que os nossos sindicatos;ordem ,não nos  tem defendido e não que estejamos à deriva pois sempre soubemos o que queriamos e o que queremos;
Dúvido dacerteza da sua afirmação.

A questão é a maior parte dos enfermeiros adormeceu com a questão de Bolonha. O que é que Bolonha tem a ver com a carreira? Pois é colega, quando a maior parte dos enfermeiros o souberem (não vi esse debate aqui no fórum, apesar da OE ter tido uma posição clara), aí poderá dizer que nem sempre soubemos o que queremos.

É o seguinte, se o governo nos vier a pagar como licenciados, e acredito que o vai fazer, vai nivelar-nos pelos 900 e tal euros para indice de entrada do ordenado base. E isto porque a licenciatura é o grau académico mais baixo que o sistema de ensino superior portugues tem. Logo é o equivalente ao antigo bacharelato, e talvez por isso, na Europa chamam a este primeiro ciclo Bachelor.

Logo, colegas, aluta devia ter sido há 2 anos atrás quando estava na mesa o decreto-lei 74/2006 que adapta o ensino superior em Portugal ao processo de Bolonha.

Agora anda a OE a tentar junto do poder politico equiparar a Enfermagem ao segundo ciclo (chamado master mas com competências ao nível da licenciatura pré-bolonha que aquela que nós  enfermeiros conseguimos a partir de 1999).

O problema é que ganhar como licenciado já não é o mesmo que ganhar como licenciado pré-bolonha,pois esses meus caros neste momento ganham como "masters" á luz do novo enquadramento.

clarificando,para termos uma carreira equiparada á antiga carreira de técnico superior, o governo irá exigir qualificações ao nível de segundo ciclo de bolonha, que é exactamente aquele que se aplica a profissões reconhecidamente autónomas, que claramente é o nosso caso pois até somos auto-regulados por uma ordem profissional e fizemos entre 1999 qualificações reconhecidas com grau académico na formação de base ao nível das outras profissões técnicas superiores da saúde.

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #41 em: Março 24, 2008, 00:28:43 »
Pois pedro, completamente de acordo, a questão é as forças de bloqueio que têm havido dentro da enfermagem contra esse tipo de mudança...

Nomeadamente das escolas de enfermagem...

Offline keliinha

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 830
    • Ver Perfil
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #42 em: Março 24, 2008, 01:53:04 »
Deixem cá ver se eu percebi, se o nosso curso n passar a mestrado integrado( que é o que anda a protelar a OE), entao estaremos apenas no 1º ciclo de Bolonha, que é +/- do genero do antigo bacharel?
Espero bem que a situação se altere..ou entao teremos tds que pagar um mestrado para ficarmos com o 2º ciclo, o que intressaria bastante as escolas, para os quais a Enfermagem é um negócio, e se a licenciatura ja n é grande fonte de rendimento, se os profissionais começarem a adererir aos mestrados, os cofres irão encher concerteza.

Offline pedrojosesilva

  • Administrador
  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1883
    • Ver Perfil
    • http://www.forumenfermagem.org
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #43 em: Março 24, 2008, 18:23:32 »
@kelinha

Não faz nenhum sentido para um licenciado pré-bolonha ir fazer um mestrado profissionalizante á escola (2do ciclo de bolonha),pois não lhe vai dar mais qualificações do que aquelas que adquiriu com o complemento ou ano complementar. Lembrem-se que os mestrados profissionalizantes são ministrados após uma formação de 3 anos que não qualifica para prática autonoma. No caso da Enfermagem temos 4 anos, e no final o curso habilita para a prática autónoma,logo a luta é pelo reconhecimento da formação de base ao nível do 2do ciclo.

A este proposito, estamos hoje todos á espera de saber qual o resultado da audiência com o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Prof. Mariano Gago. ver http://ordemenfermeiros.pt/index.php?pa ... hlight=442

Quanto ao papel das escolas não podemos generalizar, pois pelo que se conta nem todas tiveram a mesma postura. Umas alinharam entusiasticamente pelo segundo ciclo enquanto outras (poucas) mantiveram-se firmes até ao último momento em que foram "obrigadas" a adequar sob pena de ultrapassarem o prazo para entrega de planos curriculares, e consequentemente perderem o financiamento público. Honra seja feita a esses Colegas... quem adequou ao 1ro ciclo sem contestação deveria explicar a todos os enfermeiros deste país oporque de terem ministrado o complemento de formação se afinal agora não reconhecem as competências de autonomia na gestão e investigação adquiridas pelos enfermeiros.

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: 2008: Revisão de Carreira
« Responder #44 em: Março 24, 2008, 19:42:36 »
Pedro creio que a questão não se põe no reconhecimento de competências desse âmbito aos enfermeiros, creio que terá mais a ver com um desconhecimento ou lá como poderei chamar. Penso que algumas dessas escolas acreditavam que o Processo de Bolonha apenas requeria uma mudança curricular sem mudar as competências adquiridas.