Votação

Actualmente não faz parte do ambito da OE questões salariais/monetárias. Concorda? Porquê?

Sim
26 (18.4%)
Não
98 (69.5%)
Não tenho opinião formada
17 (12.1%)

Votos totais: 141

Votação encerrada: Janeiro 04, 2008, 11:15:17

Autor Tópico: Uma pergunta Polémica  (Lida 17835 vezes)

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Uma pergunta Polémica
« em: Janeiro 04, 2008, 11:15:17 »
Saudações colegas.
Sei que esta questão é deveras polémica, se não mesmo, muito controversa.
Mas gostaria de saber a Vossa Opinião
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #1 em: Janeiro 04, 2008, 11:23:48 »
Pessoalmente acho que devia fazer parte do ambito da OE. Não com o intuito de se imescuir em discussões salariais (aumentos, %), mas sim como uma das formas de dignificar a carreira (porque a carteira tb conta), regulamentar o acto de enfermagem e respectivo valor, de forma a evitar a exploração/especulação que tem vindo a aumentar por parte de algumas entidades patronais á nossa prestação de cuidados.
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline Son_Goku

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 527
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #2 em: Janeiro 04, 2008, 13:46:54 »
É claro que deveria fazer parte da Ordem. A ordem defende a qualidade dos cuidados. Esta qualidade depende de muitos factores, entre os quais a formação dos Enfermeiros (graduada e pós graduada) , a motivação , etc.
Ora, para apostar na formação é necessário bastante dinheiro. Os cursos custam caro,, assim como mestrados, especializações, etc. Defender salários mais justos é garantir que todos têm a possibilidade financeira de investir na sua formação e assim melhorar a qualidade dos cuidados que prestam.
Por outro lado não existe qualidade sem enfermeiros motivados e a retribuição financeira é um dos combustíveis dessa mesma motivação.
A Ordem dos médicos, por exemplo, defende acerrimamente os interesses laboraais dos médicos, ao contrário da OE. Não me importaria de fazer uma "joint venture" com a OM, pagando-lhes 7,48 euros por mês para usufruir dos seus serviços de defesa de uma profissão ao invés de subsidiar uma OE que nada faz! Pena é que a OM não aceita sub-empreitadas!


Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #3 em: Janeiro 04, 2008, 18:54:00 »
Também acho que sim. Há coisas que não se podem separar... se NÓS somos a Ordem (não é isto que eles dizem?), então nós queremos que a ordem interfira nesse tipo de negociações.
Mai nada!!

Offline Álvaro Matos

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 442
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #4 em: Janeiro 04, 2008, 19:10:18 »
A cézar o que é de Cézar.
A ordem tem como função regular o exercicío da profissão de Enfermagem.
Aos sindicatos é que cabe esse papel.
A polémica pode apenas surgir se os interesses dos Enfermeiros estão a ser devidamente acautelados por qualquer uma das entidades em causa.

Offline Miguellopes

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #5 em: Janeiro 04, 2008, 20:05:08 »
Citação de: amatosa
A ordem tem como função regular o exercicío da profissão de Enfermagem.

Diga isso à ordem dos médicos.... chame-lhes tolos...

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #6 em: Janeiro 04, 2008, 20:52:30 »
Olá,

Faço minhas as palavras do Son-Goku.

E também a observação do Miguellopes.

A OE serve para defender e regular o exercício da Enfermagem em condições de segurança e "Legis praxis".

A OM existe para defender os médicos. Esta parece-me uma abordagem mais eficaz das questões profissionais que, no âmbito laboral, não se limitam a questões remuneratórias ou da qualidade do exercício, antes ambrange todas estas questões.

Se fosse possível, preferia dar o dinheiro à OM, mas não o devem querer...

É uma infelicidade, mas é a realidade actual. Vamos ver se as coisas mudam...

Abraço.

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #7 em: Janeiro 04, 2008, 20:55:45 »
Olá,

Peço desculpa pela dupla intervenção, mas esqueci uma questão.

A OM, em todas as suas últimas intervenções, tem faldo em "profissionais de saúde", não médicos...

Esta é uma estratégia que deveria envergonhar a OE, mas dignifica a OM.

Abraço.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #8 em: Janeiro 06, 2008, 05:15:06 »
ESTATUTO DA ORDEM DOS ENFERMEIROS

Artigo 3.o
Atribuições


2 — São atribuições da Ordem:
a) Zelar pela função social, dignidade e prestígio
da profissão de enfermeiro, promovendo a valorização
profissional e científica dos seus membros;



O que quer isto dizer?

A mim significa defender o Enfermeiro em todas os campos, incluindo os habitualmente atribuídos aos sindicatos. A OE deve imiscuir-se em TUDO...

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #9 em: Janeiro 17, 2008, 17:40:43 »
Sempre pensei que este tema fosse dar mais polémica do que deu! :o
saudações colegas
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline AlexGomes

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 132
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #10 em: Março 04, 2008, 23:45:39 »
Citação de: Magistral Estratega
ESTATUTO DA ORDEM DOS ENFERMEIROS

Artigo 3.o
Atribuições


2 — São atribuições da Ordem:
a) Zelar pela função social, dignidade e prestígio
da profissão de enfermeiro, promovendo a valorização
profissional e científica dos seus membros;



O que quer isto dizer?

A mim significa defender o Enfermeiro em todas os campos, incluindo os habitualmente atribuídos aos sindicatos. A OE deve imiscuir-se em TUDO...


A OE não está claramente a cumprir este artigo 3º do Estatuto.

Cada vez há mais desemprego.

Tenham coragem de impedir a abertura de mais vagas nas Escolas de Enfermagem.

Se não o prestígio cai por terra, o poder negocial deixa de existir com tanta quantidade, o patronato baixa o ordenado.

A OE devia impor um plafond mínimo de honorários de Enfermagem

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #11 em: Março 05, 2008, 09:02:24 »
Acho que a OE começou a mudar de ideias

Uma entrevista que deu á TSF na semana passada salvo erro, a bastonária aflorou a questão do excesso das escolas de enfermagem e adequar as necessidades de formação de enfermeiros com a saída profissional (empregabilidade)

Falou, vamos ver se toma medidas!
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline CarlosPires

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 31
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #12 em: Março 05, 2008, 10:10:57 »
ESTATUTO DA ORDEM DOS ENFERMEIROS

Artigo 3.o
Atribuições


2 — São atribuições da Ordem:
a) Zelar pela função social, dignidade e prestígio
da profissão de enfermeiro, promovendo a valorização
profissional e científica dos seus membros;


E como já foi dito, A OE pouco tem feito para cumprir o artigo 3 do Estatuto da Ordem dos Enfermeiros.
Eu ainda compreendo que a OE não tenha um poder tão forte na sociedade como a Ordem dos médicos ou dos farmaceuticos, pois a OE é mais recente, mas senão tomar posição sobre os seus estatutos não vai chegar longe...

Offline Vitor A.

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 512
    • Ver Perfil
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #13 em: Março 05, 2008, 10:58:11 »
A OE é a mais recente, mas é certamente a que tem maior numero de membros, ou seja, a mais representatitiva em termos de sociadade, mas não tem ainda a visibilidade e peso na tomada de decisões que deveria ter na "mesma".

A OE já tem alguns anos, mas ainda é desconhecida por uma grande parte da sociedade portuguesa e a responsabilidade, os Deveres e os Direitos que lhe advém.

É pena que não façam o que escreveram nos estatutos.

Os estatutos não são estáticos, nem dogmas!

Podem não mudar, mas podem certamente INOVAR.
No reencaminhamento de mail´s, Por Favor Usem Cco. ou Bcc (Cópia Oculta)
" Retire os endereços dos amigos antes de reenviar "
" Dificulte a disseminação de vírus e spams "
" Proteja a sua privacidade e a dos Outros

Saudações. Vitor A. :)

Offline Caldas

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1323
    • Ver Perfil
    • http://ocantosocial.blogspot.com
Re: Uma pergunta Polémica
« Responder #14 em: Março 21, 2008, 05:33:39 »
Algum de vocês tem a formula mágica com que a OE pode impedir que se crie a escola X, sem ser o parecer negativo ao Ministério do Ensino Superior? Se tiver que a diga porque não se vai precisar do internato para isso então.