Autor Tópico: Cuidados paliativos em geriatria  (Lida 7845 vezes)

Offline alleinade

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 52
    • Ver Perfil
Cuidados paliativos em geriatria
« em: Dezembro 22, 2010, 08:12:50 »
Será que existem cuidados paliativos nos lares?

E em meio hospitalar, noutros serviços que as unidades de cuidados paliativos?

Quais são as dificuldades encontradas?

let's talk about ;D

Offline nurse_duarte

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 57
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #1 em: Dezembro 23, 2010, 00:04:52 »
Na minha opinião PT tem ainda um longo caminho a percorrer no que diz respeito aos cuidados de saúde prestados em lares de idosos, e começa a dar os primeiros passos na area dos CP, pelo que CP em lares de idosos? Das várias realidades que conheço.. não me parece que sejam prestados! acções paliativas acredito, agora CP.. n! com excepção feita a algumas residências privadas de grandes grupos que começam a dar os primeiros passos nesta área (embora necessitassem de uma maior dotação de pessoal para que efectivamente o trabalho fosse executado convenientemente).

São 2 areas pelas quais tenho um grande fascínio e que enriquecem as prateleiras cá de casa..

Cumps*

Offline persepolis

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 736
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #2 em: Dezembro 24, 2010, 00:50:15 »
E eu pergunto:

Que conhecimentos tem os enfermeiros nesta area?

Ate que ponto ela e abordada ao longo do curso de formacao?

Quao sensivel e a equipa multidisciplinar para dizer xega e vamos deixar a pessoa morrer com dignidade?

Quao proactivos somos nos para alertar para a necessidade de paliacao?

Que filosofias imperam nos Hospitais?

Sinto me tao ignorante nesta materia... e tantos pacientes cuido quando estao em paliacao...
"We know that while living we are more or less exposed to envy ...
but after our death our enemies no longer hate us "
Demóstenes

Offline nurse_duarte

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 57
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #3 em: Dezembro 24, 2010, 16:49:52 »
"Que conhecimentos tem os enfermeiros nesta area?"
acho que é uma area pouco explorada pela grande maioria dos grupos profissionais, embora da minha experiência de cursos de formação nesta area, os enfermeiros são em maior nr nas turmas. no entanto começa a notar-se uma maior preocupação de outros profissionais em investirem nesta area.. no meu ultimo curso de cp tinha uma fisioterapeuta na turma!

"Quao sensivel e a equipa multidisciplinar para dizer xega e vamos deixar a pessoa morrer com dignidade?"
Esta e uma questão que levanta imensa discussão. penso que estamos ainda muito longe de conseguirmos vingar a filosofia dos cp nos nossos serviços. há equipas já mais despertas para esta realidade, há classes profissionais mais despertas para.. no entanto considero que deverá ser um esforço comum a todas as equipas, através da formação, da partilha de informação, de troca de ideias, de estabelecimento de protocolos.. penso q será esse o caminho!


"Quao proactivos somos nos para alertar para a necessidade de paliacao?"
Continuo a considerar q a enfermagem ainda n tem voz activa nesta questão, pelo menos na grande maioria das vezes das stuações que me deparo. O caminho ainda é longo mas deverá ser percorrido!

"Que filosofias imperam nos Hospitais?"
Depende de instituição para instituição, mas a grande filosofia que ainda impera é a filosofia interventiva e curativista. Há excepções e essas merecem ser realçadas e servir de exemplo

Um conselho que eu dou.. CP é 1 mundo! que está a espera de ser descoberto! invistam nesta area!!!!

Cumps**

Offline belicas

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #4 em: Maio 05, 2011, 14:05:31 »
Sinto-me mtas vezes pressionada a colocar SNG em doentes cujo motivo d ida à urgência é recusa almentar...São mtas vezes dtes c demência, com neoplasia ou sequelas d AVC... A família fica aflita, os cuidadores têm receio d serem acusados d falta d atenção ou d paciência... Nos lares é inadmissível q os idosos fiquem desnutridos ou desidratados... Mtas vezes sinto c uma violência p a pesssoa a colocação de sonda p alimentação... por recusa d mesma, pela necessidade d contenção motora p evitar exteriorização, pelo desconforto referido pelos próprios dtes... Quando me mostro renitente e procuro outras alternativas ou dar algum tempo p tentar q a pessoa recupere o apetite ñ sinto apoio... em fases terminais já assiti a afirmações, d vários profissionais q considero mto competentes, que ñ podemos deixar ninguém morrer à fome!!! Mas essas pessoas morrem d fome, quando é o próprio organismo q rejeita a comida?! Devemos todos morrer "gordinhos e anafados" e super hidratados? Confesso q apesar d estar mto segura d q ñ quero p mim ou p a minha família, quando se trata do meu trabalho parece q estou errada relativamente a estas questões. Gostaria d poder falar c colegas c outras experiências e opiniões sobre este tema e juntos podermos contribuir p melhorar a nossa profissão. Será q sabemos sempre o q é melhor p o dte?

Offline alleinade

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 52
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #5 em: Julho 04, 2011, 18:50:51 »
Somos muitas vezes confrontados com a incapacidade de alimentar e hidratar em quantidades suficientes doentes em fase avançada ou terminal da sua doença, e a eterna questão aparece no seio das equipas e famílias: "será que o doente vai morrer de fome e de sede?"
Após termos eliminado causas exteriores de recusa alimentar, será que temos o DIREITO de OBRIGAR um doente, que sofre de uma doença evolutiva e mortal,a ser alimentado artificialmente?!
Todas as situações são diferentes e merecem uma reflexão ética em equipa antes de tomarmos uma decisão será que é isso que fazemos?! Talvez se o fizéssemos havia menos profissionais e famílias em dificuldade e doentes com cuidados de qualidade. 
Quem somos nós para AMARRAR um ser humano para poder colocar um tubo???

Offline enfsergio

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1897
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #6 em: Julho 27, 2011, 16:47:22 »
concordo alleindade...por diversas vezes me deparo com situações dessas...não faz uma ou duas refeições e é logo entubado e imobilizado...

já me deparei numa utente com demência, que alterna periodos de prostração com períodos desperta, se não comer uma ou duas refeições é logo entubada, colocadas umas luvas de protecção e...imobilização...faz uma ou duas refeições por SNG...solta-se...exterioriza sonda e está 5 ou 6dias a comer por mão dela...volta a ficar prostrada e é logo entubada...não concordo com a entubação nesta situação. Mas o que fazer? é preciso mudar mentalidades...

Offline Ketamina

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 8
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #7 em: Janeiro 03, 2012, 14:31:55 »
Ola boa tarde, a primeira opção é sempre a disponibilidade da via oral se está disponivel ou não mas há sempre outras opções, tais como nutrição parentérica (dependendo sempre do estado clínico do doente e funcionalidade do tracto GI).
No fim de vida geralmente os doentes necessitam de pequenas quantidades de agua e alimentação.
Na minha perspectiva são situações que devem ser tomadas (pelo doente ou familiares) antes do fim da vida ou idealmente nas unidades de cuidados paliativos protocolos delineados.
Penso que muitas vezes não é 'deixar o doente morrer à fome', mas sim morrer com dignidade e respeito e isso também implica respeitar os desejos do doente, mesmo que por vezes podemos não concordar com ele.

Offline Cátia_*

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 59
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #8 em: Fevereiro 01, 2012, 14:55:12 »
Boa tarde..

Em relação à nutrição parentérica, não sei até que ponto haja vantagens num doente paliativo, será talvez masacrar mais o doente que outra coisa... Os doentes nesta fase querem serenidade, descanso, e controlo de sintomas para se sentirem minimamente bem, dentro dos possíveis...

Além disso está provado que um doente paliativo precisa de muito menos alimentos e se insistirmos, muitas vezes só faz com que as nauseas e os vomitos aumentem (e os profissionais nem se apercebem do motivo)... ENG - em cuidados paliativos - NÃO (salvo mínimas excepções)!

Cada vez mais defendo que as pessoas devem ser alertadas para o testamento vital - muito importante!!!

Offline Isabelita

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 25
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #9 em: Abril 18, 2012, 11:42:18 »
Boas a todos,

E de facto importante se falar de cuidados palliativos em geriatria.
A alimentação é de facto um tema de muita controvérsia nas equipas, mas hà outras também.
Onde trabalho conseguimos, com alguma clareza nos argumentos, explicar às familias que não vale a pena atuarmos contra as vontades expressas quando o utente se encontra en fim de vida.
Houve um caso de uma familia que retirou uma utente por recusarmos entubar, foi hospitalizada e là por não aceitar a entubação, foi na mesma entubada e amarrada, mas a senhora faleceu 3 semanas depois.... Que tiramos nós destas situações? Terà sido uma morte digna segundo a vontade da própria? E não hà reflexão.... pois isso acontece ainda e ainda...
Quem somos nós para em nome das nossas sábias competências podemos ir contra as manifestações de vontade do utente? Esquecemo-nos que a alimentação é também um momento de prazer e vemo-nos a realizar entubações para "encher o estomago" pois é assim , temos que comer senão morremos...
Mas onde està o respeito pela minha vontade expressa? Mas por que razão quer a nossa sociedade atrasar a morte com estes atos que apenas vão provocar sentimentos negativos na pessoa, porque não optarmos por acções que lhes dêm prazer e realizarmos assim um caminho sereno para quem se encontra em fim de vida?

O ideal seria que todos tivessem as directivas antecipadas realizadas para numa altura de internamento em instituições e as condições de saúde identificadas nessas directivas se apresentem, os profissionais agirem de acordo com as vontades pelo próprio, mas poucos o fazem. Deveriamos todos o fazer.

Cumprimentos

Offline Cátia_*

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 59
    • Ver Perfil
Re: Cuidados paliativos em geriatria
« Responder #10 em: Setembro 19, 2012, 20:26:35 »
Este é um tópico ao qual se devia dar a devida importância..

Portugal está longe do ideal em CP... ao longo dos estágios da minha licenciatura senti-me "inútil" em doentes que deveriam estar em situação paliativa mas como estavam num serviço normal tinham um tratamento igual a muitos outros...
Desde que começei a tirar o mestrado em CP fiquei com uma perspetiva completamente diferente e senti-me melhor porque aprendi que é possível realizar CP em qualquer serviço, meio hospitalar ou domicilio, lares, etc... basta haver interesse por parte de todos os profissionais de saúde... não é assim tão dificil...

Existem ainda muitas mentes fechadas neste sentido... Mas dias melhores virão :)