Autor Tópico: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes  (Lida 4944 vezes)

Offline mgaiovitoria

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Será que a carta dos direitos e dos deveres dos doentes é relevante para o tratamento? Qual é o papel desta carta na sociedade? E junto aos técnicos de saúde?

Offline Babyann

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 474
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #1 em: Novembro 16, 2007, 12:12:54 »
Eu acho que a carta dos direitos e deveres é mto importante, pois muitas vezes os pacientes não sabem dos seus direitos, na sociedade é como eu já referi muitas das vezes nem sabemos ao que temos direito´, alguns profissionais de saúde não sabem o quanto é importante "obedecer" a certos direitos dos doentes, apenas pensam neles próprios, eu como familiar de um paciente oncológico já tive experiências por parte dos profissionais de saúde impensáveis e agora como futura enfermeira penso muito nisso e sei que darei muita importância ao conforto do paciente no sentido de estar acompanhado por um familiar, para mim o conforto, a diminuição da dor, o doente sentir-se como em casa são aspectos muito importantes para a recuperação do doente!
Abraços
:)

Offline charlie_ze

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #2 em: Dezembro 17, 2007, 13:00:44 »
A carta de direitos e deveres do utente é muito imp+ortante, e só pena haver pouca gente realmente interessada em colocá-la em prática......

Como dizia num artigo que li ja vai dois anos acerca da opinião dos enferneiros:

" O bom doente é aquele que não reclama e aceita fazer a medicaçãoe o restanteb tratamento sem fazer perguntas...."

Offline flexorcarpi

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 75
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #3 em: Dezembro 19, 2007, 17:47:10 »
:D

sem querer contrariar os doutos colegas...


já repararam que na carta dos direitos e deveres...   existem muitos mais direitos do que deveres...

se os profissionais não cumprirem com os seus deveres e respeitarem os direitos dos doentes devem ser incomodados por causa disso.

e os doentes e sobretudo seus familiares que não sabem respitar minimamente os direitos dos outros, quer dos outros doentes como dos profissionais que cuidam deles...  essa parte não se discute??


Saudações
 8)

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #4 em: Dezembro 19, 2007, 19:32:05 »
Olá,

Quanto a mim, esse documento deveria fazer parte do material que é fornecido ao doente aquando da sua admissão nos locais de saúde, especialmente em internamento, que é onde as pessoas se encontram numa situação de maior vulnerabilidade. Devia estar exposto em todas as enfermarias e quartos e nas recepções dos locais onde há doentes.

Claro que o doente informado exige muitas coisas que incomodam algumas pessoas, mas nada do que vem previsto nessa Carta me parece interferir com o nosso trabalho, pelo contrário.

Se calhar, obrigaria é alguns enfermeiros a contactar com o dito documento, já que me parece que alguns ainda o desconhecem e o desrespeitam todos os dias, assim como desrespeitam a classe de Enfermagem.

Claro que este meu comentário não é uma resposta ao Flexocarpi que tem tido aqui intervenções que não o colocam claramente nesse grupo que referi, mas a provocação é o motor da discussão e é assim que interpreto a sua intervenção.

Mas uma população bem informada só pode ter vantagens para um país melhor. E uma população que seja educada para assumir os seus direitos também infere que os outros também têm direitos. Parece-me uma questão pura e simples de educação.

Abraço.

Offline RicardoEspiritoSanto

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 22
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #5 em: Dezembro 19, 2007, 21:55:22 »
:D

Sem dúvida que as salutares provocações ;) auxiliam a marcha da reflexão!


A questão dos direitos e deveres dos doentes prende-se desde cedo com a noção de cidadania, de valores, de respeito e de humildade.  Porém, também é certo, que a população portuguesa não está educada no sentido de exigir os seus direitos. Apesar dos progressos verdadeiramente notáveis dos últimos anos.

Existirão certamente enfermeiros, nestes milhares, que ninguém parece saber quantos são ;) a trabalhar, e os poucos ou nenhuns desempregados (segundo a nossa bastonária), que não serão sempre totalmente correctos com o doente e familia.

Não obstante questiono: quem será o menos leal com o doente? o enfermeiro, ou o médico? quem será o profissional que mais defende o doente? o enfermeiro ou o médico? quem será o profissional que menos se protege neste quotidiano?

Para a última não parecem existir dúvidas... penso que excepto em casos em que seja de todo impossível justificar a conduta do enfermero... todas as outras situações deve ser dado o beneficio da dúvida ao enfermeiro...

Confiem nos colegas, defendam-nos... se querem ser defendidos.

Em privado façam as afirmações que quiserem, mas dignifiquem a enfermagem e os colegas de profissão.

Obrigado

Offline mariamariamaria

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 926
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #6 em: Dezembro 20, 2007, 21:27:45 »
Caro Ricardo espírito santo (espero que não sejas o banqueiro do grupo que detem alguma da influência de instituições de saúde que se ande a tentar informar, junto da plebe, mas se assim for, ainda bem, porque tenho uma opinião sobre o assunto.

Há "médicos" e MÉDICOS; há "enfermeiros e ENFERMEIROS; há "chefias" e CHEFIAS; há "aam" e AAM, e assim para todas as classes.

Há muitos médicos bons e preocupados e cumpridores e sacrificados, tal como há enfermeiros, AAM, chefes e outros. Mas também há esses todos que envergonham os primeiros, pois não são bons, nem preocupados nem sacrificados! Mas são os que, normalmente mandam nos outros: médicos, enfermeiros, AAM etc...

Irónico?! Não...É só tradição nacional.

Abraço.

Offline Lipa85

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1028
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #7 em: Maio 21, 2008, 20:11:59 »
Infelizmente há mts doente que n cumprem com os deveres que a dita carta impõem....mas o que me deixou mais chocada em alguns ensinos clinicos foi o facto de existirem mts profissionais a passar por cima dos direitos dos utentes, principalmente o do respeito e privacidade.

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: A Importância sobre a Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
« Responder #8 em: Outubro 22, 2008, 07:15:53 »
Questões relacionadas com privacidade e consentimento informado/esclarecido são dos direitos mais violentados nas instituições de saúde.