Autor Tópico: Desemprego na Enfermagem  (Lida 7841 vezes)

Offline Benzodiazepina

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 980
    • Ver Perfil
    • http://artedecuidar.wordpress.com
Re: Desemprego na Enfermagem
« Responder #15 em: Janeiro 24, 2008, 02:46:53 »
O desemprego deriva de imensos factores que já foram discutidos por vários colegas aqui, são as políticas actuais economicistas, são instituições de saúde a fechar, e o número elevado de vagas nos CLE's.

O que eu constato actualmente é que faltam IMENSOS enfermeiros nos nossos serviços de saúde, nomeadamente já vi um serviço de obstetrícia em que são mais de 50 camas (56 se nao estou em erro), ou seja, mamãs e depois mais os bebés, e 4 enfermeiros por turno.

Agora digam-me, como é que 4 enfermeiros, para mais de 50 doentes conseguem ter tempo para fazer ensinos a primíparas, relativamente ás questões relacionadas com o bebé, tratamento ao coto umbilical, o banho,aleitamento materno etc etc etc, não me digam que fica um trabalho bem feito, ou se calhar até fica, porque acredito que muitos enfermeiros façam das tripas coração.
E é aqui que entra a culpabilidade dos enfermeiros, pela nossa eficácia, porque acredito que hajam enfermeiros que comam em 5 minutos para ter mais tempo de prestação de cuidados e aí as direcções dos hospitais aproveitam-se, porque se um faz o trabalho de dois pelo preço de um, então para quê ter dois?
Pode ser uma visão bastante redutora da situação actual, mas é o que tenho constatado...

Offline Herodes

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2220
    • Ver Perfil
Re: Desemprego na Enfermagem
« Responder #16 em: Novembro 10, 2008, 05:54:51 »
A temática não tem sido debatida honestamente por quem de direito.