Forumenfermagem

Autor Tópico: Psiquiatria: sim ou não?  (Lida 1868 vezes)

Offline Holos

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Psiquiatria: sim ou não?
« em: Fevereiro 26, 2014, 20:07:05 »
A função da psiquiatria é (e sempre foi) ajustar o individuo a uma sociedade profundamente doente (essa sim é doente!). Quem não entender isto, não entende nada! Lamento, mas esta é a minha opinião (opinião partilhada por muitas mais pessoas, inclusivamente por outros profissionais da saúde).
O DSM5, segundo dizem, é uma autêntica vergonha! (os outros também não eram grande coisa).
Quando referimos que a sociedade estigmatiza o “doente mental”, esquecemo-nos de que os diagnósticos psiquiátricos não fazem outra coisa senão rotular, julgar e estigmatizar as pessoas… Não deixa de ser paradoxal!
A psiquiatria já serviu como instrumento politico (e, segundo alguns, ainda serve) e é algo que evolui conforme as regras e normas sociais e culturais. Tende a normalizar e policiar os comportamentos, mas não só… (não esquecer que a homossexualidade já foi uma doença mental).
O conceito de doença mental é outra coisa muito confusa e aqui de repente cabe tudo e mais alguma coisa, transforma-se tudo em doenças. Há que entender bem o que é uma doença! Não sou um cientificista, considero que existe espaço para estudar a psique, mas quem disser que existe uma base biológica/química que legitimiza esses diagnósticos, está a mentir ou então foi alvo de doutrinação enganosa, pois aqui não há qualquer objectividade nesse sentido.
Não vou entrar em polémicas sobre se a pessoa deve ou não deve tomar o psicofármaco x ou y, isso cada um é que sabe (quando tem a liberdade para decidir…). Não dou palpites sobre a vida de ninguém e não quero ter uma postura demasiado radical. Não sou um proibicionista, desde que ninguém saia prejudicado, claro. Apenas acho que a pessoa tem de estar bem informada (em relação às mentiras também), o que geralmente não acontece. Porque muitas vezes é pior a emenda do que o soneto… Depois também podíamos falar da maneira como se diaboliza umas substâncias e depois tolera-se a venda e consumo de outras, mas isso já é um outro assunto.
Dito isto, não nego a existência de sofrimento psicológico e suas possíveis consequências. Que fique bem claro!

Offline beatrizg89

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 101
    • Ver Perfil
Re: Psiquiatria: sim ou não?
« Responder #1 em: Março 19, 2014, 17:49:37 »
Holos concordo em grande parte contigo. Segundo aquilo que escreveste, parece-me que não és totalmente contra a psiquiatria, estás apenas a questionar a "verdade absoluta" da prática, correto? Digo-te aquilo que me parece, uma avaliação correta tanto psicológica como biologicamente, depende em grande parte do profissional que a está a praticar; de que forma o mesmo está formatado para tratar X distúrbio e acima de tudo para prevenir o estado do paciente de se agravar. Existe tanto que pode ser dito sobre o assunto, diversas opiniões. Acho o tema super interessante, mas nunca se chega a um consenso.
Enfermagem é uma paixão! Apostar uma distracção!