Autor Tópico: Pensos a feridas  (Lida 1844 vezes)

Offline enfermagem_2012

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Pensos a feridas
« em: Fevereiro 18, 2013, 01:09:22 »
Olá boa noite, em breve vou começar o meu estágio em contexto hospitalar. Gostaria que me ajudassem com esta dúvida que é como proceder para tratar de ulceras crónicas ( ulcera de pressão, pé diabético ) e tb feridas cirúrgicas deiscentes. Outra coisa usamos luvas cirúrgicas e campo esterilizado ou só uma coisa ou outra ?

Offline bnurse

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 26
    • Ver Perfil
Re: Pensos a feridas
« Responder #1 em: Fevereiro 23, 2013, 01:06:41 »
Boa noite futuro(a) colega,
Antes de mais, boa sorte para esta nova etapa do curso (muito trabalhosa mas também muito empolgante).
As feridas crónicas são feridas geralmente complexas que se tratam conforme o estadio/fase em que se encontram (sem esquecer o caso particular da PESSOA com ferida crónica e suas comorbilidades) pelo que irá precisar de ajuda e pesquisa bibliográfica à medida que se deparar com elas. Os passos genéricos passam pela remoção do material de penso, caracterização da ferida, limpeza da mesma e escolha do material de penso adequado e, por fim, notas de enfermagem.
Relativamente à questão seguinte, geralmente utiliza-se um kit esterilizado que contém duas pinças utilizadas para manter a assépsia do material e da ferida. Irá perceber, à medida que for contactando com a prática que muito do que fazemos vai do pensamento crítico do profissional e o que deve prevalecer é a eficiência. Ou seja, no caso em específico o importante é manter a assépsia e rentabilizar os recursos. Se consegue manter a assépsia apenas com o kit (que é possível) não necessita de luvas. Se não tem kit ou se a ferida em si "pede" outra técnica terá de improvisar de forma a que o resultado seja sempre o desejado para a pessoa que temos perante nós.

 Isto agora é tudo muito confuso mas aos poucos vai-se tornando parte de si como profissional. Não sei como está estruturado o curso do(a) futuro(a) colega mas eu no primeiro estágio hospitalar não fiz tratamento de feridas pois ainda não tinha praticado essa intervenção em laboratório. De qualquer forma, se vir que lhe posso ser útil, eu deixo ficar cá o meu contacto de e-mail para que possa acompanhar as suas dúvidas.

Offline enfermagem_2012

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 17
    • Ver Perfil
Re: Pensos a feridas
« Responder #2 em: Fevereiro 28, 2013, 00:15:15 »
Olá boa noite, obrigada pela sua ajuda. Gostava de poder esclarecer mais dúvidas que tenho. Se não se importasse gostaria de ficar com o seu email.
Cumprimentos.