Autor Tópico: Alunos a terminar o curso  (Lida 2021 vezes)

Offline Propofol

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 186
    • Ver Perfil
Alunos a terminar o curso
« em: Dezembro 11, 2012, 18:19:45 »
Olá pessoal!

Precisava de uma ajuda a clarificar uma coisa. Recentemente numa conferência sobre empregabilidade e empreendedorismo um professor da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra disse que os alunos que estivessem em vias de terminar o curso também podiam fazer currículos e enviá-los para os empregadores, indicado a altura de términos do curso e salvaguardando o tempo para atribuição da cédula.
Algum de vocês sabe se isto é efectivamente assim? Se for, podem dar algumas luzes sobre como se constrói um CV com o curso por acabar? Apontamos lá que média?
Já agora acham que as empresas do Reino Unido que estão em Portugal a recrutar aceitam esse tipo de CVs?

Obrigado.  ;D

Offline Miss Nurse

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1183
    • Ver Perfil
Re: Alunos a terminar o curso
« Responder #1 em: Dezembro 13, 2012, 14:21:33 »
Hum...eu fiz isso quando estava a terminar...e antigamente era assim que arranjavam trabalho pronto a iniciar logo no dia a seguir a terminar o curso...actualmente não vale a pena gastar esse dinheiro...a não ser que tenha alguma ajuda na empresa para onde pretende mandar essa apresentação...infelizmente a escola, que também foi a minha, continua com o mesmo discurso apesar das dificuldades que a nossa profissão passa...mas bem eles têm que vender o peixe deles se querem continuar a ter alunos que paguem propinas...mas a realidade actual já não combina muito com esse tipo de técnicas..Quanto ao reino unido não faço ideia se aceitam esse tipo de "candidatura"

Offline catmartins22

  • Membro Associado
  • *****
  • Mensagens: 587
    • Ver Perfil
    • http://facebook.com/martinscat
Re: Alunos a terminar o curso
« Responder #2 em: Dezembro 13, 2012, 16:40:34 »
Boas colega!

Acabei o curso em 2012 e comecei a entregar cv's apenas depois de pedir a cédula na SR da Ordem, isto porque vai ver que eles lhe vão dizer que apesar do pedido para validar a cédula, se algum empregador lhe responder a uma candidatura ou lhe fizerem uma proposta, tem primeiro de contactar a SR da ordem onde se inscreveu e questionar como está o seu processo e explicar a situação porque se o seu processo não estiver em ordem ou ja deferido, eles podem lhe negar a aceitação do trabalho. Isto foi o que me disseram quando paguei a inscrição na rodem e por um lado eu compreendo porque se acontecer alguma coisa no seu novo local de trabalho, não tem garantias de uma ordem que o represente e "proteja". Por outro lado é apenas uma perda de tempo... Eu inscrevi.me na Ordem em Julho e só recebi a cédula na cerimónia a 29 de Setembro... Nesse intervalo fui sempre mandando CV'S...

Quanto ao UK é assim, os meus colegas qe já lá estão, aqueles famosos que apareceram na TV e andaram a despedir-se do Presidente da República, em meados de Maio já tinham a inscrição feita no NHS, isto quer dizer, que já estariam inscritos no sistema no UK, não em nenhuma agencia específica, mas não sei como funciona para ser sincera...
Be careful, I might be your nurse someday! :)

Offline bisc8

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 73
    • Ver Perfil
Re: Alunos a terminar o curso
« Responder #3 em: Dezembro 13, 2012, 17:32:24 »
Boa Tarde colega Propofol,

Fico satisfeito por saber que frequenta a escola que em tempos também foi a minha :) Tal como a colega Miss Nurse diz e bem,  a escola mantém o mesmo discurso ano após ano mudando um ponto aqui e outro acolá... De facto, com o mercado dos dias de hoje no que respeita à enfermagem, essas técnicas não valem de muito, mas porque não tentar tudo? o não está sempre garantido seja qual for a técnica, por isso nunca se perde nada... Para construir um cv é facil colega, ou constrói um europass, e descarrega o modelo e as instruções no site do europass, e oculta as informações que não tem, como média final, ou coloca média final esperada por exemplo... Outra forma, será apostar num cv académico em vez de um profissional por exemplo, em que descreve a sua formação acadêmica de forma mais ou menos detalhada... Existem centenas de modelos na net que o podem ajudar...

Após construir o Cv, poderá procurar aconselhamento junto de um professor de introdução à vida profissional ou de empreendedorismo, que normalmente eles são disponíveis e ajudam nestas matérias... Poderia mesmo no fim da conferencia ter colocado essas questões ao orador que na minha opinião são pertinentes!!!

Quando à situação de Inglaterra, as coisas mudam um pouco de figura... Não é condição obrigatória estar inscrito no NMC (Nursing and Midwifery Council) para puder ir às entrevistas, mas é condição que pelo menos o curso esteja terminado!!! A inscrição pode ser efetuada posteriormente, até porque é um grande investimento (110£ so para lhe analisarem o processo, fora os documentos que tem de tratar) mas convém, que antes de partir essa inscrição esteja feita e regularizada, aliás, se a empresa for credível nem sequer o deixa sair de Portugal sem inscrição completa...

Neste momento o melhor conselho que lhe posso dar é procurar uma carreira internacional... Os oradores falam muito, mas a realidade é que não são eles que lhe vão pagar as despesas nem procurar trabalho por si... portanto o melhor mesmo será apostar internacionalmente, até porque as condições que lhe oferecem nem são comparáveis à falta de oportunidades em Portugal...

Se puder ajudar em mais alguma coisa, disponha

Cumprimentos ;)

Offline enfermeiroUK

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 174
    • Ver Perfil
    • http://enfermeirouk.com/
Re: Alunos a terminar o curso
« Responder #4 em: Dezembro 13, 2012, 18:26:21 »
Citação de: Propofol
Olá pessoal!

Precisava de uma ajuda a clarificar uma coisa. Recentemente numa conferência sobre empregabilidade e empreendedorismo um professor da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra disse que os alunos que estivessem em vias de terminar o curso também podiam fazer currículos e enviá-los para os empregadores, indicado a altura de términos do curso e salvaguardando o tempo para atribuição da cédula.
Algum de vocês sabe se isto é efectivamente assim? Se for, podem dar algumas luzes sobre como se constrói um CV com o curso por acabar? Apontamos lá que média?
Já agora acham que as empresas do Reino Unido que estão em Portugal a recrutar aceitam esse tipo de CVs?

Obrigado.  ;D


Sim. De facto podes fazer uma candidatura dessa forma. Contudo não podes exercer sem a cédula da OE.
Mas, caso o empregador decida oferecer-te o emprego, terá que considerar esperar que o processo da OE esteja completado. Isto claro, se o empregador facilitar até esse ponto.

Ora, o envio de cartas de apresentação desse género, em que dizemos que iremos terminar o curso na data "x", e que gostaríamos de trabalhar na instituição "y", é algo do passado, e que por motivos óbvios não é viável de momento. Há uns anos atrás era normal haver candidaturas desse género, pois havia falta de enfermeiros e, sobretudo, o mercado de trabalho não estava estagnado. Do ponto de vista do empregador, se houvesse alguém com interesse em trabalhar nessa instituição, havia a flexibilidade de aceitar o enfermeiro, e esperar que a OE atribuísse a cédula para iniciar funções. Estamos portanto a falar dos tempos em que se saía da Universidade num dia, e na semana seguinte já tínhamos onde trabalhar (tempos em que as instituições precisavam de enfermeiros, e a formação em Enfermagem era escassa).

Hoje em dia a procura é maior (e muito) que a oferta. Daí que, como os empregadores têm muita escolha (que é como quem diz "paletes de enfermeiros com e sem experiência" a enviar currículos sobretudo depois de Julho) e procurem ter enfermeiros com experiência (por pouca que seja) em detrimento de alguém que ainda nem sequer acabou o curso e enviou uma carta.

Além disso, o principal empregador de Enfermeiros (o SNS), neste momento tem que gerir o que tem. Não me parece que o actual Min. da Saúde, assim como o anterior, tivessem autorização para abrir concursos para quem não tem já uma RJEP.

Resumindo, essa conversa que ouviste na ESENFC, também eu a ouvi no tempo em que lá passei. Se me resultou de algo fazer isso? Não.
Em Portugal o o mercado de trabalho para Enfermeiros está estagnado e as perspectivas não são as melhores. Tal como disse o colega bisc8, o melhor é apostar no estrangeiro.
 
No caso do Reino Unido, não me parece que aceitem esse tipo de candidaturas.
"...se não receio o erro, é porque estou sempre pronto a corrigi-lo." Bento de Jesus Caraça.

http]

Offline bisc8

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 73
    • Ver Perfil
Re: Alunos a terminar o curso
« Responder #5 em: Dezembro 13, 2012, 18:33:36 »
Três ex-alunos da mesma instituição num só tópico é obra :) EsEnfC é que é bom, apesar dos discursos serem sempre os mesmo realmente :)

Offline Miss Nurse

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1183
    • Ver Perfil
Re: Alunos a terminar o curso
« Responder #6 em: Dezembro 17, 2012, 14:56:09 »
Citação de: bisc8
Três ex-alunos da mesma instituição num só tópico é obra :) EsEnfC é que é bom, apesar dos discursos serem sempre os mesmo realmente :)

lol ;D ...Acho triste é que essa mesma escola continue a jogar areia para os olhos dos que lá estão a estudar e que a conta disso vão sair de lá com grandes perspectivas pra depois apanharem talvez a maior desilusão de sempre. Acho engraçado que há mais de 5 anos tenha ouvido exactamente o mesmo discurso e na altura já estava a começar a ficar difícil encontrar emprego.

Mais...acho que pior é saber que os psicólogos que fazem aconselhamento no liceu tenham dito no final deste ano lectivo: "Vão para enfermagem que tem boa empregabilidade". Isto ouvido pelo meu irmão que sabe a realidade que passo. Exactamente o que me disseram há quase 10 anos.

O Curso de Enfermagem passou a ser um negócio, não só nas privadas, pois a ESEnfC é pública...quanto mais alunos melhor. Infelizmente a nossa situação não tem a visibilidade que deveria ter pois dizem isso aos alunos e eles continuam a acreditar...
Tenho pena...mas talvez voltemos ao tempo em que terminávamos o curso num dia e tínhamos logo que começar a trabalhar no dia seguinte quem sabe...