Forumenfermagem

Autor Tópico: Administração de soro glicosado em doentes com TCE  (Lida 8779 vezes)

Offline Tânia Leite

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« em: Novembro 07, 2012, 15:54:41 »
Olá a todos  :)

Sou estudante de enfermagem e como tal estou com dúvidas. :-
Numa das aulas de Médico-Cirúrgica o professor perguntou porque não se deve administrar soro glicosado a doentes com Traumatismo Crânio-Cefálico.
Já fiz muita pesquisa e até agora ainda não sei o porquê  :-

Se me pudessem dar uma ajudinha ficava muito grata  ;D

Offline ER Nurse

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 49
    • Ver Perfil
Re: Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« Responder #1 em: Novembro 07, 2012, 18:03:22 »
Porque a concentração plasmática de glicose está associada à produção de lactato. Agora, o resto procuras tu  ;D... relação entre o lactato e o estado neurológico e, consequentemente, com o TCE.

Offline Tânia Leite

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver Perfil
Re: Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« Responder #2 em: Novembro 07, 2012, 18:19:32 »
Muito obrigado CNS ;D
Já foi uma boa ajuda ;)

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« Responder #3 em: Novembro 08, 2012, 21:58:08 »
"Since the early years of the last century, scientists have known that fluid regimens provide free water (eg, 0.45% saline or 5% glucose in water, D5W), and cause a concomitant reduction in plasma osmolality, can cause cerebral edema.
One of the first animal studies on the cerebral effects of fluid administration showed that hypotonic solutions expanded the brain
"

ou

"Intravenous salt-free solutions containing glucose should be avoided in patients with brain and spinal cord pathology. Once glucose is metabolized, only free water remains only free water, which reduces serum osmolality and increases brain water content. Furthermore, several studies in animals as well as in humans have demonstrated that glucose administration increases neurologic damage and can worsen outcome from both focal and global ischemia , presumably because in ischemic areas glucose metabolism enhances tissue acidosis"

In: http://ether.stanford.edu/library/neuro ... atient.pdf


No entanto, para futuras dúvidas aconselho uma pesquisa simples, no Google por exemplo, com o uso de palavras chave adequadas por exemplo: "Brain Trauma" + glucose solutions" ou "brain trauma" + "hypotonic solutions".

Mas para tornar a coisa mais fiável aconselho pesquisar por exemplo na Pubmed ou Ebsco-Host entre outros.

Offline EnfermeiroMaravilhas

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 84
    • Ver Perfil
Re: Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« Responder #4 em: Fevereiro 06, 2013, 12:29:26 »
Citação de: Mauro Germano
"Since the early years of the last century, scientists have known that fluid regimens provide free water (eg, 0.45% saline or 5% glucose in water, D5W), and cause a concomitant reduction in plasma osmolality, can cause cerebral edema.
One of the first animal studies on the cerebral effects of fluid administration showed that hypotonic solutions expanded the brain
"

ou

"Intravenous salt-free solutions containing glucose should be avoided in patients with brain and spinal cord pathology. Once glucose is metabolized, only free water remains only free water, which reduces serum osmolality and increases brain water content. Furthermore, several studies in animals as well as in humans have demonstrated that glucose administration increases neurologic damage and can worsen outcome from both focal and global ischemia , presumably because in ischemic areas glucose metabolism enhances tissue acidosis"

In: http://ether.stanford.edu/library/neuro ... atient.pdf


No entanto, para futuras dúvidas aconselho uma pesquisa simples, no Google por exemplo, com o uso de palavras chave adequadas por exemplo: "Brain Trauma" + glucose solutions" ou "brain trauma" + "hypotonic solutions".

Mas para tornar a coisa mais fiável aconselho pesquisar por exemplo na Pubmed ou Ebsco-Host entre outros.

Em suma... glicose a 5% é solução isotónica. Uma vez administrada, vai-se depois distribuir pelo espaço extracelular, acentuando o edema, que é precisamente aquela coisa que se quer evitar.
ão tenho grande experiencia em TCE, mas sei que muitas vezes se joga também com a pCO2, precisamente para evitar o edema. e sobretudo muito CORTICOESTEROIDES. O lance Armstrong agradece e o doente também.

Offline Mauro Germano

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 2218
    • Ver Perfil
    • http://saudeeportugal.blogspot.com
Re: Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« Responder #5 em: Fevereiro 26, 2013, 02:00:51 »
Citação de: EnfermeiroMaravilhas
Citação de: Mauro Germano
"Since the early years of the last century, scientists have known that fluid regimens provide free water (eg, 0.45% saline or 5% glucose in water, D5W), and cause a concomitant reduction in plasma osmolality, can cause cerebral edema.
One of the first animal studies on the cerebral effects of fluid administration showed that hypotonic solutions expanded the brain
"

ou

"Intravenous salt-free solutions containing glucose should be avoided in patients with brain and spinal cord pathology. Once glucose is metabolized, only free water remains only free water, which reduces serum osmolality and increases brain water content. Furthermore, several studies in animals as well as in humans have demonstrated that glucose administration increases neurologic damage and can worsen outcome from both focal and global ischemia , presumably because in ischemic areas glucose metabolism enhances tissue acidosis"

In: http://ether.stanford.edu/library/neuro ... atient.pdf


No entanto, para futuras dúvidas aconselho uma pesquisa simples, no Google por exemplo, com o uso de palavras chave adequadas por exemplo: "Brain Trauma" + glucose solutions" ou "brain trauma" + "hypotonic solutions".

Mas para tornar a coisa mais fiável aconselho pesquisar por exemplo na Pubmed ou Ebsco-Host entre outros.

Em suma... glicose a 5% é solução isotónica. Uma vez administrada, vai-se depois distribuir pelo espaço extracelular, acentuando o edema, que é precisamente aquela coisa que se quer evitar.
ão tenho grande experiencia em TCE, mas sei que muitas vezes se joga também com a pCO2, precisamente para evitar o edema. e sobretudo muito CORTICOESTEROIDES. O lance Armstrong agradece e o doente também.


Glicose 5% em H20 é um fluido hipotónico.

Offline Britta

  • Iniciante
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver Perfil
Re: Administração de soro glicosado em doentes com TCE
« Responder #6 em: Março 26, 2015, 06:15:34 »
Já agora, se alguém me poder indicar onde posso saber o material e equipamento de  uma SIV, agradecia, tendo em conta que o trabalho também vai abordar os meios de emergência médica. Já tenho sobre as SBV (até porque sou tripulante de ambulância), as VMER e falta-me das SIV, pois a informação no site do INEM é muito escassa.
NAT